Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Paulo Bruno

Ajuste de tensão de saída de fonte smps half bridger

Recommended Posts

Olá a todos, esses dias estudei projetei e montei uma fonte chaveada half bridge, só que a tensão de saída fica oscilando entre 14,2 e 15,6 e quando eu coloco uma carga de 4 ampères ela desse para 13,6. Já troquei o foto acoplador, diodo zener de 12v, e trinpot e o resistor de 220R. Se alguém poder ajudar agradeço

Att

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá a todos, esses dias estudei projetei e montei uma fonte chaveada half bridge, só que a tensão de saída fica oscilando entre 14,2 e 15,6 e quando eu coloco uma carga de 4 ampères ela desse para 13,6. Já troquei o foto acoplador, diodo zener de 12v, e trinpot e o resistor de 220R. Se alguém poder ajudar agradeço

Att

Por favor. nos passe o esquema, o trafo, os enrolamentos...etc.

"estudei projetei e montei uma fonte chaveada half bridge"

Pelo menos, o que já  fez, algum conhecimento deve ter.

Não tenha medo, ninguém vai roubar a sua ideia.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

50khz-4n25-sg3525-smps-ir2110-smps-900w-

esse esquema ai mas eu so to usando a parte do oscilador mesmo. os demais componentes foram alterados, os chaveadores e ifr840, o transformador e pequeno com primário de 26 com fio 19 AWG, e secundário de 2+2 com 5 fios 20 AWG. Os capacitores dobrador eu to usando quatro pares de 470uF por 200v. O duty cicle ta com 5 volts com a fonte sem carga e com carga. Obs.: não estou utilizando o ir2110 e sim o famoso trafo driver bem calculado 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá a todos, esses dias estudei projetei e montei uma fonte chaveada half bridge, só que a tensão de saída fica oscilando entre 14,2 e 15,6 e quando eu coloco uma carga de 4 ampères ela desse para 13,6. Já troquei o foto acoplador, diodo zener de 12v, e trinpot e o resistor de 220R. Se alguém poder ajudar agradeço

Att

 

Este problema é um tipo de ressonância que dá na estabilização da tensão, provocada pelo delay na resposta do foto-acoplador e a resposta ultra rápida do rápida do SG3525. 

 

Eu já te disse qual é o problema. Já que você estudou projetou e montou a fonte, você também saberá como resolver o problema. 

 

Julga-se que se alguém possui conhecimentos suficientes  para projetar uma fonte chaveada, também possua conhecimentos suficientes para resolver um simples problema de ressonância. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amigão Albert quando eu digo eu digo que projetei a fonte chaveada, eu não quero dizer que projetei do zero, apenas a parte de chaveamento e retificação !!. Na hora do teste utilizei apenas o circuito do ocilador, o qual eu estou com problemas. Ja troquei três SG e os demais resistores e capacitores do circuito e o problema ainda persiste !! 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amigão Albert quando eu digo eu digo que projetei a fonte chaveada, eu não quero dizer que projetei do zero, apenas a parte de chaveamento e retificação !!. Na hora do teste utilizei apenas o circuito do ocilador, o qual eu estou com problemas. Ja troquei três SG e os demais resistores e capacitores do circuito e o problema ainda persiste !!

"Retificacao e o chaveamento"... Isso nao é projetar, porque isso é uma coisa generica que todas fontes tem.... Acho que talvez você queira dizer "dimensionei"...

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amigão Albert quando eu digo eu digo que projetei a fonte chaveada, eu não quero dizer que projetei do zero, apenas a parte de chaveamento e retificação !!. Na hora do teste utilizei apenas o circuito do ocilador, o qual eu estou com problemas. Ja troquei três SG e os demais resistores e capacitores do circuito e o problema ainda persiste !! 

Não adianta trocar nada. Aqui que começa o projeto.

 

Até então você havia apenas copiado.

Copiou topologia, técnicas e o esquema completo. Mas agora você chegou num ponto que exige que desenvolva engenharia. 

 

É meu amigo. É hora de projetar!

 

Faça um exercício metal:

Imagine o momento que você liga a fonte e o capacitor de saída ainda está zerado.

Você sabe que o SG3525 tem resposta ultra rápida, mas o foto-acoplador possui certos delay na resposta.

 

Logicamente ao ligar a fonte, a tensão irá subir, mas devido ao delay do foto, vai subir demais, até que o foto dê resposta para inibir o SG.

O problema é justamente este: O foto-acoplador vai deixar a tensão do capacitor subir demais, até que entre em ação. Isso por causa do delay.

