Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Peleias

Efeitos "Pesados" e Renderização no After Effects

Recommended Posts

Olá, tudo bom?

Sou novo no After Effects, comecei com a ideia de fazer Banners e me animei com as possibilidades do After Effects(amei!) mas depois de aprender muito e ver muitos tutorias de renderização ainda não consegui orientação para o assunto de efeitos pesados/rapidos.

 

Bem, começou que quando terminei o video, com palavras se movendo, efeitos no fundo com fractais para simular ruido e nuvens e etc e transições rápidas, foto se movendo na tela. Gerei em .mov e upei direto pro youtube. O player o youtube não aguentou, trava completamente nas animações...

 

Ai descobri que tinha que aprender sobre renderizações e programas(Super e Handbrake), vi as melhores configurações para renderizar no youtube, diminui em 1/10(400 pra 40 mega) o tamanho do arquivo...mas ainda nada. O player do youtube não aguenta.

 

Apelei e usei as configurações mais compactas, deixando o arquivo com 8 megas(mp4)...mas não adianta, o player do youtube mal aguenta, trava a imagem com o som na parte mais pesada.

 

 

Procurei com palavras chaves sobre tutorias para aprender sobre isso, sobre efeitos pesados, mas não encontrei nada a respeito.

 

O que fiz de errado? Alguém tem indicação do que fazer ou tutorias para entender essa relação de renderização com efeitos pesados???? Pra mim não faz sentido, já que vejo efeitos 3D em videos e nunca vi travar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×