×
Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Por que usuários defendem marcas?


Posts recomendados

5 horas atrás, Cícero Rodrigues disse:

Já eu prefiro as análises do clubedohardware por ser super completo e objetivo, ao meu ver as melhores que encontro, mas não é por isso que deixarei de ver conteúdo criado por outras pessoas. Aproveitando a oportunidade, o Rafael vai postar alguma análise de algum ryzen?

Uma vez o Gabriel escreveu (não me lembro exatamente das palavras) de que gostava de fazer o máximo com o mínimo, quer dizer, em vez de pegar um processador top dos top e ficar sobrando, usar um modelo mais modesto mas extrair o máximo possível dele; essa premissa que permeia as análises do CDH tem muito mais a ver com a minha realidade.

adicionado 4 minutos depois
20 minutos atrás, Internet disse:
 

Errrrr... A maior parte das fontes bomba testadas eram compradas pelo próprio CdH.

 

Lembro-me bem de que quando o CDH foi cobrado por não fazer mais análise das fontes, não sei se o Gabriel ou o Rafael respondeu que não estavam mais recebendo fontes para teste e que não podiam mais arcar com a compra de fontes para teste. Então, temos meia verdade para cada um, sem errrrrr...

  • Curtir 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

4 minutos atrás, Staionof disse:

 

Lembro-me bem de que quando o CDH foi cobrado por não fazer mais análise das fontes, não sei se o Gabriel ou o Rafael respondeu que não estavam mais recebendo fontes para teste e que não podiam mais arcar com a compra de fontes para teste. Então, temos meia verdade para cada um, sem errrrrr...

 

O que ocorria é que o testador de carga ficava lá nos EUA. As fontes eram compradas aqui no Brasil e depois enviavam para os EUA. Só que em 2013 o Gabriel se mudou para a Austrália, e aí não tinha mais como continuar com os testes, já que o testador ficou nos EUA. Depois de uma novela aí, ele até conseguiu pegar o testador de volta.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

15 horas atrás, GabrielLP14 disse:

@Gabriel Torres excelente vídeo, que relata a verdade, antigamente eu era "paga-pau" da gigabyte, más hoje ao invés disso não defendo tanto assim, porém é com orgulho que digo que é minha marca favorita de placas de vídeo e de placas mães e sempre será minha primeira escolha ao comprar algum produto novo, como as GTX 1080TI que sairão em breve.

PS: Caiu bem este poster do estádio de futebol hahah define bem esta rivalidade de marcas hahaha.

Eu fico doente quando falam mal de uma marca que eu gosto, concordo, e tenho uma marca favorita

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

4 horas atrás, Kyo Demoniaco disse:

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...brasileiro é realmente um povo muito do ignorante e sem noção mesmo! 

Isso é coisa do ser humano de forma geral, não exclusividade nossa.. Só ver o aconteceu após o lançamento dos reviews do Ryzen.. De ataques à credibilidade dos sites, até ameaças de morte.. Tudo isso, por um pedaço de silício..

 

 

Alias, ótimo vídeo do @Gabriel Torres...

  • Curtir 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@hb2016 haha verdade, eu não acho nenhuma marca "lixo"(dessas da de boa qualidade), tipo asrock, msi, porém tem produtos ruins, como a gigabyte em si más eu tenho uma confiança maior na gigabyte pessoalmente, já conheci gente que trabalha lá, e são super gente boa.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

3 horas atrás, RS Faria disse:

Isso é coisa do ser humano de forma geral, não exclusividade nossa.. Só ver o aconteceu após o lançamento dos reviews do Ryzen.. De ataques à credibilidade dos sites, até ameaças de morte.. Tudo isso, por um pedaço de silício..

 

 

Alias, ótimo vídeo do @Gabriel Torres...

Mas é o brasileiro que tem mania de dar pitaco no que não entende nada. O Gabriel analisou os dados e chegou numa conclusão. As criaturas não leram o artigo, não verificaram as fontes e vêm dizer que ele estava errado, que "se vendeu". Não suporto gente desinformada pagando de entendida.

  • Curtir 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Administrador
13 horas atrás, Staionof disse:

Algumas pessoas assistem o vídeo e não percebem que se encaixam em determinado viés.

 

É o viés do ponto cego que explico no vídeo :D As pessoas acham que são menos parciais do que as demais.

 

13 horas atrás, Anderson K disse:

Esses dias vi uma notícia de um site que obrigava o usuário a responder perguntas antes de comentar pra ver se entendeu a matéria, talvez um sistema parecido seria muito bem vindo na BrazilLand!

