Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Evandro

AMD Ryzen Série 1000 - Pós-lançamento

Recommended Posts

@Correr Era um bug muito especifico de regravação de dados. Tipo, o software no ambiente linux, tentava acessar memória, e quando voltava o dado, ia no local errado e dava crash. 

 

@Evandro Sim, só no processador para ver, o meu R7 por exemplo, é 1716SUT. 

 

O processo todo de rma, está demorando perto de um mês, apenas por tempos do Correios. A AMD está sendo bem rápida nesse processo.

 

Existe um teste no youtube em que você testa em linux e se der crash tem o problema. Irei buscar em casa e trago de novo a vocês.

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Uma dúvida que me persegue sobre StoreMI.

 

Qual a diferença de desempenho de 2 GB de cache vs 4 GB de cache ?????

 

Não encontrei nenhum review ou usuário mostrando essa diferença de desempenho de 2 GB para 4 GB no cache.

 

Só vejo review com 2 GB de cache.

 

Essa possibilidade de 4 GB cache só está disponível na versão FuzeDrive Plus.

 

fuzedrive.png.2a8c41be8bd4ef98597d117534

 

Review HardOCP da StoreMI

 

https://www.hardocp.com/article/2018/05/28/amds_storemi_technology/1

 

 

 

Partes mais importantes:

 

Introdução

 

O que é o StoreMI da AMD ou (Store Machine Intelligence Technology)? Isto é o que a AMD diz que é em poucas palavras:

 

Os SSDs são rápidos, mas caros, e oferecem capacidade mínima. Os discos rígidos mecânicos possuem grande capacidade por um preço baixo, mas são muito mais lentos que um SSD. A tecnologia AMD StoreMI "combina" esses dois tipos de armazenamento em uma única unidade e move automaticamente os dados que você mais acessa para o SSD, para obter o melhor dos dois mundos: capacidade de resposta SSD e capacidade de disco rígido mecânica com preço baixo.

 

Instalação AMD StoreMI

 

Felizmente, configurar o StoreMI é relativamente fácil. A única palavra de cautela que posso oferecer aqui é respaldar as coisas antes de começar, mas isso não deveria ser dito. Uma última ressalva é alterar modos ou ajustar seus níveis de armazenamento depois que o fato é um processo demorado. Pode levar 30 minutos ou mais para fazer essas alterações e provavelmente muito mais com discos mecânicos maiores com toneladas de dados neles. O Guia de instalação rápida do StoreMI da AMD descreve o processo e cada um dos modos de desempenho. No geral, é bastante simples e direto, o que certamente é uma vitória na coluna da AMD.

 

Como o StoreMI funciona?

 

Para entender como o StoreMI difere do armazenamento em cache padrão do SSD, precisamos entender o básico de como o armazenamento em cache do SSD funciona. A premissa básica é fácil de entender. Usando o IRST como exemplo, você cria um array RAID no modo proprietário que vincula o SSD ao disco rígido mecânico. O sistema operacional e o software são instalados no disco rígido mecânico. O algoritmo de armazenamento em cache detecta o software mais utilizado e, em seguida, armazena-o no SSD para uma execução mais rápida. Isso funciona bem, mas existem algumas limitações para a tecnologia. Não funciona a menos que algo tenha sido armazenado em cache. Você deve executar um programa pelo menos uma ou duas vezes antes de poder se beneficiar do algoritmo de armazenamento em cache.

 

Em contraste, o StoreMI usa o que a AMD chama de "inteligência de máquina" para analisar blocos de dados e migrá-los para o nível apropriado constantemente. Os dados são coletados sobre quais programas são usados com mais freqüência e fisicamente transferidos para o nível mais rápido de armazenamento. Ao contrário do cache, que deve ser liberado ou pode ser liberado na ocasião, essa alocação é permanente até que seu comportamento determine que ele precisa ser alterado. Não é diferente dos algoritmos usados pelo VMWare para determinar onde ele precisa migrar uma VM muito usada quando um determinado host está ocupado. Ele pode movê-lo para um host mais rápido ou um que não está fazendo tanto trabalho para obter um melhor desempenho. É o que acontece quando os dados na camada lenta são movidos para a camada mais rápida.

