Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Braian Nunes

RESOLVIDO PC reiniciando ao realizar qualquer teste de stress

Recommended Posts

Meu PC está reiniciando logo quando eu abro o prime95 (64bits) ou qualquer outra ferramenta de stress.

Ontem ele reiniciou sem nem ao menos eu iniciar o teste, foi só o processador começar a trabalhar em algo "pesado" (em torno de 40-70%) durante um tempo que o mesmo já reiniciou.

 

As temperaturas até onde vi estão ok, em torno de 35-62º (máx).

 

Tenho dois pentes de memória, já removi um dos pentes e já alternei para verificar se há problema na memória.

Não fiz testes com o memtest ainda mas acho difícil ser problema na memória.

A placa mãe tem um painel digital que indica se ocorreu algum erro na placa mas também não detectei nenhum código de erro.

 

O PC é novo, montado semana passada.

Segue configuração:

 

-- MEMÓRIA --

- Kit Memória 2x4GB DDR3 1600MHz/1.5V (PC3-12800) Corsair Vengeance

 

-- FONTE --

- EVGA SuperNOVA 1300 G2 [120-G2-1300-XR]

 

-- PROCESSADOR --

- Intel Core i7-4790K

 

-- COOLER --

- Corsair H100i

 

-- MOBO --

- Gigabyte GA-Z97X-UD5H-BK (Black Edition)

 

Obs.: 

- A fonte está ligada em um filtro de linha da clamper (clamper multi proteção com contador de surtos).

- Ainda não tenho placa de vídeo conectada a placa mãe.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Te sugiro que revises a união do processador com o dissipador do cooler e muito cuidado na aplicação da pasta térmica: Uma fina camada cobrindo toda a área de contato entre CPU e o dissipador já basta (camada esta tão fina quanto uma folha de papel).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Te sugiro que revises a união do processador com o dissipador do cooler e muito cuidado na aplicação da pasta térmica: Uma fina camada cobrindo toda a área de contato entre CPU e o dissipador já basta (camada esta tão fina quanto uma folha de papel).

 

A temperatura está alta demais para este processador?

Vi uns reviews onde dizia que a temperatura estava nos limites "normais".

Recomenda qual pasta?

Obrigado!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A temperatura não está tão no limite, mas é possível que o processador esquente muito rápido para o sensor ter tempo de perceber.

Se tudo está novo na sua máquina, aproveite para revisar todas as conexões, tanto de cabos quanto de slots.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A temperatura não está tão no limite, mas é possível que o processador esquente muito rápido para o sensor ter tempo de perceber.

Se tudo está novo na sua máquina, aproveite para revisar todas as conexões, tanto de cabos quanto de slots.

 

Entendi...

Concordo com você.

Vou revisar as conexões.

De alimentação tem a alimentação da CPU (2x4pinos), e a outra ligação da alimentação da placa mãe.

 

Com relação a pasta térmica, recomenda alguma?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

3ro.gif

 

Pessoal, tentei realizar os testes com o aida64 e para minha "surpresa" o micro reinicia se as opções FPU e/ou cache estiverem selecionadas.
Se eu fizer os testes com qualquer uma das opções selecionadas o PC reinicia NA HORA!
 
Alguém sabe o que pode ocasionar isso???
 
Já troquei as memórias colocando outros módulos de outro PC e também reiniciou. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bem, sou bem limitado para entender o que está ocorrendo por aí, mas é possível tentar-se algumas práticas para se tentar diagnosticar isso aí.

 

  1. Deixar na BIOS as configurações padrão, reiniciar e tentar novamente;
  2. Utilizar algum Linux Live (em CD ou USB sem alterar nada no disco rígido). Eu costumo utilizar Fedora com uma opção de Dados Persistentes bem generosa num pendrive grande para que na próxima reinicialização pela USB eu possa continuar de onde parei sem perder o que instalei. Acaba funcionando como num disco rígido até. Maravilha isso com USB 3.0!
  3. Reinstalar todos os drivers do seu sistema. Se possível, desinstale os drivers originais e instale novamente o driver atual. Note que deves já ter os driver no seu disco. Comece com os drivers do Chipset da sua placa-mãe;
  4. Revise a conexão entre seu processador e seu slot. Se necessário, limpe com muitíssima perícia e cuidado os pinos dele com Álcool Isopropílico (não use qualquer outra coisa). Tomando o máximo de cuidado também com eletricidade estática.