 

Quando finalmente entrar em ação, vai fazer o PWM do SG parar totalmente, devido a sobre-tensão. Porém a carga da saída estará consumindo e a tensão do capacitor de saída irá cair novamente....

Porém novamente o Foto-acoplador vai atuar com delay, e o SG3525 vai tardar a dar a resposta para estabilizar a tensão.

 

Quando finalmente o Foto-acoplador dar a resposta (Delay) o SG3525 vai jogar plena potência no capacitor, que vai novamente carregar demais.

 

Isso tudo torna-se uma oscilação, como se fosse um pêndulo de relógio. Cada vez oscila mais forte até chegar aos limites.

 

No meu entendimento a forma de resolver seria tornar a resposta do sg3525 levemente mais lenta que a do foto-acoplador.

 

Outra forma mais prática de resolver é você usar drivers isolados, tais como TLP250, daí fazer a realimentação direta, sem foto-acoplador. Assim resolve tudo, pois não existirá mais Delay para fazer o circuito entrar em oscilação. 

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Outra forma mais prática de resolver é você usar drivers isolados, tais como TLP250, daí fazer a realimentação direta, sem foto-acoplador. Assim resolve tudo, pois não existirá mais Delay para fazer o circuito entrar em oscilação.

Nem tanto... Resolver... Ate resolve... Mas nao eliminara a oscilacao... Talvez numa carga resistiva fixa, ela amorteca e desapareca... Talvez....

O filtro na saida, LC, é um filtro ressonante, normalmente os valores sao 30uH e 1000uF a 2000uF (fontes atx)... Com frequencia de ressonancia entre 500hz a 1khz...

Na partida da fonte, a tendencia é aue oscile ja que o indutor se carregou com energia (se colocou energia no tanque)... E vai ressonar...

Imagina você albert, supondo resposta instantanea (realimentacao direta sem foto como você disse), quando a tensão na saida chegar a 12V, o ci vai parar, e vai parar na hr ja que nao tem atraso, porém o indutor tem energia, então mesmo que pare, o indutor mandara energia pro capacitor de saida, continuando a subir.... E depois que a tensão de saida voltar pra 12V, o ci vai ligar, so que, se a carga de saida seja de alguns amperes, pra aparecer essa corrente pelo indutor de 30uH, se leva varios ciclos, enquanto a corrente pelo indutor nao vencer a corrente consumida pela carga, a tensão dos capacitores continua caindo... E wuando a corrente pelo indutor vencer, ate a tensão subir de novo pra 12V, a corrente pelo indutor se tornou maior que a consumida, e mesmo que o ci desligue, o indutor ainda vai fazer a tensão de saida subir mais que 12V....

Fenomeno acontecendo e sem delay na realimentacao...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amigão Albert quando eu digo eu digo que projetei a fonte chaveada, eu não quero dizer que projetei do zero, apenas a parte de chaveamento e retificação !!. Na hora do teste utilizei apenas o circuito do ocilador, o qual eu estou com problemas. Ja troquei três SG e os demais resistores e capacitores do circuito e o problema ainda persiste !!

Copie do projeto das fontes ATX CHINESAS, pois elas, sao os melhores projetos de topologia Half bridge, projetadas por engenheiros, que sao os proprios fabricantes de CI como a ST, IRF, ON Semi, Philips, etc.. O projeto e delas, os chineses so alteram alguma coisa e fabricam!

Nao copie dos esquemas automotivos que tem por ai, sao todos meia boca!

Projeto inteiro de uma Half de 300W:

http://www.sg.com.tw/ATX/data/ATX_half%20bridge.pdf

Na net você acha documentos dos grandes, a boa engenharia de qualidade das grandes fabricantes de chips, então pra que copiar os meia boca? Kkkk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Um amigo um tempo desses me disse que essa oscilação e devido ao capacitor do pino do SG, ele falou que utilizou uma resistência e paralelo com o capacitor pra conter a frequência gerara por ele.. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Um amigo um tempo desses me disse que essa oscilação e devido ao capacitor do pino do SG, ele falou que utilizou uma resistência e paralelo com o capacitor pra conter a frequência gerara por ele.. 

Me fez lembrar dum projeto dos anos 90 que participei. Realmente em alguma aplicação típica me lembro de ter visto um capacitor entre pinos 9 e 1. Pode não ter relação com seu problema

Tenta a sorte

circuit+50kHz.png

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Me fez lembrar dum projeto dos anos 90 que participei. Realmente em alguma aplicação típica me lembro de ter visto um capacitor entre pinos 9 e 1. Pode não ter relação com seu problema

Tenta a sorte

circuit+50kHz.png

Um capacitor entre pino 9 e Pino 1, simula um circuito integrador dentro do CI:

int.gif

O CI passa a não ter mais resposta instantânea.

