Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
alexandre.mbm

Cuidados com resistor de potência

Recommended Posts

Eu quero usar um resistor 220R com 5W para dissipar 4W.

Quais cuidados devo tomar?

 

Deveria usar aquela liga de estanho+chumbo para alta fusão?

Será que eu posso simplesmente usar uma barra plástica de contatos parafusados, invés de solda?

 

Por vídeo que assisti em Youtube, chuto que a temperatura desses resistores irá para uns 150 °C. Não tenho experiência. Será que essa temperatura vai tomar conta do resto do circuito, pelas pernas do resistor, e até derreter a tal barra plástica (sindal)?

 

conector-de-cabos-eletricos-12mm-20a-em-

 

A lógica imediata é que o calor do resistor de potência irá esquentar os contatos da barra de conexão, até o ponto de derreter o plástico e causar um curto circuito entre os contatos parafusados. Ou será que esse plástico aguenta alta temperatura?! Acho difícil, se não não existiriam o sindal de porcelana.

 

Usar a solda 63/37 seria saída segura?

 

Update

 

Vixe! Mal...

 

Citação

Bitola do fio: até 10mm²

Isolação: PE - Polietileno até 70°C

Corrente: 30 A

tensão: 600 V

Número de bornes: 1 a 12 Bornes

Cores: Branco / Preto

Linha: Sindal

 

Já sei que o sindal plástico eu não devo usar!

 

Update 2

 

Parece que, de acordo com www.sindal.com.br, a isolação do material, frente à temperatura, dar-se assim:
 

Citação

Fenólica(Baquelite)até 140°C
PA - Poliamida até 100°C
PE - Polietileno até 70°C
PR - Porcelana até 350°C

 

Como as peças de porcelana não são fáceis de encontrar, resta saber sobre a solda 63/37.

 

Update 3

 

Segundo a Wikipédia...

 

Citação

Na eletro-eletrônica, são mais usadas as soldas em forma de fios com a liga 60/40 ou a 63/37, que é a mistura eutética, com ponto de fusão de 183 °C. As aplicações são a soldagem de componentes em placas de circuito impresso, soldagem de terminais e conectores em cabos elétricos, etc.

 

Estou concluindo que estou sem os materiais adequados para o que eu "queria" fazer. Já não quero mais...

 

Comentários?

Editado por alexandre.mbm

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@K.e.V. T.a.G,

 

Essa solda eu tenho. É a liga 63/37. Mas a Wikipédia nos diz que o ponto de fusão dela é apenas 183 °C. Se essa temperatura for ultrapassada, vai soltar e poderá haver curto. Seria em 220V; por isso estou receoso.

 

Meus cálculos me dizem 4W de dissipação em cima desse resistor. O vídeo de Youtube a seguir nos mostra um resistor de 5W chegando fácil a 110 °C quando dissipando apenas quase 3W.

 

 

O que eu estou querendo pensar (mas inseguro) é que a temperatura que chegaria à solda seria bem menor, com já muito calor dissipado pelo corpo verde do componente.

Editado por alexandre.mbm

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Permite uma visão prática da coisa? Se não nem leia abaixo...

-4W em 5W haverá um superaquecimento (acredite: não li o comentário que fizeste do video antes de escrever este parágrafo). Sugiro 10W no mínimo

-não precisa sindal. Pode ser solda mesmo. A dica é deixe o terminal grande, solde nas pontas, e deixe o corpo do resistor em cima com terminais em L. Calor não gosta de descer.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se tiver que usar sindal, use de porcelana, se tiver de usar.

 

eu vou na dica da @Isadora Ferraz

 

O sindal vai ter de derreter a tal ponto de quase queimar o plástico para que entre em curto entre os dois. Acredite, já usei sindal em chuveiro, e ele derreteu "em volta" do parafuso/metal, e não "entre os dois" (no meu caso, claro, usei sinal mas rompi o elo entre eles, deixando bem distanciado). Claro que no longo prazo, e gravidade... talvez.

 

Os de porcelana são para 30A, então eles aguentam bastante. Desde que o teu circuito não veja umidade, que possa rachar a porcelana, se tiver de usar tente os de porcelana.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Isadora Ferraz, muito obrigado por ter voltado. Farei como você está dizendo. Na verdade, pensei ontem à noite: vou montar um teste, em cima de madeira de lei, com tudo bem fixado e distante. Soldado. Só pra ver se a solda derrete. Tentar puxar também. Deixar funcionando os minutos que forem necessários. Ao desligar a força, vou tentar sentir a temperatura em todas as partes. Concluí isso ser o mínimo a fazer para ter alguma segurança.