 

Nós vimos também isso, inclusive eu, o @Evandro e o @Rafael Coelho conversamos sobre isso, como é uma ideia sensacional, mas que nunca funcionaria no Brasil! :D

 

11 horas atrás, Staionof disse:

Mas as análises de Fonte acabaram por que as empresas deixaram de enviar fontes com medo do selo de produto bomba.

 

9 horas atrás, Internet disse:

Errrrr... A maior parte das fontes bomba testadas eram compradas pelo próprio CdH.

9 horas atrás, Staionof disse:

Lembro-me bem de que quando o CDH foi cobrado por não fazer mais análise das fontes, não sei se o Gabriel ou o Rafael respondeu que não estavam mais recebendo fontes para teste e que não podiam mais arcar com a compra de fontes para teste. Então, temos meia verdade para cada um, sem errrrrr...

 

8 horas atrás, Internet disse:

O que ocorria é que o testador de carga ficava lá nos EUA. As fontes eram compradas aqui no Brasil e depois enviavam para os EUA. Só que em 2013 o Gabriel se mudou para a Austrália, e aí não tinha mais como continuar com os testes, já que o testador ficou nos EUA. Depois de uma novela aí, ele até conseguiu pegar o testador de volta.

 

Hehehe vocês todos estão certos, mas é claro que a questão é bem mais complexa. O testador já está comigo na Austrália, mas o que acontece é que testar uma fonte dá um trabalho descomunal e os fabricantes não querem gastar dinheiro anunciando conosco. Na época em que morava nos EUA, o faturamento do CDH estava em seu pico máximo, dado ao boom das commodities e o Brasil ser "a bola da vez" e muito dinheiro entrando no Brasil, e com isso muito dinheiro estava sendo direcionado ao mercado publicitário.

 

Desde então, esse fluxo de dinheiro despencou, e com isso, o nosso faturamento hoje é apenas 25% do que costumava ser naqueles anos.

 

Eu tinha um ajudante no escritório que coletava os dados, dessoldava as peças e tirava e editava as fotos, assim eu "apenas" escrevia a análise. Hoje não temos como arcar com um ajudante. Com isso, eu teria de pessoalmente fazer isso, que é coisa para dois dias de trabalho intenso, sem remuneração, pois os fabricantes de fontes não querem anunciar conosco. Só querem divulgar produtos conosco se for de graça. E que na verdade não é de graça, pois temos de arcar com o tempo e custo (tempo é dinheiro, os equipamentos custaram dinheiro, etc.).

 

(Tem também o fato que na época, além do CDH, eu publicava as análises no Hardware Secrets, meu site americano, então com apenas um trabalho eu tinha conteúdo para dois sites, o que diluia os custos. Eu vendi o Hardware Secrets em julho de 2015.)

 

No caso das fontes até R$ 100 eu realmente comprava por conta própria, mas como disse, naquela época tínhamos dinheiro para isso. O dia em que o faturamento melhorar, talvez a gente volte a testar fontes, mas no momento não há uma boa relação custo/benefício (do nosso ponto de vista, como empresários) para executarmos estas análises. Espero que compreendam. Prefiro usar meu tempo em atividade diretamente remunerada, como estou no momento preparando meus cursos virtuais. Creio que este projeto de cursos aumentará nosso faturamento e nos colocará novamente em uma posição que voltaremos a ter verba para comprar peças para análises. Vamos ver.

 

Desculpe-me pelo longo texto, mas como vocês perguntaram... :D Fico inclusive feliz que vocês se interessem nessas informações de bastidores.

 

Abraços!

 

 

  • Curtir 4
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Isso depende mais de um modelo específico de uma certa marca do que uma tal marca em si,  tudo bem que tem certas marcas que so fazem produtos bomba, mas empresas que fabricam de td um pouco como , gigabyte ,xfx, evga, asus, kingston , gskill, corsair, etc..... , tem produtos deles que é uma porcaria e também tem produtos deles, que é muito bom, depende sim do modelo específico e não da marca em si.

