Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
misterjohn

No main's sky

Recommended Posts

Conheça o "jogo sem fim" ( No Man's Sky ) que será lançado em 24 de junho no PC. A versão de PS4 sai em 21 de junho

 

Requisitos mínimos

 

Requisitos mínimos

- Sistema Operacional: Windows 7
- Processador: Intel Core i3
- Memória: 8 GB de RAM
- Placa de vídeo: Nvidia GTX 480
- Armazenamento: 10 GB de espaço livre

 

http://www.no-mans-sky.com/

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Jogo sem fim? Vai ser tipo Minecraft?:P

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sou do tempo que implantaram o Pimball ou fliperama aqui na baixada, nunca gostei de jogos, o máximo são os do windows para aguardar outras atividades do pc, só postei aqui de curiosidade, não conheço nada de jogos...

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vai ser um dos melhores jogos espaciais de sobrevivencia e exploração em mundo aberto... realmente o jogo é sem fim, mapas gerados aleatoriamente em um universo gigantesco de aproximadamente 18,5 quintilhoes de planetas... como dito nesse comentário a seguir:

 

Citação

O universo não é realmente infinito

  • Os computadores não lidam com o infinito muito bem. Mas há 18.446.744.073.709.552.000 planetas no universo. Se você visitar cada um deles por um único segundo, levará 585 bilhões de anos para ver todos, então, na prática, até que é.

 

Vai ser um super jogo e o melhor disso tudo é que foi feito por um estudio pequeno e praticamente independente de apenas 4 pessoas (HelloGames). Imagino o quanto de trabalho eles tiveram pra pensar em todas as lógicas e matemáticas por traz do jogo pra fazer algo dessa magnitude.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 minutos atrás, RaposaFeroz disse:

...realmente o jogo é sem fim, mapas gerados aleatoriamente...

Cara, o engraçado é que o Minecraft segue o mesmo esquema, o mundo é gerado infinitamente e você não "zera" o jogo você completa conquistas e explora novos horizontes.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Dharosnão gosto de minecraft '-'

Segue um videozinho do jogo já que o autor do tópico não postou muita informação! hehe

 

 

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@RaposaFeroz Prevejo que esse game sairá por R$ 120 na Steam.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 09/03/2016 às 21:46, RaposaFeroz disse:

18,5 quintilhoes de planetas

 

Meu receio é que os 2^64 planetas do jogo sejam baseados em apenas 4 ou 5 modelos - aí teríamos uma quantidade absurda e quase nenhuma variedade.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Basicamente o jogo usa  usa a técnica de geração procedural já existente, mas aperfeiçoada!

 

O conteúdo procedural não se trata de aleatoriedade, mas sim sobre a complexidade organizada, e é aí que a maioria costuma falhar.
Na maioria dos jogos como o minecraft o terreno é gerado proceduralmente mas é extremamente repetitivo.
Felizmente, no No man's sky este não parece ser o caso.

Funciona como uma pirâmide, onde os sistemas se constroem em cima do outro ao invés de como uma rede.
Ou seja, os resultados de um sistema, tornam-se os parâmetros de um outro sistema, que produz mais resultados de determinam os parâmetros de  outro sistema. Este amontoado produz uma ampla gama de possibilidades de gameplay.

Por exemplo, ao gerar um novo planeta, o núcleo do sistema pode determinar que este planeta tem uma distância apropriada de sua estrela mais próxima, por isso tem água, terá animais, o ceu será azul, a água será  rios em lagos, montanhas terão neves e etc.


Com isso podemos dizer que o jogo é infinito, com uma vasta flora e fauna totalmente diferentes de uns para os outros.

Se quiserem ler mais a fundo o link de onde tirei as informações está aqui:

 

http://www.makeuseof.com/tag/no-mans-sky-future-procedural-games/

Este é um dos sites que falam a respeito dele. destaco ele por ser muito bem escrito e tem ótimos videos explicativos.

