Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Robert Gabriel Da Silva

Como aumentar tensão de fonte chaveada ps2

Recommended Posts

Ola pessoas,

Estou com mais uma duvida...olhei aguns tópicos relacionados mas com fontes distintas e gostaria de saber como fazer em uma fonte de Playstation 2, estou com 3 aqui. Cada uma tinha um problema e eu arrumei estão todas funcionando corretamente 7,5V  4,5A. Então por ter várias me veio em mente de tentar aprender algo novo. Gostaria de saber se alguem (possivelmente o @faller kkk) saiba como alterar a tensão dessa fonte para 12V  4,5A. Em um topico observei que trocaram um determinado resistor X para X valor e conseguiram aumentar significativamente a tensão de saida da fonte. Mas como essa fonte nao possui resistor na saida nem trimpot ( a nao ser os SMDs)  gostaria de saber se tem como alguem me ajudar a fazer essa fassanha ou me explicar como pensar pra fazer sei la =P.

 

 

 

Obg a todos

 

Robert

fonte-interna-original-playstation-2-slin-900xx-usada-D_NQ_NP_226905-MLB25116309863_102016-F.jpg

S_836905-MLB25116310713_102016-O.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ve se acha algum tl431 ou algo assim no secundário. Talvez seja smd mesmo. Talvez a substituição de 1 resistor possa te levar ao sucesso. Preferencialmente levante o circuito: um bom momento pra aprender a fazê-lo e se aproximar mais da técnica profissional séria (sem estes kkk) . Mesmo se conseguir subir pra 12V (pra carregar bateria :14) , talvez não dê mais os 4.5A

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

pois é a questão nem é a corrente é mais didatica mesmo @Isadora Ferraz , apenas por conseguir descobrir como é feito o calculo de step up ou step down de um circuito ja me deixaria muito feliz.   Agora como você sabia do KIA431A? kkkk acabei de descobrir esse transistor ali em baixo de uma espécie de expensor branco =P   o que eu faço com esse transistor?

 

adicionado 5 minutos depois

caraca ele é um CI que você programa ele pra sair uma determinada tensão X  O.o  

agora é sua vez isadora me ajuda a programar ele kkkk pra sair 12V kk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
25 minutos atrás, Robert Gabriel Da Silva disse:

pois é a questão nem é a corrente é mais didatica mesmo @Isadora Ferraz , apenas por conseguir descobrir como é feito o calculo de step up ou step down de um circuito ja me deixaria muito feliz.   Agora como você sabia do KIA431A? kkkk acabei de descobrir esse transistor ali em baixo de uma espécie de expensor branco =P   o que eu faço com esse transistor?

 

adicionado 5 minutos depois

caraca ele é um CI que você programa ele pra sair uma determinada tensão X  O.o  

agora é sua vez isadora me ajuda a programar ele kkkk pra sair 12V kk

Acho que seria interessante dar uma olhada aqui:

http://www.ti.com/lit/ds/symlink/tl431.pdf

É uma manual desse componente (TL431) vai encontrar de tudo sobre ele ai.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Matthwus pra ser sincero eu ja olhei o mesmo link antes de mandar kkkk e nao entendi muito bem 

o que eu entendi é que ele tem q ter um valor de referencia de tensão, e esse valor de referencia influencia na sua saída. até ai tudo bem mas eu nao sei qual metodo utilizar. la possui muitos e o circuito aqui ta com tinta branca em cima das trilhas e eu nao consigo ver direito quais SMDs estão fazendo a referencia desse CI so encontrei a trilha que sai dele ja referenciado =P

adicionado 52 minutos depois

so uma pergunta se alterar o valor do zener que trabalha com o optoacoplador para um valor mais alto, ele deixaria de limitar a oscilação do primario e consequentemente aumentaria a tensão final?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Robert Gabriel Da Silva,

 

Só um lembrete : você está querendo obter 50% a mais de potência dessa fonte, e isso já envolve bem mais coisas do que simplesmente mudar a referência de tensão. Envolve redimensionamento de componentes críticos, pois pode apostar que o fabricante não quis gastar mais na fonte para que ela suportasse mais potência do que a necessária....

 

Pode até envolver troca de núcleos de ferrite, diodos retificadores, capacitores de filtragem da saída, etc.

 

Se fosse para abaixar a tensão, aí sim é bem mais simples, pois na verdade está também abaixando a potência máxima, e os componentes estarão já dimensionados para isso.

 

Paulo

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 minuto atrás, aphawk disse:

@Robert Gabriel Da Silva,

 

Só um lembrete : você está querendo obter 50% a mais de potência dessa fonte, e isso já envolve bem mais coisas do que simplesmente mudar a referência de tensão. Envolve redimensionamento de componentes críticos, pois pode apostar que o fabricante não quis gastar mais na fonte para que ela suportasse mais potência do que a necessária....

