Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Evandro

Dúvida sobre troca de lâmpadas

Recommended Posts

Prezados,

 

De antemão, peço desculpas se este for um caso de elétrica e não eletrônica, e peço que, se for o caso de ter que chamar um eletricista ou engenheiro elétrico, por favor, me avisem. :)

 

--

 

O prédio onde moro possui sensores de presença nas áreas internas, para acender as luzes das escadas e assim ninguém se estabacar prédio abaixo.

 

O problema é que, lâmpadas fluorescentes, duram muito pouco tempo, e as lâmpadas incandescentes estão saindo de linha.

 

Minha dúvida é: podemos empregas "lâmpadas LED" neste sistema ou elas também sofrerão problemas de durabilidade ?

 

Eu não sei se esta baixa durabilidade das lâmpadas fluorescentes é devido ao acende-apaga constante, que é prejudicial ao "reator" delas, ou se é algum problema da rede do prédio, que precisa de algum tipo de manutenção, e, até onde eu entendi do que li, a "lâmpada LED" é um circuito bem simples, sem "reator", e não sofreria deste problema.

 

Agradeço qualquer ajuda. :)

 

T+ !

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

baixa durabilidade tem haver com o filamento da lâmpada, que sofre efeitos térmicos ao aquecer e esfriar. Logo se parte. 

 

Os fabricantes citam que se a pessoa for sair da sala e volta em no máximo 15 minutos, é mais viável deixar a lâmpada acesa. Mais que isso é mais viável deixar apagada.

Isso porque fizeram testes e descobriu-se quando sai mais caro nas duas situações.

 

Mas Led não tem isso.

Pode acender e apagar quando quiser.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Então estas lâmpadas LED são circuitos bem simples, não tem "reator" como as fluorescentes ?

 

LED são feitos de cristal. Precisam de uma fonte de alimentação adequada e são mais duráveis que fluorescentes e incandescentes. O indicado é ajustar a temporização para alguns minutos pelo menos, porque a fonte do LED também sofre com o liga/desliga repetido. E escolher um LED + luminária adequado ao uso a que se destina.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ah certo, obrigado @Ricardov !

 

Eu achava que eram um diodo + resistor ligado diretamente na corrente contínua.

 

As lâmpadas ficam um minuto ou menos acesas, só pra dar tempo de descer alguns lances de escada. Até os próprios sensores andam queimando no relé, vou falar com o pessoal aqui pra mudar este tempo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ah certo, obrigado @Ricardov !

 

Eu achava que eram um diodo + resistor ligado diretamente na corrente contínua.

 

As lâmpadas ficam um minuto ou menos acesas, só pra dar tempo de descer alguns lances de escada. Até os próprios sensores andam queimando no relé, vou falar com o pessoal aqui pra mudar este tempo.

 

Não sei se tem alguma relação usar relé e queimar sensor, mas no curso que eu faço os professores não gostam muito de usar relé, dizem para evitar utilizá-lo no projeto do tcc e se for para utilizar, de preferência deixar em uma placa separada.

 

E na aula que o professor citou essas minuterias, ele disse que o mais utilizado era triac, não relé.

Exemplo:

http://www.segeletronicos.com.br/produto/minuteria-de-embutir2-fios-triac.html

 

Agora não sei se tem alguma relação com o que acontece, se existe a possibilidade do fabricante da minuteria que vocês utilizam ter feito alguma "khda" no projeto, etc...

O pessoal mais experiente aqui do fórum deve saber  :)  

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Os primeiros eram assim, mas a molecada feladumaégua estragou todos em 2 dias, agora é um que vai no teto.

 

E o negócio é super simples, tem uns 2 capacitores, 3 resistores, o relé e o sensor.

 

EDIT- triac ? Nunca ouvi falar disso, vou procurar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não importa se é triac ou relé, as lampadas eletrônicas comuns funcionam com base naquele regrinhas dos 15 minutos. Não foram feitas para acender e apagar constantemente.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não importa se é triac ou relé, as lampadas eletrônicas comuns funcionam com base naquele regrinhas dos 15 minutos. Não foram feitas para acender e apagar constantemente.

Sim, mas e a parte do "Até os próprios sensores andam queimando"?

Pode ter alguma relação com isso?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

LED são feitos de cristal. Precisam de uma fonte de alimentação adequada e são mais duráveis que fluorescentes e incandescentes. O indicado é ajustar a temporização para alguns minutos pelo menos, porque a fonte do LED também sofre com o liga/desliga repetido. E escolher um LED + luminária adequado ao uso a que se destina.

Só corrigindo esta informação em negrito.

Para um LED, não importa quantas vezes você o ligar e desligar. Nos meus projetos com leds, os PWMs ligam e desligam os LEDs pelo menos 1000 vezes por segundo. Isto dá 3.600.000 por hora... 86.400.000 por dia...   31.536.000.000 por ano (31 bilhões e...) e se corretamente alimentados, podem durar décadas.

 

O LED  tem sim uma vida útil, que pode ser de dezenas a centenas de milhares de horas, dependendo do tipo e do fabricante.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Diodo_emissor_de_luz

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@ não falei do LED em si, mas da fonte de alimentação: "porque a fonte do led também sofre com o liga/desliga".

 

@Evandro como o consumo do LED é baixo pode ficar alguns minutos aceso que não vai falir o condomínio. :)

Muitos sensores usam relé, é um componente eletromecânico que sofre erosão nos contatos elétricos devido ao faiscamento e desgaste no mecanismo mecânico devido ao uso ou a um mal dimensionamento no projeto. Se o defeito for no relé este poderia ser substituído por um modelo mais robusto. Também é importante não ultrapassar a potência máxima e no caso de lâmpadas não ligar mais que 70% da carga máxima (i.é se o sensor for para 600 W ligar no máximo 420W). Isto estende a vida útil do componente. Se postar uma foto desse relé podemos informar um modelo mais resistente. Instalar sensores com triac também é uma opção, o triac é um componente eletrônico capaz de acionar grandes cargas.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Beleza, vou ver o que consigo !

 

Sobre ficar aceso não falir o condomínio, vai falar isso pros moradores.. :D

 

Muito obrigado a todos pela ajuda !

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Evandro, tente ajustar a minuteria para mais tempo. algo como uns 15 minutos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@ não falei do LED em si, mas da fonte de alimentação: "porque a fonte do led também sofre com o liga/desliga".

Foi mal... não interpretei corretamente.

Você está certíssimo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×