Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Correr

Energia solar.

Recommended Posts

Olá pessoal,

 

Devido aos "baixos valores" da conta de energia, minha família está pensando em montar alguns painéis solares nas casas. Dessa forma vende energia durante o dia (horário que não tem ninguém em casa) e usa a noite, e no fim do mês a conta vem mais barata :D

Alguém sabe o que deve ser feito para poder montar os painéis solares e vender energia para a companhia elétrica? Existe algum local onde posso tirar dúvidas e ter um acompanhamento do processo?

Alguém já se aventurou nisso ou tem algum conselho/dica para oferecer nesse assunto ?

 

obs.: Sou do interior de SP e sou atendido pela CPFL.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Você não pode vender a energia para a concessionária. Pode é gerar para consumo próprio e caso tenha excedente receberá um crédito que vale por 60 meses para abater da própria conta ou em outra unidade consumidora do mesmo CPF/CNPJ e atendida pela mesma empresa  (ex. gerar na casa da cidade e usar num sítio).

 

A base são as Resoluções 482/2012 e 687/2015 da Aneel, que regulamentam a micro-geração de energia. No site da concessionária deve ter um link explicando os procedimentos. É necessário usar módulos fotovoltaicos e inversores aprovados pelo Inmetro e atender as exigências da distribuidora.

 

A dica é avaliar com cuidado o investimento. Os equipamentos são todos importados e caros. E para ter direto a isenção de impostos é vantajoso comprar kit de módulo, inversor, estrutura de fixação, string box e cabos.

 

 

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Existe empresas especializadas nesse assunto, recomendo procurar uma. Inclusive uma das pioneiras é Brasileira. Vou ficar devendo o nome mas vi a entrevista do CEO na CBN a um ano atras. A empresa prepara toda a residencia e a legalização para a venda da energia ao sistema publico.

 

abs.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Normalmente a empresa que instala os painéis já faz a validação com a concessionária, bem como todo o tramite de papel.

 

Por conta será bem difícil de teres aprovação da concessionária.

adicionado 1 minuto depois

@Ricardov no caso destas geradoras que usam biodigestores suínos, por exemplo, o que é gerado são créditos apenas?

 

Porque um conhecido meu, que instalou, disse que seriam dois medidores, um "para cada lado", e que, sim, ele venderia energia. Até onde eu soube, seria a leitura de X e Y, e um "desconto" na conta...

 

mas, foi "falatório", não constatei de frente

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@ilkyest depende da potência. Potência até 75 kW é classificada pela Aneel como micro-geração. Neste caso os procedimentos burocráticos e técnicos são simplificados, mas a energia é apenas para consumo próprio, chamado de auto-consumo pela Aneel (pode ser de um condomínio ou de um grupo de co-proprietários de uma usina compartilhada também). Também existe a mini-geração, para potências acima de 75 kW até 3000 kW (para fonte hídrica) e até 5000 kW para as demais fontes. Para mini-geração as exigências burocráticas e técnicas são maiores.

 

Para comercializar é preciso ser um "Gerador autorizado", isto é, participar de um leilão do governo e assinar um contrato de geração com a Aneel.

 

A micro-geração pode ser eólica, solar, biomassa, etc. Mas nesse caso não se pode vender, apenas usar para consumo próprio e obter créditos do excedente para uso futuro ou em outra unidade.

 

Aqui em SC o processo com a concessionária é on-line e relativamente simples. A concessionária vai instalar um medidor bidirecional que mede a energia injetada na rede e a consumida ou dois medidores, um para energia injetada e outro para a consumida (neste caso o consumidor vai ter que preparar um padrão de entrada para dois medidores => +custos).

 

O ajuste é feito na fatura da energia porque mesmo que não haja consumo a distribuidora cobrará a disponibilidade, a famosa 'taxa mínima'.

 

Caderno Temático micro e mini geração distribuída - ANEEL

Norma da Celesc

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
18 horas atrás, Ricardov disse:

@ilkyest depende da potência. Potência até 75 kW é classificada pela Aneel como micro-geração.

 

Quando você fala de potência até 75 kW, você se refere a potência total que o conjunto gera no mês ou a potência que "vendi para a concessionária" abater na minha conta ?

 

 

Obrigado pelas informações, irei pesquisar e encontrar uma empresa especializada para ver como fica as coisas, mas ainda aceito ajuda/orientação deste fórum :P

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Correr a energia gerada é medida em kWh (quilowatt-hora). A potência é a potência instalada dos módulos fotovoltaicos. Para ter uma noção, 75 kW corresponde a 288 módulos de 260 W. Já é uma estrutura grande, ocupará 288 metros quadrados e gerará 75 kWh a cada hora de sol pleno.

 

Uma instalação residencial terá aproximadamente (depende da latitude do local) 1500 W (1,5 kW) para cada 100 kWh gerados, será formada por 6 módulos de 260 W e ocupará uma área de 10 metros quadrados.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×