Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Diego Perroni

Dell inspiron 15 5557

Recommended Posts

Olá galera do Clube do Hardware!

 

Estou criando esse tópico para relatar minha jornada com o meu novo notebook. Trata-se de um Dell Inspiron 15 série 5000, mais especificamente um Inspiron 15 5557.

Quero registrar aqui, no melhor detalhamento possível, o processo de escolha do produto, a compra, o recebimento, as configurações e tudo o mais que puder fazer parte desse universo.

Espero estar agregando algo para o fórum, já que esse produto está em comercialização atualmente e as minhas experiências possam servir para o auxílio dos amigos que estão planejando uma compra ou estão passando por alguma dificuldade com o produto.

 

Um abraço a todos!

 

Diego

adicionado 48 minutos depois

FERRAMENTA ATUAL

 

Atualmente estou utilizando um notebook Toshiba Satellite A205. Esse notebook vem me servindo desde meados de Julho de 2007 e apesar de estar bem velhinho, ele me atende muito bem. A compra dele foi baseada numa necessidade da época com relação a faculdade.

 

POST02-IMG01.jpg

 

POST02-IMG02.jpg

 

Configuração de Hardware:

Processador: Intel Core 2 Duo 1.6 (x86)

Memória RAM: 2Gb

HD: 200 Gb

GPU Intel integrada

 

Configuração de Software:

Dual Boot

Microsoft Windows 7 Ultimate

Ubuntu 12.04 LTS

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

NECESSIDADE DE UM NOVO NOTEBOOK

 

Depois de 9 anos de uso, o Toshiba apresenta uma série de problemas e limitações. Com relação aos problemas, ao longo de 6 anos de uso, ele me deixou na mão. Era um problema de solda fria em um chipset. Não sei especificar ao certo, mas esse chipset não estava funcionando corretamente devido as soldas frias automatizadas do processo de fabricação e segundo o técnico que me atendeu na ocasião, era algo normal. Bom, esse problema, simplesmente não deixava que o processador trabalhasse conectado na energia, ou seja, apenas na bateria.

Na ocasião, o serviço me custou R$300,00. Não julguei caro, pois o tecnico me garantiu um funcionamento perfeito, bem como a garantia do seu serviço.

 

Como eu disse, foi o único problema apresentado, mas agora, depois de tanto tempo de uso, percebo manchas no monitor, bem como perda de brilho. O plugue da fonte apresenta mal contato (nada que um pedaço de fita isolante não resolva), mas a bateria não me dá uma autonomia superior a 1 hora de trabalho.

 

Eu falei dos problemas, mas preciso expressar as limitações e essas não são poucas também, afinal, um hardware de mais de 9 anos já não consegue suportar todas as novidades de software do mercado.

 

Com base em toda essa analise, resolvi que chegou a hora de comprar um novo notebook.

 

Abaixo, os problemas atuais que estão me tirando a paciência:

 

Problema no plug da fonte (gambiarrado na fita isolante):

POST03-IMG01.jpg

 

Aqui o problema das manchas no LCD (cada dia que passa as manchas avançam):

POST03-IMG02.jpg

 

 

 

ESCOLHA E COMPRA DO NOVO NOTEBOOK

 

Bem, como puderam notar, estou com uma ferramenta um pouco ultrapassada e sinto que pude usufruir o suficiente dela. Muitas pessoas não se conformam ao ver eu usando o TOSHIBA ainda, mas fazer o que, esse sou eu!

Escolher um novo notebook é minha próxima tarefa e pensei inicialmente em um novo TOSHIBA, mas para minha surpresa, encontrar uma revenda com bons preços no Brasil não é muito fácil. Resolvi partir para as marcas que aparecem diariamente nos grandes magazines. Pensei em ASUS, DELL, LENOVO E SAMSUNG. Sei que existem mais fabricantes no mercado, mas eu tinha uma leve impressão que essas marcas, pela grande comercialização, teriam bons preços a oferecer. Enfim, você pode avaliar hardware e custo, mas também tem o design.

