Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  
Doody

Vida útil De Um Hd

Recommended Posts

:aranha: isso é muito relativo em relação a como será usado o hd, os mais antigos duravam 5 anos tranquilamente, isso em condições normais de uso para época, que são sem uso de coleers de hd, etc. já os atuais tem vida útil perto dos antigos, só que com cooler de hd, e muito cuidado, digo cuidado pois hd's antigos aguentavam muito mais "pau" que os atuais. sem dizer que a vida útil de um hd depende do tempo que ele ficará ligado, se haverá regravações constantes, etc. como disse é muito relativo. :devil:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pois é milktank.

Também fiquei com essa sensação de que os HDs antigos eram mais resistentes a aguentavam mais o trampo. :blink:

Hoje em dia os HDs parecem até de açúcar. <_<

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
:aranha: realmente as peças em geral antigamente eram bem mais resistentes, hd'saguentavam o maior tranco na boa. era quase impossível se queimar uma placa-mãe de pentium. todos estão seguindo o mesmo caminho, serem como copo descartável que dão de graça em supermercado a gente toma o pouco de suco que tem e joga fora. :naonao:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pois é...os hd's de antigamente. Só não digo que deixaram saudades porque tenho dois aqui no meu pc (vide assinatura). Esses sim são hd's, tão aguentando o tranco muito bem...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pois é, eu me arrependo de ter investido em um HD de alta capacidade. Como eles estão muito frágeis atualmente, o prejuízo financeiro com a perda de um HD de 120, 160 ou 200 Gigas é enorme. Ainda bem que o meu Seagate 120 Gigas estava na garantia e já troquei por um Maxtor de 120 Gigas novinho. Mas vou vendê-lo porque não confio mais nesses HDs, vou pegar um de menor capacidade ou um usado, daqueles antigos que aguentavam o trampo diário sem abrir o bico. :blink:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Também não é assim.

Sem considerar o grau de importância, mas apenas a ordem de consideração dos fatores, sempre insisto que o fabricante (e a consequente qualidade do produto) são os últimos pontos à considerar.

A primeira coisa que eu acho importante é saber de quem está comprando. E entenda-se o seguinte por "saber de quem está comprando": verificar se é realmente uma empresa consolidada ou uma "portinha aberta na esquina", observar como as peças vem embaladas e como os vendedores manuseiam, se tem algum histórico de reclamação contra o estabelecimento, se os produtos são "baratos demais", se os vendedores realmente conhecem o que estão vendendo ou são apenas curiosos dizendo bobagem, etc.

Depois de tudo isso bem avaliado, se a compra for feita, só existem duas possibilidades de ocorrer algum problema: ou a peça já veio com algum defeito de fabricação (independente da marca, isso é perfeitamente compreensível) ou quem montou cometeu algum erro (fez besteira, no "Português claro").

Quanto à HDs, de um modo geral todos os fabricantes estão "nivelados" em termos de qualidade, usando genericamente o termo. Até porque se não fosse assim, os fabricantes considerados ruins já não existiriam, uma vez que o armazenamento de dados é algo considerado de maior importância dentre os itens de hardware. Empresa nenhuma no mundo voltaria à comprar um HD que viesse à ter um histórico negativo, incluindo falhas generalizadas ou perda de dados.

Sobre as peças de "antigamente", vamos definir cronologicamente esse "antigamente" como sendo há cerca de 10 anos. Em primeiro lugar, haviam bem menos revendedores de hardware e consequentemente, menos picaretagem.

Depois, os componentes estavam sujeito à bem menos "stress" do que estão hoje: os HDs, por exemplo, tinham uma velocidade de rotação muito menor, consequentemente esquentando bem menos.

O fator "aquecimento" é um problema para qualquer item de hardware, por isso o fator "circulação do ar" é importante. Colocar um HD de 4500 rpm num gabinetinho de 2 baias até funciona bem. Mas colocar um de 7200 rpm neste tipo de gabinete sem considerar o calor que o HD vai gerar, mais o calor gerado pela placa-mãe, processador, memórias, fonte, etc, sem qualquer espaço para circulação do ar, é loucura. Ainda mais num país de clima tropical, como é o nosso.

Clima quente e gabinete do tipo "estufa": desse jeito não tem HD que aguente (nem outras peças também).

Uma sugestão para quem comprar qualquer produto, é: nunca adquira absolutamente nada sem nota fiscal nem garantia. Se der problema, troque por outro e siga em frente. Se perdeu dados, tenha backup da próxima vez (e acreditem: vão ocorrer muitas "próximas vezes").

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Oculto

Eu discordo que a qualidade esteja equiparada , eu prefiro infinitamente os hds da Samsung pois foram os únicos que nunca me deram problema , troquei apenas por falta de espaço neles e nunca por defeito.

Compartilhar este post


Link para o post
Visitante
Este tópico está impedido de receber novos posts.
Entre para seguir isso  





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×