 

@Dharos  Ele já está na pré-venda na steam por R$129,99  http://store.steampowered.com/app/275850/

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@dif É... realmente eu me expressei errado ao falar a palavra "aleatório", pois ela é muito vaga e simples perto do que realmente foi feito nesse jogo.

 

Os próprios desenvolvedores fazem questão de dizer em cada entrevista que tudo foi muito bem testado e revisado para que o jogo não fosse repetitivo e cada descoberta fosse única dentro do universo, aliás, essa tal descoberta é um dos grandes atrativos do jogo, pois ele recompensa jogadores por isso e vai permitindo que todos conheçam locais praticamente impossiveis de se alcançar e saber o que há nele, fauna, flora, minerios, enfim. Cada sistema terá um monumento chamado "atlas" onde será possivel registrar essas descobertas...

 

Procurem por videos do jogo (make-off) que vocês entenderão um pouco mais sobre o game e ficarão doidos pra jogar como eu estou... mas provavelmente não irei comprar agora, a crise ta afetando até o lazer!! hehehe

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Jogo interessante. Mas pensei no início que seria apenas exploração espacial, nada de batalhas.

Não que eu não goste de batalhas, mas já existem jogos com este propósito (Star Citizen, Elite Dangerous). Aliás, saiu uma DLC do Elite que dá possibilidade tmb de descer nos planetas, tenso que tá caro demais para uma DLC e tmb estou deprimido financeiramente no momento... kkkkk

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
23 minutos atrás, Phoenyx disse:

Jogo interessante. Mas pensei no início que seria apenas exploração espacial, nada de batalhas.

Não que eu não goste de batalhas, mas já existem jogos com este propósito (Star Citizen, Elite Dangerous). Aliás, saiu uma DLC do Elite que dá possibilidade tmb de descer nos planetas, tenso que tá caro demais para uma DLC e tmb estou deprimido financeiramente no momento... kkkkk

 

Essa expansão do Elite é uma cusparada no olho dos jogadores.

Não tem como comprar só a expansão, o jogo original vem junto (e a expansão custa mais caro que o jogo original).

 

Ou seja, quem já tinha comprado o jogo é obrigado a comprar de novo, se quiser ter o DLC - que lhe dá o o privilégio de pousar em planetas vazios, sem atmosfera e virtualmente idênticos. No final, o grande atrativo do DLC é a capacidade de pilotar um carrinho - em um jogo onde você pilota naves. :P

 

Por isso sou cético em relação a promessas ambiciosas feitas com base em geração procedural - são vários os exemplos de empresas que usaram isso como argumento de vendas pra gerar hype e acabaram entregando resultados medíocres.

 

Realmente espero que em NMS eles acertem onde todos os outros erraram, mas não vou apostar dinheiro nisso.

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@FOX MODEM Talvez na época do lançamento, mas hoje você pode adquirir o DLC do Elite em separado. Custa 119 reais (tá mais caro que o próprio jogo, 96 reais), o que é um absurdo na minha opinião.

Além disso ainda é season pass, ou seja, poderá, ou não, ser modificado.

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

E aí, pessoal?

Agora que o jogo foi lançado, qual é a opinião de vocês?

Estive lendo várias resenhas para tentar identificar os pontos fortes e fracos do jogo.

 

Tem um bocado de elogios, mas também muitas reclamações que me deixam um pouco receoso:

  • Dizem que a exploração é bem interessante no começo, mas logo fica chata e muito repetitiva
  • O sistema de inventário é horroroso
  • Combate é bem fraco, upgrades não muito interessantes para naves e armas
  • Não tem muito o que fazer no jogo

No momento, 42% das análises no Steam são negativas.

 

Eu estava querendo comprar, mas agora fiquei com um pé atrás e queria saber o que os colegas acham.

E aí, vale os 130 dinheiros ou é melhor esperar uma megapromoção?

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Well well...

 

Como sou um adorador de sci-fi (viva Stargate!), obviamente estava me coçando pra por as mãos nesse game.

