Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
pacnet

Viabilidade fonte dupla regulável 0 a 30v

Recommended Posts

Ola, sou novo no pedaço sempre gostei de elétronica mas nunca tive tempo, so que o tempo passa e resolvi me aprofundar no assunto.

Minha duvida é a seguinte tenho um trafo 24+24 5A e gostaria de fazer dois circuitos um para um ajuste mais fino e outro com tensões pre-definidas pensei em algo como o desenho abaixo.

Esse circuito é viável ou pode gerar problemas como perda de potencia ou super aquecimento do trafo.

Detalhe o regulador do esquema esta como LM337 pois não achei o LM338.no ISIS.

 

Agradeço desde já, um possivel ajuda.

Minha Fonte de Bancada (É Possivel essa Ligacao).PNG

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não tem problema nenhum em usar os dois reguladores desde que a corrente total não ultrapasse os 5A.

Por exemplo, você pode usar 3A em um e 2A no outro, ou 5A em um e nada no outro. 

Lembre-se que se for drenar altas correntes sempre, o regulador vai precisar de um dissipador avantajado. 

Seria melhor unir os catodos dos diodos retificadores, assim a fonte fica com onda completa, se preferir pode colocar dois diodos para cada regulador também. 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ate tentei unir os catodos dos diodos mas ai a tensão foi para 48 e o CI nao vai aguentar, acho melhor colocar 2 diodos, obrigado pela dica.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Além do erro na concepção da retificação, que ficou de meia onda que propicia uma tensão de ripple maior, indesejável, o circuito foi montado com reguladores LM337, negativos, ou seja não vai operar nem que a vaca tussa. Tem de usar LM338..

O circuito tem mais um erro grave, que o tira da zona de operação, que é a falta do resistor entre a saída e o pino de ajuste..

Sem ele não vai mesmo..

 

Porque raios o R1 'e de 120 ohms e o R2 é de 10k. além de estar no local errado tem diferentes valores..

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 minuto atrás, faller disse:

Além do erro na concepção da retificação, que ficou de meia onda que propicia uma tensão de ripple maior, indesejável, o circuito foi montado com reguladores LM337, negativos, ou seja não vai operar nem que a vaca tussa. Tem de usar LM338..

O circuito tem mais um erro grave, que o tira da zona de operação, que é a falta do resistor entre a saída e o pino de ajuste..

Sem ele não vai mesmo..

 

adicionado 19 minutos depois

Ola Faller, o LM337 coloquei ai só para ilustrar como comentei no meu post não encontrei o LM338 no proteus, mas é ele que vou usar na pratica. 

 

O resistor entre a saida e o ajuste esta colocado errado, eu não reparei nesse detalhe que é o R1.

Quanto a retificação eu havia colocado uma ponte de 6A mas apos os filtros a tensão foi para 48V ai o CI não vai aguentar, alguma sugestão de como fazer essa retificação ?

 

Me cadastrei agora no forum mas já acompanho a muito tempo, e vejo seu nome sempre por ai, agradeço desde já a vocês que compartilham seus conhecimentos e espero um dia ter esse conhecimento para passar para outros como eu.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Una os catodos de ambos os diodos mas não coloque ponte.. Saia para cada regulador do mesmo ponto, na união dos dois catodos dos diodos.

Qual seria o valor do resistor R1. Se for 120 ohms e o potenciômetro de 1k só vais conseguir ajustar a tensão de 1,2 até 11,6 Volts.. Coloque um potenciômetro de 2k2 ai se R1 for de 120 ohms.

 

Faça a retificação assim como na figura superior dai, com dois diodos:

15_07a_03.gif

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É sempre bom ouvir pessoas que conhecem do assunto.... obrigado ao Mestre88 e ao Faller que pelo que vejo dedica um bom tempo de sua vida ajudando e dando ideias aos participantes.

 

Faller obrigado pela dica do LM337 não havia percebido que ele era negativo troquei pelo LM317 e esta funcionando do jeito que imaginei, quando ao R10 com 10K era somente teste pois no simulador a fonte estava funcionando mas me dava umas tensões meio malucas. mas agora acho que deu tudo certo.

 

Obrigado mesmo.

Minha Fonte de Bancada (É Possivel essa Ligacao).PNG

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sim, agora está correto. 

Claro que na prática deve usar o Lm338 mesmo, e esse Capacitor de 10uF ligado junto ao potenciômetro deve ser tântalo ou então um eletrolítico de boa qualidade, senão a fonte fica meio maluca como você mesmo diz. 

Os Capacitores C5 e C11 podem ser de valor menor, algo entre 47 e 220uF. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito cuidado com a seleção de tensão via chave (típica chave de onda) pois se entre um tap e outro houver qualquer descontinuidade (e com certeza vai haver) o pino de ajuste ficará solto no ar, com resistência infinita até a massa e a tensão de saída ficará em seu valor máximo, coisa daqueles 33 Volts durante esse tempo. Isso é um convite para queimar o equipamento alimentado pela fonte. Eu não usaria esse recurso de modo algum..

 

Além do que com aqueles valores de resistor por ti escolhidos se teria ajustes na saída apresentando as tensões de:

1,25V

4,16V

6,65V

7,91V

11,67V

17,93V

 

Salvo má análise essas tensões  no meu entendimento nada, absolutamente nada, são significativas..

Imagine você, com uma carga ligada a fonte, sendo alimentada por 4,16 Volts e acionares para subir para o próximo step, ou seja, 6,65 Volts mas por um breve instante sobe para 33 Volts e depois desce para os 6,65 Volts.... Esse pequeno intervalo de tempo a 33 Volts pode queimar irremediavelmente a caga alimentada, principalmente se envolver semicondutores..