 

Uma grande diferença entre o ISRT e o StoreMI é que o StoreeMI oferece um cache de RAM. Você pode ativar a função de cache de RAM opcional se o seu sistema tiver memória suficiente para alocar a ela. Você precisa de um mínimo de 6 GB de RAM do sistema para utilizar o recurso. O benefício de fazer isso é que você obtém 2 GB de cache quase como um nível de armazenamento ainda mais rápido. Sempre que possível, os dados serão executados diretamente da RAM, o que é cerca de 10 vezes mais rápido, como você verá mais tarde. Com as pessoas tendo 16GB + de RAM em muitos casos, aproveitando isso é um acéfalo e deve ser possível para quase qualquer pessoa. Você pode adicionar o recurso a sistemas com o sistema operacional já instalado em um SSD ou em um HDD

 

Configuração de teste

 

Nossos dispositivos de armazenamento padrão estavam todos aqui, mas para a StoreMI, eu usei uma unidade Samsung EVO 256GB M.2 NVMe e uma unidade Western Digital Caviar Blue de 2TB. Nenhum deles está no limite extremo do desempenho, mas representa uma configuração comum que se espera ver ao usar o StoreMI na plataforma X470. O StoreMI não suporta o uso de arrays RAID, então, por enquanto, drives únicos são tudo que podemos usar. Também estaremos incluindo mais benchmarks de armazenamento do que normalmente usamos nas revisões de nossas placas-mães. Estamos usando o Crystal DiskMark como de costume e adicionamos o ATTO e o HD Tach. A versão mais recente de cada programa foi baixada para uso nesta revisão.

 

Crystal Disk Mark - Before

 

15273718665j23yohyqm_2_3_l.gif

 

Olhando para nossa linha de base, não vemos nada fora do comum. Essa é uma unidade da Western Digital Blue, portanto não é uma excelente performance, mas também não é uma unidade da Western Digital Green. Os números são piores que os discos Western Digital Blacks ou Enterprise mais antigos que eu normalmente uso. De qualquer forma, este é um bom lugar para começar. Vamos ver o que podemos fazer daqui.

 

Crystal Disk Mark w/StoreMI (No Cache)

 

15273718665j23yohyqm_2_6_l.gif

 

Começamos sem ativar a opção de cache de RAM. Eu realmente não sei porque alguém não usaria a opção de cache de RAM, mas no caso de você não, isso vai lhe dar uma ideia do que esperar. Fora do portão, vemos o resultado passar de 171,6 no teste de leitura Q32T1 para 559,9. Isso não vai competir com um Samsung 960 Pro, mas isso definitivamente é uma grande mudança. Nós vemos que as mudanças são ainda maiores quando observamos os resultados de 4K e 4KQ32T1. Isso não é totalmente inesperado, já que vimos ganhos enormes no dia em que testamos pela primeira vez o SRT da Intel. Quando olhamos para os conjuntos de dados de 100MB e 1000MB, vemos o mesmo delta básico continuar.

 

Crystal Disk Mark w/StoreMI

 

 15273718665j23yohyqm_2_7_l.gif15273718665j23yohyqm_2_8_l.gif

15273718665j23yohyqm_2_9_l.gif

 

Com o cache de 2 GB de RAM ativado, os resultados são espetaculares. Estes são resultados do nível SSD e, francamente, eram muito mais altos do que eu esperava. Naturalmente, a RAM é muito mais rápida do que um SSD baseado em NVMe. No entanto, fiquei surpreso ao ver esse tipo de resultado no primeiro teste e as reprises subsequentes do mesmo teste. A solução da Intel não funcionou tão rápido quanto você tinha que armazenar em cache os dados antes que pudesse se beneficiar do sistema de armazenamento em cache. Parece que há muita verdade na afirmação da AMD de que essa é uma abordagem de armazenamento em camadas e não apenas um cache de SSD sofisticado. Nós vemos os mesmos resultados para todos os três tamanhos de conjunto de dados, como fizemos com a opção no cache.

 

O que podemos tirar desses resultados é a confirmação do que a AMD diz essencialmente sobre a tecnologia. Ou seja, StoreMI é um benefício na maioria das vezes e o cache de RAM não funciona em todas as situações. Quando isso acontece, os resultados são certamente próximos aos níveis de desempenho do SSD. Pode-se argumentar que, mesmo sem habilitar o cache de RAM, os resultados, embora numericamente distantes, são rápidos o suficiente para que você provavelmente não perceba que está "usando uma unidade mecânica". Embora, como já dissemos, isso não seja exato. Ao contrário do armazenamento em cache tradicional, você está usando o SSD para as tarefas usadas com mais frequência. Essencialmente, a AMD está empregando uma mão leve na movimentação de seus dados para o disco rápido, para que você não sinta a dor de usar aquele tijolo desajeitado no seu PC moderno e brilhante.

