Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Gabriel Torres

Por que os provedores de internet querem limitar o tráfego dos usuários?

Recommended Posts

Em 17/01/2017 às 14:04, matheus_220209 disse:

Olha, eu sou contra e a favor. Aqui em casa somos clientes NET, ela já delimita há muitos anos, antes mesmo de surgir essa ideia de limitação. Contudo a grande realidade na maioria das vezes é essas limitações nem afetam a esmagadora maioria das pessoas, aqui em casa são 90 Gb por mês, mais ou menos 3 Gb por dia, há anos, desde a contratação do serviço, mesmo sendo 5 pessoas usando todos os dias o dia inteiro e assistindo streeam, nunca nossa velocidade foi reduzida. A esmagadora maioria fica no facebook e no WhatsApp, mesmo que 20% assista Netflix.

Pois já pode ficar do lado oposto da imposição de franquia: a NET só nunca praticou o limite de dados. Agora que vai praticar, você vai sentir o beliscão

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 minutos atrás, shirako2 disse:

Pois já pode ficar do lado oposto da imposição de franquia: a NET só nunca praticou o limite de dados. Agora que vai praticar, você vai sentir o beliscão

 

 

Sim sempre fez mas não oficialmente, normalmente se confundia com a sobrecarga da rede nos horários de pico.

 

EU acho que deveria ser igual telefone, se usar em determinado horário abaixa o preço, seria muito mais simples, mas no caso da internet a velocidade.

 

Só acho que se a moda pegar vão colocar franquia nos sacos de arroz, comprar o pacote de 5kg e vem com 2kg e com apenas 56% do preço vocÊ pode levar mais 1kg(que só tem 300g).

 

A forma como se calculam preços no brasil é bizonha, tudo sobe e não abaixa, por isso tem essa inflação maluca, deveria se estabelecer um teto e valor para serviços básicos e investir em inovações, dinheiro pra isso tem é só emitir titulos lá no tesouro e pronto. Eu tinha um modulo de memoria que paguei R$50 novo e depois vendi usado por R$200, nunca vi material de informática valorizar no brasil.

 

O que o companheiro lá atras disse de ninguem assinar a tv a cabo mais e trocando por streaming é o que está desencadeando a ira das operadoras, mas convenhamos um cidadão não gosta de futebol nem dos canais da globo o que sobra para assistir na tv paga básica? Nada absolutamente.

 

O fato é só as operadoras largarem a mão de serem irracionais e começarem a usar do proprio serviço que é o IPTV, gerar conteudos localizados por votação dos assinantes e isso acaba com o problema, pois afinal o mundo mudou e as pessoas querem decidir o que assistir.

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O que mais me irrita na história é o ***** do governo refém das operadoras porque elas (sonegam, mas) pagam uns impostos aqui e ali. E se quer trocar operadoras pela netflix, querem taxar o serviço. ***** cara

adicionado 7 minutos depois

Eu vou me ferrar se essas franquias passarem a valer. Sou usuário hardcore: programo, aprendo metade da vida no youtube, gasto um quarto na netflix e o outro quarto baixando toda sorte de tranqueira na net. Sem medir nem nada, vira e mexe uso mais de 300 gb sozinho só no computador. Sem chance de limitação cara

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 17/01/2017 às 10:51, fenixcload disse:

creio que um dos motivos da cobrança por cota de dados seria não garantir a velocidade de conexão

eles irão vender pacotes de dados sem mencionar a velocidade e cobrar valores absurdos por pacotes que vão durar poucos dias :mad:

Infelizmente o governo so quer + dinheiro então!

Começa a engarrafar internet pois vai faltar.

Infelizmente está disculpinha está em tudo.

Combustível, água, luz e agora internet.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Jfe47 disse:

Infelizmente o governo so quer + dinheiro então!

Começa a engarrafar internet pois vai faltar.

Infelizmente está disculpinha está em tudo.

Combustível, água, luz e agora internet.

eles não tão ligando se a internet ficar limitada. 

Nos é que paga tudo pra eles mesmo. 

 

De mim só tem a perder, cancelo tudo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se uma tele qualquer for importar equipamentos (digamos alguma coisa de alto porte da Cisco), passará pelo mesmo calvário que um cidadão comum passaria ao comprar bugigangas fora do país, com custos, prazos e burocracia absurdas? Ou há exceção? Pergunto isso pois nosso país é campeão das exceções e privilégios: a regra geralmente é um inferno para quase todo mundo, com exceção de uns que, por proximidade com o poder, são "aliviados" das garras do Estado.