 

O potenciômetro de ajuste no valor de 5k vai rodar quase metade dele sem que a tensão mude de 33 Volts... O valor ideal ai deve ficar abaixo de 3k...  No seu caso ai a tensão de saída varia até a metade do potenciômetro e no restante do curso do mesmo ficará em 33 Volts..

 

Dissipador enorme terás de colocar ai. Veja o pior caso de sua fonte.

1,25 Volts de saída x 5A  ==> tensão sobre o CI = 33-1,25 = 31,75 Volts

Máx potência no CI = 31,75V x 5A = 159 Watts Dissipador muito aletado, do tamanho de um tijolo padrão e com um fan insuflando ar em cima ainda..   Essa sua fonte tem tudo para se bloquear por excesso de temperatura..

 

Já te perguntastes qual a real vantagem de se ter duas fontes amarradas em um mesmo transformador????   É só o custo do transformador certo..

Não vais poder somar as tensões das mesmas, não vais poder fazer uma fonte simétrica, não vais poder subtrair uma de outra ( por exemplo, se necessário uma tensão de 1 Volt).

Ou seja, só é desvantagem...

 

Por que não adotas como transformador/retificador algo assim:

http://www.nodaji.com.br/fonte-industrial-dc-24v-3-a-ifc2403000007/p

Com o qual poderias fazer múltiplas fontes ajustáveis de 1,25 a 22 Volts @3A, podendo até mesmo usar o LM350, mais barato e mais fácil de encontrar.

http://proesi.com.br/catalogsearch/result/?q=lm338

http://proesi.com.br/catalogsearch/result/?q=lm350

 

Faria duas delas, totalmente separadas e com elas conseguirias por exemplo

- Somar tensões perfazendo fonte ajustável de 2,5 a 44 Volts @ 3A

- Subtrair fontes conseguindo por exemplo tensão de 1V @ 3A

- Somar corrente, em paralelo, estabelecer fonte ajustável de 1,25 a 22V @ 6A

- Estabelecer fonte simétrica de +-1,25 a +-22 Volts @ 3A

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Na minha (minha) fonte (imaginária) de bancada eu deixaria algumas tensões fixas talvez chaveadas nuns bornes tipo 3,5,12,15,18 (acima disse já tomo choque.. sensibilidade a flor da pele) e uma ajustável (pro caso de algum circuito exigir 3.141592V pra funcionar). Outra negativa? Sou contra negativismo. Talvez uma de baixa corrente.

Acho que eu faria até duas caso o negativismo se mostrasse necessário

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigado a todos, Faller só para tirar sua duvida sobre o que eu "LOUCO" quero fazer... Sou programador e gosto de adquirir conhecimento eu poderia comprar uma fonte profissional na qual o meu trabalho seria ligar na tomada, mas essa parte de como funciona, o desafio em si na eletronica é a parte que me faz gostar dela, e vendo por essa lado o principal ainda não tenho que é uma fonte de bancada que me de tensões diferentes pois essa historia de ter uma monte de fontes 5,12,24...etc já não funciona mais para mim pois tem vezes que não tenho mais tomadas livres de tanta coisa ligada.

 

A minha intenção com essa fonte é a seguinte, tenho em mente alguns projetos com Arduino e Raspbery as portas de entrada do arduino são de 5v as do Raspbery 3.3, com a parte da fonte de ajuste pre-definidos poderei ajustar para Rasp ou Uno ou eventualmente para uma motor por exemplo, mas sera usada para uma tensão definida previamente e não para ficar mudando aleatoriamente, a parte de ajuste fino servira para qualquer outro circuito auxiliar.

Agora que vocês já teem uma ideia das minhas ideias fica mais fácil entender o porque do projeto e o que busco com ele.

 

Mais uma vez obrigado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
52 minutos atrás, pacnet disse:

Mais uma vez obrigado.

Ter vontade de montar, de apreender, de construir não é nenhum demérito mas fazer isso de modo errado, menos adequado, mais besta é meio tolo..

 

Essa sua fonte, com chave seletora de tensões, acaba entregando uma pá de tensões inúteis a saber:

1,25V

4,16V

6,65V

7,91V

11,67V

17,93V

Isso dai pra mim são seis diferentes tensões que nem eu nem tu vai algum dia usar e ainda tem o risco de queimar todo um projeto...

 

Fazer não significa fazer de modo errado... Só para poder aproveitar de um transformador vais cometer uma burrada de ter de manter o negativo em comum, Já não dá de fazer uma fonte simétrica...  Coisas assim... Por ter uma tensão pré CI de 33 Volts vais ter de colocar um dissipador tamanho de um cachorro dos pequenos..

Veja só como exemplo como pode ficar legal uma fonte pequena, enxuta. Veja ai: Fonte para bancada - Uma visão diferente

 

Mas cada um cada qual...     Avisado já fostes...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 10/10/2016 às 00:17, pacnet disse:

É sempre bom ouvir pessoas que conhecem do assunto.... obrigado ao Mestre88 e ao Faller que pelo que vejo dedica um bom tempo de sua vida ajudando e dando ideias aos participantes.

 

Faller obrigado pela dica do LM337 não havia percebido que ele era negativo troquei pelo LM317 e esta funcionando do jeito que imaginei, quando ao R10 com 10K era somente teste pois no simulador a fonte estava funcionando mas me dava umas tensões meio malucas. mas agora acho que deu tudo certo.

 

Obrigado mesmo.

Minha Fonte de Bancada (É Possivel essa Ligacao).PNG

 

la no final onde você colocou um medidor de tensão para saber quanto esta chegando, você usou um medidor AC ao invés de CC, para mim ali deveria ser um medidor DE TENSÃO CC

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×