 

A premissa, e a promessa, eram absurdas. Tudo que eu sempre sonhei. Explorar... liberdade.... variedade... capacidade de definir se você vai seguir a linha bonzinho ou malvadinho... e etc.

 

Bom... e cá estou. Com cerca de 30 horas de jogo. (sendo 20 de um "tipo", e 10 de "outro" - já explico)

 

OBS: Como eu gosto de escrever... e nem todos tem paciência de ler, vou deixar meu relato do game abaixo, com a tag spoiler. Quem tiver paciência, boa leitura. Quem não tiver, só pular pras considerações. Kkkk

 

Spoiler

E então, comecei.... de cara, o jogo já te larga em 1 planeta.... você o descobre, obviamente... Lá estava a Galáxia Nexus, o planeta Nexus Prime, descoberto por JCaldasso. Que orgulho! (sim, você pode dar nome a tudo q descobre).

O jogo já te larga em um ambiente, e não tem muita informação ao seu redor disponível. Você realmente está por conta lá.

Obviamente, dado a intuição de "gamer", a gente acaba se saindo bem... vai meio que "adivinhando" o que tem que fazer. Mas com certeza, haverão coisas que da pra você fazer que só vai descobrir lá pela 20a hora de jogo.

Mas tudo bem... o básico... é sobreviver ao ambiente hostil a sua volta (no meu caso, o planeta era extremamente frio... (-75), e meu "exotraje" tinha um escudo que mantinha a temperatura ok pra mim. Obviamente, ao custo de alguns minerais.... que eu tinha que garimpar para "recarrega" o traje de tempos em tempos.

 

Neste ponto... garimpar minerais... é bem simples, fácil, e normalmente, os minerais básicos estão disponíveis em grande quantidade. Por exemplo, o Carbono, basta você "destruir" uma árvore com seu raio minerador, e pronto, lá estão 200 unidades de carbono. 


A coisa começa a apertar quando você vê aquele monte de materiais, e descobre que o inventário é minusculo (pelo menos no inicio). Então você já começa a tarefa de administrar os recursos... tem que ver o que realmente precisa. Nada adianta você achar um recurso precioso e raro no planeta, e depois não conseguir decolar porque falta Thânio9.... 

 

Muito bem.. o objetivo inicial é reparar a nave... tudo no início é bacana... a sensação de realmente explorar.... você não sabe o que terá atrás "daquela montanha"... e assim vai. Você fica com receio de sair para longe da nave... você não sabe o que tem lá fora.

Aparecem uns bixos.. bem criativos.... você não sabe se são agressivos... vai na manha. Ao fim, descobre que a única interação com eles, é "cataloga-los"... claro, isso quando eles não são carnívoros e tentam lhe comer.... :X

 

Então andei... para longe da nave... e eis que surge um ponto de interrogação no mapa... pelo visto, um local no mapa que eu deveria ir.... ficava bem longe da minha nave... mas criei coragem e fui... aliás... demorei... porque você anda como tartaruga....

 

A sensação de imersão é grande no início... você descobre minerais novos... mas não sabe se leva eles ou deixa eles. Afinal, o inventário é limitado.

 

Chegando no tal local, é um "monumento" alienígena.... um monólito. Interajo com o monumento, e aparece escrito mais ou menos assim: "Você nota por um orificio no monólito que dentro do orificio existe um minério muito valioso e raro. Porém, algumas escritas em volta do orificio parecem alertar sobre algo. Infelizmente, você não compreende essa lingua alienigena... O que você faz? 
Coloca a mão no orificio e tenta pegar o que tem la dentro?

Ou deixa quieto e vaza?

 

Neste momento, confesso... o coração acelera... eu realmente estava "imerso" no jogo.... me senti la... e agora? se eu coloco a mão nesse trem e meu boneco morre?

E se eu não coloco e tem um minério que vai me deixar rico??? Putz....

 

Bom... resolvi colocar.. afinal, é um jogo... na pior das hipóteses eu daria load em um save anterior.

