Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Equipe Clube do Hardware

Empresa Wooting desenvolve o teclado mecânico com botões analógicos One

Posts recomendados

Tópico para a discussão da seguinte notícia publicada no Clube do Hardware:

 

Empresa Wooting desenvolve o teclado mecânico com botões analógicos One

https://www.clubedohardware.com.br/noticias/empresa-wooting-desenvolve-o-teclado-mecanico-com-botoes-analogicos-one/5231

 

Aqui está um pequeno trecho da notícia:

"A companhia holandesa Wooting desenvolveu o One, que mistura características de um teclado mecânico com botões analógicos. O teclado responde a diferentes níveis de pressão, tem um switch verme..."

 

Comentários são bem-vindos.

 

Atenciosamente,

Equipe Clube do Hardware

https://www.clubedohardware.com.br

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Já tinha visto esta notícia em um outro site estrangeiro, estou feliz por ter sido postada aqui também. Achei muito interessante esse teclado mecânico analógico e inclusive o preço dele está muito bom, se dermos uma analisada nos teclados mecânicos hoje disponíveis no mercado brasileiro veremos que esse teclado está bem barato pelo que ele possui. A unica coisa que me deixa pouco confortável é o fato de que caso eu compre ele terei que pagar um imposto absurdo para a alfandega.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Só senti falta do teclado numérico do lado direito (que o encareceria mais, eu sei), mas o design minimalista não me incomoda, aliás prefiro assim, e nem precisava ter leds pra economizar mais... rs

A ideia é show de bola, ele até mostrou no Overwatch como se comporta.... Ao invés de calibrar a mira pelo mouse (o que nem sempre dá certo e você perde o hs) bastaria apenas um toque leve no teclado.

 

Estas campanhas kickstarter deveriam ter incentivo de todos os governos, justamente em não cobrarem taxas. O problema como já mencionado é pagar + 60% do valor fora o frete, este bichinho chegaria aqui por mais de 700 reais.   =/

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Uma coisa que é tendencia no mundo de teclados mecânicos são os modelos reduzidos, grande parte dos teclados são no formato tk (também chamado de tenkeyless ou 80%) e alguns até mesmo apresentam apenas a parte em que se escreve que são os 60%.

 

Eu tive um pouco de dificuldade para me acostumar com o que uso atualmente, mas hoje está ok, o bom é que meu teclado numero ele existe, basta eu selecionar se quero usar o numérico ou as funções, grande parte do tempo uso somente as funções, mas se por algum motivo eu precisar usar o numérico por comodidade é só ativar o numlock (geralmente só ativo se estiver usando a calculadora pra alguma coisa eu preenchendo uma planilha do excel).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Este tópico está parado há muito tempo. Certifique-se que a sua mensagem tem a ver com o tema sendo discutido. Obrigado.

Junte-se à conversa

Você pode postar agora e cadastrar-se depois. Se você tem uma conta, faça o login para postar.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Restore formatting

  Só é possível ter até 75 emoticons.

×   O link foi automaticamente convertido para mostrar o conteúdo.   Clique aqui para mostrá-lo como link comum

×   Seu texto anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!