Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Andreas F Berendsen

Um dos primeiros Discos Rigidos para PC

Recommended Posts

MINISCRIBE 3085 MFM 5.25 HH ST412 / MFM = Modified Frequency Modulation / HH = Half-Height

 

Este disco tem a capacidade de...85MB ... Isto mesmo 85MegaBytes. Mas lembrem-se, isto foi na epoca que um computador tinha 64KB de memoria. 

 

Este disco necessita de uma controladora MFM para interface ST412.


 

IMG_4433.JPG

IMG_4434.JPG

IMG_4435.JPG

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Andreas F Berendsen Pela primeira vez vejo um hd de apenas 85MB, muito bom repassar essa informação, do primeiro hd de pc, pois nem todos sabem sobre o começo dos hds.

 

No quesito nem todos sabem do começo dos hds eu incluo meu pai que em 2014~2015 olhou um note em uma loja da cidade onde moro e ele disse que o not tinha 1gb de hd, ele sem entender teimou que era 1gb e não quis nem saber no que eu dizia.

 

Eu dizia não existe mais hds de 1gb, e ele tornava a voltar e dizer, mas eu vi hd de 1gb.

 

Bom isso é história passada.

 

Tenho guardado aqui comigo um hd de uns 3.5gb, ainda não mexi nele para ver se tem algum dado.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Elder Nauvirth eu tenho um monte de discos de 200MB ou mais. Estes discos mais antigos, de 80Mb, 60MB ou menos nao sao faceis de encontrar. Este HD veio junto com um micro com um 386DX-20 e uns 4MB de memoria RAM.

adicionado 7 minutos depois

Olha este outro disco que tenho.

é um [Micropolis 1598-15 SCSI-SE 5.25 FH (1.2GB)]

 

 

IMG_4474.jpg

IMG_4475.jpg

IMG_4476.jpg

IMG_4477.jpg

Editado por Andreas F Berendsen
  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
42 minutos atrás, Andreas F Berendsen disse:

 

IMG_4433.JPG

Essa tabela são todos os clusters e setores já pré-definidos? Desculpa a pergunta boba... Além disso essa controladora era já parte do HDD?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Esta tabela apresenta o BYTE inicial de um trilha em um cilindro com defeito. Estes discos, depois de montados, eram testados, um por um, pelo fabricante, que identificavam estes setores ruins. 

 

Nesta epoca, um disco rigido, tinha que ser formatado fisicamente. Esta formatacao na verdade so grava os DAM (Data Address Mark) em cada trilha, indicando onde os setores se inciavam. Obviamemnte que fazia um teste de superficie para confirmar que o DAM foi gravado. 

 

A controladora que coloquei foto foi comprada de um fornecedor qualquer. A interface, como na maioria dos HDDs para micros desta epoca, era ST412 (ST por que foi definida pela Seagate). 

 

Ao mesmo tempo, um outro padrão que comecou a ficar na moda foi o SCSI. Era mais caro porque o HDD tinha que ser inteligente. No padrão SCSI, o HDD apenas diz ao computador quantos setores ele tem. Nada de trilhas ou clusters. Desta forma, os discos SCSI já vinham formatados fisicamente da fabrica.

 

O padrão de discos SATA hoje em dia é o padrão SCSI com alguns comados retirados.

Editado por Andreas F Berendsen
  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Gabriel Torres  tem algum bigfoot aí?

 

Esses eram show... dava pra cobrir uma casa com alguns deles :D

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@ilkyest temho tres bigfoot comigo. Mais tarde vou procurar por eles e tiro uma foto.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu to usando alguns SCSI aqui em casa, kkkkkk... Alguém lembra deles? ATA 166. São ferozes, dá até pra esquentar os pés no inverno :lol::lol::lol:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O poadrao SATA nada mais é do que o padrão SCSI reduzido. Tanto que os discos com padrão SAS podem ser usados como SATA e vice-versa.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

sim... eu olhei um SAS, e até um NAS, mas "de$isti" da ideia... mas scsi estou usando, ainda, no pc... kkkkkkkk PCI-64bit, que funciona na 32

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

SAS e NAS sao coisas diferentes. 

SAS é um padrão de interface de comunicacao.

NAS é um dispositivo tecnologico para gerenciamento de espaco de dados.

 

Eis as fotos do meus Bigfoot

IMG_4502.jpg

IMG_4499.jpg

IMG_4500.jpg

IMG_4501.jpg

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
12 horas atrás, ilkyest disse:

tem algum bigfoot aí?

 

BigFoot é moderno, já era ATA/IDE. O que o Andreas e eu estamos discutindo é HD do padrão ST-412/ST-506, formato introduzido com o IBM PC XT em 1983.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Citação

ST-412/ST-50

eu já tive um hd destes. Tinha ele de peso de papel, até que um dia ele caiu no meu pé... momentos doídos aqueles. Eu não lembro, porém, como eu tinha ele..... se ganhei, ou se era de um colega meu que deixou lá em casa pra estudar... não lembro.

 

não era o mesmo padrão de disquettes usado no msx? eu lembro que era um cartucho adaptador, mas não lembro qual a interface/barramento! Eu tinha um driver 5 1/4 da microsol tecnologia

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@ilkyest Creio que voce esta confundindo as coisas. O discos rigidos tinham todos os mesmo formato. A unica coisa que mudava era a interface de comunicacao. é importante notar que uma 'Interface' é composta do conector fisico, do protocolo de sinalizacao e do protocolo de comunicacao. O tamanho do disco rigido, para micro-computadores, nao esta associado ao tipo da interface.

 

E nao, esta interface nao era usada no MSX.

 

Uma otima explicacao pode ser encontrada aqui: https://sites.google.com/site/afberendsen/kb/ta/ta6

adicionado 38 minutos depois

Este aqui, por exemplo, é um Seagate ST-225, com 21MB de capacidade! A interface é ST-412.
Este disco ainda funciona. Testei no meu XT e deu tudo certo

IMG_4511.JPG

Editado por Andreas F Berendsen
  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

sim.. sim.. lembrei. Eu tinha um colega que tinha esses sebos aí... esse hd tinha de ter placa controladora externa...agora lembrei... 

 

Bacana.. e pensar que, ainda se usa (claro, com outra tecnologia) fita DAT.... 

 

Esses hds aqueciam muito?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Nao, estes HDDs nao aqueciam quase nada. Eram grandes pois a tecnologia ainda estava comecando. 

 

As MoBos com 8086, 80186, 80286 e 80386 nao tinham controladoras de disco rigido incluidas. Todos os HDs, mesmo IDE, necessitavam de uma placa controaldora externa, muito provavelmente com interface ISA8 ou ISA16.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×