 

Meu personagem toma dano... e só. Pelo menos não morri.

Decido voltar pra nave.

 

Bem... deste ponto em diante.... eu fiz n coisas.... não vou relatar tudo aqui né... eheheh

 

Depois de jogar umas 20 horas... ter explorado 3 galaxías, 15 planetas, ter trocado de nave umas 5 vezes... e outras coisas.. notei um certo tédio no jogo... uma certa repetição... nas coisas..... e ai fui pro "modo alternativo", afinal, sou um homem de familia trabalhador, não posso dedicar todo o meu tempo pra esse jogo.

 

E usando uns programinhas espertos, pronto, la estava eu, o ser mais rico do universo, com bilhares de recursos... eu era "deus";

 

Joguei nesse "modo"... na esperança de descobrir algo diferente.. de ver coisas  a mais de se fazer no jogo... mas... não... mesmo tendo as naves mais poderosas, as armas mais fortes, nada mudava.... Então enfim, veio a decepção. E ai já desinstalei o joguinho, e que descanse em paz. ;)

 

Por fim, vou deixar os pontos positivos e negativos que considerei.

 

Pontos positivos:

- As primeiras horas do jogo são agradáveis, e realmente, transparecem um ambiente de exploração muito bacana.

- A variedade de materiais presentes no jogo. Quase uma aula de química. Ehehe

- Os planetas, embora muitos sejam similares, dificilmente dentro de 12 horas de jogo seguidos, você verá 2 em sequência muito iguais. (isso em termo de terreno, e tipo de planeta).

- Em português... com som dublado também... e bem dublado. (claro, poucas palavras.. mas pelo menos não colocaram o Mc BinLaden pra dublar né)

- A possibilidade de você poder dar nome aos planetas, fauna e flora novos. E subir isso pro servidor do jogo. Assim, todos que jogarem conectados a internet, um dia podem cair em um planeta que já foi descoberto por você.

 

Pontos Negativos

- Caro pelo que oferece.... vale no máximo uns 15 reais.

- Depois de 20 horas de jogo, você percebe que tudo que você faz, é repetido. Mesmo as coisas "novas" que aparecem, são as mesmas que apareceram antes, porém, com uma frase diferente.. um "puzzle" diferente...

- O jogo não te da muitas informações. Muita coisa essencial você deve descobrir sozinho, na unha (ou lendo na internet).

- Tédio enquanto explora.... (basicamente, é você caminhar a passos de tartaruga atrás de monólitos e abrigos - e outras coisas bestas. Nesse meio tempo, NADA ocorre... Podiam por, sei lá, aliens agressivos que aparecessem do nada... algum desastre natural no planeta iminente que fizesse você ter que correr pra sua nave...  ou seja, alguma coisa que NÃO SEJA andar de um lado pra outro coletando coisas

- Inventário podia ser maior... Ou adicionem a possibilidade de você andar com um "rover" que adicione mais slots de inventário. (AKA: as mulas dos rpgs)

- Pouca capacidade de aprimoramento (você melhora só meia duzia de coisas.. mas nada que realmente inove. E o seu personagem em si, não melhora nada)

- Seu personagem não sente fome nem sede. Você pode estar no deserto, que azar... água pra que?

- Quando você está viajando no espaço, você não ve nada alem de asteróids.... nem uma anomalia pra ser investigada... um buraco negro? Capaz.. nada.. só pedrinhas e outras navinhas não interagíveis aqui e acolá.

- Dizem que o objetivo do jogo é chegar no centro da galáxia... mas pra que? Por que? O.o

- Depois de você explorar umas 2 galáxias, e uns 10 planetas, você vai notar que muita coisa se repete. Principalmente os minerais... que são iguais em TODOS os planetas.

- Os monólitos... e "bases" nos planetas... depois de um tempo você nota que são tudo igual... só muda o que tem "dentro deles" (no caso, o que você vai lootear).

