Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
raghiante

RESOLVIDO Multimetro Minipa ET1002 problema no "COM"

Recommended Posts

Boa tarde, pessoal.

Tenho um multimetro Minipa ET1002 e após uma medição em  uma escala errada(acredito que tenha sido isso) ele parou de funcionar o borne (COM). Então quando preciso fazer alguma medição (em qualquer escala) tenho que usar os bornes (positivo) v/m/... (cabo vermelho) e o borne de 10A como "COM".
Obs.: Parece que os valores das medições não alteraram.

Já abri para ver se tem algum problema visível , mas vi apenas que o borne "COM" ficou esfumaçado.

Como faço para consertar isso ? será que tem como ?.... ou posso continuar usando ele desse jeito mesmo ?

Obrigado a todos que responderem.

 

post-432037-0-78307200-1412353852.jpg

Manual:

http://www.minipa.com.br/1/5/5-Minipa-Multimetros-Digitais-ET-1002

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vou dar um shut... deve ter um shunt, tipo um jumper, um fio grosso, entre o COM e o 10A. Pode ter aberto ou detonado sua trilha e/ ou contato. Meça a continuidade entre estes 2 bornes. Deve ser praticamente zero. Sim pode usar normalmente

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@raghiante

O (shunt) dificilmente se abrirá se você não o submetê-lo a uma corrente bem acima do que ele suporta e foi projetado.

Neste multímetro também deve haver um fusível de proteção.

Já o verificou?

http://www.newtoncbraga.com.br/index.php/artigos/49-curiosidades/1920-art284.html

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Na foto do multímetro diz "UNFUSED", ou seja, sem fusível. É algo bem comum nesses multímetros baratos, não ter fusível na escala de 10A, só na de 500mA.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Isso que lhe aconteceu por ai, tenho visto ao longo da vida, é bastante comum.. Novatos na operação com multímetros imaginam poder medir a capacidade de entrega de corrente de uma fonte, bateria ou pilha, por exemplo e, com o multímetro na escala da Amperes tascam as ponteiras nas extremidades + e - da fonte.. Como se medisse tensão..

Ai é fatal.. Pode romper fusível, se tiver, pode romper trilha, borne, chave e sabe mais o que..

Por isso, antes de manusear um multímetro a gente tem de saber, conceitualmente, o que se está medindo.

Me perdoe se não foi esse seu problema ai.. É que tenho muitos, muitos anos de vivência nessa área e já vi muito embora saiba que ainda nem vi tudo...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

E vai acontecer muito..,.

Experiência.

Já queimei muitos  componentes pra chegar onde estou.


Isso que lhe aconteceu por ai, tenho visto ao longo da vida, é bastante comum.. Novatos na operação com multímetros imaginam poder medir a capacidade de entrega de corrente de uma fonte, bateria ou pilha, por exemplo e, com o multímetro na escala da Amperes tascam as ponteiras nas extremidades

 

 

Será que faz parte do aprendizado?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigado pessoal, pelas dicas

Já andei abrindo e não encontrei nada torrado, trilha... fio grosso(já refiz a solda deste). No entanto vou abrir novamente e qualquer coisa posto as fotos da placa do mesmo. Quem sabe não estou vendo e um de vocês. consegue ver.

Valeu.


Isso que lhe aconteceu por ai, tenho visto ao longo da vida, é bastante comum.. Novatos na operação com multímetros imaginam poder medir a capacidade de entrega de corrente de uma fonte, bateria ou pilha, por exemplo e, com o multímetro na escala da Amperes tascam as ponteiras nas extremidades + e - da fonte.. Como se medisse tensão..

Ai é fatal.. Pode romper fusível, se tiver, pode romper trilha, borne, chave e sabe mais o que..

Por isso, antes de manusear um multímetro a gente tem de saber, conceitualmente, o que se está medindo.

Me perdoe se não foi esse seu problema ai.. É que tenho muitos, muitos anos de vivência nessa área e já vi muito embora saiba que ainda nem vi tudo...

 

 

Na foto do multímetro diz "UNFUSED", ou seja, sem fusível. É algo bem comum nesses multímetros baratos, não ter fusível na escala de 10A, só na de 500mA.

 

 

@raghiante

O (shunt) dificilmente se abrirá se você não o submetê-lo a uma corrente bem acima do que ele suporta e foi projetado.

Neste multímetro também deve haver um fusível de proteção.

Já o verificou?

http://www.newtoncbraga.com.br/index.php/artigos/49-curiosidades/1920-art284.html

 

 

Vou dar um shut... deve ter um shunt, tipo um jumper, um fio grosso, entre o COM e o 10A. Pode ter aberto ou detonado sua trilha e/ ou contato. Meça a continuidade entre estes 2 bornes. Deve ser praticamente zero. Sim pode usar normalmente

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá pessoal.

Estou de volta.... abri novamente o multímetro e olhei com cuidado, fiz algumas medições, e sinceramente não encontrei nada. Estranho ....

Veja as fotos do circuito, nada torrado, trilhas ok... etc. Obrigado.