 

Conclusões

 

No geral, estou bastante impressionado com StoreMI, apesar de algumas das suas limitações. O software é fácil de usar e nunca encontrei problemas com ele. O desempenho concedido pelo recurso é inegável. Dado que um SSD NVMe de 256GB pode ser considerado razoavelmente barato, isso não é uma tarefa fácil para melhorar o desempenho de grandes volumes de armazenamento. Eu não sei sobre outras pessoas, mas tenho a tendência de empregar grandes matrizes de armazenamento e, atualmente, não há aceleração para isso.

 

Falando em limitações, eu havia declarado anteriormente que o StoreMI está limitado a um limite de 256GB para o nível rápido e 2GB para o cache de RAM. Se você possui um chipset AMD série 400, você pode baixar o software AMD StoreMI gratuitamente. Você pode comprar licenças da Enmotus Fuzedriveque oferece dois modos de licença. A licença básica é de US $ 20 e oferece 128 GB de armazenamento de nível rápido e 2 GB de RAMcache. Isso é menor do que o obtido com os chipsets da série X400, mas essa também é a licença que funcionará com os chipsets da série 300. O FuzeDrive Plus oferece até 1 TB de armazenamento SSD de camada rápida e 4 GB de memória cache. Esta licença custa US $ 59,99, mas tem as mesmas limitações sobre as quais já falamos até agora. Uma outra limitação que não mencionei é aquela em que o StoreMI é limitado a computadores desktop. Não funciona em notebooks de qualquer tipo neste momento. Embora isso seja uma vergonha, posso entender as complexidades de tentar fazê-lo funcionar em tantas plataformas diferentes.

 

A abordagem da AMD é nova, pois não armazena em cache apenas o que você usa com mais frequência, mas migra ativamente os dados onde precisa para fornecer os melhores resultados. Isso é algo que estamos fazendo manualmente há anos, optando por colocar o sistema operacional em nossa unidade mais rápida e alocação que jogos e software podem ir no SSD enquanto relega o resto para os discos mecânicos mais lentos.

 

The Bottom Line

 

Não sei se o StoreMI vai superar o desempenho do SRT da Intel no longo prazo. Essa tecnologia pode ser uma opção mais atraente para um criador de orçamentos que não tem a moeda a ser lançada em um SSD maior do que 256 GB e deseja usar uma configuração de armazenamento simples. Caras como eu, com configurações de armazenamento complexas em seus sistemas, não se beneficiarão do StoreMI porque ele não funciona com o RAID. Na verdade, o controlador não pode estar no modo RAID para nenhum disco AHCI / SATA que faça parte do StoreMI. Ironicamente, isso pode beneficiar muitas pessoas, mas as pessoas mais propensas a usar esse recurso não podem. Eu posso dizer isso para StoreMI, é uma tecnologia legal e algo que eu quero ver AMD construir. O StoreMI também é algo que eu acho que não apenas alcança a paridade com o SRT da Intel, mas também supera isso. Simplesmente não há comparação entre os dois. AMD

 

Concordo com esse comentário:

 

 

O processo da TSMC é geralmente otimizado para projetos de clock de baixa densidade, como SoCs e GPUs. O 7nm da GloFo foi originalmente destinado a 5 GHz para os núcleos de energia da IBM, por isso é mais adequado para relógios altos.

 

Eu acho que todos os designs somente da CPU irão para o GF (EPYC, TR e Ryzen), enquanto GPUs e APUs podem ser compartilhadas com o TSMC. Há também rumores sobre um novo chip de console, onde o parceiro solicitou explicitamente um fabricante confiável (= TSMC).

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mês forte, AMD quase pega Intel. Novos dados da mindfactory para maio de 2018.

 

 

 

mqymfbar.png

 

 

 

Receita dividida em diferentes CPUs.

 

cNA0NMl.png

 

  • Curtir 4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Troque o seu i7-8086K por um Ryzen Threadripper 1950X

 

 

gg nub get rekt

 

**US Only

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A Kabum está com promoção do Ryzen 1800x a R$ 1099,90 no boleto:

https://www.kabum.com.br/cgi-local/site/produtos/descricao_ofertas.cgi?codigo=86136

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
14 horas atrás, Guilherme FW Xavier disse:

A Kabum está com promoção do Ryzen 1800x a R$ 1099,90 no boleto:

https://www.kabum.com.br/cgi-local/site/produtos/descricao_ofertas.cgi?codigo=86136

Não vale a pena, OC maximo varia nos 3.8~4.0 e precisa de um cooler de uns 200R$. E normalmente da para achar R7 2700 por R$1250 na CissaMagazine

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se o semiaccurate disse, então tá falado

 

EPYC Rome da AMD vai ser um monstro CPU 

Não é o monstro que você esperava, é muito mais monstruoso

 

https://semiaccurate.com/2018/07/17/amds-rome-is-going-to-be-a-monster-cpu/

 

 

 

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
10 horas atrás, brender disse:

16 core AM4 (dual-channel and 24-PCIe lane), 32 core TR4 (quad-channel and 64 PCIe lane), 64 core SP3 (octo-channel and 128 PCIe lane).

