Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Marcos C. Santos

Devo aprender a linguagem em lua?

Recommended Posts

Eu comecei o curso de Ciência da Computação, porém já programo a um certo tempo (Em C#, Ruby e sei enrolar em Java). Porém, como todo mundo existe a "cadeira" de Algorítimos I. No meu curso, o professor que leciona é meio polêmico pois ele usa LUA para ensinar lógica de programação, juntamente com o Português Estruturado. Devo me aprofundar no aprendizado da linguagem LUA? Muita gente já me disse que não vale a pena pois é uma tecnologia velha, outros já usaram o argumento que bom programador sabe programar em tudo. Qualquer ajuda de alguém experiente é bem vinda.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não sou programador e nem entendo disso, mas posso dizer uma coisa.

Pra que eu iria aprender a formatar e instalar windows pelo DOS (windows 98 pra baixo) se é antigo e ninguém usa?

Pra que adquirir história quando a tecnologia evoluí?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Lua é utilizada em programação de games com java junto ou outra linguagem de programação

Lua é utilizada para programar partes dos aplicativos para tv digital

Na programação para tv digital é utilizado as linguagens ncl, java, lua, xml e html

Para procurar para programação para tv digital é so procura por middleware ginga ou simplesmente sistema ginga

Que acaba aparecendo algo junto sobre lua

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Lua é uma linguagem interessante. Ela é brasileira, desenvolvida por um time de desenvolvedores do Tecgraf da PUC-Rio, a princípio, para ser usada em um projeto da Petrobras. Devido à sua eficiência, clareza e facilidade de aprendizado, passou a ser usada em diversos ramos da programação, como no desenvolvimento de jogos (a Blizzard Entertainment, por exemplo, usou a linguagem no jogo World of Warcraft), controle de robôs, processamento de texto, etc. Também é frequentemente usada como uma linguagem de propósito geral.

 

Faz muito mais sentido seu professor usar o lua para ensinar lógica da programação e aprofundar do que muitos cursos que só usam o Pascal ou portugol(visualg?), que ao meu ver esses sim são desnecessários.. não tem serventia nenhuma a não ser o aprendizado inicial. Já o LUA, pode usar para muita coisa como já foi descrito.

 

Quem disse que o bom programador tem que saber programar em tudo, com certeza não sabe nada. O bom programador é aquele que domina a linguagem na qual ele vai trabalhar. Não adianta o cara estudar java, C/C++, php, ruby, python e ser mediano com conhecimento em tudo. 

 

A escolha da linguagem é em função do que pretendes seguir. Lua, como uma linguagem de script, ela pode ser usada em conjunto com outra. Por exemplo o C/C++ que geralmente a ciências da computação aborda.

Então faz muito sentido você estudar o Lua e C/C++ que teu curso te proporciona.:thumbsup:

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@dif @wellingtonmoreno  Obrigado pelas respostas, a do Wllington me abriu muito a mente, pois não sabia que ela era usada para programação em televisores. Já a do Dif foi essencial pra esclarecer possíveis outras dúvidas quanto aprendizado de linguagens. (No segundo período eles ensinam C/C++. Então acho que esse é o motivo. haha)
Vou dar uma olhada a fundo em lua, e analisar o que eu quero como objetivo. Grato. :D
 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×