Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
alexandre.mbm

Eliminar bateria de smartphone

Recommended Posts

Um smartphone Xperia X10i, com Android 2.3, teve o circuito de entrada queimado, de modo que USB e recarga de bateria não mais funcionam. Restaurei o sistema para os padrões de fábrica, não pretendo logar uma Google nele, e quero usá-lo apenas como um "servidorzinho", principalmente para WhatsApp Web.

 

Nas configurações de wifi, deixei para NUNCA desconectar. Porém, isso não impede da tela apagar. O WhatsApp Web deixa de se comunicar com o dispositivo até que a tela seja reacendida por minha ação no botão de ligar/desligar. Para resolver a questão, pretendo criar um pequeno APK que previna tal comportamento.

 

Sobra então o problema de ter de recarregar a bateria diariamente. É muito chato!

 

bst-41.jpg

 

Quero substituí-la por um pedaço de madeira ou PVC que meça seus 64mm x 44mm e tenha os contatos elétricos de uma fonte de alimentação, com a devida proteção elétrica.

 

Dúvidas

 

1) A indicação de 5.4 Wh me diz que eu devo ter como referência uma corrente de consumo com até 1.5 A, não é?

 

2) Concluído o processo de recarga, os terminais da bateria tem 4.2 V de tensão. Eu devo trabalhar com uma fonte de 3.7 V? Talvez o correto fosse pensar 1.5 A sobre os 3.6 V rotulados, mas iniciando com uma tensão real de 4.2 V. Ou talvez o correto seja usar um regulador de tensão (para estabilizá-la de acordo com a drenagem de corrente). Acontece que no verso da bateria, após umas palavras em idioma oriental, eu tenho a indicação de 4.2 V. Não sei exatamente o que significa. Talvez seja o que parece: a tensão da bateria sem uso.

 

Ideias

 

Por enquanto estou pensando em utilizar o seguinte esquema de diodos na saída 5 V de uma fonte ATX:

 

art0712_06.jpg

 

Talvez o que aconteça seja só o Android indicar uma carga mediana, para a bateria. Pois teremos 5 - 1.3 = 3,7 V.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não tem carregador ou powerbank com 2 amperes?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@alexandre.mbm ,

 

Repare que se você multiplicar a capacidade em mAh pela tensão nominal da bateria chegara à potência disponível na bateria .

1500 x 3,6 = 5,4 Wh

 

voce tem de fazer uma fonte que forneça 3,6 volts, que é a tensão nominal que essa bateria forneçe durante o uso dela.

 

Quanto à corrente, eu não tenho ideia sobre o pico de corrente desse celular.

Mas chutaria 1A .

 

A tensão de 4,2V é a tensão máxima de carga para uma bateria do tipo Lipo. Ou seja, quando voce liga o seu celular em um carregador, a eletrônica interna vai carregar a bateria, fornecendo uma tensão màxima de 4,2 Volts. Isto só acontece durante o final da carga da bateria.

 

Pode usar dois diodos retificadores 1N4001 em série ligados no 5 Volts, assim vai entregar cerca de 3,6 volts, e vai funcionar direitinho.

 

Paulo

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
8 minutos atrás, aphawk disse:

Pode usar dois diodos retificadores 1N4001 em série ligados no 5 Volts, assim vai entregar cerca de 3,6 volts, e vai funcionar direitinho.

 

É verdade, eu não preciso dos invertidos. Farei. Por segurança, vou buscar ente 1,5 e 2 A. Estou tentando consertar uma fonte ATX aqui. Acho que são os transistores do secundário.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pra que usar essa fonte atx? 

Isso é um trambolho, vai consumir energia elétrica a toa. 

E eu duvido muito que esse celular consome 1,5A, pois a bateria dele dura bem mais que uma hora né?! 

Use uma fonte de 5V dessas de parede mesmo, até o próprio carregador dele serve, apenas coloque os dois diodos em série como o amigo @aphawk disse. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Mestre88 , sim, eu já estava pensando parecido com você. Mas estou empolgado e também quero consertar a fonte. Preciso dela. Na verdade, já era para ter consertado, pois o desktop dela está parado há meses.