Como já sabem, eu optei pelo DELL porque encontrei nesse modelo a possibilidade de comprar um hardware expressivo e economizar um pouco devido ele vir com Linux e não com o Windows 10.

 

Resumo da ópera, finalizei a compra no site da DELL. O INSPIRON 15 5557 saiu por R$3.539,00 em 12x no cartão de crédito. À vista, a Dell dava um desconto, mas eu não tinha condições de desembolsar toda essa grana de uma vez.

 

POST04-IMG01.jpg

 

Especificações:

 

Processador I7 6ª Geração

Memória 8 Gb

HD 1 Tb 5400 RPM

GPU Nvidia Geforce 930M (4 Gb)

Tela 15.6” HD

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

CHEGADA DO NOTEBOOK

 

Após 4 ou 5 dias úteis, o DELL estava na minha casa. Achei o processo de compra e entrega satisfatório. Em nenhum momento eu senti falta de alguma informação relevante para o processo.

 

Abaixo, algumas imagens que fiz no momento de desembalagem do produto e algumas analise visuais prévias:

 

Embalagem:

POST05-IMG01.jpg

 

POST05-IMG02.jpg

 

Fonte (vem com velcro para ajudar a conter os cabos enrolados, mas o cabo da tomada eu achei curto):

POST05-IMG03.jpg

 

Quick Start e Termo de Garantia (Extremamente minimalistas):

POST05-IMG04.jpg

 

POST05-IMG05.jpg

 

Tampa (Ponto positivo por ser de material metálico e não pega marca de dedos):

POST05-IMG06.jpg

 

Parte inferior com alto falantes na dianteira (conta com uma única tampa que dá acesso rápido a memória e disco rígido):

POST05-IMG07.jpg

 

Detalhe do adesivo da logomarca do Linux Ubuntu:

POST05-IMG08.jpg

 

Visão geral do notebook aberto (Design sóbrio ao extremo):

POST05-IMG09.jpg

 

Adesivos dos periféricos Nvidia e Intel:

POST05-IMG10.jpg

 

Teclado numérico:

POST05-IMG11.jpg

 

Lateral direita (Ethernet / 2 portas USB 3.0 / Fone + Mic):

POST05-IMG12.jpg

 

Lateral esquerda (Energia / 1 posta USB 2.0 / Leitora multi cartões):

POST05-IMG13.jpg

 

Detalhes da refrigeração (é possível ver as saídas de ar da refrigeração do processador na dobradiça da tela):

POST05-IMG14.jpg

 

POST05-IMG15.jpg

 

No resumo geral, o INSPIRON 15 agrada, mas não é construído de forma cuidadosa, com materiais mais apurados e o acabamento também deixa a desejar. O que mais me agradou foi a tampa em alumínio e o que mais me desagradou foi o teclado, que apesar de ter teclas numéricas e ser retro-iluminado, é extremamente frágil e com teclas bem pequenas.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
8 horas atrás, Eraldo Paes disse:

Comprei um desse e estou tendo uma dor de cabeça enorme com wifi, som chiando e mouse wireless. O meu é o modelo 5557 A40 com Windows

Olá Eraldo!

Interessante suas observações. Ainda não pude testar o som a fundo, mas o wi-fi está funcionando relativamente bem com o Ubuntu que veio instalado. Quero subir para versão 16.04 LTS que saiu esse ano, já testei em outros computadores e está realmente muito boa! Mas eu sou apaixonado pelo KDE, então estou pensando no Kubuntu 16.04 LTS.

Eu vi num fórum que a placa wireless Atheros dá uma dorzinha de cabeça pra funcionar no Ubuntu, mas acho que é questão de adicionar o repositório correto.

Quanto ao som, ainda não consegui testar de acordo, pois tenho visto apenas vídeos no Youtube com volume relativamente baixo. Vou subir minha biblioteca de músicas e fazer alguns testes.

Abraço!

