Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Flavia Dutra

Boletim 1.416 – 14/04/2015

Recommended Posts

Boletim do Clube do Hardware | www.clubedohardware.com.br

Boletim 1.416 – 14/04/2015

Editado por Flavia Dutra

boletim@clubedohardware.com.br

Proibido Copiar ou Republicar - www.clubedohardware.com.br/pagina/legal

 

Índice

1. Conheça os livros de Gabriel Torres
2. Curta o Clube do Hardware no Facebook!

3. Facebook é processado por violar privacidade de dados biométricos nas marcações de fotos

4. Google registra patente de controle online de spoilers

5. Rovio recebe US$ 4,3 milhões por direitos autorais de seus produtos

6. LinkedIn compra o site de cursos Lynda.com

7. Cientistas desenvolvem computador medindo apenas um milímetro cúbico

8. Errata

 

------------------------------------------------------------

 

1. Conheça os livros de Gabriel Torres

 

Referência na área e amplamente adotado em cursos técnico-profissionalizantes, com os livros de Gabriel Torres você se destacará no mercado de trabalho. Confira:

 

Hardware: http://bit.ly/1IQLbGu

 

Redes: http://bit.ly/T4WvsX

 

Montagem: http://bit.ly/1tHBq28

 

Eletrônica: http://bit.ly/1zmeknA

 

[informe publicitário, texto de responsabilidade do anunciante]

 

------------------------------------------------------------

 

2. Curta o Clube do Hardware no Facebook!

 

Página do Clube do Hardware: http://www.facebook.com/clubedohardware

 

Página pessoal de Gabriel Torres: http://www.facebook.com/gabrieltorresoficial

 

[informe publicitário, texto de responsabilidade do anunciante]

 

------------------------------------------------------------

 

3. Facebook é processado por violar privacidade de dados biométricos nas marcações de fotos

 

O norte-americano Carlo Licata, do estado de Illinois, entrou com uma ação contra o Facebook no condado de Cook, alegando violação da privacidade de seus dados biométricos usados nas sugestões de marcar fotos.

 

Segundo o processo, o software de reconhecimento facial do Facebook "acumula secretamente a maior base de dados privada de informações biométricas de consumidores do mundo". Além disso, Licata afirma que a rede social teria quebrado a lei do estado ao não informar, nos termos de serviço, que suas informações biométricas estavam sendo registradas e armazenadas, nem quando elas serão destruídas.

 

A tecnologia mencionada na ação, chamada "sugestões de marcação", foi criada em 2010 e utiliza o reconhecimento facial para cruzar novas fotos com outras nas quais as pessoas já foram marcadas. Entretanto, o Facebook permite que os usuários impeçam a marcação dessas fotos.

 

Porém, de acordo com Jay Edelson, advogado de Licata, mesmo alterando as configurações de privacidade, antes o Facebook já obteve os dados e os guardou. Por isso, Edelson afirma que o serviço não deveria ser implantado sem a autorização do usuário.

 

Um porta-voz do Facebook informou que a ação judicial não tem fundamentos para prosseguir e que a empresa pretende se defender vigorosamente.

 

Mais informações:

http://trib.in/1I7NDcQ

 

------------------------------------------------------------

 

4. Google registra patente de controle online de spoilers

 

O Google obteve autorização do US Patent Office (USPTO) dos Estados Unidos de uma patente que descreve um sistema e um método para controlar e até filtrar automaticamente spoilers (informações que antecipam episódios ou trechos de programas de TV ou filmes).

 

Segundo a patente, registrada sob o número 9.002.942, o sistema inclui um controlador, que recebe dados de um conteúdo audiovisual de usuários, e os módulos de progresso, que determina um primeiro estágio do ato de assistir o conteúdo; de determinação, que detecta se os dados incluem algum spoiler; de advertência, que

obscurece o conteúdo suspeito; e de apresentação, que gera um aviso de spoiler.

