Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
sjrduarte

Dúvida sobre combinação de filtros RFI/EMI

Recommended Posts

Vi uma dúvida de um usuário aqui do fórum (não respondida) sobre filtragem de ruídos e achei bem interessante a questão.

 

Ele questionava se usar uma fonte que tem filtragem interna completa de ruído (boas fontes) em um filtro que também tem indutor e capacitor não alterava as condições de atenuação da frequência final para qual a fonte foi projetada.

 

Ou seja, um filtro de 1ª ordem poderia influenciar em outro de 2ª ordem?

 

A filtragem de ruídos parece ser uma questão muito complexa. Existem até software's específicos de simulação de filtros como esse abaixo da Taiyo Yuden:

 

 

2wp14c7.jpg

 
 
 
Fazendo algumas simulações pude notar que quando alteramos um parâmetro (tamanho, capacitância ou indutância) o gráfico de atenuação muda em decibéis suas características. Assim, usando mais capacitores X2 e mais indutores combinados, as mudanças podem ser muito maiores no resultado final, e obter uma corrente totalmente alterada. 
 
Também imagino que usar indutores caseiros ou retirado de fonte defeituosa sem saber quantos henry ele gera também não seria uma boa em um projeto de filtro porque você não tem ideia da frequência que está saindo.
 
 
Não seria mais interessante deixar uma tomada sem filtragem de ruídos de forma que esta tomada extra tenha apenas proteção com varistores, centelhadores e fusível?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A filtragem imposta pela fonte, providenciada pela mesma, tem como maior função evitar que a energia de alta frequência gerada e comutada dentro dessa fonte saia para a rede AC.. Desse modo essa filtragem deve deixar passar frequências de 60 Hz e não passar ou atenuar o máximo possível as frequências de trabalho da fonte, geralmente de 40 a 90 kilo Hertz. Norte que a separação é enorme e por isso os valores dos componentes não são assim tão exigidos quanto a seus valores..

 

No tocante a filtro de linha externo, sua função é a de evitar ou minimizar a entrada de interferência por rádio frequência na fonte bem como nos demais equipamentos além do PC..

Ai a separação de frequências chega a ser maior ainda, de 60 Hz para não bloquear e de 100.000 Hertz para mais para bloquear.. e sim

 

Mais uma vez os filtros não vão exigir demais de seus componentes bem como da tolerância ou variação dos componentes dos mesmos..

Os filtros não são passa faixa, ou passa banda e sim passa baixas. Desse modo tudo que for de 60 Hz para baixo deve passar (na verdade os filtros acabam na prática cortando em 2 a 3 kilo Hertz, deixando passar tudo abaixo disso dai e em 100 kilo Hertz eles acabam atenuando coisa de 60 dB em 100 kilo Hertz.. Ora amigo, 60 Db significa atenuar mais de 1.000 vezes o sinal interferente, no tocante a amplitude da tensão do mesmo..  Isso é mais do que ótimo..

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×