Passa a responder com retardos, conforme integração do sinal.

 

Acaba caindo dentro daquilo que eu disse, sobre adicionar retardos no CI. 

block+diagram.png

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ok. tentei né. Também me lembrei que naquele projeto dos 90´s não havia opto.

Este ci é muito velho (temos algo em comum) e provavelmente nem é mais fabricado. Portanto acho que nao vale a pena esmiuçar o que somaria a adição (!) do integrador visto que ele está presente em algumas aplicações típicas...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito pelo contrário: Apesar de ser antigo, ainda é muito usado. 

Neste momento existem equipamentos caros de grandes fabricantes, sendo fabricados com este CI no circuito. 

 

Posso citar os no-breaks Sinus Triad da SMS:

http://www.shopfive.com.br/sms-nobreak-sinus-triad-3100va-2400w-torre-st3100bi-br-entrada-bivolt-saida-115v-com-8-tomadas-e-bornes-0023627?utm_source=Site&utm_medium=GoogleMerchant&utm_campaign=GoogleMerchant&gclid=Cj0KEQjwjrqvBRD6wf2fy-C61PIBEiQAUzKQTpb2Gg-pBBd6LF3p-358lFv5oKLVNecK84sbSj-A6bkaAhnm8P8HAQ

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

como um velho ditado " Panela velha e que faz comida boa", o sg sendo antigo ainda continua sendo um dos melhores osciladores, ja encontrei eles em modulo de potencia dos mais modernos. Agora em relação a meu protótipo de fonte, eu troquei o foto acoplador e coloquei um 4N25 ai quando eu giro o tripot a tensão fica oscilando entre 0 e 14 ai quando eu coloco a mão nos contatos a oscilação para, ai ta deve ser a frequencia alterando o multímetro. Mas no outro caso, eu ainda digo em tem problema nesse foto acoplador !! vou fazer como o amigo albert disse, vou colocar um foto TLP que são de alta velocidade 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

como um velho ditado " Panela velha e que faz comida boa", o sg sendo antigo ainda continua sendo um dos melhores osciladores, ja encontrei eles em modulo de potencia dos mais modernos. Agora em relação a meu protótipo de fonte, eu troquei o foto acoplador e coloquei um 4N25 ai quando eu giro o tripot a tensão fica oscilando entre 0 e 14 ai quando eu coloco a mão nos contatos a oscilação para, ai ta deve ser a frequencia alterando o multímetro. Mas no outro caso, eu ainda digo em tem problema nesse foto acoplador !! vou fazer como o amigo albert disse, vou colocar um foto TLP que são de alta velocidade

A falha de leitura no multimetro é outra coisa, é devido a ruidos!

Oscilacao so da pra ver no osciloscopio.

E sobre o ci, ta enganado! O SG pode ser popular e muito usado, mas os novos sao melhores!

você so vai encontrar TL494 e SG3525 por exemplo ou em equipamento industrial ou nessas fontes automotivas...

Observe os projetos de TV, Som, etc. Sempre usam os novos.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ah há também a questão do layout da pci, de onde se pega a amostra da saída, a realimentação do gnd, evitar correntes parasitas e etc. Talvez você ainda vá chegar lá....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

amigos consegui ajustar a tensão e deixar estabilizada, o defeito estava onde menos esperava, no TRAFO DRIVER !!. eu e esses dias fiz alguns testes, e troquei o trafo driver por outro que sendo do tipo "E E" e tinha mesma quantidade de espiras porém com um fio fino acho que era 29 AWG, ai coloquei e testei e nada de tensão estável, dai quando eu coloquei uma carga de 4 A a fonte caiu a tensão e em seguida veio a queima dos fets !!. eu analisando... dai peguei o trafo anterior que era um do tipo toroidal e enrolei a mesma quantidade de espiras porém com um fio bem mais grosso (24 AWG) acho, e também troquei os fets, dai testei e a fonte ficou como eu queria. Agora eu tenho total ajuste de tensão e estabilidade !!   

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

eu ja istalei aqueles softs que liga na placa de som do pc mas eu não consegui ver a frequência nem a forma de onda, so consigo ver de frequência baixa como 60Hz acho que ja chegou no limite de frequencia da placa de som

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

sera que aqueles adaptadores de audio USB suporta frequencias acima de 22Khz


mas futuramente tenho que providenciar um osciloscópio pra min, estou pensando em utilizar arduino  

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×