 

Diego

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

que lindo notebook além de bom, legal esse "testemunho"hehe

ja usei um dell, achei ele muito bom, mas agora tenho um hp que é melhor que o meu antigo.

mas você ja tinha usado Linux? vai usar ele mesmo? só algumas duvidas hehe

 

só faltou o ssd rsrsrs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
4 horas atrás, Eraldo Paes disse:

@Diego Perroni O meu veio com windows 10. Fiz um teste com o latencymom e deu péssimo. Passei 3 horas com o suporte da dell hj refazendo tudo que já fiz pra corrigir e nada. O suporte subiu o caso pra engenharia. :/

Puxa vida Eraldo, que transtorno!

Estou apostando alto que seu dispositivo wi fi está com defeito. É provável que troquem a placa...

adicionado 7 minutos depois
2 horas atrás, le_andro disse:

que lindo notebook além de bom, legal esse "testemunho"hehe

ja usei um dell, achei ele muito bom, mas agora tenho um hp que é melhor que o meu antigo.

mas você ja tinha usado Linux? vai usar ele mesmo? só algumas duvidas hehe

 

só faltou o ssd rsrsrs

Olá @le_andro !

Obrigado pelo comentário!

Estou tentando fazer uma espécie de diário das minhas aventuras com ele! Espero que fique bom!

Eu uso Linux há um bom tempo, mas não sou extremista. Uso Windows também para jogos entre outros programas. Meu smartphone, por exemplo, é Windows Phone 10, estou gostando bastante!

O mundo Linux já me salvou muitas vezes. Gosto de acompanhar as tendências e testar as ferramentas e também usar no dia a dia. Sempre se encontra uma aplicação compatível no Linux para alguma tarefa convencional ou até mesmo específica!

 

Abraço!

adicionado 57 minutos depois

LIGANDO PELA PRIMEIRA VEZ

 

É chegada a hora de ligar nosso brinquedo pela primeira vez!

Assim como é feito com o Microsoft Windows, o pessoal da DELL deixou o Ubuntu pré-instalado, ou seja, ao ligar pela primeira vez, ele faz todo o processo de instalação, porém, é uma instalação personalizada. Pra quem já se aventurou pelo Linux Ubuntu, vai se lembrar de todo o passo a passo da instalação, mas a DELL caprichou e colocou uma animação bem bacana no início da instalação. De resto, segue a vida. Escolhemos o idioma, o nome de usuário, a senha e nome da máquina. Tudo pronto, mas nesse momento, a DELL criou um gatilho pra você criar uma imagem de recuperação do seu sistema. Se preferir, insira um pen-drive ou simplesmente aponte um local para que ele crie um arquivo .ISO.

Eu tive problemas para gerar a mídia, mas para minha surpresa, a DELL deixou instalado o aplicativo para gerar a mídia. Basta clicar no botão do menu dash e pesquisar por “DELL”:

 

POST06-IMG01.png

 

Executando o aplicativo Recuperação DELL, você terá duas opções: Criar uma mídia de recuperação ou restaurar o sistema à partir de uma mídia previamente existente:

 

POST06-IMG02.png

 

Como eu ainda não tenho a mídia, escolhi a opção para compilar uma mídia. Nesse ponto, o aplicativo nos dá mais duas opções: Criar direto no pendrive (que deu erro na outra vez que eu fiz...) ou criar um arquivo ISO, que é a opção que eu escolhi:

 

POST06-IMG03.png

 

Clicando em continuar, a próxima tela apenas confirma as suas opções:

 

POST06-IMG04.png

 

Agora é só aguardar o processo de criação da mídia que é bem rápido:

 

POST06-IMG05.png

 

Na sequencia, aparece essa mensagem de exito na geração da mídia e também o diretório que a mesma se encontra:

 

POST06-IMG06.png

 

Conferindo o diretório e a nossa mídia está lá. Adicionei ela no meu backup do HD externo, pois numa emergência, teremos condições de voltar o INSPIRON aos padrões de fábrica.