 

O sistema pode ainda monitorar atividades de grupos, acompanhando os estágios de progresso no consumo de conteúdo por parte de cada integrante.

 

Além disso, o sistema permite determinar o que é considerado spoiler para cada um dos componentes do grupo, evitando que se quebre o suspense para as pessoas afetadas.

 

Mais informações:

http://nbcnews.to/1GrEPOh

 

------------------------------------------------------------

 

5. Rovio recebe US$ 4,3 milhões por direitos autorais de seus produtos

 

A Rovio, empresa finlandesa criadora da série Angry Birds, ganhou US$ 4,3 milhões por causa de um processo movido na corte federal norte-americana contra a companhia de brinquedos Toy Amazon Corp., acusada de vender produtos falsificados dos pássaros.

 

Do valor total da indenização, US$ 2,7 milhões referem-se aos direitos autorais e mais de US$ 1,5 milhão por violação de marca registrada.

 

Segundo a Rovio, uma parte significativa dos lucros da empresa vem das vendas de brinquedos e outros produtos licenciados.

 

Mais informações:

http://bit.ly/1NXVmc1

 

------------------------------------------------------------

 

6. LinkedIn compra o site de cursos Lynda.com

 

A rede social LinkedIn adquiriu o site Lynda.com, que oferece cursos e tutoriais online em diversas áreas, por US$ 1,5 bilhão.

 

Segundo o LinkedIn, 52% do valor foi pago em dinheiro e o restante em ações, mas o acordo só deverá ser concluído no segundo trimestre deste ano.

 

Ainda conforme o LinkedIn, o objetivo da compra é fazer com que os profissionais façam cursos, fiquem especializados e busquem empregos e contatos na rede social.

 

O Lynda.com foi criado há cerca de 20 anos como um livro em forma de tutorial sobre como construir um site, tornado-se em 2002 uma página na internet. Atualmente, o site contém cursos de desenvolvimento, design, fotografia, animação, entre outros. Os usuários podem usar o Lynda.com por um período de testes ou assinar o serviço por US$ 25 mensais, com acesso ilimitado a todo o conteúdo.

 

Mais informações:

http://linkd.in/1CB3g4p

 

------------------------------------------------------------

 

7. Cientistas desenvolvem computador medindo apenas um milímetro cúbico

 

Pesquisadores da Universidade de Michigan criaram um computador que mede apenas um milímetro cúbico, chamado Michigan Micro Note ou M^3, considerado o menor do mundo.

 

O computador funciona com luz solar, pode ser programado e é voltado para a Internet das Coisas. Apesar do tamanho, ele tira fotos, lê e grava temperatura e pressão.

 

No entanto, o M^3 não possui portas para teclado, mouse ou monitor, mas processa dados e os envia para um computador central através de sinais de rádio convencionais em um raio de dois metros de distância, embora os protótipos já alcancem 20 metros.

 

Para reduzir o consumo de energia, os sensores do M^3 são ativados periodicamente, de modo automático, para gravar e enviar os dados. E durante a inatividade a eletricidade quase não é utilizada.

 

Segundo os pesquisadores, o M^3 poderá ser implementado em diversos setores, como o médico e o industrial, podendo inclusive ser inserido no corpo humano para monitoramento dos pacientes.

 

Os pesquisadores informaram ainda que o M^3 já está pronto para produção e que estão desenvolvendo computadores menores, chamados de "poeira inteligente".

 

De acordo com os cientistas, a indústria de petróleo está interessada no M^3 para o monitoramento de poços.

 

Mais informações:

http://dailym.ai/1FAnmjU

 

------------------------------------------------------------

 

8. No Boletim 1.415, na notícia nº 8 "Rede 4G deve entrar em operação um ano após o fim da TV analógica", a informação refere-se especificamente à faixa de 700 MHz que é utilizada pela transmissão de TVs analógicas. Além disso, as redes 4G já existem no Brasil desde 2013.

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante
Este tópico está impedido de receber novos posts.





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×