Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
MR2 TECH

Amplificador não dá potência total

Recommended Posts

Fala pessoal tudo certo??

 

Seguinte...    Montei meu amp de guitarra de 100w combo 1x12, conforme indicação da galera do fórum usei o pré amp do site construyasuvideorockola.

Até aí tudo beleza, foi tudo tranquilo na montagem.

A saída desse pré joguei na entrada de um amplificador com TDA 7294 para 100watts em 4 ohms, porém a potência não está cehgando nem perto disso.

O que pode ser?

Detalho que não há mau contato nem no pré nem no power, os trafos estão bem dimensionados, e a impedância do power e do falante também estão corretas.

Vi no site do próprio desenvolvedor do pré, eles disponibilizam um pré amplificador de "reforço" para usar entré o pré principal e o power, será que colocaram ele já por que sabiam que a saída do esquema de pré deles era muito fraca??

Desculpe se fui confuso na explicação,. é que as dúvidas estão a mil aqui rsrsrsrs

 

Detalhe: Fiz um teste com um app de decibelímetro, utilizando com o pré e power ligando um humbucker de 12k direto na entrada deu 84 Db no volume máximo, equalização flat.

Já ligando a guitarra diretamente no power sem passar por nada, nada mesmo.... Deu 85 Db.

 

Ou seja, não era pro volume ser mais alto com o pré? Ou pelo menos ter mais pressão sonora? Com o pré o som fica mais fraco.

 

Anexo o modelo do pré e do power

 

Aguardo alguma ajuda.

 

Desde já muito obrigado e abraços a todos

preguitar.pdf

imagem.JPG

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@MR2 TECH ,

 

A fonte de alimentação tem de fornecer +- 38V com pelo menos uns 3A se a carga for de 8 ohms, ou uns +-30V por 4A com carga de 4 ohms .... , sua fonte dá isso ?

 

Paulo

Editado por aphawk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

é que a guitarra não dá grave, daí "não pesa" para o amp....

 

eu vou na onda do que disse o @aphawk  tua fonte.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

bom não sou do ramo sonorização (aliás detesto som alto) portanto vou dar pitaco na parte eletronica:

-teste a fonte 'por fora': coloque um carga de mesma capacidade em potência do som e verifique se as tensões caem muito. Vide dados do amigo @aphawk

-pode ser ripple: verifique se capacitores ok (o teste acima te dá noção)

-invadindo seu mundo: o ambiente de teste pode interferir na acústica. Algo como algum treco absorvendo a potência e desviando do seu decibelimetro (nunca vi + gordo)

 

Ao testar em potencia máxima, não esteja visitando este forum pro som não incomodar os mais idosos... fraquinha? Foi só pra não perder o costume...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 minutos atrás, Isadora Ferraz disse:

bom não sou do ramo sonorização (aliás detesto som alto) portanto vou dar pitaco na parte eletronica:

 

Na verdade ripple não teria esse efeito, e sim outro, e bem indesejado. Na guitarra, que tem frequencia alta, o ruído "excedente" seria bem notado. Então eu chuto fonte mesmo.

 

Outra coisa, o dissipador utilizado é grande? será que esse TDA não tá entrando  em proteção térmica?

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
agora, ilkyest disse:

Outra coisa, o dissipador utilizado é grande? será que esse TDA não tá entrando  em proteção térmica?

 

Boa !!!!

 

Paulo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

tem sentido amigo @ilkyest

e se ligar a guitarra junto com algum efeito de pedal de distorção? há uma probabilidade de nem ser perceber o efeito do ripple.. acho. mas ... 'só privilegiados tem ouvido igual ao teu' kk

Agora se o amigo estiver ligando em 127 com chave em 220... receba mais um tradicional cóqui virtual!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Citação

Agora se o amigo estiver ligando em 127 com chave em 220... receba mais um tradicional cóqui virtual!

Também disponível em ligação de meia ponte....

 

Então revise a fonte

Após revise o dissipador, se tem a pasta térmica, se não esquenta

 

E após, veja se os capacitores estão bons. Caso não tenhas um capacímetro que meça essa capacitância aí, pegue um capacitor pequeno, de cerca aí de 50, 40, 30 micro farad.

 

Meça ele no capacímetro, e tenha seu valor EXATO. Agora ligue o capacitor do circuito em série com esse capacitor menor, e meça a capacitância obtida. Em ligação série de capacitores, a capacitância resultante será MENOR que a menor das capacitâncias... daí só fazer o calculo inverso e saberás se o cap tá bom ou não

Editado por ilkyest

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom quanto a alimentação, estou usando o trafo que comprei junto com o amplificador, ambos do mesmo vendedor, e no site do fabricante eles indicam o trafo para esta placa, 24+24V x 4A, que é o que estou utilizando.

 

A fonte em si não verifiquei pois é na mesma placa do amplificador, a príncipio estava jogando toda a culpa no pré rsrsrs

 

Mas independente do amp, com o pré ligado o ganho nao devia ser relativamente maior?? Ou ele só tem a função de "emular" o som?

 

Temperatura não é, porque desde que ligo até meia hora ou mais de uso, o volume contina o mesmo e estou com pasta térmica + dissipador 10cm + cooler, acredito que dá tranquilo pro Integrado.

 

Sempre tive "preconceito" com integrados para amplificar sinal de guitarra, tenho a impressão de que transistores falam mais e melhor.

É só impressão mesmo? ou realmente os transistores soam melhor que integrado pra guita?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
22 minutos atrás, MR2 TECH disse:

placa, 24+24V x 4A, que é o que estou utilizando.

