Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Entre para seguir isso  
HardAttack

Fbi Prende Cracker Que Roubou Código Do Altavista

Recommended Posts

FBI prende cracker que roubou código do AltaVista

Laurent Chavet foi preso pelo FBI na semana passada sob suspeita de ter roubado o código fonte do sistema de busca AltaVista há dois anos. Coincidência ou não, o cracker trabalhava atualmente na Microsoft, na divisão MSN Search.

A Microsoft anunciou recentemente que vai redesenhar totalmente sua ferramenta de busca, hoje baseada em uma tecnologia licenciada pela Inktomi, divisão da Yahoo!. Uma versão prévia do novo sistema foi liberada para testes na semana passada.

Chavet foi funcionário da AltaVista mas, segundo os federais, acessou ilegalmente os sistemas da companhia entre março e junho de 2002, período em que não trabalhava mais lá. O FBI disse ao jornal Seattle Post Intelligencer que o cracker copiou para seu computador pessoal uma tecnologia patenteada para a realização de pesquisas na web.

A Microsoft admitiu que Chavet fazia parte de seu quadro de funcionários, mas não confirmou para o jornal em que divisão ele trabalhava - a informação de que o cracker fazia parte da equipe MSN Search e que era visto como "especialista em tecnologia de busca" veio de outros empregados da companhia. Por meio de um porta-voz, a empresa só declarou que "exige que seus funcionários sejam honestos, éticos e ajam dentro da lei".

Após sair da AltaVista e antes de entrar na Microsoft Chavet trabalhou no laboratório de pesquisas da IBM em Almaden, conta a matéria. As acusações contra o cracker - que é francês e teve o passaporte confiscado - não afetam nem a Big Blue e nem a Microsoft, tanto que o FBI não apreendeu máquinas em nenhuma das duas companhias.

A AltaVista avaliou os danos causados por Chavet com a invasão dos sistemas em mais de 5 000 dólares - o cracker disse ao FBI que acessou o sistema porque tinha "curiosidade em acompanhar a evolução da ferramenta". O caso será julgado por uma corte de San Francisco especializada em crimes de computador; a primeira audiência acontece no próximo dia 20.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Coincidência ou não, o cracker trabalhava atualmente na Microsoft, na divisão MSN Search.

Assim até eu enriqueço, roubando a tecnologia dos outros.

A AltaVista avaliou os danos causados por Chavet com a invasão dos sistemas em mais de 5 000 dólares

Aff, eles ganham milhares de vezes mais que isso... <_<

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Entre para seguir isso  





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×