  • Curtir 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Excelente matéria, Gabriel! Tenho, às vezes, questionamento em fóruns de hardware que participo, em que o criador do tópico quer um determinado componente por um valor máximo. Aí eu posto links de produtos que "cabem no seu bolso". Alguns membros me criticam porque eu estou indicando um produto com limitações (como um futuro upgrade) ou que a marca X é melhor do a marca Y. Acho que nem todos podem comprar o melhor hardware do momento e sim, o que o seu dinheiro pode comprar. Ex: um FX-6300 ou um FX-300 roda todos os games atuais; claro que depende de uma VGA média com 4 GB de VRAM e 8 GB de memória RAM . Se a pessoa não tem dinheiro para adquirir um Core i5 ou um Core i7, a linha FX da AMD é uma opção para montar um PC "mais em conta". Mas sempre tem um que critica, acha que não seria uma boa ideia. Mas se a pessoa não dispõe de um PC top, não podemos indicar um que não poderá pagar.

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

4 horas atrás, Ricardo RRY disse:

Isso depende mais de um modelo específico de uma certa marca do que uma tal marca em si,  tudo bem que tem certas marcas que so fazem produtos bomba, mas empresas que fabricam de td um pouco como , gigabyte ,xfx, evga, asus, kingston , gskill, corsair, etc..... , tem produtos deles que é uma porcaria e também tem produtos deles, que é muito bom, depende sim do modelo específico e não da marca em si.

 

Mas aí você esbarra na inconveniência de não poder simplificar por marca, e na preguiça também. É muito mais simples conceituar por marca (infelizmente).

  • Curtir 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

6 horas atrás, Ricardo RRY disse:

Isso depende mais de um modelo específico de uma certa marca do que uma tal marca em si,  tudo bem que tem certas marcas que so fazem produtos bomba, mas empresas que fabricam de td um pouco como , gigabyte ,xfx, evga, asus, kingston , gskill, corsair, etc..... , tem produtos deles que é uma porcaria e também tem produtos deles, que é muito bom, depende sim do modelo específico e não da marca em si.

 

1 hora atrás, Internet disse:

 

Mas aí você esbarra na inconveniência de não poder simplificar por marca, e na preguiça também. É muito mais simples conceituar por marca (infelizmente).

 

Justamente nesse ponto que fico triste da vida de ter tão pouca gente que faz análise de pcb no Brasil. Depois de ver o que determinada linha/geração oferece é justamente a qualidade do produto que vai definir o que vale a pena comprar e o que não vale. Todas as marcas volta e meia lançam linhas bem porcarias com materiais de péssima qualidade pra capitalizar uma boa grana.  Muito comum em placa-mãe, placa de vídeo e fontes. Só lembrar o tanto de caso de fontes que tinham modelos bons e depois de um tempo tem seus componentes alterados pra baratear a produção enquanto aumentam o preço  de venda por conta dos modelos de referencia são bem recomendados.

 

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Em 07/03/2017 às 07:02, Gabriel Braga disse:

O bom é que sempre tem gente que sabe discutir numa boa , sabe dizer o porque produto x é melhor que produto y perfeitamente e aqueles que preferem tal marca porque a mesma nunca deu problema com ele e tal , nada contra gente assim ... 

Porém aqui no Brasilsão da massa a maioria é leigo , da geração leite com pera ou  Maria vai com as outras que vêem 1 videozinho no Youtube de algum teste qualquer e daí começa a espalhar que processador ou vga é lixo e blablabla ;

daí você pergunta o porquê e eles não tem justificativa algum , é igual o outro artigo  do pessoal que diz que AMD esquenta demais e por aí vai ...

Baah e tem também as crianças da nova geração que passam o dia todo falando sobre i7 6950x mimimi e que em casa não tem nem um i3 ...

È igual o Forum Adrenaline que tem sua credibilidade mas baba ovo de Intel & Nvidia que até doi ,  belo exemplo é o tal careca dos ' 20 FPS Fluidos ' :lol:

 

Isso é verdade, até hoje eu fico zoando o Gargamel nos comentarios la do Adrenaline por causa daqueles 14fps quase jogáveis.

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Eu discordo de alguns argumentos utilizados... e o apelo a psicologia nem era necessário, porque a coisa, aqui, é mais simples.  A questão é mais financeira, ganhando salários bem ruins e com uma vida cheia de privações, o brasileiro quer ter algo para mostrar, para exibir para os amigos, por isso tu vê neguinho dividindo aquele iphone de última geração em 24x ou até, acredite,  em 36x!!!! Neste mundo de cão, a felicidade do brasileiro é construída à base de pequenas coisas como essas... no brasil, na maioria das vezes, o gasto com equipamento tecnológicos é bem alto e ele precisa ser justificado... por isso, o fervor ao defender esta ou aquela marca, pois é defender a nossa escolha e é, também, defender até onde nosso poder aquisitivo alcança. As crianças que não vivem mais a realidade brasileira e estão do outro lado do mundo, parecem ter se esquecido de como é a vida aqui. Nos EUA, na Austrália, na Alemanha, esse fervor pelas marcas é muito menor, porque o cidadão desses países conseguem trocar ou comprar máquinas e/ou equipamentos tecnológicos de 6 em 6 meses e, pra alguns de lá, esse tempo pode ser ainda menor. E nós? Trocamos de computador, por exemplo, de quanto em quanto tempo? 3, 5 ou 10 anos? 

