Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Rafael.R

Tensão baixa no relê

Recommended Posts

Olá pessoal. Gostaria de contar com a ajuda de vocês. Já faz um bom tempo que minha moto apresenta um problema intermitente na partida. Cansado de procurar pelo problema em vão, levei a moto na Honda onde me indicaram a substituição da bateria. Sei que não era o caso, mas troquei.

Uma semana depois o problema voltou. Ao dar partida na moto nada acontece, mas as luzes do painel "abaixam" me indicando  que o relê está sendo alimentado e drenando corrente. Mas ele não atraca. Ele não faz o "TIC" característico, porém, num momento de silêncio, eu percebo um "TUC" ( ;) ) se é que eu posso dizer assim. Resumindo, ele não atraca completamente e a moto não dá partida.

 

Procurando mais a fundo o problema, eu percebi que apenas uma tensão de 10V alimentava o relê. Isso se eu medir o + da bobina com o 0V da bateria:

10V.jpg

 

Agora se eu medir a tensão em paralelo com a bobina, o resultado é ainda menor, cerca de 7V:

7V.jpg

 

Esses testes eu fiz com o motor de arranque desconectado para não influenciar o consumo dele no resultado. Eu também passei um fio paralelo ao original por quase todo o comprimento da linha positiva do relê sem resultado também.

A troca de bateria melhorou um pouco pois eu enendo que ela deve ter um pequeno aumento de tensão em relação à bateria velha, mas no geral o problema persiste.

 

► Como eu não tenho tempo pra deixar ela na oficina pros caras revisarem a fundo, alguém conhece algum artifício que eu poderia usar (por hora) para a tensão subir somente ali, no "pé" do relê.

Alguém tem alguma ideia?

Eu pensei em colocar um segundo relê como bypass e ao dar a partida, alimentaria ele e ele jogaria a corrente direto da bateria no relê, mas percebi que ele ficaria energizado permanentemente depois...

 

Em todos os testes a tensão da bateria ficava estabilizada. A quedá é somente do relê.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pois é, mas eu discordo dos conectores usados e creio que cedo ou tarde o problema voltará se o defeito for neles. Gostaria de uma segunda alternativa. O relê de partida fica ha 15cm da bateria...

Alguma coisa simples com capacitores ou até transistor... se eu conseguir subir 1 volt deve resolver o meu problema...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Verifique o diodo em paralelo com a bobina do relé.

 

Se ele for externo, verifique-o desligado da bobina do relé. Ele não pode apresentar fuga.

 

Se for interno, ou seja, se estiver dentro do relé, veja se pode abrir o relé e testá-lo. Se não puder abrir a caixa do relé, use um relé novo sabidamente bom.

 

Também tem que ser verificados o diodo duplo com catodo comum e o interruptor de ponto morto e suas respectivas fiações, inclusive a ligação ao chassi. Mau contato ou oxidação em algum ponto é fatal para ocasionar uma queda de tensão desse tipo.

 

Observe que o negativo da bateria é ligado ao chassi e se em algum ponto do percurso houver uma falha e que pode estar escondida em algum lugar, inclusive no chassi, pode ocasionar isso.

 

O pessoal só vê os fios externos mas esquecem que o chassi é também parte do circuito.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pois é, mas eu discordo dos conectores usados e creio que cedo ou tarde o problema voltará se o defeito for neles. Gostaria de uma segunda alternativa. O relê de partida fica ha 15cm da bateria...

Alguma coisa simples com capacitores ou até transistor... se eu conseguir subir 1 volt deve resolver o meu problema...

Permita-me discordar dessa sua defesa de tese, pois se for assim, se pudermos imaginar o que poderia acontecer, amanha ou depois e a evolução do real problema que tens ai pode vir a precisar de 2, 3 5 ou mais volts, e dai, vais continuar a "envenenar" o relé????   Tente resolver o problema, pois já teve época em que ele não aparecia, certo???   Então tem coisa errada que pode e deve ser corrigida..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O que eu não gosto é por causa de um problema os caras quiserem me trocar todo o chicote elétrico da moto (~ R$200,00) +  a mão de obra. Acho que os projetistas pecaram muito nesse chicote pelo preço que você paga numa moto: Fiação fina e conectores de 2º linha. Se eu abri o tópico é porque ja testei e retestei tudo, mas concordo que o certo é resolver logo e não fazer improvisos.

O negócio aqui é misterioso pois eu ja fiz todos os testes citados Pelo Jambão, umas três vezes.

Minha próxima folga no trabalho vou tirar o dia pra rever isso mais uma ultima vez.

Agradeço.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×