 

POST06-IMG07.png

 

Seguindo com o nosso primeiro uso, meu objetivo é pegar o máximo de informações que a DELL possa deixar no caminho para me ajudar na instalação do meu KUBUNTU 16.04 LTS. Para tal, resolvi checar as configurações de atualizações e para minha surpresa, estava tudo desmarcado, porém remarquei tudo, como de costume:

 

POST06-IMG08.png

 

Na aba seguinte, fiquei surpreso com o tanto de PPA's adicionados e o mais interessante, são todos relacionados com a DELL

 

POST06-IMG09.png

 

Minha ideia é tomar nota de todos os PPA's para adicionar em instalações futuras e assim o fiz. Cliquei em editar de cada fonte e copiei os endereços dos repositórios e fiz uma lista:

 

POST06-IMG10.png

 

Bom, o próximo passo, nem preciso dizer que checar a aba “Drivers Adicionais” e juro que esperava uns dois drivers proprietários, mas a DELL caprichou novamente e penso que com os repositórios extras, esses drivers proprietários podem ser instalados com mais facilidade:

 

POST06-IMG11.png

 

POST06-IMG12.png

 

Uma outra coisa que não posso deixar de verificar é a tabela de partição que a DELL fez e nada melhor que o gráfico o Gparted para auxiliar a gente. O Gparted não veio instalado, mas basta ir na central de software que você instala ele com dois cliques:

 

POST06-IMG13.png

 

De imediato, as partições sda3 e sda4 não me deixam confuso. Em sda3 temos o ponto de montagem / que seria o sistema num todo e o famoso Swap em sda4 que julgo que está com quase 16 Gb. É muito provável que a DELL partiu do pressuposto que o Swap deve ter o dobro da quantidade de memória RAM. O Swap sempre me gera dúvidas, mas nos fóruns existe muita coisa contraditória. O fato principal é que você pode fritar seu notebook e a partição continua com aqueles míseros mega bytes em uso. Na minha opinião, 16 Gb do HD osciosos pra mim é muita coisa...

Finalizando a questão dos particionamentos, as minhas dúvidas ficam com relação a sda1 e sda2 que ambas usam formatos antigos, como FAT16 e FAT32 e pelos pontos de montagem, flags e rótulos, somados a minha ignorância, não me fazem pensar em mais nada a não ser que sda1 esteja relacionada com o boot inicial em modo EFI (o que me deixa mais confuso ainda, pois a nossa BIOS é UEFI) e que sda2 faz parte do conjunto de instruções de reparos do sistema.

 

Enfim, para o primeiro uso talvez eu devesse avaliar outras questões, mas me falta competência...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

valeu, eu também uso Windows phone 10 hehe

continuarei acompanhando seu post, Falou

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olha, tive um da série 5000, um 5458 e me incomodei de mais com ele.

 

http://www.reclameaqui.com.br/imgEvInhbmaZSbkt/dell-computadores-do-brasil/suporte-tecnico-acefalo-atendimento-ao-consumidor-despreparado-e-descaso-com-o-cliente-/

 

segue relatos.

 

O suporte da dell é legal, essa questão de atender em casa e tal. Mas o pessoal que atende minha região, vou te falar...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Legal @le_andro!!!

 

Você havia falado do SSD, então, por enquanto vou me submeter ao hardware atual, mas tenho planos de adicionar mais um pente de memória de 8GB e um SSD.

Assim que sobrar uma verba, farei o up!

 

1 hora atrás, chrispsyco disse:

Olha, tive um da série 5000, um 5458 e me incomodei de mais com ele.

 

http://www.reclameaqui.com.br/imgEvInhbmaZSbkt/dell-computadores-do-brasil/suporte-tecnico-acefalo-atendimento-ao-consumidor-despreparado-e-descaso-com-o-cliente-/

 

segue relatos.

 

O suporte da dell é legal, essa questão de atender em casa e tal. Mas o pessoal que atende minha região, vou te falar...

 

@chrispsyco obrigado pela dica!

Espero que a DELL resolva seus problemas o quanto antes.

Vamos ver se eu tenho um pouco de sorte!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Diego Perroni Espero que sim, estou quase comprando esse http://submarino.com.br/produto/126897773

To em duvida entre esse http://avell.com.br/titanium-g1513-fire-v3#espec

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Excelente @chrispsyco !!!

