Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Marcio Machado_316354

Conserto de Fontes.

Recommended Posts

Olá pessoal, Tenho duas fontes de alto desempenho, que já possuem 5 anos de uso, as duas foram trocadas por apresentarem problemas, gostaria de saber se o pessoal, conhece um passo a passo, para detectar e resolver problemas neste tipo de fonte.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Concertos de eletrônicos necessitam o diagrama de funcionamento bem como o ferramental necessário e o mais ou tão importante, o conhecimento da eletrônica e habilidade manual necessárioa para lidar com soldas, etc.

Fora isso é trocador de peça, porque não basta a substituição pura e simples, tem que se pesquisar a causa para poder combater o efeito, a peça defeituosa pode até estar visivel, mas se trocar sem saber a causa, o defeito pode se repetir.

E reunir tudo isso junto é quase impossível, então só conseguiras trocadores de peças, mas com um agravante, a cobrança, o cara se instabelece e quer obter o faturamento necessário para se manter logo, dai a cobrança exorbitante de valores, antigamente essa cobrança era mais justa, mas atualmente a forma de cobrança não segue nenhum critério, se voce chegar no local de carrão, o preço é um ao passo que se fores de bicicleta (de preferência com aquela caixa plástica "morfética" presa no suporte) ai o preço cai, mas mesmo assim são valores que não se justificam.

Além disso se voltar o problema, ele dirá que é outra coisa, pode até ser, mas voce nunca saberá se é ou não se foi serviço mal feito ou não.

Tem outro agravante, como o tempo e a caloria vai degradando os componentes, alterando as propriedades, ao instalar um novo, dizem que pode a curto prazo ocasionar a queima dos mais enfraquecidos.

Conclusão: Tire a ventoinha para refriger o gabinete e compre uma fonte nova, a não ser que consiga arrumar no "faça voce mesmo" ou "de grátis"...pagar nem pensar.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Concertos de eletrônicos necessitam o diagrama de funcionamento bem como o ferramental necessário e o mais ou tão importante, o conhecimento da eletrônica e habilidade manual necessárioa para lidar com soldas, etc.

Fora isso é trocador de peça, porque não basta a substituição pura e simples, tem que se pesquisar a causa para poder combater o efeito, a peça defeituosa pode até estar visivel, mas se trocar sem saber a causa, o defeito pode se repetir.

E reunir tudo isso junto é quase impossível, então só conseguiras trocadores de peças, mas com um agravante, a cobrança, o cara se instabelece e quer obter o faturamento necessário para se manter logo, dai a cobrança exorbitante de valores, antigamente essa cobrança era mais justa, mas atualmente a forma de cobrança não segue nenhum critério, se voce chegar no local de carrão, o preço é um ao passo que se fores de bicicleta (de preferência com aquela caixa plástica "morfética" presa no suporte) ai o preço cai, mas mesmo assim são valores que não se justificam.

Além disso se voltar o problema, ele dirá que é outra coisa, pode até ser, mas voce nunca saberá se é ou não se foi serviço mal feito ou não.

Tem outro agravante, como o tempo e a caloria vai degradando os componentes, alterando as propriedades, ao instalar um novo, dizem que pode a curto prazo ocasionar a queima dos mais enfraquecidos.

Conclusão: Tire a ventoinha para refriger o gabinete e compre uma fonte nova, a não ser que consiga arrumar no "faça voce mesmo" ou "de grátis"...pagar nem pensar.

Pra falar a verdade eu to na categoria do faça você mesmo, hehehhee

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu idem, vou desde pintura do imóvel (melhor do que profissional), passando por troca de reparo de válvula hidra, placas do micro ondas e maquina de lavar, e outros que pintar, e falando nisso, hoje a Hidra do WC disparou, comprei o reparo aqui perto de casa, original Deca, por R$ 29,00 como a borboleta plástica, que abre e fecha o registro interno espanou, comprei outra e de quebra o pequeno retentor que vai no cilindro de acionamento, que de uns tempos para ca não duram nada, antes era instalar uma válvula de descarga dessa marca e esquecer por anos; gastei mais R$ 10,00 ficando o total em R$ 39,00 com certeza um encanador cobraria de R$ 120,00  a R$ 150,00 com material.

Agora quando é coisas como ar condicionado e móveis, sou obrigado a aceitar a instalação seja paga como do ar ou grátis (???) como a dos móveis por causa da garantia, depois disso, monto e desmonto e com mais cuidado e capricho porque é meu.

Faço algumas coisas na moto como trocar pastilha e óleo de freio; relação; todos os cabos, instalei bau e suporte, enfim só não me atrevo a mexer em carros há muito tempo, mesmo porque nem saberia o que fazer.

Ia esquecendo, economizei R$ 750,00 além do risco de levar a tv 47" lcd para o conserto, com isso meu custo ficou em menos de R$ 10,00 para comprar 4 capacitores e paguei R$ 15,00 para um cara soldar porque não tenho sugador para tirar.

Na real é bom ter grana sobrando para pagar alguém para trocar uma lâmpada, mas infelizmente não posso me dar a esse luxo.

 

http://forum.clubedohardware.com.br/topic/1066889-tv-lg-não-liga-na-primeira-vez/

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pra falar a verdade eu to na categoria do faça você mesmo, hehehhee

Desista, essas fontes são complicadas demais, os componentes são caros demais e vários deles você não vai achar aqui no brasil, alguns não vai achar nem no exterior (ou se achar, vai ter que comprar 100 unidades, por exemplo, pois dependendo do componente/loja não vendem apenas uma ou duas unidades...).

E se for para tentar "consertar" para acabar colocando componentes "equivalentes" e acabar com uma fonte "frankstein", é melhor deixar a fonte com defeito.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tai algo que esqueci e o companheiro Jorno mencionou: as peças...além da situação de não achar tais componentes, muitas vezes não é porque não tem ou porque é difícil, apenas porque o fabricante "mascarou" a idenficação, os componentes eletrônicos segue uma linha de materiais denominados normalizados ou padronizados, voce compra o componente de acordo com a sua necessidade, apenas para entender guardando as devidas proporções, é como parafusos, rolamentos, quando se faz um projeto, já considera as medidas desses componentes, a industria não fará algo sob medida para voce, ela tem a sua linha de produção, principalmente os exemplos citados, baseados em NOMAS (DIM, ABNT, ISO, etc), mas ao desfigurar a identificação do componente, ela inviabiliza ou dificulta sua substituição por terceiros.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tai algo que esqueci e o companheiro Jorno mencionou: as peças...além da situação de não achar tais componentes, muitas vezes não é porque não tem ou porque é difícil, apenas porque o fabricante "mascarou" a idenficação, os componentes eletrônicos segue uma linha de materiais denominados normalizados ou padronizados, voce compra o componente de acordo com a sua necessidade, apenas para entender guardando as devidas proporções, é como parafusos, rolamentos, quando se faz um projeto, já considera as medidas desses componentes, a industria não fará algo sob medida para voce, ela tem a sua linha de produção, principalmente os exemplos citados, baseados em NOMAS (DIM, ABNT, ISO, etc), mas ao desfigurar a identificação do componente, ela inviabiliza ou dificulta sua substituição por terceiros.

 

 

E também vale lembrar que esse tipo de fonte geralmente tem uma garantia que vai de 3 anos a até 10 anos dependendo do fabricante/modelo... ai perde completamente o sentido mesmo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×