 

Eu tenho diversas fontes aqui, mas não estão confiáveis. Levaram uns "calores" com umas experiências idiotas de química. Entre testá-las e entrar de cabeça na ATX, eu preferi a segunda opção; por enquanto.

 

Considero o tópico encerrado até que se prove o contrário. Minhas dificuldades com a fonte ATX virão por outro tópico, se for o caso.

 

Com certeza eu farei o que @aphawk disse, em algum momento.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu pensei que você ia alimentar o celular com essa fonte, mas já percebi que uma coisa não tem nada a ver com a outra. 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 minutos atrás, Mestre88 disse:

Eu pensei que você ia alimentar o celular com essa fonte, mas já percebi que uma coisa não tem nada a ver com a outra. 

 

Pra ser sincero, até tive vontade! Para "garantir corrente". Mas no momento já são duas coisas desassociadas.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu disse no sentido de utilizar maior corrente e não ficar preso a 1.5A.

Carregadores de carga rápida e alguns powerbanks utilizam 2A, não?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@alexandre.mbm ,

 

Depois de você consertar a fonte e ligar ao seu celular e estiver tudo funcionando, vai ver que essa fonte ATX é um baita trambolho perto do celular.... eu compraria isto aqui :

 

http://www.ebay.com/itm/2A-2-5A-0-7A-5V-12V-20V-AC-DC-Switching-Power-Supply-Module-for-Replace-Repair-/122017176669?var=&hash=item1c68ca5c5d:m:mf0eq_noo2ATVlETWEYs0Bg

 

Na versão de 5V por 2,5 A , custa menos de R$ 7,00 .

 

 

Ou para facilitar ainda mais, pagar R$ 7,10 por esta aqui, que já vem prontinha :

 

http://www.ebay.com/itm/5V-2A-Micro-USB-Charger-Adapter-Cable-Power-Supply-for-Raspberry-Pi-B-B-HA-/152164778658?var=&hash=item236dba42a2:m:mf_V1RuMAtbvxSTUwbfM_Qw

 

Paulo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@alexandre.mbm ,

 

Hehehe boa diversão, meu amigo ! Eu também não sei consertar esses trambolhos... para falar a verdade, nunca nem quis olhar para o circuito disso. Não gosto de mexer em circuitos com tensões acima de 24 Volts ........ e acho que um técnico de eletrônica acostumado com fontes de computador faz isso muito melhor do que eu !

 

Paulo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

pra simular melhor a bateria sugiro colocar um (uns) baita capacitor bem na entrada do celular. Pode haver pico de corrente que derruba até fonte 5V 2A. Capacitor seguraria

Pode não ser muito difícil alterar a fonte 5V pra 3.9. Algo como : trocar um resistor

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 15/10/2016 às 09:30, Isadora Ferraz disse:

Pode haver pico de corrente que derruba até fonte 5V 2A. Capacitor seguraria

 

Pois é. Dependerá do processamento.

 

Em 15/10/2016 às 09:30, Isadora Ferraz disse:

Pode não ser muito difícil alterar a fonte 5V pra 3.9. Algo como : trocar um resistor

 

Eu estava pensando em colocar um (1) diodo IN4007. Ele faz 1,1 V de queda de tensão.

 

Está começando a dar vontade de colocar um carregador de bateria. Tem na Amazon. Eu precisaria pensar como ligar isso ao smartphone de um modo seguro. O problema todo é que o aparelho queimou a miniporta e eu não devo me aventurar nela, nem posso pagar um conserto. Mas vejo que dá para aproveitá-lo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 15/10/2016 às 12:06, alexandre.mbm disse:

Eu estava pensando em colocar um (1) diodo IN4007. Ele faz 1,1 V de queda de tensão.

Na verdade são 2. Um derruba apenas 0,6V.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Mestre88 disse:

Na verdade são 2. Um derruba apenas 0,6V.

 

Obrigado. Eu estava lendo um datasheet erradamente.

"Maximum Forward Voltage" é outra coisa, parece-me que a tensão mínima para o diodo agir.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×