Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Foxwalt

SSD em PC antigo - Faz sentido?

Recommended Posts

Olá pessoal,

 

tenho um computador antigo com as seguintes configurações:

 

Processador Pentium D945 3.4 GHz;

Placa-mãe Asus P5VDC-X;

Memória 1,5GB DDR 400;

Fonte PcYes!/EVGA/Corsair 430W;

Placa de vídeo Radeon HD 4670.

 

A fonte ainda comprarei e a placa de vídeo comprei usada de um amigo, estou apenas esperando a fonte para usá-la. A questão é que o HD desse computador, um Samsung Sata II de 160GB, muito antigo por sinal, morreu. Ressaltando o fato de que a placa-mãe do computador só trabalha com velocidades de até 150 MB por segundo (Sata I), seria útil colocar um SSD nessa máquina (considerando todas as vantagens que um SSD pode trazer)?

 

O uso principal desse computador é para navegar na Internet e editar documentos. Também comprarei um SSD para a máquina mais potente, na assinatura.

 

Estou considerando modelos mais simples e com capacidade de 120 GB para os dois casos. Pensei em:

http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-697199951-ssd-sandisk-128gb-sata-lll-25-sd6sb1m-128g-1022i-_JM

http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-684785512-hd-ssd-120-gb-sata-3-kingston-v300-450-mbs-10x-rápido-_JM

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não sou mestre no assunto mas segue minha linha de raciocínio.

Quais são "todas a vantagens que um SSD poderia trazer"? Boot mais rápido, iniciar programas mais rápido, transferir/mover arquivos mais rápido... Isso tudo é possível graças a velocidade do SSD (claro) e a velocidade da placa mãe processar esses dados que se dá por meio da porta SATA.

O SSD tem seu funcionamento ideal em uma porta SATA 3 e sua MOBO só tem SATA 1, acho que não vale a pena pois assim como um processador lento gargala uma placa de video impedindo-a de alcançar seu pleno potencial, do mesmo modo acredito que sua placa mãe vai gargala o SSD impedindo ele dé trabalhar em sua super velocidade.

Analisando dessa forma você vai perder as tais "todas vantagens que um SSD poderia trazer".

Enfim, essa é a minha ideia, não sei se está certo, mas acho que sim.

@edit

Observe isto.

http://www.samsung.com/global/business/semiconductor/minisite/SSD/global/html/whitepaper/whitepaper02.html

Em benchmarks nos vemos os SSDs com leitura/escrita na casa dos 540/520MB/s né? Isso porque o máximo da SATA 3 é 600MB/s. Colocando um SSD em uma SATA 1 a velocidade máxima dele seria uns 140MB/s. E olha só, isto seria mais ou menos a mesma velocidade de um HD atual da WD Blue 1TB.

http://www.overclock.net/t/1297633/wd10ezex-review-wd-blue-1tb-single-platter-drive

Espero ter ajudado!

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não sou mestre no assunto mas segue minha linha de raciocínio.

Quais são "todas a vantagens que um SSD poderia trazer"? Boot mais rápido, iniciar programas mais rápido, transferir/mover arquivos mais rápido... Isso tudo é possível graças a velocidade do SSD (claro) e a velocidade da placa mãe processar esses dados que se dá por meio da porta SATA.

O SSD tem seu funcionamento ideal em uma porta SATA 3 e sua MOBO só tem SATA 1, acho que não vale a pena pois assim como um processador lento gargala uma placa de video impedindo-a de alcançar seu pleno potencial, do mesmo modo acredito que sua placa mãe vai gargala o SSD imedindo ele dé trabalear em sua super velocidade.

Analisando dessa forma você vai perder as tais "todas vantagens que um SSD poderia trazer".

Enfim, essa é a minha ideia, não sei se está certo, mas acho que sim.

cara eu acho q seu pc nem suporta SSD com desempenho total é como usar um pendrive 3.0 em uma entrada usb 2.0 perde desempenho, fica melhor que a 2,0 mais n chega aos 3.0

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Agradeço pelas respostas, pessoal. No entanto, eu sei que há uma grande limitação, e por isso deixei claro que a velocidade máxima suportada pela placa-mãe é 150MB/s. Porém, pesquisando em alguns sites americanos, vi comentários dizendo que mesmo para um sistema antigo e com essa limitação, a diferença ainda existiria entre um HD atual e um SSD atual.

 

O que estou buscando fazer é tentar entender que diferença seria essa e tentar quantificá-la. E, juntando com outros benefícios dos SSDs (como confiabilidade, resistência, economia de energia e latência inferior), analisar o sentido da compra. Pois, se não fosse válido, poderia comprar um HD tradicional pela maior capacidade (mesmo quase não salvando nada no computador em questão), ou mesmo insistir no SSD apenas pela possibilidade de poder usá-lo em outro computador no futuro.

