Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Matthwus

Potenciometro e LM317

Recommended Posts

Galera seguinte, se eu jogar na entrada do LM317, 21vdc, como determino uma faixa de regulagem exemplo quando o potenciômetro estiver no "zero" a tensão ficar em 13,8v e quando o potenciômetro estiver no máximo a tensão seja 14,4v, como especificar a regulagem dentro dessa faixa ?

 

post-598359-0-65906200-1395359764_thumb.

 

como determino o valor de R3 e de RV1 para que a faixa de regulagem fique só entre 13,8v a 14,4v ?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Arbitre R3 num valor entre 120 Ohms e 470 Ohms.

Considere a tensão sobre R3 como sendo 1,25 Volts (sempre) e com a equação Ip = 1,25 Volts / R3 determine a corrente de polarização.

Essa corrente de polarização multiplicada pelo valor do potenciômetro é que vai determinar a tensão sobre o potenciômetro, que somada com aqueles 1,25 Volts dá a tensão de saída do CI..

 

Imagine R3 = 220 Ohms

Ip = 1,25/220 = 0,005682 Amperes

 

Portanto se quiseres uma tensão mínima de 13,8 Volts de saída terás de ter um resistor de (13,8 - 1,25 ) / 0,005682 = 2.208 Ohms

Para ajustar agora para uma tensão final de 14,4 Volts terás de ter uma resistência total de (14,4 - 1,25) / 0,005682 = 2.314 Ohms que se subtrairmos o valor do resistor de 2.200 ohms já posto, vai dar um potenciômetro de 2314-2200 = 114 Ohms

 

Portanto R3 = 220 Ohms

RV1 será um potenciômetro de 100 Ohms em série com um resistor de 2.200 Ohms

 

Calculando com esses valores comerciais vai dar:

Uma tensão mínima de Ip x (2200+220) = 0,005682 x 2420 = 13,75 Volts

Uma tensão máxima de Ip x (2200 + 220 + 100) x 0,005682 = 14,32 Volts

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Arbitre R3 num valor entre 120 Ohms e 470 Ohms.

Considere a tensão sobre R3 como sendo 1,25 Volts (sempre) e com a equação Ip = 1,25 Volts / R3 determine a corrente de polarização.

Essa corrente de polarização multiplicada pelo valor do potenciômetro é que vai determinar a tensão sobre o potenciômetro, que somada com aqueles 1,25 Volts dá a tensão de saída do CI..

 

Imagine R3 = 220 Ohms

Ip = 1,25/220 = 0,005682 Amperes

 

Portanto se quiseres uma tensão mínima de 13,8 Volts de saída terás de ter um resistor de (13,8 - 1,25 ) / 0,005682 = 2.208 Ohms

Para ajustar agora para uma tensão final de 14,4 Volts terás de ter uma resistência total de (14,4 - 1,25) / 0,005682 = 2.314 Ohms que se subtrairmos o valor do resistor de 2.200 ohms já posto, vai dar um potenciômetro de 2314-2200 = 114 Ohms

 

Portanto R3 = 220 Ohms

RV1 será um potenciômetro de 100 Ohms em série com um resistor de 2.200 Ohms

 

Calculando com esses valores comerciais vai dar:

Uma tensão mínima de Ip x (2200+220) = 0,005682 x 2420 = 13,75 Volts

Uma tensão máxima de Ip x (2200 + 220 + 100) x 0,005682 = 14,32 Volts

Interessante,@faller os valores de R1 e R2 pode ser aqueles mesmo ?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×