Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
kifirefox

Quantas vezes um técnico pode gerar esd ao fazer manutenção em um gabinete?

Recommended Posts

Quantas vezes um técnico pode gerar esd ao fazer manutenção em um gabinete? sem equipamentos antiestática.

 

por exemplo, quantas vezes uma placa-mãe iria tomar choque de energia estática? Uma vez? 10, 30, ou mais de 100 vezes?

 

Se um técnico de manutenção estiver abrindo e desmontando e trocando algumas peças e não estiver usando pulseira e nem calcanheira esd, quantas vezes as placas eletrônicas podem tomar descargas do seu corpo?

 

E se por acaso você tivesse tocado antes de começar o trabalho o aterramento? Já teria dissipado o excesso de energia estática? e não precisasse mais usar uma ferramenta esd para um pequeno serviço de apenas trocar uma placa eletrônica do gabinete, uma placa pci por exemplo.

 

o corpo humano gera muita energia estática ao fazer manutenção de computadores, mesmo você estando parado só mexendo no gabinete, trocando peças e usando ferramentas?

 

Editado por kifirefox

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
14 minutos atrás, Henrique - RJ disse:

Só de botar a mão na carcaça do gabinete a estática vai embora.

 

Não se preocupe tanto com isso.

acho que preciso de uma resposta mais elaborada e com detalhes.

Editado por kifirefox

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tipo:

Na fabrica de equipamentos, as pessoas que fazem uma revisão dos mesmos, precisa de pulseiras e equipamentos anti estáticos, porque estão em contato direto com os componentes

Agora um técnico quando vai fazer uma manutenção ou algo do tipo em um pc, não a necessidade, embora é bom ter, porque quando se toca no gabinete, como foi falado pelo (Henrique-RJ), a energia se dissipa.

E não tem um resultado de quantas vezes pode-se ou não, eu mesmo não vi ainda ??!!

 

É mais fácil um problema por baixa tensão da energia, mesmo pequena que seja, do que uma descarga de energia estática.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

nunca vi queima pc por nao ta usando protecao acho q isso é mito ninguem ta com tanta energia a ponto de danifcar algo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu nunca usei pulseira e nunca estraguei componente algum de cliente.

Frescuragem e balela.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Também não uso nada contra estática, mas tomando os devidos cuidados:nunca segurar nas partes metálicas expostas(contatos, pontos de solda etc). Existem é claro situações extremas como em um dia de inverno, seco  e baixa temperatura na parte da manhã e voce com uma roupa que crie eletricidade estática, aí é melhor nem mexer, ou então ter o vestuário e os meios adequados para descarregar a eletricidade.

Agora um componente delicado como um processador  não suportará a descarga direta de uma faisca de estática nos pinos de contato(por menor que seja), pois a concentração de componentes é enorme.Então não se pode falar em número de vezes que o componente eletrônico aguenta a descarga. No encapsulamento o risco é bem menor pois existe o isolamento.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
35 minutos atrás, PedraX disse:

Então não se pode falar em número de vezes que o componente eletrônico aguenta a descarga. No encapsulamento o risco é bem menor pois existe o isolamento.

o que seria encapsulamento?

eu entendo que o ambiente também influi, porcentagem da umidade do ar, usar roupa de algodão, etc.

 

uma pergunta;

O fato é o quanto de energia estática o corpo humano pode produzir ao fazer manutenção de computadores? Sem usar nenhum tipo de equipamento ESD.

o que poderia acontecer a uma placa-mãe ao tira-la do gabinete e limpar e depois por outra placa-mãe e outras peças eletrônicas?

quantas descargas poderiam ter tomado?

1 só numa simples limpeza?(pincel comum)

2 só numa simples troca de peças? (tirar uma placa-mãe queimada e por outra)

3 só o fato de abrir o gabinete e trocar o cooler?

