Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
RafaUC

Epson ecotank

Recommended Posts

Bom dia, gente!
 

Eu estou pensando em comprar uma multifuncional e ouço falar muito bem das ecotanks da epson, que são super econômicas (e é o que eu quero).
Porém, eu tenho lido que se não for usado com muita frequência, a tinta seca. Bom, até aí, os cartuchos convencionais também secam, afinal, trata-se de tinta. Minha única dúvida é: qual a frequência de impressão necessária para que estas tintas não sequem? Todo dia eu imprimo, mas geralmente em quantidades mínimas (1 ou 2 folhas). Mesmo nesta frequência a tinta secaria? Essas ecotanks são indicadas exclusivamente para quem imprime muito, para escritório/empresa?
Alguém que tem a impressora, sabe dizer? Ou alguém que conheça do assunto poderia me ajudar?

Agradeço desde já.
 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É uma impressora que já vem com um Bulk-Ink de fábrica. Qualquer coisa que imprimir, mesmo bem pequena, já resolve. Não vejo melhor opção que uma dessas hoje em dia. Uso uma tradicional com bulk-ink e foi a melhor coisa que fiz na vida.

Se pode pegá-la, vá em frente.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se usar apenas tintas originais, se imprimir 2 a 3 folhas coloridas por mês não terá problema.

 

Como são jatos distintos, preto e coloridos, recomendo usar impressões coloridas, desta forma evita problemas futuros.

 

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
10 minutos atrás, dwatashi disse:

Se usar apenas tintas originais, se imprimir 2 a 3 folhas coloridas por mês não terá problema.

 

Como são jatos distintos, preto e coloridos, recomendo usar impressões coloridas, desta forma evita problemas futuros.

 

Pode ser apenas o teste de verificação dos jatos mesmo, já resolve.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@NascarBR @dwatashi

Muito obrigado pelas respostas!!
Vou de L375! Vou procurar um preço bacana e aposentar minha atual. :D


Grande abraço!
 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, RafaUC disse:

 Minha única dúvida é: qual a frequência de impressão necessária para que estas tintas não sequem? Todo dia eu imprimo, mas geralmente em quantidades mínimas (1 ou 2 folhas). Mesmo nesta frequência a tinta secaria? Essas ecotanks são indicadas exclusivamente para quem imprime muito, para escritório/empresa?
Alguém que tem a impressora, sabe dizer? Ou alguém que conheça do assunto poderia me ajudar?

 

 

Eu sou proprietário de uma Epson Ecotank L375 e recentemente adquiri um modelo profissional voltado para impressão de fotografias que é a L800, ambas utilizam o tanque de tinta apelidado comercialmente de Ecotank pelo marketing da Epson. A tinta jamais secará no tanque, o risco de longos períodos sem impressão é o ressecamento na cabeça de impressão obstruindo a saída dos jatos, isso é pertinente com todos os modelos que usam o conceito de tinta contínua. O ideal é utilizar a impressora ao menos 1 vez na semana, para um usuário com ciclo de impressão modesta como a seu a tinta irá durar por alguns anos, a minha demanda de impressão é de aproximadamente 1000 cópias mês, o problema é que o meu tipo de impressão demanda pelo menos 30% de cobertura das páginas e com isso o meu consumo de tinta é muito maior, ainda assim superior a qualquer modelo com tecnologia a laser do mercado.

 

A Epson Ecotank incorporou uma cabeça de impressão extremamente eficiente e duradoura, não faltam relatos de 100.000 impressões com o trabalho de uma mesma cabeça nessa linha de impressoras, os entupimentos esporádicos irão ocorrer mesmo com o uso da tinta original, entretanto raramente terão gravidade bastando deixar o equipamento desligado por 6 horas como recomenda a fabricante ou proceder a limpeza da cabeça de impressão via software da própria impressora, em geral até 3 limpezas consecutivas solucionam o problema. O mal está na utilização de tintas corante ou pigmentada de baixa qualidade, hoje o Clube do Hardware abriga um tópico só para os haters demonizarem a fabricante japonesa, na sua imensidão formada por membros com pouco conhecimento técnico e que tiveram problemas graves de entupimento, alguém precisa levar a culpa menos a tinta que foi utilizada, você sabe como é, nessas horas ninguém usa similar e se contrariados eles juram de pé junto que só usaram a original... 

