Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Foxwalt

Tutorial: como descobrir se sua fonte de alimentação é bomba?

Recommended Posts

Excelente tópico, está bem completo. Parabéns :thumbsup:

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Parabéns por esse seu apanhado enxuto, claro e abrangente. Senti falta de onde colocar marcas de fontes que exigem, obrigatoriamente, análise individual de modelo a  modelo para se saber da mesma, onde colocaria como exemplos;

Seventeam

Zalman

Cooler Master

Thermaltake

Cougar

.....

Entendo que agregar esses exemplos possa até atrapalhar alguns mas serviria como advertência para, quando se defrontar com a eminência de escolha de alguma delas, ligar o alarme para buscar análise ou aconselhamento acerca do modelo específico antes da compra... São marcas que tem no seu portifólio tanto boas fontes quanto verdadeiras porcarias.

 

Coloco aqui como sugestão apenas, avalie, por ser tão simples a análise da relação da potência que a etiqueta diz ser capaz da fonte entregar em 12 Volts e a potência total da mesma. Se ela for maior que 50 Watts desconfie, fuja dela. Em geral o comprador desconsidera a etiqueta da fonte que é a carteira de identidade da mesma..

 

Não consigo enxergar nada mais a sugerir e mais uma vez parabéns pela análise..

Editado por faller
  • Curtir 5

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fonte Aerocool também é uma bombinha, que não recomendo jamais. 

 

Parabéns pelo ótimo tópico. Estava faltando mesmo um único, para não ter que mastigar a mesma coisa, para vários membros, em vários tópicos.

Editado por alissomrex
  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu sugiro retirar o número 10)

Peso não serve para avaliar nada em uma fonte. Lembre-se  desta fonte com um bloco de cimento dentro:

https://www.clubedohardware.com.br/artigos/teste-da-fonte-de-alimentacao-hantol-silent-atx-700-w-pro/2538/3

 

e fontes com indutores falsos:

http://www.pcpop.com/doc/0/294/294565_all.shtml

 

Ou podem até mesmo ser fontes com PFC Passivo que vão ter um indutor pesado dentro, mas nem por isso são boas fontes:

PPFC-Coil.jpg

 

Sem falar que não existe relação direta entre o peso de uma fonte e a qualidade dela, até porque fontes com maior eficiência utilizam dissipadores menores, que são boa parte do peso de uma fonte.

Editado por Jorno
  • Curtir 4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigado pelo apoio, pessoal.

 

@faller Sobre essas marcas que você citou, tive dúvidas em onde colocá-las. Esperei justamente que alguém comentasse. Acho que criarei outra categoria para elas, uma "meio a meio". Será que colocar a C3Tech nessa categoria seria mais adequado? 

 

Sobre a sugestão da diferença de 50W, vou acrescentar. 

 

@alissomrex Justamente por isso busquei criar este tópico. Eu repetia isso diversas vezes pelo Fórum (de maneira muito mais resumida, é claro).

 

@Jorno Citei o peso como algo mais geral, não preocupei com casos específicos. É inegável que fontes de qualidade são geralmente visivelmente mais pesadas que as genericonas da vida. Mas acho que devo deixar de forma mais clara que o peso não é nada conclusivo. Vou editar. 

  • Curtir 4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, faller disse:

 

Coloco aqui como sugestão apenas, avalie, por ser tão simples a análise da relação da potência que a etiqueta diz ser capaz da fonte entregar em 12 Volts e a potência total da mesma. Se ela for maior que 50 Watts desconfie, fuja dela. Em geral o comprador desconsidera a etiqueta da fonte que é a carteira de identidade da mesma..

Concordo em partes, acredito que é bem relativo o que você disse. Por exemplo, uma XFX XT 600W entrega "somente" 540w na linha +12V ou seja, tem 60w "faltando". Isso pode induzir um leigo a fugir dessa fonte por exemplo, que é de excelente qualidade, não acha?

 

Abraços.

Editado por Lse7en
  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Lse7en Bom exemplo. Vejamos o que o @faller pensa. Talvez aumentar um pouco a tolerância da diferença?

 

Por ora, deixarei a diferença acima de 50W como algo suspeito, mas não conclusivo.

 

@alissomrex Não tenho muito conhecimento sobre a AeroCool. Seria mais adequado colocá-la como não recomendada ou "meio termo"?

Editado por Foxwalt
  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Foxwalt meio termo para a Aerocool seria uma boa opção,

já que nos vários testes de fontes do mesmo que eu vi no CDH,

elas não receberam selo bomba, nem de produto ótimo. 

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Foxwalt Perfeitamente. Pra mim fica mais claro concluir que as diversas fontes "gamers" de 600w, 750w com linha +12v que possuem uma corrente ridicula de 30A ou até menos, não passam de porcarias, por exemplo.

Editado por Lse7en
  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, Lse7en disse:

Concordo em partes, acredito que é bem relativo o que você disse. Por exemplo, uma XFX XT 600W entrega "somente" 540w na linha +12V ou seja, tem 60w "faltando". Isso pode induzir um leigo a fugir dessa fonte por exemplo, que é de excelente qualidade, não acha?

