Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Flavia Dutra

Boletim 1.525 – 21/06/2016

Recommended Posts

Boletim do Clube do Hardware | www.clubedohardware.com.br

Boletim 1.525 – 21/06/2016

Editado por Flavia Dutra

boletim@clubedohardware.com.br

Proibido Copiar ou Republicar - www.clubedohardware.com.br/pagina/legal

 

Índice

1. Nova versão mais em conta do livro "Redes de Computadores", de Gabriel Torres

2. Seja um membro VIP do Clube do Hardware!

3. CGI participa de nova audiência para discutir sobre a limitação da internet fixa

4. Sony desiste de fabricar seus dispositivos no Brasil

5. Organização SIG anuncia o novo padrão Bluetooth 5.0

6. Samsung anuncia a aquisição da Joyent, empresa de computação em nuvem

7. Fabricante do Raspberry Pi é vendido por US$ 867 milhões

 

------------------------------------------------------------

 

1. Nova versão mais em conta do livro "Redes de Computadores", de Gabriel Torres

 

Acabamos de lançar uma nova versão, mais em conta, do livro "Redes de Computadores", de Gabriel Torres. O conteúdo é o mesmo da 2ª edição (capa dourada), porém com tamanho físico reduzido para diminuição do preço final. Leitores do Clube do Hardware podem adquirir este livro por apenas R$ 99, usando o cupom "CDH45" (válido até 18/07/2016) na hora de efetuar a compra através do link abaixo:

 

http://loja.editoranovaterra.com.br/livro-redes-de

 

Para informações mais completas sobre esta nova edição, assista ao vídeo em https://www.youtube.com/watch?v=JlbOaTADSDc

 

[Informe publicitário, texto de responsabilidade do anunciante]

 

------------------------------------------------------------

 

2. Seja um membro VIP do Clube do Hardware!

 

Seja um membro VIP do Clube do Hardware e navegue em nosso site e em nosso fórum sem anúncios e com outros benefícios exclusivos, além de colaborar para que o Clube do Hardware continue no ar! Veja hoje mesmo como se tornar um membro VIP!

 

Vídeo explicativo: http://bit.ly/1oLzExv

 

Acesso VIP: http://forum.clubedohardware.com.br/store

 

[Informe publicitário, texto de responsabilidade do anunciante]

 

------------------------------------------------------------

 

3. CGI participa de nova audiência para discutir sobre a limitação da internet fixa 

 

No dia 14 de junho de 2016, o Comitê Gestor da Internet (CGI) participou de audiência na Comissão de Ciência e Tecnologia da Câmara dos Deputados para discutir acerca do limite na internet banda larga fixa.

 

Na ocasião, o CGI criticou as decisões tomadas pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), bem como a falta de estudos técnicos, jurídicos e econômicos para embasar a aplicação do limite de franquia.

 

A advogada da Proteste e representante da sociedade civil no CGI, Flávia Lefèvre, disse q é necessário um debate amplo, envolvendo não só o Comitê Gestor, mas também a Anatel, a Senacon e o Cade, conforme o Decreto 8771/16 do Marco Civil da Internet. Flávia disse ainda que a rede é essencial para a cidadania e não apenas uma questão de infraestrutura ou modelo de negócios.  

 

Ainda na audiência, algumas empresas defenderam a liberdade nos modelos de negócios, inclusive com provedores regionais culpando os usuários por consumo exagerado da internet.

 

Vale lembrar que, até o momento, a cobrança de franquias na internet fixa está suspensa pela Anatel.

 

O CGI é um grupo formado por empresários, usuários, representantes do governo, integrantes da comunidade científica e do terceiro setor, que debatem sobre a rede no Brasil. No entanto, o comitê não possui poder de decisão, mas influencia na definição de estratégias.

 

Mais informações:

http://bit.ly/1Ot3LdP

 

------------------------------------------------------------

 

4. Sony desiste de fabricar seus dispositivos no Brasil

 

A Sony revelou ter encerrado a fabricação de seus dispositivos no Brasil e que há alguns meses os importa da China e da Tailândia.

