Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
theplague

Recomendação de roteador e modem para Speedy

Recommended Posts

Bom dia, estou a procura de um roteador e um modem para Speedy de 10MB que não fique travando ou reiniciando e funcione bem em uma casa de 2 andares com paredes espeças e com 15 ou mais pessoas conectadas ao mesmo tempo via Wifi.

Pensei em comprar um roteador TP-Link WDR4300 e um modem D-Link DSL-2730b e gostaria de saber se algum de vocês tem uma sugestão melhor.

Obrigado

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

1. 15 clientes conectados com qual largura de banda?

2. Qual o padrão dos clientes?

Uma casa de 2 andares, mesmo colocando no piso superior a laje geralmente restringe o sinal, bem como locais mais distantes.

Depende do caso, mas inicialmente recomendaria colocar 2 roteadores um em cada pavimento e interligar ambos com cabo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá, a largura seria 2.4Ghz com padrão misto entre 802.11g e 802.11n, 80% laptops.

Conforme a sua sugestão penso então que 2 roteadores do tipo TP-Link 1043nd que é mais baratos seriam uma opção, só espero que sejam bom roteadores, você recomenda algum?

Eu andei pesquisando e achei que daria também pra usar o roteador/modem que a VIVO forneceu em modo Bridge ao invés de comprar um outro modem, é um Technicolor Gateway TG581n.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se os clientes são mistos g e n, não vale muito a pena investir no 1043ND. O 741ND por exemplo seria mais interessante porque quando um cliente g está conectado, toda a rede trabalha neste padrão.

Se o firmware do modem permitir, você pode configurar em modo bridge.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pergunta, todas as marcas e modelos de roteadores desabilitam a banda "n" caso o primeiro cliente seja "g"?

O único problema que vejo com o 741ND é que só tem 1 antena e como há vários cômodos em ambos andares pode não ser o suficiente além da interferência das outras redes na vizinhança.

Acessei a confi do roteador da telefônica e encontrei a opção bridge:

INTERNET SETTINGS
PPPoE (RFC-2516 PPP over Ethernet)
PPPoA (RFC-2364 PPP over ATM)
IPoA (RFC-1483 Routed)
Dynamic IP Address (IPoEoA/MER (MAC Encapsulated Routed) with DHCP)
Static IP Address
Bridge Mode (RFC-1483 Bridged)
CIP (RFC-1577 Classic IP/ARP over ATM)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

1. Sim, no modo de compatibilidade eles desabilitam o n e passam para o g.

2. Mais antenas não garantem melhor sinal, pois se um cliente for g, toda a rede passa a ser g e é utilizada uma antena apenas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1. Sim, no modo de compatibilidade eles desabilitam o n e passam para o g.

2. Mais antenas não garantem melhor sinal, pois se um cliente for g, toda a rede passa a ser g e é utilizada uma antena apenas.

Excelente informação, agora estou entendendo melhor.

Já decidi comprar 2 roteadores 740N sendo que o primeiro se conectará à internet via o modem da telefônica e o segundo ficará no segundo andar como AP.

Para fechar o tópico, você recomenda comprar uma antena maior, com mais dbi para o AP e/ou o roteador ou acha que não faz tanta diferença assim? Pergunto porque comprei uma dessas a um tempo atrás e não notei diferença.

Obrigado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Quanto a antena, depende dos clientes. Por exemplo, se existem alguns desktops onde você consegue trocar facilmente a antena uma antena melhor no roteador ajuda porque você consegue otimizar ambos os lados da conexão. (Antena melhor apenas no roteador, nem sempre é a solução milagrosa)

Vale dizer também, que em alguns casos vale a pena investir em roteadores como o 841/842ND porque a diferença de preço é pequena e muitos dispositivos já trazem as conexões do tipo n, assim se você no futuro precisar de banda maior já teria disponível (Pense como uma proteção de investimento, já que a diferença no custo é pequena)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Quanto a antena, depende dos clientes. Por exemplo, se existem alguns desktops onde você consegue trocar facilmente a antena uma antena melhor no roteador ajuda porque você consegue otimizar ambos os lados da conexão. (Antena melhor apenas no roteador, nem sempre é a solução milagrosa)

Vale dizer também, que em alguns casos vale a pena investir em roteadores como o 841/842ND porque a diferença de preço é pequena e muitos dispositivos já trazem as conexões do tipo n, assim se você no futuro precisar de banda maior já teria disponível (Pense como uma proteção de investimento, já que a diferença no custo é pequena)

Então vou comprar o 841 que encontrei no MercadoLivre.

Eu andei pesquisando sobre o modo misto e algumas pessoas disseram que nesse modo a taxa de transferência às vezes é menor do que selecionar um mobo inferior ao "n", como b e g. Você recomenda deixar no modo misto ou é melhor selecionar um "g" de uma vez já que não haveram dispositivos "b"?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Então vou comprar o 841 que encontrei no MercadoLivre.

Eu andei pesquisando sobre o modo misto e algumas pessoas disseram que nesse modo a taxa de transferência às vezes é menor do que selecionar um mobo inferior ao "n", como b e g. Você recomenda deixar no modo misto ou é melhor selecionar um "g" de uma vez já que não haveram dispositivos "b"?

Poucos dispositivos trabalham em modo b atualmente, apesar de apresentarem suporte. Pode selecionar o modo g, apenas para "garantir" que ele no mínimo trabalhe neste padrão.

No modo n, em seu caso não é interessante porque como existem dispositivos g, estes não conseguiriam conexão.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×