Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Recommended Posts

Olá ,

 

Eu comprei a um tempo atrás 12 PIC12 um gravador e uma protoboard . Não tenho curso técnico e minha faculdade (Física) não tem nenhuma matéria de eletrônica , mas sempre fui facinado por eletrônica e ,enfim , resolvi começar.

 

Eu queria fazer como primeiro micro-projeto , fazer um LED piscar, o que se provou bem ficil para mim. Primeiro eu não faço a mínima ideia por onde começar. Gostaria de saber se alguem pode me indicar um tutorial pra iniciantes ( no nivel for dummies ) porque achei as apostilas de C pra PIC muito confusas.

 

 

Bom, qualquer ajuda que vocês puderem me dar ficarei agradecido!

 

Abs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Gabrieldlm,

 

Se voce não tem nenhuma experiência com programação, pode usar algum Basic para Pics, facilita bastante. Eu fiz tempos atrás um tutorial, para o PIC SIMULATOR IDE, que permite voce fazer as primeiras experiências em seu micro, e gera o arquivo para ser gravado no seu PIC. Mas para isso esses seus Pics tem de ser tipo PIC12F, ou não funcionam neste ambiente.

 

Pelo menos dê uma lida para se situar melhor.

 

http://forum.clubedohardware.com.br/topic/555975-microcontroladores-circuitos-linguagens-tutorial-em-basic-para-pics-e-avrs/?p=3539926

 

 

Outra coisa, esses Pic12 são muito limitados, tem bem pouca memória, seria interessante voce comprar um Pic maiorzinho, ou até mesmo usar a família AVR, que é usada nos Arduínos. 

 

Paulo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Deixa eu dar meu pitaco,

 

 

 

Se voce não tem nenhuma experiência com programação, pode usar algum Basic para Pics

Écati! (hahahahahah!). Antes mesmo de pensar na linguagem que vai programar, o primeiro passo que costumo recomendar é conhecer um pouco da sua máquina, no caso seu PIC12 de uma lida, mesmo que pouco entenda de eletronica, no datasheet e no set de instruções pra ver o que ele pode executar (e Não, não estou falando para ele programar em Assembly). A partir daí é legal pensar o que usar para desenvolver com ele, se vai usar o MPLAB por exemplo, se vai programar em C,Basic, Assembly ou C++,quanto a isso nao me limito em dizer o que é melhor ou mais fácil, existe ótimo material aqui no forum escrito pelos colegas incluindo o saudoso @aphawk.

 

 

 

 Mas para isso esses seus Pics tem de ser tipo PIC12F, ou não funcionam neste ambiente.

Em alternativa ao Simulator IDE, use o Proteus para ver a execução do seu código ou mesmo o debugger do ambiente de programação (e aqui vai uma crítica, pessoal mais velho, vamos incentivar o uso do debug da ferramenta, é mais dolorido o caminho, mas ensina muito mais do que usar somente o proteus ou o "zoiometro" para achar erros no projeto).

 

 

 

Outra coisa, esses Pic12 são muito limitados, tem bem pouca memória, seria interessante voce comprar um Pic maiorzinho,

Concordo e discordo, isso vai depender da sua demanda de aprendizado, talvez com um PIC12 você consiga absorver mais conhecimento de microcontroladores tendo que fazer muito com pouco, do que partir para um "true RISC" como o AVR, a arquitetura dele é um pouco mais complexa, mas como ja disse depende mais da sua evolução.

 

 

 

 Arduínos. 

Sou fã da família Arduino, mas como dica de aprendizado, evite esses caras por enquanto, eles lhe vão lhe dar muito mais recursos que real aprendizado, diferente de pegar um micro e escrever o codigo de inicialização e operação sozinho... sou entusiasta do tipo: "primeiro morda o traseiro do boi, depois compre boi ralado".

Boa sorte e se precisar estamos aqui.

Abs.

Felipe

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@,

 

Realmente voce acredita que um leigo completo em eletronica consegue ler os datasheets e entender como funciona internamente um microcontrolador PIC e aprender a programar em C ???  E sem saber isso, de que adianta usar um debugger ? Nem recomendo o C para ele , justamente por causa da dificuldade que ele terá em fazer um programa SEM CONHEÇER O PIC internamente. Neste momento, o Gabriel está curioso em fazer algo funcionar, e quem sabe depois disso ele "goste" da brincadeira ?

 

Já o PIC SIMULATOR IDE é reconhecidamente uma excelente ferramenta de introdução aos PICs, é utilizado por dezenas de escolas ao redor do mundo, justamente por integrar em uma só ferramenta um compilador, um debugger, um simulador, e ainda vários hardwares , sendo que ele poderia ver tudo funcionando de uma maneira muito mais fácil que no Proteus, como acender os leds, displays de 7 segmentos, teclados, etc. 

 

E uma coisa eu posso garantir : é muito mais fácil o Gabriel ler os exemplos que tem no PIC SIMULATOR IDE e em menos de 10 minutos já vai acender os Leds, ou outros displays, e muitas outras coisas, apenas olhando os exemplos , pois como está em Basic ( que realmente é a ÚNICA linguagem que todos aprendem , independente da profissão ) fica bem mais fácil a compreensão e o funcionamento do PIC com ela.

