Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Danilo Peruzzi

Iluminação Led piscina

Recommended Posts

Olá, estou tentando adaptar leds a antigos refletores que utilizam lampadas dicroicas em uma piscina. A ideia é utilizar pastilhas led de 9w (350ma por cor) ou leds individuais de 3w (700ma cada) - 2 ou 3 leds de cada cor por refletor. O controlador seria esses para fita de leds RGB (controle por PWM) que já possuo. Minha dúvida está em como limitar a corrente dos leds. Para utilizar resistores, desperdiçaria muita energia, e teriam que ser de 5w principalmente se for utilizar os leds de 700ma. Será que esses drivers baseado no PT4115 poderiam se usados? ou por ser o controle PWM eles não funcionariam? Existe alguma outra opção?  

ESQUEMA.png

 

o Driver em questão seria algo desse tipo:

https://pt.aliexpress.com/item/20pcs-3X1W-LED-12V-MR16-driver-3-1W-for-MR16-lamp-cup-drive-3pcs-1W-LED/564171071.html?spm=2114.02010208.3.248.UilmwV&ws_ab_test=searchweb0_0,searchweb201602_3_10152_10065_10151_10068_10136_10137_10060_10155_10062_437_10154_10056_10055_10054_10059_303_100031_10099_10103_10102_10096_10052_10053_10142_10107_10050_10051_5030014_10173_10084_10083_10119_10080_10082_10081_10110_519_10111_10112_10113_10114_10182_10078_10079_10073_10123_10120_10189_142-10120,searchweb201603_13,ppcSwitch_5&btsid=26069095-24ce-4320-bd1d-64d9464ed235&algo_expid=3714edc2-b888-4c4f-b73e-71efdc88fc10-33&algo_pvid=3714edc2-b888-4c4f-b73e-71efdc88fc10

 

e o controlador

https://www.aliexpress.com/snapshot/0.html?orderId=83710118050502&productId=32797359857

 

Editado por Danilo Peruzzi

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vamos por partes:

-Controladores de fitas de led são de tensão constante, modulação por PWM. A limitação de corrente é feita por resistor ou transistor série incorporados na fita, o que dá na mesma em termos de eficiencia e aquecimento.

- Não se deve abrir a saida de um circuito indutivo, e os drives de corrente são indutivos.

- Controlar esses circuitos fazendo um PMW na alimentação deles na maioria os casos não é recomendado. Em muitos há um estresse nos instantes iniciais. É como dar um tapinha nas costas de um amigo. Um tapinha vai bem, 200 é inflamação garantida, 1000 mata o tecido e provoca gangrena.

- Ou tu achas um drive dimerizável ou terá que montar um. A maioria dos CIs de led possui entrada para comando PMW e alguns até comando analógico. Se pretende brincar com cores, serão 3 drives, mas tambem existem CIs especializados em leds RGB.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • O PT4115 possui essa entrada PWM, mas teria que implementar um controlador (com arduino por exemplo) e teria que passar mais fios (2 alimentação 12v e 3 para o controle RGB). Será que esse cabo carregando o sinal PWM de um arduino poderia ter um comprimento longo? em torno de 20 metros? 

    Das opções que encontrei no mercado (iluminação para piscina), todas muito caras, a grande maioria utiliza esses controladores de fitas de led. Só não sei como limitam a corrente dos leds, pois essa parte fica dentro do spot e não há nenhuma especificação. 

    No caso de optar pelo controlador de fitas de led: qual a vantagem dos transistores em relação aos resistores? O aquecimento é o mesmo mas e a corrente para os leds? Seria "mais constante" com transistores? Tens alguma sugestão de circuito?

     

    http://www.micro-bridge.com/data/CRpowtech/PT4115E.pdf

    Editado por Danilo Peruzzi

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Acabo de ler o datasheet do PT4115. É um bom circuito, vai resolver seu problema com excelente eficiencia. Quando disse que o controle por transistor aquecia igual a resistores, me referia a circuito linear. O PT4115 é controle chaveado, trabalha frio.

    Sobre o PWM, usar o 555 é bem mais simples e barato. Arduino somente se desejar fazer sequencias de cores automatizadas. Se ler com mais atenção o datasheet, vai ver que a intensidade da cor também pode ser ajustada de forma analógica. Aí o seu custo será de apenas 3 potenciometros e 3 resistores. No método analógico a tensão de controle irá variar de zero a 2,5V. Difícil dizer o comportamento em 20 metros, mas deverá ser tranquilo. o ambiente de uma piscina não costuma ser poluído de campos magnéticos. De qualquer forma, antes de implementar PWM, vale a pena tentar o analógico pelo baixo custo e simplicidade.

    Quando definir a quantidade de leds por cor que vai colocar em cada lampada, selecione uma fonte com pelo menos o dobro da tensão dos leds em série, respeitando o limite de 30V do PT4115. O circuito trabalhará melhor e a fiação será mais simples (menos corrente). Estou supondo que a fonte será única para todas as lampadas.

    Boa sorte, sua ideia tem tudo para dar certo.

     

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Crie uma conta ou entre para comentar

    Você precisar ser um membro para fazer um comentário






    Sobre o Clube do Hardware

    No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

    Direitos autorais

    Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

    ×