Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Ítalo Bandeira

Qual rumo devo seguir?

Recommended Posts

Bem pessoal, estou concluindo meu curso técnico de informática pelo IFS este mês (depois de 5 longos anos de duração, culpa das greves). Já estou muito pensativo sobre qual rumo tomar, pois, sinto que o curso foi fraco em termos de conteúdo. Para vocês terem ideia o foco do curso foi em programação (coisa que vimos ao longo de 3 anos), até aí tudo bem porque o problema de verdade começou já na grade curricular:

 

1º Ano - Programação Estruturada com PASCAL(!) + O.C.S.O.

2º Ano - Programação O.O. com Delphi(!!) + Banco de Dados + Paradigmas da Programação

3º Ano - Programação Web com PHP + Construção de Sites + Eng. de Software

 

Resumindo, foram 2 anos "perdidos" aprendendo coisa antiga e só deu pra aproveitar mesmo o 3º ano por conta do PHP e aprender algo de web design (que deu uma base meio pobre, deram o básico de HTML, CSS e uma besteirinha de JavaScript). O que me deixa preocupado é que não tive oportunidade de estagiar, logo não faço a mínima ideia de como é esse processo e nem como o ambiente de trabalho em TI funciona.

 

De tudo que aprendi me liguei mais a parte de Hardware por paixão mesmo e na parte de criação de sites e PHP, essas duas coisas me chamaram mais atenção do que programar aplicações desktop. O ponto é: O que devo fazer agora? Investir em algum curso de Hardware? ... Pergunto isso porque tenho mais afinidade com esse lado e não sou muito bom em programação.

Editado por nefertiti
correção no título.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Aprenda programação. Ela vai te abrir um bom leque de oportunidades. Aprenda C, aprenda Java, aprenda a desenvolver aplicativos mobile. Expanda o seu leque de oportunidades.

 

Saber a usar o hardware, + eletrônica + programar te abre a mente para diversas possibilidades.

 

Aprender muito sobre hardware, pode te ajudar a prestar serviços de montagem e manutenção em alguma empresa ou por conta própria, mas são poucos os técnicos e analistas que são valorizados apenas por ter conhecimento em hardware.

 

Quanto a afinidade que você não tem em programação, garanto que é falta de prática e se acostumar com a linguagem. Depois você meio que traduz as coisas de uma pra outra.

 

Se eu pudesse recomeçar investiria em redes, programação (investindo nos mais usados no mercado e na área mobile), e banco de dados e conseguiria pra ontem uma boa certificação microsoft. Faria depois eletrônica e faria meus próprios projetos.

 

você tem que estar a disposto a fazer muito mais do que o normal nessa área. porque costumam pedir que você saiba muitas coisas pra pagar as vezes menos de 2 salários.

 

Analise vagas para salários que pedem mais do que isso e com base no que pedem você saberá o que o mercado paga e o que ele exige em troca.

 

Abraços e Boa sorte na jornada!

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Hqxriven - Obrigado pelas recomendações, já tem um tempinho que vim ficar sabendo dessas certificações da Microsoft (já sabia que a Oracle tem suas certificações Java divididas em níveis). Esqueci de mencionar que também participei em dois projetos de pesquisa (pelo CNPq) onde tive contato maior com criação de sites e programação Android (envolvendo NFC e tal) ... além disso meu TCC envolve elementos da área de eletrônica, construí uma estação meteorológica junto com minha dupla de TCC usando Arduino e um Raspberry Pi (nessa brincadeira também me interessei por eletrônica).

 

Programação eu admito que realmente mexi pouco, mas pelo menos tenho noção como uma Linguagem de Programação pode se comportar. Esse ano ainda vou me focar mais em aprender Java (para desktop e mobile) e fazer um curso de manutenção por puro prazer mesmo.  :thumbsup:

 

Início desse ano me juntei com 2 colegas de curso e os estou ajudando com uma startup de desenvolvimento web e atualmente finalizamos 2 projetos e temos um em andamento que envolve a criação de um aplicativo para um professor de academia. Acha que vale à pena seguir com isso?

 

Agora uma pergunta pessoal, você acha que dá pra se sustentar prestando serviços de Help Desk? Pergunto isso porque na minha cidade volta e meia ouço falar de vagas de estágio envolvendo isso.

Editado por Ítalo Bandeira

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vai depender do perfil da empresa, do quanto ela valoriza esses profissionais (salário e benefícios) e se permite eles evoluírem na mesma.

 

Mas já é um bom começo e um simples estágio de hoje pode se transformar num bom emprego de amanhã.

 

Enquanto isso você vai aumentando o conhecimento, fazendo projetos paralelos e expandindo seu leque de conhecimentos e possíveis oportunidades e conhecendo várias pessoas.

 

você pode estar estagiando ou em um emprego "mais simples", mas ter o conhecimento necessário de uma função superior e uma hora ou outra com a oportunidade aberta você pode ir criando o seu caminho dentro dessa empresa mesmo.

 

Já que citou a área de Help Desk como interesse vejo outra possibilidade que surge para esse profissional (para quem abraça um conhecimento diverso) que é o der ser um instrutor.

 

É uma área em franco crescimento e que o profissional muitas vezes consegue trabalhar em diversos locais e a empregabilidade é boa e a exigência de conhecimentos é mais condizente com a realidade.

 

Até a próxima.

 

 

 

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×