Not sure dual channel DDR4 is even Enough bandwidth for 16 cores. Even on a single die, forget latency, how are all those cores going to be fed.

 

Se acham que RAM dual-channel (AM4) não basta para 16 núcleos, então quad-channel (TR4) também não basta para 32 núcleos e octa-channel (SP3) não basta para 64 núcleos.

No Threadripper 2990X de 32 núcleos apenas metade dos núcleos tem acesso direto à RAM.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Agora vai

 

RYZEN Mainstream com 16 core / 32 threads

 

CPUs Next-Gen 7nm Zen 2 da AMD 2 apresentam um aumento de 10-15% de IPC, até 16 núcleos em AM4, 32 núcleos em TR4 e 64 núcleos no SP3

 

https://wccftech.com/amd-7nm-zen-2-rumors-16-core-am4-32-core-threadripper-64-core-epyc/

 

Resumo da notícia:

 

AMD-Ryzen-2nd-Gen_7-1-1030x515.png

 

Enquanto isso, a AMD está trabalhando em seus processadores de 7nm de próxima geração baseados na arquitetura central do Zen 2. Os novos processadores chegarão no início do ano que vem, sendo a primeira amostragem para servidores no segundo semestre de 2018. Agora, estamos ouvindo novos rumores dos fóruns chineses que relatam como os processadores baseados no Zen 2 podem se parecer e funcionar

 

No início deste ano, a AMD informou que seu projeto Zen 2 foi concluído e os primeiros processadores começarão a amostragem para os clientes no segundo semestre de 2018. O servidor destinado a CPUs 'Rome' da EPYC será o primeiro a usar os novos núcleos Zen 2 quando eles são oficialmente lançados no início de 2019.

 

A segunda parte desse boato é que três projetos diferentes já podem ter sido finalizados para o núcleo do Zen 2. Esses incluem:


  • AM4 (até 16 núcleos Zen 2)
  • TR4 (até 32 núcleos Zen 2)
  • SP3 (até 64 núcleos do Zen 2)


De acordo com isso, a contagem máxima de núcleos na plataforma AM4 será aumentada de 8 núcleos para 16 núcleos. A plataforma TR4 continuará com a contagem de 32 núcleos como as próximas partes da segunda geração (provavelmente não continuará a mesma) e as partes do servidor terão até 64 núcleos a partir do máximo atual de 32 núcleos. Isso aponta para um CCX de 8 núcleos, já que cada matriz utilizaria dois desses CCXs.

 

tCOJrKH.png

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@brender Ainda é rumor.

 

E ainda vou apostar em 12C\24T no maximo para mainstream :D

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Notícia com mais detalhes sobre os RYZEN 16 core / 32 threads

 

As CPUs de desktop Ryzen da AMD para 2019 podem dobrar a contagem do núcleo

 

 

 

Resumo da notícia:

 

Mas a grande novidade aqui é que a AMD já finalizou seu design Zen 2 para suportar até 16 núcleos no mercado convencional (AM4), até 32 núcleos no mercado de entusiastas de alta qualidade (TR4) e até 64 núcleos no mercado. mercado de servidores (SP3). 

 

Os rumores se aprofundam um pouco mais no nível técnico, informando que a AMD finalizou dois projetos do Zen 2. Ambos dependem de como a AMD agrupa seus núcleos de processador no que é chamado de Core Complex, ou CCX, que compartilha o mesmo cache. O CCX é conectado usando o Infinity Fabric da AMD em um único chip.

 

Em um projeto do Zen 2, a AMD supostamente usa um CCX com seis núcleos e une dois CCX em um único chip, fornecendo uma contagem de núcleo máxima de 48 em um único processador. Em outro projeto Zen 2, a AMD usa um CCX com oito núcleos e une dois CCX em um único chip, fornecendo uma contagem máxima de 64 núcleos em um único processador.

