Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  
N0625

Atualização De Bios: Dicas E Mandamentos

Recommended Posts

Fala, galera!

Tenho visto a quantidade de tópicos relatando dúvidas sobre atualização do BIOS.

O grande temor que ronda a operação acaba afugentando muitos usuários. Na verdade temos que afugentar a falta de informação em torno da operação de atualização, mas isso fica para outro tópico.

Atualizar o BIOS é tão simples quanto instalar o Windows ou atualizar drivers de dispositivos. O que ocorre é o fato de um erro no procedimento de atualização acarreta na inutilização da placa-mãe, que só poderá ser recuperada em oficinas especializadas ou através do recurso de boot-block.

Por este motivo eu estou postando minhas dicas e experiências pessoais de como ter uma operação deste porte BEM-SUCEDIDA!

Dicas para uma operação bem sucedida:

1. Se você não tem experiência ou não se sente seguro, recomendo ENFATICAMENTE a procurar ajuda a uma pessoa acostumada e apta para realizar esta operação.

2. Atualize o BIOS só se for muito necessário. Por exemplo: saiu uma atualização do BIOS para uma determinada placa-mãe poder reconhecer os Athlon XP até 2500+. Se você não cogita ter um processador mais veloz no momento, deixe a atualização para o momento em que você já possuir o processador. Quem sabe, até lá surja uma nova atualização. Aí se mata dois coelhos com um só golpe.

3. Caso haja realmente a necessidade em atualizar o BIOS, antes de mais nada procure em publicações especializadas sobre o assunto, assim como em fóruns de informática ou ajuda de pessoa especializada. Nesta área do FCdH tem um tópico de destaque falando sobre este assunto.

4. Faça o download do arquivo de BIOS e do programa de Flash do site do fabricante da placa-mãe. Atente a detalhes como modelo e revisão do PCB. Dica importantíssima (1).

5. Com as informações corretas e os arquivos necessários em mãos, prepare todo o ambiente adequado para a operação. Novamente veja o link da atualização para se certificar de como preparar este ambiente.

6. Se puder dispor de um no-break, vai ser de valiosa ajuda. Caso contrário, tudo o que você precisa, além de pedir a Deus para que não falte energia no momento crucial, é:

- se certificar que o estabilizador não esteja por perto, para evitar desligamentos acidentais.

- se certificar que o cabo de força esteja bem encaixado na fonte; que a tomada do cabo do computador esteja bem "plugada" no estabilizador, e a tomada deste último bem presa à tomada de força. - "Caramba, precisa deste ritual para uma simples operação de atualização?" - Alguém pode questionar. Todo cuidado é pouco, e depois aquele gatinho de estimação pode estar passando por trás da mesa do computador enquanto você está distraído na tela do PC, e todos nós sabemos que gatinhos ADORAM ficar puxando coisas... preciso dizer mais alguma coisa?

- se certificar que o compuatdor não vá travar na hora crucial. - "Mas como evitar isso?" Bem, memórias defeituosas provocam travamento até em MS-DOS (ambiente de operação da atualização). Aquecimento excessivo também provoca travamento do PC. Certifique-se que a memória esteja em bom estado e que o cooler do processador esteja com a sua rotação nominal. De preferência restaure as frequências e multiplicadores ao seu estado de fábrica. Isso mesmo! Um overclock pode causar uma rápida pane lógica nos subsistemas, que pode resultar em travamento. Quem faz overclock pode confirma o que digo.

(1) - Uma vez fui atualizar o BIOS da minha M810L v5.0, só que no site não me liguei no tocante à revisão e baixei a versão de BIOS referente a M810L v7.1.

Atualizei o BIOS. Por coincidência o flash que baixei é a versão 8 do AMINF. Os que eu estou habituado a usar são os AMINF33x. Estes últimos checam a versão do BIOS da placa e confere com o BIOS a ser atualizada e emitem uma mensagem de erro, mas dão a opção de continuar. Já a versão 8 simplesmente atualiza o BIOS com o arquivo sem checar sua validade. Ao reinicializar o computador, na tela de POST (sim, o PC iniciou normalmente!) vi informações que não tinha visto normalmente na tela. Ao entrar no setup alhgumas opções estavam trocadas, principalmente no menu CPU PNP, onde não dava para definir DRAM Clock, por exemplo, e estava apta a reconhecer os 1xxx +. O BIOS correto não permitia isto. Como fiquei com receio de algum valor inadequado estar sendo atribuído ao chipset, reverti o processo de atualização usando o BIOS correto e o AMINF33x. Pude constatar a verificação de validade do arquivo ao ver o programa invalidar o arquivo de bios a ser atualizado (na verdade o arquivo certo da placa-mãe) ao comparar com o arquivo atualmente no BIOS da placa-mãe (na verdade o BIOS errado para o modelo). Pelo menos não danificou a placa-mãe. Até que iniciei o Windows com o BIOS errado e funcionou corretamente. Mas preferi reverter o processo.

