Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Highlander2010SP

Particionamento do hd 5 tb externo seagate

Recommended Posts

Pessoal,

Recentemente adquiri um HD de 5TB Externo da Seagate, mas não veio nenhum CD c/ software como veio no meu antigo HD 3TB da Samsung. Gostaria de particionar em 2x de 500GB + 4x de 1TB. Qual seria o melhor software (mais confiável) para fazer isso pelo windows 7?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Assim q acabei de montar o PC, testei o HD externo de 5TB, mas estou com dúvida se está com algum problema, pois no software da Seagate (SeaTools para Windows), fiz 2 testes por enquanto, no "Auteste curto da unidade" passou, mas no teste "Genérico Curto", foi reprovado:

 

--------------- SeaTools for Windows v1.4.0.4 ---------------
15/09/2016 18:58:25
Modelo: Expansion Desk
Firmware: 9401
Short DST - Iniciado 15/09/2016 18:58:25
Short DST - Aprovado 15/09/2016 18:59:28
Teste generico rápido - Iniciado 15/09/2016 19:00:18
Teste generico rápido - Reprovado 15/09/2016 19:00:41
SeaTools Test Code: A193A6CE
Teste generico rápido - Iniciado 15/09/2016 19:01:21
Teste generico rápido - Reprovado 15/09/2016 19:01:44
SeaTools Test Code: A193A6CE 

 

Fiz o diagnóstico no CrystalDiskInfo e HD Tune, com os resultados:

vrr0ci.png 2zyanp3.jpg
http://ap.imagensbrasil.org/image/pd6Ag6
http://ap.imagensbrasil.org/image/pd6ECH

 

Agora estou rodando o teste "Genérico completo" no SeaTools para Windows, mas ainda vai demorar algumas horas para terminar. Será q com esses diagnósticos dá para considerar algo de errado com o HD?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olha, eu estou surpreso, o SeaTools reprovar algo, enquanto o Crystal aprova é quase que bizarro, o problema é qual a razão da reprovação? Não encontrei o significado do código, na pagina deles tem muitos poucos códigos http://www.seagate.com/staticfiles/support/seatools/seatools-test-codes.html e isto não ajuda muito... Falam em atualizar o programa primeiro e testar novamente.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Spoiler

 

 

6 horas atrás, bugleader disse:

Olha, eu estou surpreso, o SeaTools reprovar algo, enquanto o Crystal aprova é quase que bizarro, o problema é qual a razão da reprovação? Não encontrei o significado do código, na pagina deles tem muitos poucos códigos http://www.seagate.com/staticfiles/support/seatools/seatools-test-codes.html e isto não ajuda muito... Falam em atualizar o programa primeiro e testar novamente.

Acredito que o mais comum seria passar em no teste genérico rápido e no teste genérico completo ser identificado o problema, mas no meu caso ocorre o inverso. Quando clico no código de erro no Seatools, é direcionado a abrir nessa página:

http://knowledge.seagate.com/articles/pt_BR/FAQ/196351br

onde diz:

4.Para unidades externas: Use o DiscWizard ou o software de gerenciamento da unidade externa para executar o Zero Fill da unidade externa.

 

É arriscado executar o zero fill em uma unidade nova? Perderia a garantia?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Spoiler

 

No Seatools, eu passei o HD pela "Reparação Longa" e passou também, voltei a fazer o "Teste Genérico Rápido" e continua com a mesma mensagem: "Reprovado".

 

No próximo teste, acho que vou passar pelo Zero Fill do HD Tune. Como é o HD externo Seagate Expansion de 5T, não posso tirá-lo do case e colocar como interno para não perder a garantia. Será que há algum problema em rodar o Zero Fill num HD externo? Ou melhor ainda se rodar o Zero Fill pelo software da Seagate? (neste Disc Wizard que tem para baixar no site da Seagate não tem o Zero Fill)

 

Fiz um teste particionando o HD pelo Disk Management do Windows 7 e criei 4 partições primárias. Há algum problema em fazer isso ou tem que criar 1 partição primária, 1 estendida e dividir a estendida em quantas precisarmos?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Estou querendo rodar o Zero Fill nesse HD, mas não consegui rodar o Seatools for DOS, então estou com a opção de fazer com o HD Tune. Será que tem algum problema rodar o Zero Fill com uma ferramenta que não seja da Seagate?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante

O recomendado é usar o software do fabricante, mas já usei ferramentas de terceiros e inclusive o diskpart do Windows (clean all) e não deu problema, mas fica o alerta e faça por sua conta e risco.