Confesso que cheguei a pensar no Avell, pois ele vem sem o custo do sistema operacional e tem um hardware poderoso. Mesmo assim, achei o custo um pouco alto para os meus padrões.

O design gamer não me pega muito, mas com certeza, é bem bonito! A opção gamer da DELL apesar dos detalhes vermelhos, parece bem sóbrio!

 

O Avell parece ter uma construção mais robusta que o Dell. Reparando nas imagens, parece um plástico de qualidade superior, com encaixes bem perfeitos! Não acha?!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Diego Perroni Sim, estou inclinado ao avell, porém vai levar 20 dias para chegar! O que é um problemão pra mim devido a urgência

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

DEFINIÇÕES DE PARTICIONAMENTO

 

Indiscutivelmente, o Ubuntu 14.04 está muito bem afinado com o hardware do INSPIRON 15, mas como em time que está ganhando a gente mexe com muito prazer, chegou a hora!

Apesar de ser um usuário Linux na maior parte do tempo, eu não sou extremista e gosto de explorar os recursos que a Microsoft está lançando no mercado, principalmente porque com esse hardware eu posso instalar alguns games interessantes que não são multiplataforma.

Abaixo, fiz um pequeno mapa do particionamento que quero adotar no INSPIRON:

 

POST07-IMG01.png

 

A opção é usar um Dual Boot que será gerenciado pelo GRUB no /boot. Alguns podem dizer, porque não usar uma VM para emular o Windows? Penso que rodar o Windows nativo me dará opção de ter acesso a todos os recursos de hardware.

Decidi deixar uma partição com folga, pois pretendo rodar alguns games e não faço ideia de que games são esses e também o quanto vão ocupar de espaço depois de instalado.

 

Para o meu Linux Kuntuntu vou deixar 60 Gb que é mais que o suficiente. Posso dizer que uns 18 Gb seriam suficientes, mas pretendo avançar com o uso de ferramentas como o GIMP para edição de imagens e também quero aprender trabalhar no Inkscape. De um modo geral, tem muita coisa pra se fazer no Linux com ferramentas alternativas e que já está provado que funcionam. No geral, internet, e-mails e reprodução de mídias já são tarefas simples para Linux.

 

A próxima partição deve ser o Swap e infelizmente vou deixar apenas 2 Gb... Por minha conta em risco.

 

O restante do disco serve para meus dados pessoais. Agora preciso decidir se vou usar o formato EXT4 colocando o ponto de montagem (/home) nela (assim o Kubuntu gerencia toda a biblioteca ou deixo NTFS e os dois sistemas enxergam).

 

No geral, não quero limitar o funcionamento de nenhum dos dois sistemas. Meu objetivo e ter a possibilidade de trabalhar com as duas estruturas, sem extremismo.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
10 horas atrás, Diego Perroni disse:

Legal @le_andro!!!

 

Você havia falado do SSD, então, por enquanto vou me submeter ao hardware atual, mas tenho planos de adicionar mais um pente de memória de 8GB e um SSD.

Assim que sobrar uma verba, farei o up!

 

quando der faça sim, vale a pena, mesmo sendo uma boa maquina o ssd melhora e muito a usabilidade

 

adicionado 7 minutos depois

eu não abro mão do Windows 10 no pc porque ja uso no celular também, essa unificação esta ficando cada vez melhor. além de ja ter testado o Linux eu não tenho tanto tempo pra usar os dois sistemas e como não me aprofundei nele não conheço muito, mas quem sabe eu resolva fazer alguma coisa hehe

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
9 horas atrás, le_andro disse:

 

adicionado 7 minutos depois

eu não abro mão do Windows 10 no pc porque ja uso no celular também, essa unificação esta ficando cada vez melhor. além de ja ter testado o Linux eu não tenho tanto tempo pra usar os dois sistemas e como não me aprofundei nele não conheço muito, mas quem sabe eu resolva fazer alguma coisa hehe

 

Então Leandro, realmente estou curioso com as funcionalidades do Windows Phone. Meu Smartphone veio com o Windows 8.1 e com o supervisor de atualização da Microsoft eu consegui upar para o Windows 10. Quero testar as novidades e vou aproveitar suas dicas!