O que eu quis dizer com isso é que eu tive sorte. Por isso é crucial se certificar da revisão do PCB.

Não quero alarma-los, mas tenham em mente que, além dos fatores acima citados que podem resultar em falhas na operação, o que pode gerar estas falhas é a possibilidade do chip E²PROM (chip Flas-ROM) estar com defeitos físicos. É triste, mas pode acontecer. Mas não podemos pensar nisto na hora da atualizar o BIOS. Pense sempre positivo. Faça uma analogia à paquera: você não pode já ir pensando negativamente ao chegar perto da garota. Estou errado?

Aos marinheiros de primeira viagem em atualizações de BIOS, estão todas as informações para uma operação bem-sucedida. Infelizmente os problemas podem ocorrer. Ninguém está livre disso. Sempre tive êxito nas minhas operações de atualização, mas um dia pode falhar. Uma vez faltou energia uns 3 minutos depois de eu ter atualizado o BIOS da minha M810L. Pode-se dizer que neste dia cag*** 1 KG certinho, desculpem a expressão.

Perder uma placa-mãe por causa de falhas na atualização de BIOS pode ser traumático, porém quando você supera os quase 15 segundos da operação, quando se é iniciante no assunto, é como se você tivesse acabado de conquistar a garota dos seus sonhos, seja da faculdade, escola ou trabalho.

Qualquer dúvida, estamos aí. Seja por este tópico, MP ou e-mail.

Até a próxima.

PCCARIOCADC

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tópico muito bom mesmo!!!

Atualização de bios é uma coisa meio que se errou se #$%@*!!!!

Vale destacar!!!!

Verifique se o disquete que tem as informações está bom. Porque já vi vários disquetes que acabaram de sair da caixa e ele está com bad blocks!!!

valeu

Leandro

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Postado Originalmente por dohko@13 ago 2004, 13:15

Tópico muito bom mesmo!!!

Atualização de bios é uma coisa meio que se errou se #$%@*!!!!

Vale destacar!!!!

Verifique se o disquete que tem as informações está bom. Porque já vi vários disquetes que acabaram de sair da caixa e ele está com bad blocks!!!

valeu

Leandro

Ótima lembrança!! :joia: Esqueci deste detalhe! Valeu mesmo!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Existem hoje várias placas-mãe nas quais a atualização da BIOS é feita por um programinha executável. Pelo que entendi este programa vai verificar a versão da BIOS instalada no micro e em seguida a versão mais nova disponível para o modelo de placa, sem que para isso seja necessário usar disquetes ou correr o risco de pegar a versão errada.

A minha dúvida é: Este método de atualização é melhor do que o por disquete ?

É mais confiável e seguro ?! Com certeza parece que é bem mais simples.

Se puderem me ajudar ficarei muito agradecido

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Postado Originalmente por Andrér M.@13 ago 2004, 15:48

Existem hoje várias placas-mãe nas quais a atualização da BIOS é feita por um programinha executável. Pelo que entendi este programa vai verificar a versão da BIOS instalada no micro e em seguida a versão mais nova disponível para o modelo de placa, sem que para isso seja necessário usar disquetes ou correr o risco de pegar a versão errada.

A minha dúvida é: Este método de atualização é melhor do que o por disquete ?

É mais confiável e seguro ?! Com certeza parece que é bem mais simples.

Se puderem me ajudar ficarei muito agradecido

Sem usar disquetes eu desconheço. O que mais se aproxima deste método é o modo aplicado pelas placas ASUS. Através de uma combinação de teclas na inicialização e um disquete contendo o arquivo do BIOS, a placa realiza o update do flash-rom.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Postado Originalmente por André Lemos@13 ago 2004, 17:40

Uma forma diferente que vi na minha MSI KT6V-LSR é o Live-update. É uma forma segura? Porquê inclusive ela é feita diretamente do windows...

A minha ECS L7VTA tem esta opção de atualização de BIOS via Windows. Realmente funciona (já empreguei este método), mas seguramente o modo via MS-DOS Puro é o mais recomendado. O Live-Update baixa o arquivo de BIOS para o modelo de placa-mãe e realiza o update. O arriscado deste procedimento é se o Windows por algum motivo travar ou rebootar. Se a atualização estiver sendo executada no momento do travamento o BIOS pode ser corrompido, e aí um abraço! Para recuperação só através de métodos como o boot-block ou hot-swap.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora
Entre para seguir isso  





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×