Para fazer pelo diskpart siga os passos abaixo, demora muitas horas e não mostra o andamento:

Abra o cmd, de preferência como Admin

diskpart

list disk

select disk 1 (onde 1 é o disco desejado)

clean all

exit

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 9/20/2016 às 22:18, Fernando Apratto disse:

O recomendado é usar o software do fabricante, mas já usei ferramentas de terceiros e inclusive o diskpart do Windows (clean all) e não deu problema, mas fica o alerta e faça por sua conta e risco.

Para fazer pelo diskpart siga os passos abaixo, demora muitas horas e não mostra o andamento:

Abra o cmd, de preferência como Admin

diskpart

list disk

select disk 1 (onde 1 é o disco desejado)

clean all

exit

Eu entrei em contato com o suporte da Seagate (achei o pessoal muito atencioso), um dos procedimentos q a pessoa passou p/ eu fazer foi o diskpart:

diskpart

list disk

select disk 1 (onde 1 é o disco desejado)

clean (somente clean, não foi o completo)

exit

E o suporte me informou que não tem ferramente da Seagate p/ rodar Zero Fill em HD externo, somente habilita essa função p/ HD's internos no Seatools, tb não soube dizer se dá p/ rodar software de terceiros por não saber exatamente o que esses fazem.

 

Pelo Diskpart, o "clean all" é para rodar o Zero Fill no HD?

Seria o Zero Fill "mais confiável" para se rodar de terceiros, visto que o HD externo vai trabalhar só com esse Windows?

 

Eu rodei o Error Scan do HD Tune, passaram todos os setores, sem bad block, com exceção do último bloco que aparentemente nem foi testado (ficou na cor cinza):

 

7287c2.jpg

 

vr4z6v.jpg

 

No Speed Map, parece que houve variação de velocidade, é isso mesmo, é normal?

Em Position, terminou em 4996GB e não em 5000GB. Isso seria sinal de algum problema?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante

O comando clean sozinho equivale a um format padrão mas limpa também a Tabela de Partições seja MBR ou GPT.

O comando clean all equivale ao Zero Fill (wipe, erase e outros nomes) mas como citei é muito demorado e não mostra o andamento, é executar e ir dormir.

O tamanho de um disco nunca é nominal pois tem setores reservados pelo fabricante.

A velocidade de leitura e gravação pode ter variações, o importante é a média aferida.

Como lhe foi informado, pode usar programas de terceiros mas cada um tem suas particularidades, teria que pesquisar qual o mais adequado.

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O comando clean all também faz o HD ignorar setores defeituoso, se houver?

 

Entrei em contato com o suporte da Seagate (achei muito atencioso) e me informaram que a reprovação do teste genérico rápido pode ser devido a incompatibilidade de hardware, pois mesmo 2 placas-mães fabricadas na mesma série de produção são diferentes, um computador nunca fica igual a outro, mesmo que com placas de modelos iguais. Então fiz o teste "Genérico Rápido" em um outro computador (notebook Acer Aspire 5570z) e PASSOU, só não foi reconhecido com as partições q eu criei  no outro PC, q está com Windows 7 64 bits, este notebook está com Windows 7 32 bits e é antigo (deve ter uns 8 anos), será por esse motivo que não lê partições GPT? No gerenciador de discos do windows aparecem as 4 partições que eu criei (2TB, 1TB, 1TB, 657GB), mas sem as letras.

Surgiu então uma dúvida, se não passou no teste rápido pelo hardware, será que formatar e particionar o HD nesse PC seria uma opção viável? Não poderia dar erro em outros PC's? Se eu atribuir uma letra ao drive pelo "Change Drive Letter and Paths" não afetaria a leitura no outro PC?

Outra dúvida, a partição gpt pode ser reconhecida no linux? Ou seria melhor formatar o hd com mbr? Vou precisar usar o linux pelo menos para tentar fazer backup de 2 hd's que não são mais lidos pelo windows.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante

O comando clean all preenche com zeros todos os setores, todas as vezes em que usei ele não travou mas não posso afirmar se em disco com sérios problemas ele irá ignorar os setores. Neste caso o recomendável é executar o chkdsk /f /r que este sim tenta corrigir (marcar para não ser utilizado) os setores defeituosos.

 

Somente sistemas 64bits (x64) trabalham com discos no formato GPT.

 

Tem que usar Linux 64bits para reconhecer o formato GPT, e não precisa instalar o Linux, execute ele no Modo Live (experimentar) e terá acesso a qualquer partição/discos Windows.

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Só uma coisa, você achou o download dos programas originais que vem com o HD externo, da ultima vez que fui procurar isto eu não fui capaz de encontra-los sei que 90% das pessoas não usam os programas, mas fico pensando se no caso de troca, eles não localizem os programas - quando o hd ainda inicia - e dizerem que perdeu a garantia por 'uso indevido'...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×