Definitivamente não acho não..

Veja ai a etiqueta da fonte. Aquela etiqueta que ninguém costuma olhar, analisar..

XFX%20XT%20600%20Watts_zpsmxxqq1ki.jpg~o

 

Veja bem que a fonte promete 48 Amperes na linha de 12 Volts o que me parece bem plausível para uma fonte de 600 Watts. Repare agora que 48 Amperes x 12 Volts dá uma potência total de 576 Watts e não aqueles miseráveis 540 que o estagiário de marketing jogou na etiqueta. Desse modo, corretamente analisado ela está prometendo somente 24 Watts abaixo da sua potência total.. Me parece que se trata de erro de revisão resultante de um copiar/colar sem a devida correção e que passou batido na revisão.

Querendo analisar diferente então ela não passa em outra questão já tocada pelo colega Foxwalt que é a necessidade de clareza e coerência nas especificações e dados fornecidos. Prefiro pensar que foi erro de revisão.. E penso que podes sim deixar os 50 Watts sugeridos como estão..

O leigo que "fugir" dela é porque já fugiu também da aula de matemática lá no primário e depois da aula de física lá no colégio. :P

 

E por último... Não é por se tratar de uma XFX que não podemos passar a desconfiar da mesma. O mercado é vil, desonesto e quem sabe uma que outra marca não venha a se irritar com as potências mentirosas e comece a adentrar nesse jogo.. Quem não mente é a demanda do PC típico que dificilmente passa de 50 Watts nas linhas de baixa tensão(3,3 e 5 Volts). Desse modo o que uma fonte realmente vai entregar ao PC são esses 50 dai somados ao que ele é capaz de entregar na linha de 12 Volts.. O resto é bolodório, conversa fiada...

 

Editado por faller
  • Curtir 3
  • Confuso 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@alissomrex Justamente por isso fiquei na dúvida. Inicialmente, a classificação "meio termo" seria utilizada somente para marcas com boa quantidade tanto de fontes boas quanto de fontes ruins. Acho que terei que incluir as fabricantes de fontes medíocres ali na descrição e colocar a AeroCool entre elas.

 

@faller Nem passou pela minha cabeça a ideia de conferir os dados... Lamentável ver uma fonte da XFX com um erro desses. Bem, deixemos os 50W então.

 

Acho que vou colocar outro fator ali em cima mencionando diretamente a presença de etiquetas confusas.

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
17 minutos atrás, Foxwalt disse:

 

@faller Nem passou pela minha cabeça a ideia de conferir os dados... Lamentável ver uma fonte da XFX com um erro desses. Bem, deixemos os 50W então.

Não é privilégio da XFX. Até a Corsair já caiu nesse erro:

Repara ai o que o estagiário colocou na linha de 12 Volts:

0005457_700_5.jpg

Ora 46 A x 12 V = 552 Watts e não 522

 

Veja que na mesma fonte, com cabeamento modular (que se sabe é exatamente a mesma fonte) esse erro já sumiu..

0006241_700_6.jpg

Fora os erros de falta de coerência que existem nas fontes xing ling.. São incoerências às pampas....

 

 

  • Curtir 5

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@faller No caso da XFX, segundo o próprio site da mesma, a potência na linha +12V prevalece e o erro, provavelmente, está na corrente anunciada na caixa. Segue:

"Max +12V Output Current (A) : 45A (up to 540W, 90% of 600W)

- See more at: http://www.xfxforce.com/en-us/products/xt-series-bronze-full-wired/xt-series-600w-psu-80-bronze-p1-600b-xtfr#sthash.imjuwUV2.dpuf"

 

Abraços!

Editado por Lse7en
  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Excelente tópico!!! Obrigado pelo empenho @Foxwalt !!!

 

PS: também não concordo que peso seja diferencial ao definir qualidade de uma fonte.

Editado por braconius
  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu acho que seria interessante este tópico ser fixado ou pelo menos colocado no topico de "Tópicos em destaque" já que eventualmente ele vai ficar menos movimentado e vai se perder.

Editado por Zucchini
  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
14 horas atrás, Lse7en disse:

No caso da XFX, segundo o próprio site da mesma, a potência na linha +12V prevalece e o erro, provavelmente, está na corrente anunciada na caixa. Segue:

"Max +12V Output Current (A) : 45A (up to 540W, 90% of 600W)

- See more at: http://www.xfxforce.com/en-us/products/xt-series-bronze-full-wired/xt-series-600w-psu-80-bronze-p1-600b-xtfr#sthash.imjuwUV2.dpuf"

E na foto, logo abaixo, mostra o rótulo com os 48A... Essas fontes precisam de testes, pra ter certeza da qualidade delas.. Como já são vendidas lá fora, acho que não demora muito, pra um bom site fazer um teste dela...

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Agradeço novamente pelo apoio, pessoal.

 

@Lse7en @RS Faria Acho que agora só um teste mesmo para resolver o mistério... Dureza, em?

