Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Lucio Erglis

Historia das cpu´s intel

Recommended Posts

Achei legal postar este artigo sobre a historia dos processadores Intel

 

http://www.tomshardware.com/picturestory/710-history-of-intel-cpus.html

 

Em qual ponto se identificou dos slides? Meu primeiro contato com Intel foi um XT de um amigo com uma "incrivel" tela Verde e preto, mas meu primeiro foi um 386 SX de "incriveis" 33 MHz , 4 Mb de RAM e 80 Mb de HD, rodando DOS e futuramente Windows 3.1

 

Mas antes disso, meu primeiro contato com computadores foram os TK 85 e TK 90X, rodando programas atraves de fitas K7, os programas maiores usavam os 2 lados da fita. Ou senao comprava-se revistas que vinham com os codigos de jogos, o qual você fica a tarde inteira digitando para no final de dezenas de linhas, descobrir que tinha erros bobos como uma virgula faltando , etc...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Meu primeiro PC com processador Intel... acho que tinha um Pentium de 133 MHz, que tinha aquele botão de Boost para 200 hehehe. Tinha Windows 95, 16 MB de SDRAM, 1 MB de video, e 1 GB de HD. Para a época era um dos melhores que se podia ter.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@AmarildoJr ah bem lembrado. Na epoca tinha esses botões do turbo e o gabinete tinha led q mostrava em qual velocidadd estava

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ihh... meu primeiro contato foi com 6502 em TK2000. Depois outros da mesma família, Microengenho, CCE Exato...

 

Depois veio o Apple II e por fim um NEC XT (que já era colorido e bemm mais rápido)

 

 

 

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@dwatashi essa epoca dos TK, pensando hj em dia, era bem bem bolado ne, usando os programas em fitas K7. Ja deve ter passado varias horas digitando programas de revistas para poder jogar tb. O TK 2000 ja era bem mais evoluido que o TK90?  Eu usei so o 85 e o 90, mais tarde ganhei um usado Commodore ( acho q é assim q escreve) ,mas nunca fiz muita coisa com esse 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Comecei num TK2000 + tela de fósforo.

PS: Meu mesmo, só muito mais tarde, com um K5. Intel foi um Pentium 3 Katmai cartucho.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Lucio Erglis não sei dizer ao certo, mas se não me engano podia considerar plataformas diferentes. O TK2000 tinha ROM compatível com Apple e TK90 com o Spectrum. Acho que o TK2000 era superior, apesar de seu processador ter menor clock.

 

Gravei algumas coisas no gravador, até usava umas fitas melhores Cromo para evitar a perda de dados, mas mesmo assim era comum ocorrer. Mas não programei muito porque era novo... deveria ter uns 6 anos, mas lembro de passar horas para digitar várias linhas e quando executar desenhar algo na tela.

 

Primeiro Intel deve ter sido o 386 SX... mas fiquei pouco tempo com ele, depois migrei para um DX. Tive um 286, mas foi usado e se não me engano era AMD, tanto que ele servia apenas de terminal para um sistema DOS.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

TK2000 era compatível com os Apple, já o TK90K foi o mais difundido, tinha joystick, etc.

Ambos eram um lixo da Microdigital, então a gente só tinha clones da reserva de mercado.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×