 

Depois que fiquei sabendo que existem polícias militares entrando na Justiça para tentarem comprar armas de fogo importadas, sob alegação que as produzidas pela monopolística (graças ao Governo) Taurus são inseguras (tipo: disparam sozinhas!), vi que vivo num hospício. Esse protecionismo maluco tem que vir abaixo algum dia, não é possível. Deem uma Glock ou Smith & Wesson para os coitados. Já não basta terem que enxugar gelo sem parar, prendendo cinquenta vezes os mesmos criminosos a cada mês...

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
16 horas atrás, santos container disse:

@personaQuem disse que não? Hahaha, claro que é algo que não acontece em toda residência pela Europa, mas existem os casos à parte.

Desculpe, mas você leu meu post inteiro? porque seu quote pegou apenas um frase isolada sendo que, na frase seguinte, eu digo que "Ou, se acontecem, são em menor proporção." Do jeito que você quotou, acabou ficando fora de contexto.

 

Óbvio que não existe país perfeito, mas a questão é que, no Brasil, a agressão ao povo e à sua dignidade é cada vez maior e a tendência é só piorar porque existe um grupo de pessoas que trabalha estritamente contra nós, chamado "governo", o que inclui ministérios, secretarias, agências reguladoras, etc. Somado à complacência do povo, é terreno fértil para o surgimento de populistas, milagreiros e ditadores. E o q você diz da Alemanha? você acha que Angela Merkel trabalha contra o povo alemão? Talvez você esteja fora do Brasil por tempo demais, a ponto de ter se esquecido de como as coisas funcionam por aqui, o que é perfeitamente normal. Queira ou não, na Europa o buraco é mais embaixo. E não estou falando de limite de dados que eu também entendo que é necessário, desde que os pacotes de dados sejam condizentes com a realidade da vida online do cidadão médio que paga CARO pelo serviço de internet.

 

E só lembrando que em nenhum momento eu fiz apologia à pirataria ou coisa do tipo. A questão da franquia, do jeito que está sendo pensada no Brasil, simplesmente não oferece GBs suficientes nem para a pessoa usar o Youtube, que dirá o Netflix, que são atividades legais e com propósitos que vão desde entretenimento até ensino à distância. Quem baixa 450GB de pirataria ou revende a conexão de internet para o prédio todo tem mais é que ser punido mesmo, mas e quando seu plano com preço exorbitante não serve nem para que você veja vídeo aulas no Youtube ou jogue online sem ficar fazendo contas? E quando há mais de uma pessoa numa casa usando serviços baseados na internet? Isso é sim um retrocesso porque está sendo pensado de forma a prejudicar os usuários e não favorecer os necessitados oprimidos pelos ricos e suas conexões de 5MB.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Uma vez eu li que na alemanha, se você baixar algo via torrent a chance de receber uma notificação judicial no dia seguinte são bem altas...

 

E no japão por exemplo, pelas palavras de um conhecido, ele contratou 100 Mbps e basicamente é um hard-user do torrent (tem muitos cd/dvd que ele ripa e coloca na internet) e portanto o uso mensal dele é violento, é difícil de ver a conexão dele usar menos de 50 Mbps em qualquer momento do dia.

Basicamente por causa disso ele está na lista negra das 3 maiores operadora do país e não consegue contratar plano de internet delas. Oras bolas.... se você vende algo e eu estou pagando para usar esse algo e sua infra-estrutura não aguenta, eu que estou errado ?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
18 minutos atrás, Correr disse:

Uma vez eu li que na alemanha, se você baixar algo via torrent a chance de receber uma notificação judicial no dia seguinte são bem altas...

 

E no japão por exemplo, pelas palavras de um conhecido, ele contratou 100 Mbps e basicamente é um hard-user do torrent (tem muitos cd/dvd que ele ripa e coloca na internet) e portanto o uso mensal dele é violento, é difícil de ver a conexão dele usar menos de 50 Mbps em qualquer momento do dia.

Basicamente por causa disso ele está na lista negra das 3 maiores operadora do país e não consegue contratar plano de internet delas. Oras bolas.... se você vende algo e eu estou pagando para usar esse algo e sua infra-estrutura não aguenta, eu que estou errado ?

 

Aí eu imagino que seja questão de legislação, que no Japão eles podem restringir o acesso de quem sabidamente acessa conteúdo ilegal.