 

Enfim... resumindo: Não paguem 120 reais nesse jogo. É dinheiro jogado no lixo. O jogo vale as 10/20 primeiras horas.. .e só. Depois você vai fazer o "natural"... que é rodar o famoso "uninstal".

 

Agora... se um dia a rockstar da vida, compra esse estúdio, e querer desenvolver um jogo com o mesmo molde, mas com mais coisas a serem feitas (a lá GTA), ai a coisa pode ficar boa.... ;)


Até lá... prefiro Starpoint Gemini 2.


Abraços

 

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Caldasso belas palavras caldasso heehe, como gosto de ler e escrever, li tudo XD. Eu ainda não vi muita coisa desse jogo, mas mesmo não procurando muito, o pouco que me informo sobre o mercado de games no dia a dia é quase impossivel não ver nada a respeito de "no mans sky".


Ja vi  um video de um buraco negro desse game que por incrivel que pareça, uma vez sugado por ele funciona como um portal para um lugar aleatorio, hehehe. Mas por ser praticamente infinito, ja era temido e também de se esperar que tivesse grandes lacunas repetidas ou sem nada... é um ambiente impossivel de se revisar tecnicamente falando apesar de ter sido muito bem divulgado. Provavelmente ainda aparecerá conteudo novo pra ele, ja ouvi falar de DLC chegando, mas se eu for comprar ou jogar um dia não vai ser tão cedo... talvez em uma Complete Edition.

Lamento o jogo não ter lhe agradado como o esperado, talvez se eu tivesse comprado em pré-venda e chegado a uma conclusão parecida também me sentiria assim. Mas nesse mercado atual de jogos que vivemos as coisas estão funcionando mais por esse lado... muita propaganda e pouca realidade salvo excessões^^

Esparerei para ver o que mais aparece sobre o game no quesito review / análise.
Por hora sigo jogando casualmente meus RPGs, Indies e Simuladores^^

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante

Bom, eu ainda não tive a oportunidade de experimentar esse jogo, mas ele me lembrou muito (pelo que eu ouvi) um jogo de mega drive (tem também para pc) chamado STARFLIGHT. Alguém aqui se lembra? Não? Nossa, estou ficando velho, acho que já sou um "gamer velho" (não adianta perguntar, não vou falar minha idade)...

 

Mas enfim, brincadeiras à parte, STARFLIGHT é um RPG feito pela então recém fundada Eletronic Arts para o nosso saudoso mega drive. Você começava no planeta Terra e tinha como objetivo explorar um universo gigantesco. Você explorava o universo, coletava minérios, vendia os mesmos para comprar equipamentos e turbinar sua nave. Com isso você ia mais longe ainda, realizava contato com raças alienígenas e a história ia se desenrolando...

 

Era um jogo bem legal eu divertido. Eu pelo menos gostava. Hoje em dia, para quem tiver um emulador até deve dar para jogar.

 

Claro que STARFLIGHT é muito mais simples que no man's sky. É um jogo pré-histórico para nossos padrões atuais. Eu não me lembro quantos planetas existiam mas COM CERTEZA não eram 18 quintilhões...Mas os jogos são parecidos...Pelo menos eu acho...

 

 

Para quem se interessou:  https://en.wikipedia.org/wiki/Starflight

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

E se eu tivesse comprado o Deus Ex antes do lançamento, também teria quebrado a cara...
Parece que colocaram uma loja com microtransações nele - e o jogo nem tem multiplayer. Nem quero mais.
Esses devs estão muito descarados mesmo.

 

Só vejo uma solução para dar um choque de moralidade nesses caras:

 

PREORDER NUNCA MAIS, seja lá de quem for.

 

@Lorde Pedro, eu não conheço o STARFLIGHT, vou dar uma pesquisada. Um jogo que eu curti bastante, mas que também já é bem antigo (não tão antigo quanto starflight, haha) é o Freelancer, gastei muitas horas jogando. Ainda tem gente jogando e fazendo mods para ele.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×