 

post-432037-0-10637700-1412678548_thumb.

post-432037-0-25946600-1412678558_thumb.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara o problema é mais simples do que realmente parece, no primeiro post você falou que ficou esfumaçado o borne, isso significa que a ponta de prova não está em contato com esse borne, isso se resolve limpando o "miolo" do borne com esponja de aço geralmente. No pior das hipóteses terá rompido a trilha que liga o borne na placa, apenas resoldando deve resolver se for esse o caso.

 

Vamos analisar: o borne COM é ligado ao borne 10A por um shunt (esse fio grossão na foto que fica na placa), isso é QUASE que dizer que tanto a COM e a 10A são a mesma entrada, por isso se você ligar as duas pontas de prova e ligar na tomada simplesmente vai dar um curto (deve ter acontecido isso, certo?), então se seu multímetro funciona normal utilizando os dois bornes vermelhos isso apenas comprova o que citei acima, sua ponta de prova não está tendo contato com a placa através do borne, somente isto, limpe o interior do borne preto com o famoso bombril, se não funcionar procure por algum rompimento de trilha na placa no pé do borne preto onde vai a solda, lembre-se o borne preto deve dar continuidade com o shunt.

 

Facinho resolver, faz isso que te falei e retorna no tópico pra relatar qual dos dois casos foi seu.

 

Abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@raghiante

O (shunt) dificilmente se abrirá se você não o submetê-lo a uma corrente bem acima do que ele suporta e foi projetado.

Neste multímetro também deve haver um fusível de proteção.

Já o verificou?

http://www.newtoncbraga.com.br/index.php/artigos/49-curiosidades/1920-art284.html

Brother, beleza?

Já verifiquei... não é fusível. Refiz as soldas no shunt (fio grosso). Não tem nenhuma trilha danificada. Veja as fotos que postei do mesmo.

Obrigado.

Cara o problema é mais simples do que realmente parece, no primeiro post você falou que ficou esfumaçado o borne, isso significa que a ponta de prova não está em contato com esse borne, isso se resolve limpando o "miolo" do borne com esponja de aço geralmente. No pior das hipóteses terá rompido a trilha que liga o borne na placa, apenas resoldando deve resolver se for esse o caso.

 

Vamos analisar: o borne COM é ligado ao borne 10A por um shunt (esse fio grossão na foto que fica na placa), isso é QUASE que dizer que tanto a COM e a 10A são a mesma entrada, por isso se você ligar as duas pontas de prova e ligar na tomada simplesmente vai dar um curto (deve ter acontecido isso, certo?), então se seu multímetro funciona normal utilizando os dois bornes vermelhos isso apenas comprova o que citei acima, sua ponta de prova não está tendo contato com a placa através do borne, somente isto, limpe o interior do borne preto com o famoso bombril, se não funcionar procure por algum rompimento de trilha na placa no pé do borne preto onde vai a solda, lembre-se o borne preto deve dar continuidade com o shunt.

 

Facinho resolver, faz isso que te falei e retorna no tópico pra relatar qual dos dois casos foi seu.

 

Abraços

Brother, beleza ??

Já testei muitas coisas, verifiquei as trilhas.... nada danificado, mas vou dar uma olhada mais detalhada no borne COM, embora o conector esteja entrando no borne, bem justo.

Valeu pela dica. Volto para postar o resultado.

Obrigado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

 Novatos na operação com multímetros imaginam poder medir a capacidade de entrega de corrente de uma fonte, bateria ou pilha, por exemplo e, com o multímetro na escala da Amperes tascam as ponteiras nas extremidades + e - da fonte.. Como se medisse tensão..

Ai é fatal.. Pode romper fusível, se tiver, pode romper trilha, borne, chave e sabe mais o que..

Por isso, antes de manusear um multímetro a gente tem de saber, conceitualmente, o que se está medindo.

Me perdoe se não foi esse seu problema ai.. É que tenho muitos, muitos anos de vivência nessa área e já vi muito embora saiba que ainda nem vi tudo...

Na verdade esses multímetros mais simples, depois de erro desses param de funcionar ou descalibrar inutilizando o multímetro.

 

Verifique novamente sua trilha, ela simplesmente pode ter partido/abriu em alguma parte

post-366847-0-90030800-1413495252_thumb.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Na verdade esses multímetros mais simples, depois de erro desses param de funcionar ou descalibrar inutilizando o multímetro.

 

Verifique novamente sua trilha, ela simplesmente pode ter partido/abriu em alguma parte

Brother, valeu pela dica... vou dar mais uma olhada.

 

Obrigado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigado a todos que ajudaram com suas dicas,  para resolução do problema.  Tudo foi resolvido após fazer uma ligação (ponte) entre o COM e o shunt. Segue as fotos para mostrar como foi resolvido, soldando um fio de cobre para fazer a ligação, visto que a trilha tinha sido rompida.post-432037-0-32471500-1413648715_thumb.post-432037-0-56198400-1413648736_thumb.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante
Este tópico está impedido de receber novos posts.





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×