 

No Brasil, enquanto  subempregos, salários ruins e uma vida precária, sempre haverá aqueles para defender, com todo fervor, essas pequenas alegrias.

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP
1 hora atrás, Paulo A Almeida disse:

A questão é mais financeira, ganhando salários bem ruins e com uma vida cheia de privações, o brasileiro quer ter algo para mostrar, para exibir para os amigos, por isso tu vê neguinho dividindo aquele iphone de última geração em 24x ou até, acredite,  em 36x!!!!

 

Isso é consumismo puro e simples, por pura falte de educação financeira e egos frágeis.

 

Eu até entendo em parte o "fãboyzismo" de marcas por sua qualidade ou outra característica (como usabilidade, características de projeto..), agora defender só por dar mais status é bem pior, e não foi deste tipo de coisa que o GT falou no artigo.

  • Curtir 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

2 horas atrás, Evandro disse:

 

Isso é consumismo puro e simples, por pura falte de educação financeira e egos frágeis.

 

Eu até entendo em parte o "fãboyzismo" de marcas por sua qualidade ou outra característica (como usabilidade, características de projeto..), agora defender só por dar mais status é bem pior, e não foi deste tipo de coisa que o GT falou no artigo.

 

Mas quem disse que eu falei que ele falou isto? Eu só disse que eu não concordo, totalmente, com ele  e que ele não falou o verdadeiro problema. A questão é financeira mesmo. Só isso, e não venha com esse papinho de comunista do inferno: "ohhh consumismo, etc, etc".

Vivemos no capitalismo e o consumo faz parte dele. Eu quero consumir. Pobreza de espírito? *****, eu quero como muitos querem, dizer que aquilo que eu compro é o melhor... a conquista daquilo foi a duras penas, com muito suor, uma quantidade absurda de horas de trabalho... 

 

Ego frágil? Educação financeira? Quero conhecer alguém quem tenha feito educação financeira juntar dinheiro pra comprar uma simples gtx 1070 em menos de 1 ano de trabalho com esse salário brasileiro de merd...!  kkk...

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP
11 horas atrás, Paulo A Almeida disse:

Mas quem disse que eu falei que ele falou isto?

 

Você falou disso, não ele.

E quem disse que eu falei de pobreza de espírito?

 

11 horas atrás, Paulo A Almeida disse:

A questão é financeira mesmo.

 

Então a pessoa defende a marca, puramente por questão financeira?

 

11 horas atrás, Paulo A Almeida disse:

e não venha com esse papinho de comunista do inferno: "ohhh consumismo, etc, etc".

 

Criticar o consumismo agora é papo de comunista?

Bela análise rasa da situação.

Ao discordar, você acabou de confirmar o artigo, só que ao invés de marca foi no viés de confirmação ideológico. ;)

Eu não critiquei nem você e nem você ser capitalista (nem o capitalismo em si), e sim o consumo de bens para manter status social.

 

11 horas atrás, Paulo A Almeida disse:

Vivemos no capitalismo e o consumo faz parte dele.

 

Disse bem, o consumo, não consumismo.

 

11 horas atrás, Paulo A Almeida disse:

Eu quero consumir.

 

Direito seu, afinal, ainda estamos numa democracia, e você faz o que bem entender com seu dinheiro e sua vida.

Exatamente por estarmos numa democracia é que podemos (e devemos) discordar.

 

11 horas atrás, Paulo A Almeida disse:

*****, eu quero como muitos querem, dizer que aquilo que eu compro é o melhor.

 

Bem definido, você quer dizer que o que você comprou é o melhor, independente de ser ou não, e é justamente disso que o artigo fala. ;)

 

11 horas atrás, Paulo A Almeida disse:

Ego frágil?

 

Sim, quando a pessoa se resume àquilo que ela tem ou pode comprar, e não por aquilo que ela é ou fez (a diferença entre ser, ter e fazer, que o Gabriel aborda no livro dele "Os Mitos do Dinheiro"), se ela perde seus bens, ela se perde. Se ela se sente diminuída por alguém ter algo melhor que ela, vive na constante busca por algo vazio, não consigo achar outra definição a não ser ego frágil.