 

Se o nosso amigo fosse um estudante de eletrônica, claro que a minha sugestão seria outra, mas ele mesmo disse que ele é Físico, e ainda disse que ele olhou algumas apostilas de C e teve muita dificuldade.

 

Eu entendí que a intenção dele é brincar, sem ter de estudar muita coisa para isso ! Usando a sua comparação, creio que ele prefere comer filé mignon  neste instante do que aprender tudo sobre os diferentes tipos de carnes do boi kkkkkkkkkk !

 

O que ele preferir, estamos aqui do mesmo jeito !

 

Paulo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
@ , Felipe_Eletronic , MatheusLPS

 

Obrigado pelas respostas. Na verdade eu estou bem acostumado com C ( as simulações que faço na faculdade eu uso o C) , o que eu achei confuso são os esquemas dos circuitos que eu acho pela internet . Enfim , de fazer o LED piscar em um intervalo regula já me faria muito feliz no momento =P.

 

Aphawk , quando você diz PIC Simulator IDE é esse aqui? -> http://www.oshonsoft.com/pic.html

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Gabrieldlm,

 

Sim, é esse mesmo ! Veja nos exemplos, vai ver que deve ter um que é faqzer um Led piscar.... Nem precisa baixar o programa, voce pode acessar direto no site ok ?

 

Paulo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante
Gabrieldlm

 

 O registrador "Tris" configura o modo de operação da porta, ou seja, se você vai ler ou escrever nessa porta (grave nesse registrador 1 se é para Ler a porta ou "0" para escrever na porta), e sim, a única finalidade dele é essa (setar a porta como entrada ou saída) e o interessante é que você pode alternar entre ler ou escrever a porta a qualquer momento no programa...

Se tiver mais alguma duvida é só perguntar...

 

Grato Luiz Gustavo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

 

incluindo o saudoso @aphawk.

??????

Por que saudoso Felipe_Eletronic?........; ele morreu e esqueceu de avisar?

 

Agricio

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@ @CIS @LuizGBarrio @aphawk

 

Com as férias chegando resolvi retomar o projeto Antônio Stark e recorro novamente a ajuda de vocês . Comprei o KPC k150 pelo Ebay , só que a minha pergunta é a seguinte , existe uma IDE e um programa para gravar o PIC no Mac OS?

 

ABS!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Agricio,

Nossa, pretendo estar por aqui bastante tempo ainda, viu pessoal ?!!!!

Mas não esperem que eu venha avisar que morrí ! Kkkkkk

@Gabrieldlm,

Esse gravador não roda no Mac... Nunca teve um programa para ele....

A menos que voce use o Parallels e instale o XP nele, não vai fazer nada com esse gravador no Mac.

 

Eu tenho instalados o XP, o Win7 e o Win8 .....


@,

É..... realmente tem horas que eu me sinto uma andorinha sózinha tentando fazer o verão ....

Mas o que importa não é o tamanho da ferramenta, e sim o uso que se faz dela !

Lembro aqui a história de David e Golias .... Um anão com uma funda derrotou um gigante com uma espada, não foi ?

Eu diria que o Basic é essa funda ! Arcaico, mas muito eficiente nas mãos certas !

E vai tirar sarro da tua vó !!!!! Kkkkkk Pelo menos respeite os mais velhos né !!!!!!!!

Paulo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@aphawk

 

Eu temia isso, mas sera que nem com o Wine roda? Vou experimentar se funcionar eu conto aqui.

 

Agora outras duas perguntas , se não for abusar muito.

 

1) Qual o programa que eu uso pra gravar no PIC , eu dei uma olhada mas não achei.(pra usar em um pc com windows)

 

2) Sabe se existe algum programmer bom que funcione no Mac?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Gabrieldlm,

Esse seu gravador só roda com o programa dele mesmo, em PC.

Não uso mais os Pics, uso os Avrs, e eles rodam na boa com um gravador USBASP no Mac....

Acho que voce vai ter uma boa encheção de saco com esse gravador, na boa, pega um PicKit2 ou PicKit3....

Paulo

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

 

 

Esse seu gravador só roda com o programa dele mesmo, em PC.

Não uso mais os Pics, uso os Avrs, e eles rodam na boa com um gravador USBASP no Mac....

Acho que voce vai ter uma boa encheção de saco com esse gravador, na boa, pega um PicKit2 ou PicKit3....

Paulo

 

@Gabrieldlm, vou na do mestre Paulo, veja que um PICKIT2 ou 3 custa quase a mesma coisa do que gravadores desenvolvidos por terceiros e ele tem suporte no MAC usando o MPLAB X.

Fora isso, nao acho que valha a pena desenvolver um driver e um programa para falar com seu gravador de forma nativa no MAC. Usar o parallels pode ser uma opção, alguns dos programas em que preciso do windows eu uso através de uma maquina virtual com o parallels.

Abs.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×