 

 

Bom, retificando e filtrando, deve dar uns 32 Volts no máximo sob carga. Então, se sua carga for de 8 ohms, vai ter no máximo 70 Watts bem distorcidos, ou uns 60W com um bom som. 

 

Mesmo assim, com uma boa caixa acústica, é volume pra caramba....

 

Se você acha que o ganho ainda está baixo, dobre o valor do resistor que está ligado entre os pinos 14 e o pino 2. Isto vai dobrar o ganho, dobrando o volume, independente do pré...

 

Paulo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O pré é um pré... dur...é um elevador mínimo de sinal. Ele serve para amplificar sinais baixos, de 0,8V para algo em torno de 1,5V. apenas isso. Geralmente com pedaleiras elas tem pré, já, então não precisaria dele.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@aphawk A carga é de 4 ohms. Pelo ouvidômetro acredito estar dando uns 35 watts, está bem baixo mesmo pra um amp de 100w.

Uma coisa que estou cogitando, não se aconteceria mas se no momento da fabricação do trafo os fios de 110 e 220 fossem ligados errados, eu estaria trabalhando com ele na configuração 220 em uma rede 110, o que geraria metade da tensão, correto??

 

Não sei se há a possibilidade de um erro desse porte maaaaas, não custa olhar .

 

Assim que tiver uma posição retorno aqui

adicionado 6 minutos depois

As medições são as seguintes...

 

Trafo do amplificador : 22.6 do central para as extremidades e 45.6 de ponta a ponta

trafo do pré: 9.7 da central para as extremidades e 20 de ponta a ponta

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@MR2 TECH  se ligago em 220, e conectado em 110V daria algo em torno da metade da tensão

ao contrário, queimaria

 

Só que amigão, veja o datasheet desse tda

 

Só irás extrair tudo dele com alimentação perto do limite. 24V não irão extrair

 

TDA7294 datasheet(316 Pages) STMICROELECTRONICS  100V - 100W DMOS AUDIO AMPLIFIER WITH MUTEST-BY - Mozilla Firefox_2.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

22.6VAC se for sem carga realmente seu trafo ta 1/2 fraco e subutilizando a capacidade do ci.

Tuxa o som no máximo e mede de novo pra ver.  Mas peraí... deixa eu me deslogar primeiro!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@ilkyest Correto, mas os teoricamente 24 v AC do transformador após passar pela ponte retificadora e capacitor de filtro, chegaria em torno dos 30 mais ou menos né?

 

30 v em 4 ohms segundo o datasheet geraria a potencia total do integrado

 

Essa placa tá me dando nervos kkkkkk, aparentemente tá tudo certo e nada dele "falar".

 

Última coisa que resta é tentar mexer no resistor que o aphawk disse pra aumentar o ganho, mas e se distorcer por estar com ganho muito elevado???

 

Desculpa a encheção de saco desde já é que foi uma nota nas peças e não queria "perder" a grana gasta pra 30 watts lkkkkkk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Depende.. se foi retificado, sim...

 

E o dissipador fica morno? esquenta?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sim, esquenta... não chega a ponto de ficar "intocável" mas esquenta..

Após meia hora de uso mais ou menos ainda dá pra manter a mão sobre ele sem problema

adicionado 13 minutos depois

Acho que enontrei o problema galera... Tirei a placa e começei com o alicate de bico a dar leves toques em cada componente para testar a solda e integridade dos mesmos e descobri um resistor bem próximo ao plug que vai pro falante com uma das pernas levantadas, ele quebrou e perdeu contato com a trilha. acredito e espero que seja isso..

 

Logo retorno

IMG_20161108_172921.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Aparentemente deu certo, ressoldei o resistor e a potência subiu consideravelmente.

Mas ainda não estou contente kkkkk parece que eu queria mais uns db aí.

@aphawk disse pra alterar o resistor do pino 14 no pino 2

Aqui ta um 22k e tem 680 ohms ao lado, não sei se ele também faz parte da realimentaçao.

Trocando só o de 22 k já irei alterar o ganho?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@MR2 TECH ,

 

Opa que bom que achou esse probleminha !!!

 

Sim, basta trocar ele apenas. Pode subir mais se precisar, mas isso vai também aumentar aquele famoso chiadinho de fundo em baixo volume.

 

Talvez a melhor solução seja mesmo aumentar o ganho do seu pré !

 

Paulo

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não querendo tudo de mão beijada, mas já estou aqui mesmo kkkkkkk

Se eu passar o esquema da placa do pré da pra identificar a realimentaçao pra aumentar o ganho?? Ou no datasheet consigo identificar?

 

Segue as imagens dos esquemáticos. Nesse caso o resistor que controla o ganho seria o de 100k em cima e o de 220 k embaixo???

Se for pra mudar qual valor uso? E qual o calculo para calcular o ganho... Desculpem a ignorância

Valeu desde já

 

Screenshot_2016-11-11-00-26-20.png

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@MR2 TECH ,

 

No primeiro circuito, diminua o resistor de 68k para uns 10K, e o ganho vai aumentar quase 7 vezes ( pouco mais do que 6 dB ). Se ficar muito alto, mude para uns 22K.

 

No segundo circuito, na parte que está mostrada, aumente o resistor de 220K para 680K e o ganho vai aumentar cerca de 3 vezes. Mas terá também de abaixar um pouco o capacitor que está em paralelo com ele, mude para uns 8,2 pF e experimente.

 

Paulo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×