 

Da mesma forma que gargalo de processador em placa de vídeo muitas vezes não inviabiliza upgrades, aqui pode ser o mesmo caso. Mesmo existindo a limitação, é necessário analisar. Um HD atual pode transferir dados a uma velocidade de 140MB/s, mas apresenta diversas quedas nessa velocidade durante a operação e sua latência é maior. Fato que, suponho eu, não ocorrerá no SSD ou ocorrerá com intensidade menor, pois estará trabalhando com folga. O que vocês acham? E sobre aqueles modelos de SSD que citei?

 

Se fosse um HD, creio que compraria este: http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-688227060-hd-sata-seagate-1tb-1000gb-barracuda-7200rpm-6gbs-64mb-cach-_JM

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sobre a frequência de quedas de velocidade eu não sei como funciona em HD e SSD.

Deixa eu tentar explicar melhor meu ponto de vista referente ao gargalo.

Imagina que você tem o processador "old". Esse processador consegue levar placas de vídeo com um rendimento de até 20.

Hoje existem duas placas de vídeo disponíveis, uma com rendimento 80 que custa 1000 e outra com rendimento 15 que custa 100.

Agora vamos lá, vale a pena pagar 10x o preço para uma melhora mínima de rendimento e uma confiabilidade maior?

Quantos HDs você já teve que deram defeito? Lembre-se que no exemplo a diferença de preço era de 10x que é a diferença de preço/espaço entre HD e SSD (considerando HD de 1TB e SSD de 120GB).

Se o gargalo fosse menor talvez até daria, mas supostamente (digo isso por que estou me baseando em bem poucos dados e não fiz nenhum teste) você vai reduzir o desempenho do SSD em mais de 70% (de 540mb/s para 150mb/s). E cara, isso é um belo gargalo.

Sobre os SSD, esquece os V300. Você está pagando, pague por algo bom. Os Sandisk eu li alguns reviews, não é tão bom quanto o 850 EVO mas cumpre seu papel.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sobre a frequência de quedas de velocidade eu não sei como funciona em HD e SSD.

Deixa eu tentar explicar melhor meu ponto de vista referente ao gargalo.

Imagina que você tem o processador "old". Esse processador consegue levar placas de vídeo com um rendimento de até 20.

Hoje existem duas placas de vídeo disponíveis, uma com rendimento 80 que custa 1000 e outra com rendimento 15 que custa 100.

Agora vamos lá, vale a pena pagar 10x o preço para uma melhora mínima de rendimento e uma confiabilidade maior?

Quantos HDs você já teve que deram defeito? Lembre-se que no exemplo a diferença de preço era de 10x que é a diferença de preço/espaço entre HD e SSD (considerando HD de 1TB e SSD de 120GB).

Se o gargalo fosse menor talvez até daria, mas supostamente (digo isso por que estou me baseando em bem poucos dados e não fiz nenhum teste) você vai reduzir o desempenho do SSD em mais de 70% (de 540mb/s para 150mb/s). E cara, isso é um belo gargalo.

Sobre os SSD, esquece os V300. Você está pagando, pague por algo bom. Os Sandisk eu li alguns reviews, não é tão bom quanto o 850 EVO mas cumpre seu papel.

Seu pensamento é lógico e correto. Porém, como eu disse, já vi relatos de pessoas dizendo que a diferença entre um HD e um SSD atuais, mesmo em uma porta Sata I, é bem percetível. Há outras variáveis além da taxa de transferência, como a latência e a manutenção de uma taxa constante (sabendo que o HD convencional sofreria quedas). Quanto isso pode influenciar? Não faço ideia. Também não tenho conhecimento avançado nessa área.

 

Pois bem, farei o seguinte: meu computador mais moderno, na assinatura, precisa de um SSD (basicamente para melhorar o tempo de carregamento do sistema operacional e do Battlefield 4). Comprarei o SSD e efetuarei testes na outra máquina, comparando o SSD com meu HD Seagate Sata 3. Julgarei, portanto, o quanto é válido manter o SSD lá. Se não valer a pena, muito bem, vai para a máquina mais potente e eu compro outro HD convencional para a máquina antiga. Se julgar que vale a pena, por mínimo que seja, deixarei o SSD na máquina antiga e comprarei outro SSD para a máquina nova.

 

Outro fator é a possibilidade de transferir esse SSD no futuro para outra máquina mais moderna. Isso pode pesar bastante (mesmo) na escolha. Não preciso do espaço, mas sim da velocidade.

 

Tive problemas com dois HDs. Ironicamente, ambos Samsung. Um deles é o dessa máquina antiga, mas nem culpo de forma pesada e direta a fabricante. O HD realmente já é bem antigo, foi bem usado e estava realmente na hora de exceder seu limite. Outro, porém, foi um HD de 320GB de um notebook Vaio. Me deu muita dor de cabeça. Hoje ele só não me incomoda mais porque o notebook foi roubado. Meu Smartphone Samsung também foi só decepção depois da Samsung forçar a barra com a atualização do Android 4.1.2. Resumindo: basicamente, tenho um histórico de problemas com produtos Samsung. O único produto deles que ainda não me trouxe decepção foi a televisão que estou usando como monitor. Sei que é uma boa fabricante, mas prefiro, realmente, ficar com o SSD da Sandisk.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Faça o teste e nos dê o feedback. Quero saber na prática se vai fazer diferença. Se der roda uns benchmarks também, só por curiosidade mesmo.