 

Pode até envolver troca de núcleos de ferrite, diodos retificadores, capacitores de filtragem da saída, etc.

 

Se fosse para abaixar a tensão, aí sim é bem mais simples, pois na verdade está também abaixando a potência máxima, e os componentes estarão já dimensionados para isso.

 

Paulo

 

pois é isso eu ja notei, mas é uma fonte para testes mesmo então se queimar n da nada kkkk  mas assim acredito eu que nao tem com aumentar muito nao, como você falou teria que trocar ou o núcleo ou na vdd até a frequencia de oscilação pois esse trafo ele ta literalmente saindo os 7V alternados e apos retificado tem a tensão de pico e novamente com o TL431 é regulada para 7,5V que é a tensão de trabalho da placa-mãe do video game. então mesmo que mude a referencia no secundário nao tem de onde tirar 12V kkk  teria que fazer uma nova placa com steep UP e mesmo assim a corrente iria cair pela metade segundo os meus calculos =-P  ja vi que se torna inviavel kkk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, aphawk disse:

Pode até envolver troca de núcleos de ferrite, diodos retificadores, capacitores de filtragem da saída, etc.

Paulão está certo mas... acho que não é o momento paranóia kk

 

1 hora atrás, Robert Gabriel Da Silva disse:

é uma fonte para testes mesmo então se queimar n da nada

Aí sim tamo junto!

 

bem, se é só pra efeito didático você pode sim tentar aumentar pra 12, lembrando que a corrente máxima deve cair.

 

O 431 é o seguinte (pra constar, digito isso de cabeça buscando na vaga lembrança)... ele tenta manter a todo o custo os 2.5V de referência na entrada de referência. Pra esta façanha ele "obriga" a tensão que está no catodo a aumentar se a ref cair, e a diminuir se a ref subir. Faz isso tão rapidão que a V até parece constante. Considere-o então meio que como um diodo zener de altíssima precisão.

No seu caso o catodo deve estar em série com entrada de um opto que atua indiretamente no pwm do primário.

 

A matemática é relativamente simples: veja o valor do resistor que está entre entrada ref (2.5V) e anodo (gnd). Veja qual corrente passa nele I=2.5/R1. O R2 vai do Vref ao 7.5V. Aposto que o valor dele é (7.5-2.5)/I. Confirme e depois altere R2 pra dar 12V

 

Já falei que digitei isso de cabeça? Deixe o extintor ao lado kk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Isadora Ferraz se eu te falar que tudo o que você falo ta certo? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk fiz a aferição do mesmo e tava 2,5V kkkkkkkkkkkkkkkkkk  o problema no meu caso é ser um resistor SMD =(  posso colocar um resistor normal com o valor desejado , ou seja inferior ao que se tem em questão certo?

 

o valor do resistor é de 12k7  alto pacas O.o   então se eu colocar um de 10k  iria diminuir a referencia e aumentar a saida certo? Pode ser normal? ou tem que ser SMD?

 

Obrigado pela ajuda =)

 

-

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Robert Gabriel Da Silva

Considerando que a tensão sobre o resistor de referência do 431 não pode chegar a 2,5V, você pode acrescentar nessa malha resistiva, mais um resistor cujo valor pode variar a partir de 200R em cima deste resistor.

 

Isso porque, o Pino FB do CI oscilador estará recebendo só uma tensãozinha do resistor isense, que por sinal, é insuficiente para alterar o tempo ON dos FETs sem a condução do fotoacoplador.

 

Levando em consideração também, que não temos um conhecimento do valor máximo da geração de energia dessa fonte, não tem como precisar, se o mesmo irá chegar em 12V. Com sorte, você vai dizer pra gente isso.

 

Abraços.

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
22 minutos atrás, Robert Gabriel Da Silva disse:

colocar em paralelo com o SMD em questão?

pode ser resistor normal?

Se conseguir soldar as "perninhas" la pode sim.

Diferença do resistor SMD para o resistor "normal" = Tamanho e potencia.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Robert Gabriel Da Silva Não.

Na foto, o transistor mais a direita tem dois resistores que polarizam a base.

Juntos eles montam um divisor de tensão que polariza a base do transistor.

Esse transistor, é o seu 431, e a base, seria o pino de referencia do mesmo.

O resistor de cima seria o R1 e o de baixo R2.

 

O R3 que você vai dimensionar, deveria ser conectado entre R1 e R2.

Compreendeu?

 

Nota: FOTO (créditos Eletrônica PT - acessado em 05/11/2016 - disponível em http://www.electronica-pt.com/fontes-alimentacao/fontes-alimentacao-tv )

fonte-chaveada-ci.gif

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

explodiu o mosfet =P eu fui me abaixar pra pegar o cabo do multimetro e fiquei com a cara bem pertinho na hora do estouro kkkk  agora acabo a alegria n vou estragar as outraas duas fontes kkkkkk   mas funcionou ja que ao girar o potenciometro o mosfet precisou trabalhar mais pra gerar a energia pra suprir o 431 =P

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Robert Gabriel Da Silva

 

Fazer estas alterações em circuitos eletrônicos que envolvem alta tensão e corrente são perigosas para manipulação.