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

CRIANDO UMA MÍDIA DO WINDOWS 10 PRO

 

Conforme idealizado, preciso do Windows 10 e confesso que estou desatualizado do universo Windows a tudo que se refere após a versão 7.

Nunca é tarde para aprender e o primeiro ponto que verifiquei em relação ao Windows 10 são as versões Home e Pro e não precisa nem falar que eu quero usar a Pro...

Conforme alguns tutoriais, basta baixar o Media Creation Tool que ele cria sua imagem Windows 10 à partir de um sistema Windows 7 ou 8. Então mãos a obra!

 

Primeiramente preciso de uma estação Windows 7 Professional ou Ultimate, ou Windows 8.1 Pro para poder criar minha mídia. Para esse feito, inicialmente, pensei em usar uma VM do Windows 7 no Ubuntu 14.04 que está montado no INSPIRON, mas eu tive problemas para instalar e sem muita paciência, voltei as origens. Liguei o TOSHIBÃO que está com o Windows 7 Ultimate e conforme um tutorial que estou seguindo, o próximo passo é conseguir o MediaCreationToll direto do site da Microsoft:

 

Baixado o Media Creation Tool direto da Microsoft:

POST08-IMG01.PNG

 

Iniciando o MediaCreationTool e ajustando as configurações que eu preciso:

POST08-IMG02.PNG

 

Eis aqui uma forma interessante de se conseguir o pendrive bootável diretamente, mas eu sei que no futuro posso precisar dessa mídia, então, nada mais sábio que criar o arquivo .iso:

POST08-IMG03.PNG

 

Depois de aguardar um tempo razoável, está na mão meu Windows 10:

POST08-IMG04.PNG

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

BOOT COM WINDOWS 10

 

Preciso criar o pendrive bootavel com o Windows e confesso que me deu mais dor de cabeça do que eu poderia imaginar.

Fiz algumas pesquisas há um tempo atrás sobre a BIOS UEFI, pois precisei ajudar um amigo a formatar um computador com essa tecnologia e confesso que apesar de pairar algumas dúvidas, consegui êxito, mas com o meu DELL a coisa demorou a funcionar...

 

O primeiro passo que fiz foi montar o pendrive com a ajuda do RUFUS. Tudo muito simples e funcional, bastando se atentar ao tipo de partição que é GPT para UEFI, apontar a mídia e deixar o resto com o RUFUS:

POST09-IMG01.PNG

 

Processo finalizado, agora é só fazer o boot, mas para a minha surpresa, nada?

Desbilitei o Secure Boot, mexi em outras coisas na BIOS, mas nada do boot funcionar.

Cansado de quebrar a cabeça sozinho, resolvi procurar ajuda pela web, e encontrei um procedimento de criação manual do pendrive bootável. Eu achei interessante porque antes eu usava esse procedimento com partição MBR para sistemas EFI e funcionava perfeitamente, mas não imaginava que, com alguns comandos a mais, era possível funcionar em BIOS UEFI!!!

Segui o procedimento e deu certo!!!

Sendo assim, estou adotando o procedimento abaixo como tutorial definitivo para criar pendrives botáveis com partição GPT em sistemas UEFI.

 

·         Providencie um pendrive com tamanho superior a midia de instalação;

·         Insira o pendrive e abra o prompt com o botão direito do mouse, clicando em executar como administrador;

·         Digite o comando “diskpart” seguido de enter;

·         Digite o comando “list disk” seguido de enter (Repare que ele vai mostrar os discos disponíveis no seu computador. Essa parte é muito importante, pois você precisa verificar qual é o número do disco correspondente ao pendrive;

·         Digite o comando “select disk 1” seguido de enter. Esse comando fará com que o pendrive seja o disco selecionado ao qual se aplicará os comandos a seguir;

·         Digite o comando “clean”. CUIDADO! Se estiver usando um pendrive com dados importantes, faça um backup antes, pois esse comando é irreversível;

·         Digite o comando “convert gpt” seguido de enter. Aqui o diskpart vai converter a tabela de partições do seu pendrive de MBR para GPT;

·         Digite o comando “list disk” novamente, seguido de enter. Verifique se o pendrive assumiu a partição como GTP. No ultimo campo da tabela, você pode conferir isso se existe um asterisco indicando.