 

@ilkyest, muito obrigado por juntar-se ao tópico. Fugirei de sindal. Sairia caro, ficaria limitante em número de conexões, e não me proporcionaria um aprendizado. Não estou ligando para especificação da corrente, visto que a corrente será de miliamperes. Importa bastante a temperatura; ela existirá alta mesmo com essa corrente baixa.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Esta definitivamente está sendo a semana saudosista (2me)

Me fez lembrar disso...

ponte-terminais.jpg

 

Cheguei a comprar uma zerada lá nos idos 1980´s. Parece que ainda se vende.

Espero que tenha percebido a ... "ilimitante conexão misteriosa que a vida nos proporciona"... Inútil às vezes mas... dá licença?!

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
9 minutos atrás, Isadora Ferraz disse:

Espero que tenha percebido a ... "ilimitante conexão misteriosa que a vida nos proporciona"... Inútil às vezes mas... dá licença?!

 

Pra que?

Tu é homem?!

 

Se ao comentar sobre a década de 80 você quer insinuar que estou fazendo algo arcaico, seu comentário não surtirá efeito. Farei, caso não seja errado fazer.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

perdão amigo . Mas te equivocaste imenso. De fato falo sobre minha própria pessoa/rugas. No entanto já vi que não falamos o mesmo idioma (se é que alguém fala o meu).

Agradeço sobre o interesse sobre meu sexo mas seja ele qual for... esquece.

De toda a forma teu comentário teve seu valor. Obrigado, perdão e boa sorte.

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, faller disse:

O lide do resistor é um tremendo obstáculo para a transferência de calor

 

lide = perna ?

 

LL.jpg

Editado por alexandre.mbm

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, alexandre.mbm disse:

 

lide = perna ?

Mil desculpas, é perna sim e vem de um aportuguesamento da expressão lead em inglês que significa terminal desse resistor..

 

Força do hábito de uso..

  • Curtir 4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

nao derrete a solda nos terminais nao pois como você sempre vai poder observar esses resistores de potencia nunca estão soldado encostado na pcb eles estão sempre distante da pcb com seus terminais (longos)o que de fato e foi feito pra isso pra nao esquentar tanto ao ponto de danificar a pcb ou derreter a solda dos terminais do mesmo porque(o calor)nao consegue descer pela perna do resistor e o ventinho que passa por debaixo de seus terminais da uma pequena refrigerada

as tv de tubo que abro aqui possum esses resistores de potencia mais nao danifica nem a solda e nem a placa pois como ja mensionastes a cima oe resistores estão distantes da placa atraves de seus enormes terminais...

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Alessandro Guimaroes disse:

foi feito pra isso pra nao esquentar tanto ao ponto de danificar a pcb ou derreter a solda dos terminais

 

Foi a primeira coisa que pensei: que foi feito pra isso. Mas em seguida me veio a ideia de que também pode ter sido feito para determinado modo de usar. Talvez somente aplicação com solda de ponto de fusão maior...

 

Enfim, farei os testes após domingo. Até lá estou estudando para uma prova. Podem ter certeza que devolverei os resultados ao tópico. Obrigado a todos pela participação!

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@alexandre.mbm exatamente,para( determinado modo de usar) que no caso sempre em pcb,na verdade em alguns aparelhos antigos eu ja vi ate esse resistor em ponte igual aquela q a isadora ferraz posto foto la em cima a unica coisa que realmente eu posso te garantir e que eu nunca vi um desses colado a placa de circuito impresso

mais posta ai resultados e conclusoes é sempre bom ver o retorno de qualquer topico e experiencia, e boa sorte i :thumbsup:

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Em alguns equipamentos mais antigos, lembro de ter visto esses resistores soldados em placas de circuito impresso, que tinham uns canutilhos (precisei ir para o google para saber o nome disso) enfiados nos terminais para além do espaçamento, ajudar na dissipação.

Algo como isso: 708209_1_9.jpg

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O Google nos mostra "canutilhos" como itens de decoração em vestuário. Se observamos com atenção a foto postada pelo @faller, vemos algo mais específico:

 

nutone ima3303 burnt resistor.jpg

 

Parece uma micro mangueira de bombeiro...

 

Mas talvez isso tenha uma papel de isolação. Pois é mais fácil imaginar dissipação de calor com a perna metálica nua, recebendo ventilação.

Editado por alexandre.mbm

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 09/11/2016 às 14:35, Isadora Ferraz disse:

Esta definitivamente está sendo a semana saudosista (2me)

Me fez lembrar disso...

ponte-terminais.jpg

 

Cheguei a comprar uma zerada lá nos idos 1980´s. Parece que ainda se vende.

Espero que tenha percebido a ... "ilimitante conexão misteriosa que a vida nos proporciona"... Inútil às vezes mas... dá licença?!

 

Realmente ver isto deve causar saudades em muitos dinossauros que coexistem aqui no CDH ....]

 

Usei muito isso, fiz até um radio FM simples com 6 transistores, usando vários desses conjuntos de pontes de terminal...