 

Lembra-se que te falei que não ia funcionar, ainda que fizesse as alterações sugeridas?

 

bom antes de explicar como eu prometi.

Por favor, informe como você ligou este potenciômetro?

Ele tem 3 terminais, mas como ficou ligado nesta associação que polariza o 431?

Qual é o valor dele no multímetro agora?

adicionado 4 minutos depois
6 minutos atrás, Robert Gabriel Da Silva disse:

explodiu o mosfet =P eu fui me abaixar pra pegar o cabo do multimetro e fiquei com a cara bem pertinho na hora do estouro kkkk  agora acabo a alegria n vou estragar as outraas duas fontes kkkkkk   mas funcionou ja que ao girar o potenciometro o mosfet precisou trabalhar mais pra gerar a energia pra suprir o 431 =P

Eu prefiro não achar graça, porque você poderia ter se machucado.

Não tente fazer essas coisas mais. Porque é perigoso. E você de casa, não faça essas coisas ;)

 

@Robert Gabriel Da Silva

Você aprende mais, criando ou consertando coisas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Classificados Mineiro vou assumir ele como NPN, olhando ele de frente, o pino 3 é o REF ( e a base aqui aparece como o pino 1, mas ele n é um transistor comum então nao me atentei a isso.) Procurei o +B da fonte e segui a trilha e vi 2 resistores SMDs em série como você falou mas como a trilha era muito pequena soldei 1 fio do potenciometro no pino REF e 1 no meio dos 2 Resistores e "kabum" kkkk... seguindo como o pino 1 seja base( o que nao é) entre ele e o pino 3(REF)  Ponta vermelha no 1 e preta no 3 acusa 860  e entre 1 e 2 acusa 1200+- 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Robert Gabriel Da Silva Temos 3 terminais no POT, queria saber quais deles usou para ligar nos outros resistores.

 

outra pergunta, quando você ligou o POT, você conectou ele na saída de R1 e entrada de R2. Correto?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Classificados Mineiro eu aprendo mais concertando as vezes, as vezes criando como foi o caso do 555 astavel. eu simplesmente fiz um agora com 2 potenciometros de 100k. e fiz um cabo pra ligar no pc e através de um programa q simula um osciloscopio me deixando saber a frequencia do 555, então posso fazer o que quiser com esse circuito fixo, apenas controlo o capacitor quando nescessario e regulo através do potenciometro a frequencia final =) sem falar de amplificadores que eu montei igual um doido tenho uns 5 aqui prontinhos todos cada 1 com sua fonte ( q eu também aprendi muito sobre meia onda e onda completa e onda completa retificada e tal fazendo isso) 

preciso de projetos simples que me façam entender funcionamentos de circuitos..

até ontem eu fui em um canal olhar um oscilador e vi nos comentarios o pessoal perguntando como funciona o multivibrador astavel transistorizado e consegui explicar pros caras.

resumindo acho que criando ou montando eu aprendo mais =P so acho

adicionado 2 minutos depois
4 minutos atrás, Classificados Mineiro disse:

@Robert Gabriel Da Silva Temos 3 terminais no POT, queria saber quais deles usou para ligar nos outros resistores.

 

outra pergunta, quando você ligou o POT, você conectou ele na saída de R1 e entrada de R2. Correto?

o potenciometro eu fechei curto em 2 terminais o do meio e o da ponta e o outro livre. coloquei no multimetro e zerei ele pra nao ter interferencia. e 1 leve toque girando acabou explidindo kkkkk

sim entre R1 e R2 q seria na real no entre o REF e outro resistor pois se eu colocase entre eles eu teria que cortar a trilha pra nao fechar curto kkk

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Robert Gabriel Da Silva

Isso mesmo, e não tem perigo. Claro que tomando cuidado.

Eu tenho certeza que está aprendendo. Eletrônica não tem segredos.

 

Com relação ao POT, acho que você não cortou a trilha que liga o nosso R1 e R2 pra intercalar o POT. aí ficou em paralelo, o que fez cair a resistência, o que possivelmente reduziu sim a tensão de referência, só que baixo de mais. O que fez a fonte subir e atingir uma certa histerese que fez o circuito todo se desestabilizar e manter o FET em estado ON por muito tempo.

 

Isso só aconteceu porque não calculou o resistor como eu sugeri, e porque não ligou ele direitinho. Caso fizesse como mencionei, e o pessoal sugeriu também, provavelmente, você lidaria com outro problema. (a proteção OVP).

 

Tudo bem, você foi ótimo. Aprendeu, não teve maiores danos e beleza.

Se precisar, basta mencionar.

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×