·         Digite o comando “create partition primary” seguido de enter. Esse comando vai criar uma partição primária para o pendrive, utilizando todo o espaço disponível;

·         Digite o comando “format fs=fat32 label “NomeDisco” quick” seguido de enter. Esse comando irá formatar a nossa partição primária com sistema de arquivos do tipo FAT32 em modo rápido. Repare que o label é para associar um nome ao pendrive, escolha o que lhe convem;

·         Digite o comando “exit” seguido de enter para encerrar o diskpart;

·         Digite o comando “exit” seguido de enter ou clique no botão fechar para encerrar o prompt de comando;

·         Monte uma imagem do sistema operacional que deseja criar com o Daemon, ou Magic Disk, ou apenas descompacte o arquivo .iso com o WinRAR. Selecione todo o conteúdo do arquivo .iso e cole no pendrive;

·         Reinicie o computador e verifique se a BIOS está configurada como “BIOS UEFI” e se o modo “SECUTE BOOT” está desabilitado.

·         Para escolher o pendrive, assim que o boot começar, pressione F8 ou F12 (na maioria das BIOS essas teclas deixam você escolher a mídia a ser bootada. Escolha o seu pendrive e aguardo o boot.

 

A imagem abaixo serve como referencia (esqueci de grifar o primeiro comando “list disk”):

POST09-IMG02.png

 

Depois de conseguir o boot, antes de iniciar a instalação do Windows, precisamos acertar a tabela de partições do nosso HD como GPT. Para tal, vamos repetir os processos feitos no pendrive, só que agora no nosso disco rígido.

 

Quando a instalação do Windows chegar na tela “Instalar Agora!”, pressione as teclas Shift + F10 (juntas), vai aparecer o prompt de comando. Utilize a imagem abaixo como referencia para os comandos:

POST09-IMG03.jpg

 

Com o diskpart selecionamos disco e convertemos a tabela de partição como GPT.

 

Depois disso, fechamos o prompt e seguimos com a instalação do Windows normalmente, lembrando que o meu esquema de partição deve deixar 140 GB para o Windows, então criei a partição e deixei o restando do disco não alocado, pois faremos mais adiante com o Linux.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

CUMPOM DE DESCONTO

 

Depois de alguns dias da compra do notebook, recebi um e-mail da loja DELL dizendo que eu tinha um desconto em compras futuras. O valor do cupom, era de $180,00 para compras acima de $360,00 válido até 18/11.

 

POST10-IMG01.PNG

 

Estou de olho em alguns acessórios por lá! :)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

INSTALAÇÃO DE DRIVERS NO WINDOWS 10

 

O primeiro passo a ser tomado, foi acessar o site da DELL e pesquisar pela minha “service tag”. Lá encontrei uma serie de downloads de drivers e manuais em PDF do INSPIRON 15 5557.

Baixei todos eles, inclusive o software DELL SUPORT ASSIST. Eu achei ele meio que escondido na parte onde o site pergunta se você quer que a DELL encontre os drivers, baixe e instale pra você.

POST11-IMG01.PNG

 

POST11-IMG02.PNG

 

Primeiramente, sobre os drivers, nenhum segredo, basta executar cada um deles e seguir os procedimentos.

O DELL SUPPORT ASSIST eu deixei por último, pois a instalação requer conexão com a internet.

