Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Rafudos

MSI B85M Eco, quanto uma placa mãe pode influenciar no consumo?

Recommended Posts

Recentemente fui indagado ao procurar uma máquina simples para uso comum de internet e vídeo, com necessidade básica de games.. Deste modo, concluindo que o usuário não precisaria de nenhum tipo de máquina gamer ou high-end, um pc básico já o atenderia perfeitamente, porém mesmo em um pc mega-básico será que a placa mãe faz diferença no consumo??

 

Para isto, vamos falar hoje um pouco sobre a MSI B85M Eco.

 


 

image001_zps700b96d9.jpg

 

▲ Começando já pela frente da caixa, vemos que é um produto dedicado a eficiência energética (eco-friendly).

 

image002_zps657bb71a.jpg

 

▲Já do lado de trás da caixa, temos mais algumas informações importantes, como por exemplo o objetivo de realizar mais consumindo menos energia..

 

image003_zpsed1d06d9.jpg

 

▲Acessórios

 

image004_zps3e447234.jpg

 

▲Em outra foto, temos seu manual, cabos, dvd com drivers e tudo mais…

 

image005_zps31ec1044.jpg

 

▲ Em linhas gerais, esta é uma placa bastante básica com o chipset B85. Trazendo quase tudo que um usuário comum possa precisar, esta placa além de barata possui tecnologia especial de PCB e componentes para economia de energia com tecnologia Military Class 4, todos os capacitores sólidos e indutores de qualidade.

 

image006_zps2558fd8e.jpg

 

▲ Em seu painel traseiro, temos novamente tudo que um usuário básico possa precisar, nada muito especial, com exceção do par de portas USB 3.0.

 

image007_zps626a0ed6.jpg

 

▲Mas e sobre o consumo? Em se tratando se tecnologias de economia de energia, o que acontece geralmente é a criação de diferentes estados de energia que acabam por fim em reduzir não só o consumo mas também o desempenho da máquina.

 

p5BtWYh.jpg

 

Até hoje a única maneira que eu conheço de se obter isto, seria por meio não só de uma placa mais eficiente, mas também por meio de um undervolt.

 

Para quem não sabe, o undervolt é justamente abaixar a tensão do processador de modo a explorar seu room de overclocking. Em outras palavras, um cpu com a tensão padrão consegue fazer algum overclocking normalmente, isto significa não só que sua tensão stock é suficiente para rodar clocks mais altos que o padrão, mas também significa que o clock padrão não precisa de toda esta tensão, portanto, é possível rodar o processador em sua frequência padrão, porém, com uma menor tensão e menor consumo!

 

Da mesma maneira que hoje podemos realizar overclocking por meio de um simples botão, onde a placa mãe descobre valores de frequência e tensão otimizadas para overclocking naquele processador, nada nos impede que tenhamos uma tecnologia que teste e ache o melhor valor de undervolt para estes processadores, diminuindo seu consumo em full load sem custo no desempenho! Acredito que esta seja uma das primeiras placas que trabalhe isto de forma inteligente, mesmo que a economia em porcentagem seja boa, é absolutamente vital conseguir isto sem sacrificar desempenho em nome de apenas alguns watts....

 

sh6zDmP.jpg

 

Espero que tenham achado interessante e nos vemos na próxima!

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×