Se você baixar uma distro por torrent na Alemanha é pouco provável que receba a notificação, a não ser que exista alguma regra (na Alemanha, imagine, regra non ecziste :D ) ou lei que proíba o uso de torrents por questões de segurança. (tem universidade aqui que proíbe)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em ‎17‎/‎01‎/‎2017 às 14:04, matheus_220209 disse:

Olha, eu sou contra e a favor. Aqui em casa somos clientes NET, ela já delimita há muitos anos, antes mesmo de surgir essa ideia de limitação. Contudo a grande realidade na maioria das vezes é essas limitações nem afetam a esmagadora maioria das pessoas, aqui em casa são 90 Gb por mês, mais ou menos 3 Gb por dia, há anos, desde a contratação do serviço, mesmo sendo 5 pessoas usando todos os dias o dia inteiro e assistindo streeam, nunca nossa velocidade foi reduzida. A esmagadora maioria fica no facebook e no WhatsApp, mesmo que 20% assista Netflix.

Eu tenho esse pacote de 80 Gb mensais. Com netflix direto e jogos, usei 200 Gb mês passado. se diminuíram a velocidade nem percebi...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Concordo contigo Gabriel , o que ocorre no Brasil é falta de estrutura, autas taxas de impostos e o desinteresse do governo em investir na área tecnologia, alegando falta de dinheiro 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O motivo é simples, a infraestrutura do Brasil hoje, não da conta da demanda de trafego de dados, para atender a demanda eles teriam que investir muito dinheiro em infraestrutura de ponta ou reduzir a quantidade de trafego de dados. O que vocês acham que as empresas vão escolher? Pois é! Nunca que elas vão querer gastar mais dinheiro.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
11 horas atrás, Correr disse:

Uma vez eu li que na alemanha, se você baixar algo via torrent a chance de receber uma notificação judicial no dia seguinte são bem altas...

 

Nos EUA já é assim. E na Austrália entrou em vigor agora em 2017.

adicionado 1 minuto depois

Pessoal, guenta aí que eu vou produzir uma "continuação" deste editorial explicando alguns pontos que ficaram faltando que eu me dei conta devido aos excelentes comentários de vocês... Sai nesta semana! :) Fiquem de olho!

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se fizerem esta sacanagem... tudo bem... eu corto minha netflix, mas corto também a tv a cabo... que não assisto mesmo (tem que ficar programando horário para assistir os filmes "repetidos varias e varias vezes")... portanto já me enchi deste negócio todo... vou ler um livro.... e por mim fico anos se depender deles...

 

"O motivo é simples, a infraestrutura do Brasil hoje, não da conta da demanda de trafego de dados"????

então parem de vender pacotes.... só vendam para novos clientes quando derem conta do recado...

quem deveria ser punido são as operadoras que só querem saber de vender e vender.

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, BloodCeltics Lopes disse:

"O motivo é simples, a infraestrutura do Brasil hoje, não da conta da demanda de trafego de dados"????

então parem de vender pacotes.... só vendam para novos clientes quando derem conta do recado...

Um pouco complicado fazer isso. Imagine você ligando para a Net ou Oi pra assinar o tão sonhado plano de banda larga de 2MB e eles dizendo "infelizmente não poderemos tê-lo como cliente porque já atingimos o número máximo de usuários. Entraremos em contato daqui 5 anos, quando tivermos expandido nossa infraestrutura".

 

Obviamente que penalizar os usuários que pagam caro e em dia por seus planos não é o caminho, como estão tentando fazer. Mas a questão da infraestrutura é complicada. E como disse alguém aí em cima, é um investimento altíssimo, mesmo para as empresas. Além do que, não dá pra negar que houve sim uma inclusão digital no Brasil e a demanda aumentou de forma que as empresas não conseguiram acompanhar (aí entra planejamento ruim, falta de visão de mercado, etc.)

 

Tem muita coisa errada que acaba dando margem a soluções esdrúxulas, e que invariavelmente acaba prejudicando o povo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pessoal,

 

Para aqueles que não viram ainda, publiquei o vídeo com a "continuação" deste editorial:

 

 

Divirtam-se!

 

Abraços,

Gabriel.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 19/01/2017 às 23:13, santos container disse:

@personaQuem disse que não? Hahaha, claro que é algo que não acontece em toda residência pela Europa

Com certeza você viverá muitos anos aí até o Brasil compensar.
O que não falta é proteção por VPN e outros esquemas de criptografia, e o salário aí permite contratar uma VPN boa.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
10 horas atrás, Mateus2 disse:

Com certeza você viverá muitos anos aí até o Brasil compensar.
O que não falta é proteção por VPN e outros esquemas de criptografia, e o salário aí permite contratar uma VPN boa.