 

Eu diria que um usuário doméstico ou pequenos escritórios com maior demanda de impressão são os maiores beneficiados com essa impressora, isso não impedi que alguém com baixo volume de cópias possa adquirir esse tipo de equipamento mas não é o seu foco de mercado. No seu caso é necessário pesar o investimento R$ 950 - R$1.100,00 e levar em consideração outros modelos com cartucho XL e que também podem lhe atender já que garantem mais de 500 cópias por cartucho. O cartucho em si é um conceito ultrapassado e tende a se tornar obsoleto, isso vale sobretudo para o mercado de outsourcing onde a Epson está investindo pesado com a sua linha Workforce, já temos impressoras com a nova geração de cabeças PrecisionCore e que representam o maior investimento da história da Epson no que se referi a desenvolvimento de produtos, modelos com bolsa de tinta e que tem autonomia para imprimir até 75.000 páginas sem recarga, produtos direcionados para locação e alta demanda de impressão com sistema jato de tinta.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Dimitriusbueno, obrigado pelo relato e pelas dicas!

Eu desconheço este tópico, e nem quero ver na verdade, mas sempre tem haters de qualquer marca. Eu já tive 2 impressoras Epson e nunca tive qualquer problema. Conheço muitas e muitas pessoas que tem e também nunca relataram qualquer problema. As pessoas adoram rotular e falar mal de uma marca só por um produto que ele comprou com defeito ou porque aquele produto realmente não possui a qualidade dos demais daquela mesma marca (o que é muito comum no mercado mundial, de qualquer ramo).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
39 minutos atrás, RafaUC disse:

. As pessoas adoram rotular e falar mal de uma marca só por um produto que ele comprou com defeito ou porque aquele produto realmente não possui a qualidade dos demais daquela mesma marca (o que é muito comum no mercado mundial, de qualquer ramo).

 

Não é da qualidade de impressão em si, a queixa é que uma vez danificada a cabeça de impressão o custo da troca é demasiadamente elevado tornando inviável o reparo do equipamento. A verdade sem enfeites é que a Epson detém a melhor tecnologia do mundo quando o assunto é fabricação de cabeças de impressão, a HP faz um ótimo trabalho utilizando a tecnologia de jato de tinta térmica desenvolvido pela Canon na década de 70, entretanto a geração Micro Piezo criada pela Epson consegui se sobrepor em determinados aspectos técnicos como a maior precisão no controle do tamanho da gota que sai dos jatos. As cabeças de impressão da Epson são fixas e com isso temos a redução do custo dos cartuchos, essas cabeças possuem como característica longa duração mas fatores como uso de tinta de terceiros podem mudar isso. As pessoas desconhecem o mercado de tinta paralela, adquirem produtos de segunda linha vendidos a custo de banana em final de feira e acabam danificando a cabeça, seja pelo processo de corrosão ou por um quadro severo de entupimento proveniente de tintas de má qualidade, quando o produto é levado para uma assistência técnica vem o susto, eu costumo dizer que qualidade tem o seu preço e uma cabeça de impressão original para uma Ecotank L375 chega a custar R$500 reais, fora isso teremos o custo da mão de obra envolvida e no final das contas você vai pagar 700 reais se tiver problema com a cabeça, tendo um equipamento estragado e a informação de custo do reparo o sujeito chega em um fórum e começa o processo de denegrir a fabricante agindo com desonestidade já que o dano foi desencadeado por ele quando inadvertidamente usou tintas vagabundas.

 

A HP tem ótimos produtos no mercado mas a Epson é desenvolvedora de tecnologia proprietária de cabeças de impressão, não usa sistemas criados por terceiros e com isso temos as cabeças Micro Piezo e a nova geração PrecisonCore que aumenta drasticamente a velocidade de impressão e a qualidade com sistemas jato de tinta, por isso no primeiro momento está sendo direcionada para o mercado corporativo e que demanda alto volume de cópias.

 

PrecisionCore - Epson

 

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×