 

@braconius Sei que existem exceções e por isso procurei deixar o peso como algo indicativo, mas nada conclusivo. É normal que fontes decentes e que realmente entregam a potência escrita na caixa pesem mais. Por exemplo, tive o azar de tocar em uma daquelas fontes One Power de 600W (um infeliz, colega meu, adquiriu tal porcaria): a fonte era claramente mais leve que minha confiável OCZ de 600W. 

 

@Zucchini Agradeço pela sugestão. Irei ver com os superiores aqui, tanto para este tópico quanto para o tópico do @braconius sobre dimensionamento de fontes.

 

@ApoloBrz Como já tem muita coisa fixada, acho que devo perguntar ao pessoal.

 

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Foxwalt excelente o tópico vai ajudar a muito gente e concertez vai diminuir o números de explosivos por ai :)

  • Curtir 4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não sou estudioso do assunto como os que aqui me sucederam, mas eu penso que devido a lei de ohm, que estabelece que potência em Watts é igual a multiplicação da corrente pela resistência, que é válida apenas para circuitos resistivos,  sendo utilizada nesses casos, fontes, motores, etc.,  com a necessidade de outras incógnitas por se tratar de circuito com impedância, é que causa essas confusões.

Ao multiplicar E (tensão) x I (corrente) em circuitos não resistivos, você está obtendo a potência aparente, talvez fique mais adequado ao ponto de vista comercial.

Eu acredito que deveria constar a potência em Watts de forma correta em todas elas, seja xing ling ou não, isso acabaria com as confusões e compras mal especificadas.

Para finalizar, temos que ver quem são os verdadeiros fabricantes desses equipamentos, normalmente quem fabrica para outros provavelmente não irá transferir totalmente a sua tecnologia, irá guardar para seus produtos comercializados com o próprio nome a exemplo do que já existe nos Supermercados faz tempo, empresas fabricarem para estes que apenas entram com o nome, mas nas especificações constam o nome e o CNPJ do verdadeiro fabricante, coisa que creio não vir nas fontes.

Obs: Nada melhor do que incorporar a dica do GT a este tópico já que são assuntos inerentes.

 

https://www.clubedohardware.com.br/artigos/como-descobrir-o-verdadeiro-fabricante-da-sua-fonte-de-alimentacao/1270/3

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@GabrielLP14 Obrigado.

 

@misterjohn Agradeço pelo comentário. Sobre o caso da confusão com a potência da fonte, o problema é que a etiqueta diz uma coisa e o site diz outra: só saberemos qual está correto se encontrarmos testes.

 

No mais, como nem sempre (na maioria das vezes) quem fabrica a fonte não é a empresa que coloca a marca, estarei editando o termo "fabricante", usado no texto, e colocando o termo "marca". Como esse tópico tem como objetivo ser simples e direto, deixarei a indicação de recomendação ou não recomendação por conta das marcas mesmo.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Foxwalt fala camarada, achei novos pacotes  de C4 na kabum

esta da "Lite"

http://www.kabum.com.br/produto/46513/fonte-lite-200w-204-pinos-sem-cabo-52310
e esta outro chamada "VINIK"

http://www.kabum.com.br/produto/65855/fonte-vinik-atx-204-600w-real-vx600-22095

 

novas marcas no caso que poderia adicionar hehe

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@GabrielLP14 Essas fontes da Vinik realmente são bombas fáceis de detectar, basta bater o olho na falsa promessa de potência e na ridícula distribuição de cabos para perceber. Receberia o Selo Produto Bomba no teste sem dúvidas. Essa marca acho que realmente merece ser adicionada na lista da vergonha. 

 

Quanto à outra marca, a fonte está prometendo apenas 200W, mas o fabricante afirma na etiqueta "450W max". Além disso, a distribuição de potência nas linhas indica projeto antigo. É a genérica tradicional. Mais uma bomba do mesmo fabricante: http://www.kabum.com.br/cgi-local/site/produtos/descricao.cgi?codigo=59350&origem=52&gclid=COvDkKK3z8wCFQIfhgodeQYGKA

 

Obrigado pela contribuição.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
 

Não sou estudioso do assunto como os que aqui me sucederam, mas eu penso que devido a lei de ohm, que estabelece que potência em Watts é igual a multiplicação da corrente pela resistência, que é válida apenas para circuitos resistivos,  sendo utilizada nesses casos, fontes, motores, etc.,  com a necessidade de outras incógnitas por se tratar de circuito com impedância, é que causa essas confusões.

Ao multiplicar E (tensão) x I (corrente) em circuitos não resistivos, você está obtendo a potência aparente, talvez fique mais adequado ao ponto de vista comercial.

......

Caro colega misterjohn..

Mas de que estás falando????

Pensei estarmos falando em fontes de alimentação onde nada disso acontece. Ela entrega tensão, em Volts e corrente, em Amperes e se trata de corrente contínua quer para cargas de comportamento resistivo, indutivo, capacitivo ou até mesmo para cargas não lineares, aonde não existe fator de potência, não existe impedância ou melhor, não faz diferença nenhuma, não tem potência ativa/reativa. Isso de que falas só tem sentido em corrente alternada, de modo que seu entendimento acerca dessa questão está errado, completamente errado..

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×