Sobre HD da Samsung não tenho opinião formada, sou novo nesse assunto de hardware, mas o SSD é bem recomendado tanto aqui quanto no exterior. Tanto que existe até um grande volume dos mesmos sendo importados para o Brasil que são os que achamos no mercado livre.

Este mês um colega de trabalho disse algo interessante. "Nem tudo que é caro é bom, mas tudo que é barato é ruim." Eu ri, depois ponderei e vi que há uma verdade nessa sentença. Os smartphones da Samsung se encaixam muito bem nela.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Faça o teste e nos dê o feedback. Quero saber na prática se vai fazer diferença. Se der roda uns benchmarks também, só por curiosidade mesmo.

Sobre HD da Samsung não tenho opinião formada, sou novo nesse assunto de hardware, mas o SSD é bem recomendado tanto aqui quanto no exterior. Tanto que existe até um grande volume dos mesmos sendo importados para o Brasil que são os que achamos no mercado livre.

Este mês um colega de trabalho disse algo interessante. "Nem tudo que é caro é bom, mas tudo que é barato é ruim." Eu ri, depois ponderei e vi que há uma verdade nessa sentença. Os smartphones da Samsung se encaixam muito bem nela.

Vou fazer os testes e mostrar os resultados. Estou muito curioso com isso. O problema é que acho que vai demorar um pouquinho, a universidade está me sobrecarregando de tarefas.

 

Sobre os HDs, acho que também vai de sorte. A Seagate, marca que a galera parece "descer o pau" com frequência aqui no Fórum, nunca me deu problemas. Tenho HD da Seagate, vários dos meus colegas também usam e nunca tivemos problemas.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Opa, da diferenca sim, tenho 2 athlon 64 4000+ mobile +  3giga ram ddr1 + asus K8N socket 754 sata1..Tipo o que pode acontecer é da maquina nao reconhecer a ssd, no meu caso a shinedisk 120giga, as maquinas nao ligam com a ssd espetada, nenhuma das 2, então coloquei num computador mais novo e estão funcionando beleza. Ai testei uma fastdisk 120gigas, foi so alegria enquanto durou+ -1 ano), um belo dia liguei a maquina e no bios so reconhecia 134megabytes, ai *****... Então comprei 2 de 64gigas (uma toshiba e outra shingling), coloquei como cache de disco e readyboost pros windows, tô com preguiça de formatar, mas já deu uma baita diferença, mas qualquer hora formato e coloco o sistema direto nelas.. Ah, as shinedisk dei uma baita sorte, foi no site miniinthebox, tavam a 22dolares, nao acreditei, comprei 2 e vieram (80de imposto pra cada), as outras foram no aliexpress, fastdisk custou 36dolares (120 de imposto), a toshiba foi 35dolares (passou sem impostos), a outra foi 27,97 http://pt.aliexpress.com/item/Half-slim-sata-iii-64gb-sata-ssd-module-60GB-MLC-4channel-solid-state-drive-For-Home/1880607235.html  (80 de impostos) eta Brasil...

as q eu tenho hoje ficam dependuradas no desktop...literalmente..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Apenas atualizando aqui, já mudei os componentes há um tempo. O SSD escolhido foi um PNY mais básico, de 120GB. Meu computador idoso ficou um foguetinho!

 

Instalei Windows 7 Home Premium 32 bits nele. É usado para coisas mais básicas (acessar a Internet, editar documentos, etc.). Fiquei muito contente com o resultado. Liga e desliga muito rápido, abre tudo instantaneamente. Nada mal para uma máquina tão antiga!

 

Meu computador atual (assinatura) ainda não tem SSD (pretendo comprar em breve), o computador antigo ficou muito mais rápido que ele para esse tipo de uso! O carinha é guerreiro!

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Um adendo: Tente instalar o Windows 10 Home Basic nele. Não precisa ser o PRO, pois é mais pesado por conter ingressão de domínio e etc.

Digo isso pelo fato de que o Win7 foi feito pra desktops e, no máximo, netbook. A partir do Windows 8 (e 8.1), os SO's foram pensados para mobile e desktops. Tendo isso em mente, eles são feitos pra rodar em configurações mais modestas, como os processadores, RAM e ETC's de tablets.

 

É o mesmo caso do Windows 10. A otimização de disco dele (desfragmentação automática) é bem interessante e provavelmente inclui o processo de trimm em dispositivos SSD's. Vai ficar muito legal se você fizer alguns ajustes finos, como efeitos visuais do windows e arquivo de paginação com 4096MB inicial e final. Seu windows vai usar o SSD como memória virtual, se vier a faltar memória física.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×