E quanto custo isso no Brasil? Isso custa em média de 60 ou 65 euros por ano por aqui!

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
10 horas atrás, santos container disse:

E quanto custo isso no Brasil? Isso custa em média de 60 ou 65 euros por ano por aqui!

Em torno de 10 dólares por mês kkkk, se bobear uns R$300 por ano e o servidor pode nem estar aqui no Brasil, e eu não confio na tecnologia brasileira de criptografia e programação, pois o site intranet da minha universidade, no curso de computação, usa TLS 1.0 até hoje.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Excelente Editorial.

Tenho certeza que essa filosofia aqui no Brasil está mudando.

Temos "Sangue novo" no comando e isso já é uma esperança com chances claras de melhoria e evolução.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu não concordo com essa situação de que o sistema está saturado, isso é apenas desculpa para criar dificuldades para vender facilidades, se voce pagar muito caro pela conexão ai o problema desaparece.

A questão é pura ganância que impera no Brasil, os caras querem ficar milionários da noite para o dia, acham porque produzem ou fornecem alguma coisa, querem ter uma vida de sheik árabe.

Fui assinante da MULTICANAL logo que implantaram em Santos, era preço único e tinha uma grade fixa para todos, era fornecida uma revista da grossura da Veja, paguei adesão por conta da despesa do cabeamento...depois que a Globo assumiu a maior parte da empresa ela visando ganhar mais dinheiro criou pacotes, aumentou os preços e começou a cobrar pela revista (antes era de graça??) e no lugar da mesma passou a distribuir uma revista sem vergonha, e ainda colocava como filmes inéditos lançamento do mês, títulos já gastos de tanto exibir.

Estou falando de meados dos anos 90, portanto não havia esse problema de sistema velho, defasado ou com excesso de  usuários...é querer ganhar dinheiro em cima da população apoiado pelo governo e suas agências de regulação, pelos motivos que todos sabem.

Eu comparo esse serviço de televisão, internet e telefonia com o setor de alimentação, tem vários restaurantes que paga-se uma taxa e come-se a vontade, outros já cobram por kilo visando auferir maior lucro, de qualquer modo, a comida está lá para ser consumida ou jogar fora.

No caso da tv, internet e telefone os sinais estão disponíveis em sua plenitude, de modo que se o cara compra um pacote menor a empresa instala um bloqueador ou algo mais moderno, acho que já o fazem na central mesmo, mas os sinais estão presentes, consumindo ou não, como no caso da comida.

Porque no inicio era preço único, sem pacotes e fluia tudo normalmente e agora tem que desmembrar tudo para cobrar mais????

Sabe qual é a pior coisa disso tudo??? Os comerciais...o sujeito compra um serviço de assinatura para se livrar de comerciais e acaba engolindo uma enxurrada deles, quando eu assinei era um ou dois anúncios (um deles era da Konica) hoje tem um monte deles...isso não é ganância?

Mas acho o povo o único culpado disso tudo, tem mais poder que o governo, mas infelizmente não tem juizo para reverter isso: basta todos entregarem suas assinaturas de volta e verão como o preço irá cair a patamares aceitáveis e não para tornar uma pessoa ou um grupo multimilionário.

Fui assinante da MULTICANAL, da CANBRAS que depois virou VIVAX (essa era mais séria e profissional que a outra) e da NET...sendo está última que me injuriou de vez com a situação já descrita acima.

Atualmente uso a antena do prédio e assito meus filmes locados na hora que eu quero e não sinto falta nenhuma da tal tv à cabo, a questão é que o cara fica zapeando nos canais e acha que isso é grande coisa...cada cabeça uma sentença...

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
20 horas atrás, misterjohn disse:

Eu não concordo com essa situação de que o sistema está saturado, isso é apenas desculpa para criar dificuldades para vender facilidades, se voce pagar muito caro pela conexão ai o problema desaparece.

 

Concordo plenamente contigo meu caro, eu iria discordar anteriormente politicamente de @richardfb, mas o post iria ser muito improdutivo.
..
Sangue novo, pode ter certeza, é o contrário, temos sangue velho novamente no controle. Há a ser provado para os restantes a daqui alguns anos, se para mim já foi provado esta proposição antes mesmo do poder ser golpeado.
O problema do Brasil são os brasileiros, é a educação, e falta de conhecimento.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×