Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  
Daniel Resende

Projeto de indutímetro

Recommended Posts

Estive pensando no projeto de um simples indutimetro que seria mais ou menos assim: Utilizaria o ci555 para gerar uma frequência suficientemente alta (cerca de 200KHz) e na saída do CI colocaria um resistor apropriado em série com a bobina de cujo valor desejo descobrir. A reatância da bobina fará com que ela e o resistor formem um divisor de tensão e, dessa forma, medindo-se a tensão nos dois(resistor e bobina) eu chegaria ao valor da indutância da seguinte maneira:

1-Calcularia a reatância da bobina. Para tal, dividiria a tensão no resistor pelo valor do resistor a fim de descobrir a corrente que passa pelo circuito série. Então dividiria a tensão na bobina pela corrente calculada anteriormente e assim teria o valor da reatância indutiva.

2-Chegaria ao valor da bobina variando a fórmula XL=6,28*F*L e transformando-a em L=XL/(6,28*F).

 

Gostaria de saber se existe algum erro no meu raciocínio e quais as chances de esse projeto funcionar. Sei que, por causa dos cálculos dependerem da frequência, os componentes devem ser de precisão e que devo tomar cuidado com fios muito longos, principalmente nas pontas de prova, afinal, creio eu, estes representam uma indutância que poderia se somar à indutância em teste e assim me dar um valor falso. Mas o que vocês acham? O que me recomendam?

Desde já obrigado!

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora
Entre para seguir isso  





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×