 

No caso do Linux, deve haver algum programa similar ao AIDA64, para se tentar o mesmo que no Windows.

 

Com estes testes, acho ser possível isolar o problema e se dizer onde ele está.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bem, sou bem limitado para entender o que está ocorrendo por aí, mas é possível tentar-se algumas práticas para se tentar diagnosticar isso aí.

 

  1. Deixar na BIOS as configurações padrão, reiniciar e tentar novamente;
  2. Utilizar algum Linux Live (em CD ou USB sem alterar nada no disco rígido). Eu costumo utilizar Fedora com uma opção de Dados Persistentes bem generosa num pendrive grande para que na próxima reinicialização pela USB eu possa continuar de onde parei sem perder o que instalei. Acaba funcionando como num disco rígido até. Maravilha isso com USB 3.0!
  3. Reinstalar todos os drivers do seu sistema. Se possível, desinstale os drivers originais e instale novamente o driver atual. Note que deves já ter os driver no seu disco. Comece com os drivers do Chipset da sua placa-mãe;
  4. Revise a conexão entre seu processador e seu slot. Se necessário, limpe com muitíssima perícia e cuidado os pinos dele com Álcool Isopropílico (não use qualquer outra coisa). Tomando o máximo de cuidado também com eletricidade estática.

 

No caso do Linux, deve haver algum programa similar ao AIDA64, para se tentar o mesmo que no Windows.

 

Com estes testes, acho ser possível isolar o problema e se dizer onde ele está.

 

Ricardo,

O cara tem a mesma configuração e o mesmo problema.

O último usuário postou uma solução para alteração da tensão do processador mas não entendi muito bem. 

Poderia me ajudar?

 

LinK: http://www.tomshardware.com/answers/id-2207989/4790k-crashes-turbo-boost-default-settings.html

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu vi que na penúltima postagem a dica de configurar a tensão da CPU para 1,200V, mas ajustar a tensão de trabalho só deve ser feito quando se quiser fazer ajustes finos para se ter uma performance melhorada.

 

Realizar esse tipo de ajuste é arriscado, pois tens de também preparar um bom radiador de calor já que o bicho vai esquentar. Outra observação, se fizer algum ajuste incorreto, é que se pode danificar a CPU. Todos aqueles ajustes são sempre por sua conta e riscos. Cuidado.

 

Por isso que a minha primeira observação foi "Deixar na BIOS as configurações padrão, reiniciar e tentar novamente". Deixando as configurações no "Default", você garantirá que sua placa-mãe se comporte como uma placa-mãe padrão. Tenhas também certeza se sua BIOS está atualizada.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu vi que na penúltima postagem a dica de configurar a tensão da CPU para 1,200V, mas ajustar a tensão de trabalho só deve ser feito quando se quiser fazer ajustes finos para se ter uma performance melhorada.

 

Realizar esse tipo de ajuste é arriscado, pois tens de também preparar um bom radiador de calor já que o bicho vai esquentar. Outra observação, se fizer algum ajuste incorreto, é que se pode danificar a CPU. Todos aqueles ajustes são sempre por sua conta e riscos. Cuidado.

 

Por isso que a minha primeira observação foi "Deixar na BIOS as configurações padrão, reiniciar e tentar novamente". Deixando as configurações no "Default", você garantirá que sua placa-mãe se comporte como uma placa-mãe padrão. Tenhas também certeza se sua BIOS está atualizada.

 

 

Ricardo,

 

Muito obrigado pela atenção!!!

Consegui resolver, após muita pesquisa percebi que diversas pessoas estavam com o mesmo problema (mesma placa e mesmo processador).

 

Solução:

- Desativar o turbo boost da CPU :).

OU

- Pra quem quer a solução definitiva e continuar utilizando o turbo ou até mesmo pra poder fazer o ver na CPU, basta atualizar a BIOS (última versão compatível com os CPU 'K's é a versão F6).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante
Este tópico está impedido de receber novos posts.





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×