 

Depois de finalizada toda a instalação de drivers, o Gerenciador de Dispositivos ficou assim:

POST11-IMG03.PNG

 

No início, analisando os manuais impressos, eu achei extremamente minimalista. Não tinham informações importante sobre o produto, somente um guia de ligar pela primeira vez e um termo de garantia. Para minha surpresa, essa documentação digital é muito mais rica, pois detalha uma série de especificações que eu estava sentindo falta, por exemplo:

POST11-IMG04.PNG

 

Entre os manuais disponíveis, encontrei o “Manual de Serviços do INSPIRON 5000 SERIES”! Ele te explica como desmontar cada componente do notebook para fazer reparos:

POST11-IMG05.PNG

 

Lendo os manuais eu pude aprender muito mais sobre o notebook, como, por exemplo, a respeito do aplicativo DELL BACKUP AND RESTORE. Pelo service tag, esse aplicativo não estava disponível, mas dando uma navegada pelo site da DELL, acabei encontrando o instalador:

POST11-IMG06.PNG

 

Outro ponto que achei muito interessante, foi o aplicativo DELL SUPPORT ASSIST:

POST11-IMG07.PNG

 

Ele é uma ferramenta que agrupa informações importantes do notebook como número de série, etiqueta de serviço e data de garantia. Resumindo, ele é um monitor de problemas e informações gerais.

O Support Assist da DELL tem um recurso que eu achei muito interessante com relação ao hardware, onde você pode executar dois testes de saúde do hardware, um básico e outro mais apurado, chamado teste de stress:

POST11-IMG08.PNG

 

Depois de uma bateria de testes, ele te dá um log detalhado.

Depois que instalei todos os drivers atualizados, executei os testes e obtive os resultados abaixo:

 

Teste básico:

POST11-IMG09.PNG

 

Teste de stress:

POST11-IMG10.png

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

UTILIZANDO O CUPOM DE DESCONTO

 

Como havia comentado, tenho um bônus de 180 pratas para gastar na loja da DELL, desde que meu pedido ultrapasse $360,00. Analisando a situação, achei o desconto interessante e fechei um pedido para os itens abaixo:

 

POST12-IMG01.PNG

 

POST12-IMG02.PNG

 

POST12-IMG03.PNG

 

Como podem ver, os itens já possuem descontos na compra à vista, mas para efeito do pedido cheio, vale o primeiro preço, então meu pedido atendeu os requisitos do cupom. Resumindo, minha compra ficou da seguinte forma:

 

Mochila:                   R$67,24

Capa Neoprene:      R$30,10

Mouse Wireless:      R$43,41

Total:                        R$140,75

 

Depois de ver os preços de alguns acessórios parecidos por aí, estou certo de que fiz um bom negócio!

 

Agora é só aguardar a chegada dos presentinhos!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Parabéns pelo review.Como está a estabilidade e conectividade da placa Dell Wireless 1820 WiFi 802.11ac desse modelo?

 

È esse item que está me segurando pra comprar, porque gastar essa grana e de cara ter problema pra conectar no wifi não dá!Li relatos de dificuldades quanto a esse aspecto.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ola @flvdt1 !

Primeiramente, obrigado por acompanhar meu review!

O Inspiron 15 5557 segue extremamente estável, ainda mais no requisito que você mencionou. O hardware em questão parece ser uma Atheros QCA6174 e o único problema encontrado é que a distro Ubuntu não reconhece o driver devidamente, mas basta um procedimento simples de adição do driver correto que tudo funciona perfeitamente.

Estou atrasado nas postagens. Viu ver se consigo atualizar tudo aqui.

 

Abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Diego Perroni disse:

Ola @flvdt1 !

Primeiramente, obrigado por acompanhar meu review!

O Inspiron 15 5557 segue extremamente estável, ainda mais no requisito que você mencionou. O hardware em questão parece ser uma Atheros QCA6174 e o único problema encontrado é que a distro Ubuntu não reconhece o driver devidamente, mas basta um procedimento simples de adição do driver correto que tudo funciona perfeitamente.

Estou atrasado nas postagens. Viu ver se consigo atualizar tudo aqui.

 

Abraço!

 

@Diego Perroni

Obrigado. O @Eraldo Paes citou sérios problemas de conexão WIfi noWindows 10 e eu já li relatos de que pra conseguir conectar teria que ficar grudado ao router/access point. Por isso o meu receio. Outra coisa, o touch dele é bom?O teclado é macio? Tem barulho de ventoinha nele?

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×