 

11 horas atrás, Paulo A Almeida disse:

Educação financeira?

 

Sim, viver numa situação miserável, mas ter um áifone, como você mesmo citou (parcelado em 36x) é não saber como gastar seu dinheiro.

 

11 horas atrás, Paulo A Almeida disse:

Quero conhecer alguém quem tenha feito educação financeira juntar dinheiro pra comprar uma simples gtx 1070 em menos de 1 ano de trabalho com esse salário brasileiro de merd...!  kkk...

 

Em 4 meses ele compra, só com o salário mínimo.

Já como ele vai viver nos 4 meses, aí não é comigo. :D

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Administrador
14 horas atrás, Paulo A Almeida disse:

o brasileiro quer ter algo para mostrar, para exibir para os amigos

 

Alguém já havia sugerido para eu fazer um vídeo falando sobre isso, e esta sugestão está anotada. Como o Evandro falou, o enfoque do editorial foi outro, mas seus comentários são extremamente válidos. Abraços.

 

@Evandro @Paulo A Almeida calma, amigo... amigo... amigo... kkk não precisam sair no tapa por causa de opiniões... kkk

  • Curtir 4
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

17 horas atrás, Gabriel Torres disse:

 

Alguém já havia sugerido para eu fazer um vídeo falando sobre isso, e esta sugestão está anotada. Como o Evandro falou, o enfoque do editorial foi outro, mas seus comentários são extremamente válidos. Abraços.

 

@Evandro @Paulo A Almeida calma, amigo... amigo... amigo... kkk não precisam sair no tapa por causa de opiniões... kkk

 

Ansioso por esse vídeo.

adicionado 6 minutos depois

Eu nunca entendi esse fanboyismo por placas de vídeo e CPUS, são peças de hardware que você pode trocar normalmente no seu gabinete, você não precisa ficar com elas presas no seu PC pela eternidade. Fanboy de consoles até é justificável ainda mais levando em consideração a idade dos consolistas mas fanboyismo em hardware de PC não faz sentido.

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Conceituando de forma mais ampla, deve-se observar um detalhe na questão proposta:

 

Atualmente temos no mercado mais opções de marcas., principalmente com a expansão do mercado chinês e a corrida dos outros mercados para não perderem espaço. Não sou fanboy de nada., mas claro que, há produtos ( de informática, eletrodomésticos, alimentares..... enfim) cuja qualidade se destacam mais.

 

Exemplo: quando se fala em disco(hd) duas marcas que surgem são: Western Digital e Seagate....  - sempre gostei da WD., não por ser fanboy...mas pela qualidade e pelo crescimento/investimento da empresa.  - mas não quer dizer que não usaria um da Seagate ou de outra marca. B)

 

Nos últimos anos levei um baita prejuízo ao investir em dois produtos de marcas menos conceituadas: um purificador de água da marca Polar..... e um dispositivo DVR da marca Neocam.  - motivo: pós venda... suporte técnico deficiente. ( apenas como exemplo)

 

Resumindo: a questão não é ser fanboy ou não., mas qual o grau de confiabilidade que determinado produto oferece... ( muitas vezes o barato pode sair caro.....:bandeira: )

 

 

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Administrador
11 horas atrás, Black Fox disse:

Resumindo: a questão não é ser fanboy ou não., mas qual o grau de confiabilidade que determinado produto oferece

 

Eu fiz o vídeo pensando mais nos fanatismos tipo AMD vs. Intel e NVIDIA vs. AMD.

  • Curtir 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

6 minutos atrás, Gabriel Torres disse:

Eu fiz o vídeo pensando mais nos fanatismos tipo AMD vs. Intel e NVIDIA vs. AMD.

 

 Sim., eu captei o foco do vídeo e nesse caso é burríce., pois em tecnologia  o que é bom hoje pode não ser amanhã., fora que de repente uma empresa vai e faz parceria ou mesmo compra a outra. :wiggle:

Todos tem seus pontos fortes e fracos....

 Igual Linux x Windows -  atualmente utilizo apenas Linux., não que considere o Windows ruim., mas simplesmente pelo fato de não querer mais usar sistema piratex.

 

@Gabriel Torres

 

- O único que ganha em percentual de fanboys é a Netflix quando comparado à tv aberta :D

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 3 anos depois...

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisa ser um usuário para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Curso de Hacker Ético

LANÇAMENTO!

CLIQUE AQUI E CONFIRA!

* Este curso não é ministrado pela equipe do Clube do Hardware.