 

Editado por kifirefox

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

é um misto de paranóia e realidade e precaução.

paranóia: só o fato de você tocar em algo metálico grande, armário, maçaneta de porta metálica, o próprio gabinete do pc já descarrega sua estática

realidade: se você estviver 'elétrico' tocar uma (01) vez (vezinha) na placa-mãe, pode danificá-la

precaução: use pulseira e calcanheira na sua loja. Coloque cartazes na entrada de sua oficina algo como "área protegida. proibida a entrada sem calcanheira antiestática". Na bancada "uso obrigatório de pulseira antiestática" num lugar que seu cliente veja e etc. No mínimo vai causar boa impressão ou curiosidade no seu cliente. Explique-lhe.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 minutos atrás, Isadora Ferraz disse:

é um misto de paranóia e realidade e precaução.

paranóia: só o fato de você tocar em algo metálico grande, armário, maçaneta de porta metálica, o próprio gabinete do pc já descarrega sua estática

realidade: se você estviver 'elétrico' tocar uma (01) vez (vezinha) na placa-mãe, pode danificá-la

precaução: use pulseira e calcanheira na sua loja. Coloque cartazes na entrada de sua oficina algo como "área protegida. proibida a entrada sem calcanheira antiestática". Na bancada "uso obrigatório de pulseira antiestática" num lugar que seu cliente veja e etc. No mínimo vai causar boa impressão ou curiosidade no seu cliente. Explique-lhe.

 

tenho que discordar;

é isso que estou falando, não quero botar pulseira e coleira em todo mundo. quero saber o que é paranoia e realidade.

ficar botando aterramento em tudo, não vejo como uma solução da realidade e sim paranoia.

tem que ver o grau de perigo, tem peças que são sensíveis a estática e outras não, como drive de dvd, disquete, e também placa de rede, internet discada, essas placas pequenas nunca vi queimar por estática.

geralmente só vi queimar, são placa-mãe, vídeo, memória, cpu talvez. equipamento mais sofisticado.

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

o que você leu foi uma tentativa (frustrada pelo jeito) de tentar somar algo ao seu negócio pois eventualmente você pode ter algum cliente com mínimas noções da coisa toda e ele deve se sintir muito mais a vontade em deixar seu "precioso" em tuas mãos. Bom.. eu (eu) me sentiria e claro te daria mais crédito.

Mas se estás 100% seguro de si, por qual motivo abristes o tópico? .. não responda. Só reflita

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Moro em Brasília, onde nessa época do ano dá choque em tudo, até mesmo em lata de cerveja. Sempre que vou abrir qualquer equipamento eletrônico, uso pulseira anti-estática. 

Imagine queimar um componente bom por causa de uma falta de cuidado...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, Isadora Ferraz disse:

Mas se estás 100% seguro de si, por qual motivo abristes o tópico? ..

 

realmente por questão de segurança. mesmo sabendo que não vai queimar, pois seu corpo já está descarregado. acabamos botando sempre algum equipamento de segurança, por prevenção, se sentir seguro, ou pode achar que mesmo estando sentado ou num ambiente com tapete e manta de borracha, o técnico pode se achar que está se movimentando muito, pegou em uma chave de fenda, deu alguns passos, etc.

 

as pessoas quer estar prevenido e usar um equipamento de segurança contra acidentes ou falhas da pessoa e uma ironia do destino.

 

 

 

 

 

 

Editado por kifirefox

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

he,he por preguiça vou passar um link:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Encapsulamento_de_circuitos_integrados

Acho que voce deve explicar melhor porque voce se preocupou tanto com essa questão da estática:exemplifique se voce tem muitas situações de ter que mexer com um circuito ou componente em condições de haver um acidente com estática.

Porque já tenho mais que  30 anos de experiencia e só tive um acidente:por trocar 220 por 127 em um monitor.

Já desmontei servidores e PC's de todo tipo e nunca usei nada de especial, pelo contrário, quando era mais novo até tive uns acidentes com componentes(tipo encaixar mal slot,cooler de processador,soldas mal feitas,quedas de peças,etc).

Pois bem, é difícil um acidente desses, mesmo porque para isso teria que passar corrente em um trecho do circuito, ou seja, deve ter potencial de energia  e um terra e aí vai torrar a parte onde descarregou a faísca. Pode acontecer, se tudo estiver montado e a TOMADA estiver ligada, pois aí terá aterramento e baubau.

Se seguir o manual do técnico, trabalhar com tudo desligado, capacitores descarregados(deve-se dar um tempo para descarregar os capacitores depois de desligar e antes de tirar a tomada) e segurar as peças sem tocar nas partes metálicas expostas, tocando só no encapsulamento, difícilmente terá problema com esses equipamentos mais modernos, práticamente á prova de acidentes.

Mas como sempre relembro, prevenir é melhor que remediar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×