 

De acordo com a diretora de marketing da Sony no Brasil, Ana Peretti, com o fim da Lei do Bem, que incentivava a produção nacional de dispositivos eletrônicos, a produção local ficou inviável economicamente. Além disso, Peretti informou que atualmente a empresa só possui produtos com valores acima de R$ 1.800, que não estão incluídos nesse incentivo fiscal. A diretora comentou ainda que ao importar os produtos, a marca tem mais versatilidade para cumprir a demanda, encomendando somente o necessário.

 

A empresa informou que também está focando em outras categorias mais lucrativas, fato que também faz com que os dispositivos aumentem de preço no mercado brasileiro.

 

O instituto de pesquisas IDC revelou que os modelos fabricados no Brasil são mais consumidos do que os importados, com 91,4% das vendas em 2015.

 

Em maio deste ano, a Xiaomi também cancelou a produção de dispositivos no país, passando a importá-los.

 

Mais informações:

http://bit.ly/1UfmZWE

 

------------------------------------------------------------

 

5. Organização SIG anuncia o novo padrão Bluetooth 5.0

 

A SIG (Special Interest Group), instituição responsável pela padronização do Bluetooth, anunciou a versão 5.0 da tecnologia, que promete alcance quatro vezes maior e velocidade de transferência de dados duplicada em relação ao padrão 4.1.

 

A empresa informou ainda que o Bluetooth 5.0 terá capacidade de transmissão sem pareamento (como sistemas de localização) aumentada em oito vezes, consumirá a mesma quantidade de energia do padrão atual e que as melhorias são importantes principalmente para os dispositivos de Internet das Coisas (IoT).

 

A organização pretende lançar o novo padrão entre o final de 2016 e o início de 2017.

 

Atualmente, existem mais de 8,2 bilhões de aparelhos eletrônicos em funcionamento com a tecnologia Bluetooth e cerca de 30 mil empresas associadas à SIG.

 

Mais informações:

http://bit.ly/1W2dhX9

 

------------------------------------------------------------

 

6. Samsung anuncia a aquisição da Joyent, empresa de computação em nuvem

 

A Samsung divulgou um comunicado informando a compra da Joyent, empresa especializada em computação em nuvem e virtualização de aplicativos, por valor não revelado.

 

Segundo a Samsung, a aquisição tem como objetivo principal apoiar estratégias nos setores de Internet das Coisas (IoT), de dispositivos móveis, serviços e software em nuvem. 

 

A empresa comentou ainda que escolheu a Joyent por causa da equipe de gerenciamento experiente e de uma tecnologia em nuvem bem cotada por analistas.

 

Após a conclusão da compra, a Joyent vai operar como subsidiária da Samsung, mas atuará de forma independente, fornecendo serviços de software e infraestrutura em nuvem para seus consumidores.

 

Além disso, alguns executivos da Joyent, como o CEO Scott Hammond, o CTO Bryan Cantrill e o vice-presidente de produtos Bill Fine, ingressarão na Samsung para trabalhar em iniciativas baseadas em nuvem para empresas.

 

Em 2015, a Samsung comprou a LoopPay, empresa especializada em pagamentos móveis, para melhorar seu sistema.

 

Mais informações:

http://bloom.bg/1WPN2UW

 

------------------------------------------------------------

 

7. Fabricante do Raspberry Pi é vendido por US$ 867 milhões

 

A empresa Premier Farnell, uma das produtoras do minicomputador Raspberry Pi, foi vendida por US$ 867 milhões para a Daetwyler, fabricante suíça de componentes industriais.

 

Conforme Eben Upton, um dos fundadores da Raspberry Pi Foundation, os consumidores não devem se preocupar com a compra, pois não haverá quaisquer mudanças na prática.

 

A aquisição deverá ser concluída até o quarto trimestre deste ano.

 

A Premier Farnell fabrica o minicomputador há quatro anos e emprega atualmente 3.600 pessoas.

 

Mais informações:

http://bit.ly/1W2wrMp

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante
Este tópico está impedido de receber novos posts.





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×