 

Os processadores previstos para a chegada em 2019 serão a série Ryzen 3000 “Matisse” para desktop (AM4), a série “Castle Peak” da Ryzen Threadripper 3000 para entusiastas (TR4) e os chips Epic “Rome” para servidores (SP3). 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Atretador @brender

 

Eu ainda acho que a AMD vai usar CCX com 4C e 8T só que na litografia 7nm eles vão poder colocar mais CCX no die dos AM4 ( talvez 3 CCX)e claro o barramento infinity fabric vai ganhar uma nova versão, talvez 2.0, com melhorias na velocidade a latência.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, OCCT disse:

@Atretador @brender

 

Eu ainda acho que a AMD vai usar CCX com 4C e 8T só que na litografia 7nm eles vão poder colocar mais CCX no die dos AM4 ( talvez 3 CCX)e claro o barramento infinity fabric vai ganhar uma nova versão, talvez 2.0, com melhorias na velocidade a latência.

Aumentaria a latencia entre-CCX, seria bem mais interessante ter +2C p/ CCX do que adicionar latencia aumentando a quantidade de CCXs, por isso que um R7 AM4 bate um TR 8C\16T no mesmo clock, latencia

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 20/07/2018 às 22:09, brender disse:

Notícia com mais detalhes sobre os RYZEN 16 core / 32 threads

 

As CPUs de desktop Ryzen da AMD para 2019 podem dobrar a contagem do núcleo

 

 

 

Resumo da notícia:

 

Mas a grande novidade aqui é que a AMD já finalizou seu design Zen 2 para suportar até 16 núcleos no mercado convencional (AM4), até 32 núcleos no mercado de entusiastas de alta qualidade (TR4) e até 64 núcleos no mercado. mercado de servidores (SP3). 

 

Os rumores se aprofundam um pouco mais no nível técnico, informando que a AMD finalizou dois projetos do Zen 2. Ambos dependem de como a AMD agrupa seus núcleos de processador no que é chamado de Core Complex, ou CCX, que compartilha o mesmo cache. O CCX é conectado usando o Infinity Fabric da AMD em um único chip.

 

Em um projeto do Zen 2, a AMD supostamente usa um CCX com seis núcleos e une dois CCX em um único chip, fornecendo uma contagem de núcleo máxima de 48 em um único processador. Em outro projeto Zen 2, a AMD usa um CCX com oito núcleos e une dois CCX em um único chip, fornecendo uma contagem máxima de 64 núcleos em um único processador.

 

Os processadores previstos para a chegada em 2019 serão a série Ryzen 3000 “Matisse” para desktop (AM4), a série “Castle Peak” da Ryzen Threadripper 3000 para entusiastas (TR4) e os chips Epic “Rome” para servidores (SP3). 

Boa notícia,  o de 32 núcleos para Am4 me interessa muito. 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
18 horas atrás, yom disse:

Boa notícia,  o de 32 núcleos para Am4 me interessa muito. 

Meu cunhado já ficou animado com essa noticia, ele trabalha com o PC.

Ele pegou o 1700 ano passado e aumentou muito a produção, ao ponto de largar o trabalho e trabalhar em casa de freelas...

  • Curtir 2
  • Amei 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
13 horas atrás, Pietro Luigi disse:

Meu cunhado já ficou animado com essa noticia, ele trabalha com o PC.

Ele pegou o 1700 ano passado e aumentou muito a produção, ao ponto de largar o trabalho e trabalhar em casa de freelas...

Estou querendo colega o Threadripper 2990x 32/64. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não se animem muito para este processador 16/32 em soquete AM4.

 

Eu acho que não vem tão cedo.

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu chuto vir no máximo 12/24.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Essas B450 estão turbinadas de Power Phases

 

Suspeito...

 

AMD Board Partners Introduce Budget-Friendly B450 Motherboards – Full Lineup From ASUS, ASRock, MSI, Gigabyte Round Up

 

https://wccftech.com/amd-b450-motherboards-official-launch-msi-asus-asrock-gigabyte-roundup/

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
13 horas atrás, Evandro disse:

Na amazom o 1920X chegou a vender por menos de 300U$. 

 

Mercado BR nada de vermos algo assim xD

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
27 minutos atrás, Atretador disse:

Na amazom o 1920X chegou a vender por menos de 300U$. 

 

Mercado BR nada de vermos algo assim xD

 

Aqui a gasolina sobre no dia do aumento0 na refinaria, mas pra cair o preço, só semanas depois..

 

Neste caso, as lojas os tem em estoque, por isso demora.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×