Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
mpgmateus

Slim 4500 da frahm - saída de som

Recommended Posts

Fala galera,

 

Tenho um amplificador da Frahm (Slim 4500) http://frahm.com.br/receivers-e-amplificadores/slim-4500 que apresenta um detalhe curioso desde que saiu da loja: quando coloco para tocar o som via pendrive (usb) o som fica numa intensidade muito boa!! Acontece que pelas entradas auxiliares (p2) e acesso via bluetooth a intensidade do som cai razoavelmente...

Será defeito ou erro de projeto? Não conheço ninguém que tenha este amplificador para comparar.

Só para registrar, tirei lacrado da loja e o técnico responsável que efetuou toda a devida instalação.

 

Valeu, abs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@mpgmateus  isso é do projeto.

 

Normalmente essas caixinhas de som tem um módulo reprodutor para o USB que solta o sinal bem alto para o amplificador.

 

Nas demais entradas, o sinal vem "cru" e é injetado no amp.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, ilkyest disse:

@mpgmateus  isso é do projeto.

 

Normalmente essas caixinhas de som tem um módulo reprodutor para o USB que solta o sinal bem alto para o amplificador.

 

Nas demais entradas, o sinal vem "cru" e é injetado no amp.

Irmão, também esqueci de citar que o formato que tocou na usb foi .wav.. 1411kbps.

 

o bluetooth e p2 toquei ligado direto pelo celular (spotify) 320kbps....

 

deve ser isso que deu a diferença da intensidade/qualidade, né?

 

ligando o p2 em um laptop, cm a musica .wav mudaria todo o cenário.. o que acha??

 

valeuuu

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@mpgmateus  é que muitas caixas, hoje, são preparadas para 4,8V. A saída de alguns laptop também são 4,8V.

 

Antigamente era 1,5V ou 0,5V. Quando um dispositivo é preparado para, digamos, 4,8, na verdade ele aceita "até" 4,8, qual seja, 1,5 vai ficar mais baixo. Tem outros dispositivos (mais caros, com certeza) que são preparados, mas ele "se ajusta", ele tem um pré automático dentro.

 

Então, sim... se o teu sinal for baixo, ele ficará mais baixo que o normal.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 horas atrás, ilkyest disse:

@mpgmateus  é que muitas caixas, hoje, são preparadas para 4,8V. A saída de alguns laptop também são 4,8V.

 

Antigamente era 1,5V ou 0,5V. Quando um dispositivo é preparado para, digamos, 4,8, na verdade ele aceita "até" 4,8, qual seja, 1,5 vai ficar mais baixo. Tem outros dispositivos (mais caros, com certeza) que são preparados, mas ele "se ajusta", ele tem um pré automático dentro.

 

Então, sim... se o teu sinal for baixo, ele ficará mais baixo que o normal.

Resolvido! O sistema de som que uso em minha casa são 10 caixas embutidas no teto jbl ps6.. resolvi a intensidade do volume por mera configuração do aparelho(amplificador).

 

Ta lindo agora! Arrepiante!!

 

Valeu rapaziada ;)

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@mpgmateus Que bom que achou a solução! Seu aparelho é muito bom para sair desequilibrado de fábrica!!!...  Não fazia sentido!...    

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
9 horas atrás, Bcpetronzio disse:

@mpgmateus Que bom que achou a solução! Seu aparelho é muito bom para sair desequilibrado de fábrica!!!...  Não fazia sentido!...    

Pois é brother! Tava já confuso... o slim é muito bom!!

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×