 

Isadora, só falta você postar uma foto de uma montagem de um daqueles kits de amplificadores da Ibrape, ou um daqueles módulos sintonizadores de FM da Unitac  prá eu encher um lenço aqui....

 

Paulo

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É isso aí paulão. bem, me deu vontade registrar ... O autor não percebeu mas aquilo foi uma sugestão pra fixação do seu precioso inclusive na madeira que mencionou. ... eu e minhas criptografias... kk..Enfim...

 

Na minha pobre infância (um "pouco" antes) tive contato com isso nos rádios e tv valvulados um ou outro amplificador também valvulado. Estes eram meus "kits". Por isso veio a lembrança daquela ponte... que ainda se vende!!

Uma conexão: certa feita ganhei um amplificador dum padre. Era totalmente "artesanal". Havia aquelas pontes aparafusadas na madeira. Passado sempre presente... você chega lá meu jovem... espero.

abç

 

 

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pelo visto eu não sou desta época (um pouco depois), pois já estava começando a surgir os rádios transistorizados (existia muita coisa a válvula na minha infância). Mas eu comecei a estudar eletrônica por um livro de válvulas que meu pai me deu (era dele), foi ai que comecei a me interessar por eletrônica. Na engenharia, eu acabei indo por outra área de interesse (bem diferente), mas nunca abandonei totalmente a eletrônica, só não fui tão a fundo como vocês. O meu interesse sempre andou pelo lado da robótica, pena que não pude enveredar por este caminho, é chato morar num lugar atrasado de um país atrasado.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom. 

Vou dar meu único pitaco (opinião).

Quando a potência dissipada no resistor pode causar estes danos que vocês mencionam, usam-se DISSIPADORES NOS RESISTORES. Mas isso é usado APENAS em casos especiais.

Inclusive há (ou haviam) resistores já com um corpo em alumínio (eram caros), com uma extensão que permitia a fixação com parafuso e porca em um dissipador.

A temperatura podia ser reduzida a ponto de não causar maiores danos no circuito.

Por outro lado, talvez haja a possibilidade de rever seu projeto e não haver a necessidade de resistor dissipando 4W.

MOR_AL

Editado por MOR
  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
11 horas atrás, MOR disse:

Inclusive há (ou haviam) resistores já com um corpo em alumínio (eram caros), com uma extensão que permitia a fixação com parafuso e porca em um dissipador.

 

ProdutoDestaque_4833_orig.jpg

 

Custa 70 pilas!

Foi muito bom ter o tópico enriquecido com esta informação.

 

Mais sobre dissipar calor com resistores.

 

11 horas atrás, MOR disse:

Por outro lado, talvez haja a possibilidade de rever seu projeto e não haver a necessidade de resistor dissipando 4W.

 

Eu sei que estou apostando muito em valores fixos, e isso pode dar muito errado para obter as temperaturas desejadas, mas o projeto está partindo desse esquema:

 

ferro-25-30-33-40.png

 

220 V

 

Segundo os cálculos, as potências dissipadas são algo bem próximo de 4 W e 6 W. Os resistores adquiridos são de 5 W e 10W. Eu já me arrependi demais de não ter pego os dois de 10 W. Vou terminar voltando lá na eletrônica, a mais de 15 Km de distância, pra pegar resistores para acender LEDs. Meu kit inicial tem vários, todos pequenininhos, de 1/4 W. Mas antes de fazer essa viagem eu vou fazer o referido teste; amanhã, se Deus quiser.

Editado por alexandre.mbm

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É ao contrário, quanto menor o valor do resistor maior a potência.

 

Um pouco de Off...

 
15 horas atrás, aphawk disse:

Isadora, só falta você postar uma foto de uma montagem de um daqueles kits de amplificadores da Ibrape, ou um daqueles módulos sintonizadores de FM da Unitac  prá eu encher um lenço aqui....

Há um tempo atrás vi a propaganda desses amplificadores em uma revista antiga, fiquei com vontade de montar então passei a procurar os esquemas na internet. E encontrei:

ibrape_m150.pdf

 

 

Spoiler

IMG-20160202-WA0008.jpgIMG-20160202-WA0010.jpg

 

 

 

Editado por Mestre88
  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@alexandre.mbm

Acho que estou entendendo o que você deseja. 

Você quer controlar a temperatura de um ferro de soldar? É isso?

Caso afirmativo, tente usar estes circuitos com triac. Eu uso em dois ferros, um para 60W e outro para 40w. No potenciômetro, marquei, algo como "Muito Quente", "Ideal" e "Em Espera". 

No seu caso, se considerar o seu circuito postado, a fonte é de 220Vca. No meu caso é de 127Vca. Você tem que comprar um Dimmer para 220Vca. É menor, mais econômico, não gera calor além do ferro e é muito mais barato.

MOR_AL

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×