Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  
mmj_rj

Modem Cnr Ecs 741gx-m

Recommended Posts

Colegas

Tinha uma placa m812 com modem AMR que me davam quase sempre 56k de conexão. Troquei pela ecs com modem CNR. Alem de não conseguir usar o driver que veio na placa, com o driver que baixei da internet só consigo taxa de 33.6 no máximo. Estou usando agora um modem lucent v90 e voltei a ter taxas de 56k. Não dizem que esse modem é melhor que o AMR

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá, B)

sou técnico em informática e achei interessante sua pergunta... é o seguinte.. comprovadamente, para quem trabalha com máquinas com esses tipos de modem, é notada a diferença de desempenho dos modems on-board, o amr e o cnr sao praticamente iguais, mas, o modem anterior ao amr, o HSP56Micromodem, que era comum em placas de k6, é mais rápido do que os modems AMR ou CNR :tantan: é impressionante a diferença. é como se diz, em vez de evoluir faz é cair, eu tenho esse modem ai, mas não aguentei mais :naonao: e botei logo foi ADSL... espero ter ajudado.... :joia:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

olá pessoal,

acho que o meu caso é pior ainda, eu usava um modem CNR e então instalei aquele velho Lucent com chip da Agere v92.

E só consigo conectar a 14,4 Kbps.

Obs: a linha telefonica que uso aqui possui 3 extensões. será que isso influencia?

Um abraço a todos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora
Entre para seguir isso  





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×