Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Evandro

Intel Coffee Lake - Oitava e Nona geração - Pós-Lançamento

Posts recomendados

Pessoas, prosseguindo o seguinte tópico:

 

 

Aqui os testes, listados pelo @Contiusa, ao qual tem meu enorme obrigado pela lista dos testes dos primeiros Core i5 e i7 postada aqui:

 

 

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Estou achando estranho o i5-8600K empatar e muitas vezes ficar atrás do i7-7700K em benches de computação (Cinebench, 7Zip, Blender, etc.).

 

http://wccftech.com/review/intel-core-i7-8700k-core-i5-8600k-core-i5-8400-cpu-review/

 

Será que os benches vão precisar de uma atualização (acho que é o único hexacore do mercado sem HT) ou é isso mesmo? Vi outros reviews com resultados semelhantes. Acho que o Hardcop estava coçando a cabeça achando que era algum problema do setup deles, mas parece que isso aí mesmo.

 

Ou então o Windows 10 não está sabendo lidar com os seis núcleos? Estranho.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

8700k promo

Já tem site com promoção, i7 8700k + Delid. É pra rir ou chorar? HAHAAHAHAH

  • Curtir 1
  • Haha 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
16 minutos atrás, Flávio Santana Lima disse:

8700k promo

Já tem site com promoção, i7 8700k + Delid. É pra rir ou chorar? HAHAAHAHAH

 

Não entendi a piada. Dá para elaborar?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
49 minutos atrás, Contiusa disse:

Estou achando estranho o i5-8600K empatar e muitas vezes ficar atrás do i7-7700K em benches de computação (Cinebench, 7Zip, Blender, etc.).

 

http://wccftech.com/review/intel-core-i7-8700k-core-i5-8600k-core-i5-8400-cpu-review/

 

Será que os benches vão precisar de uma atualização (acho que é o único hexacore do mercado sem HT) ou é isso mesmo? Vi outros reviews com resultados semelhantes. Acho que o Hardcop estava coçando a cabeça achando que era algum problema do setup deles, mas parece que isso aí mesmo.

 

Ou então o Windows 10 não está sabendo lidar com os seis núcleos? Estranho.

 

Talvez o rendimento de seis núcleos físicos seja similar ao de quatro físicos com oito virtuais, especialmente levando em consideração que o modelo da geração anterior tem clock mais alto. Mas sim, realmente é um pouco estranho.

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 minuto atrás, Pistigrilo disse:

 

Talvez o rendimento de seis núcleos físicos seja similar ao de quatro físicos com oito virtuais, especialmente levando em consideração que o modelo da geração anterior tem clock mais alto. Mas sim, realmente é um pouco estranho.

 

Pode ser também quer o mercado otimizou tanto para HT que o núcleo real perdeu importância para o thread. A AMD não lançou hexacore sem HT (não lembro o nome). Talvez seja por isso.

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 minuto atrás, Contiusa disse:

 

Pode ser também quer o mercado otimizou tanto para HT que o núcleo real perdeu importância para o thread. A AMD não lançou hexacore sem HT (não lembro o nome). Talvez seja por isso.

 

Eu acho que não é bem por aí, mas isso vai no "achômetro" mesmo. Ainda acho que esse "empate técnico" foi na "raça", ou seja, devido a diferença de clock. Pensa comigo: o Core i7-7700K têm menos cores, mas têm mais threads, tem menos turbo e menos cache, mas tem mais clock "normal". Essas diferenças aqui e ali acabaram culminando nessa performance similar. Mas bem, ver um Core i5 empatando com o Core i7 de apenas uma geração atrás não vejo como uma marca ruim. Faz tempo que a gente não vê isso na Intel.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
16 minutos atrás, Contiusa disse:

Não entendi a piada. Dá para elaborar?

 

Simplesmente, ter pacotes com Delid. E ser necessário Delid para conseguir mandar um OC no proc e não atingir 90 graus.

 

O processador é um monstro de 6 núcleos, mas isso é mancada demais.

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Pistigrilo a diferença não é tão grande. O i7-7700K bate nos 4.4Ghz nos 4 núcleos. O i5-8600K deve bater nos 4.1Ghz, talvez até mais. Mesmo que dê uma diferença de 300Mhz, é pouco. Sei lá, talvez o mercado comente alguma coisa nos próximos dias.

 

@Flávio Santana Lima honestamente, é a mesma coisa que você ter um sedan Peugeot e zoar com quem tem um Ford GT porque ele consome mais gasolina, isso e aquilo (e é mais caro). São dois perfis completamente diferentes. Aí fica parecendo coisa de fanboy :P 

 

Todo mundo já sabe o que cada CPU oferece. Você consegue imaginar o seu Ryzen 1700 a 5Ghz com 1.2V de core voltage? Impossível, não é? Já que você não está conseguindo passar de 3.9Ghz com 1.35V (e o seu chip antigo estava nos 1.45V, não é isso?) Aí eu pergunto: quem vai comprar o i7-8700K com delid para fazer um over acima de 5Ghz está preocupado com as suas preocupações de consumo e temperatura? Claro que não. Na verdade, essas pessoas estão achando graça do seu comentário :D.

 

Tem que ver o contexto.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
7 horas atrás, Contiusa disse:

 

@Flávio Santana Lima honestamente, é a mesma coisa que você ter um sedan Peugeot e zoar com quem tem um Ford GT porque ele consome mais gasolina, isso e aquilo (e é mais caro). São dois perfis completamente diferentes. Aí fica parecendo coisa de fanboy :P 

 

Todo mundo já sabe o que cada CPU oferece. Você consegue imaginar o seu Ryzen 1700 a 5Ghz com 1.2V de core voltage? Impossível, não é? Já que você não está conseguindo passar de 3.9Ghz com 1.35V (e o seu chip antigo estava nos 1.45V, não é isso?) Aí eu pergunto: quem vai comprar o i7-8700K com delid para fazer um over acima de 5Ghz está preocupado com as suas preocupações de consumo e temperatura? Claro que não. Na verdade, essas pessoas estão achando graça do seu comentário :D.

Não é contexto, é a situação, a intel simplesmente passa todo o "custo" a usuário, se ele quer fazer um OC pros 5GHz, que faça, mas precisa de um custom loop, e mesmo assim no 8700k/7700k vai ficar nos 85c por aí, nesse caso, tem que fazer delid, perder a "garantia" e abrir o processador para colocar ao menos uma pasta decente, que nisso já cai quase 20 graus em temps. 

 

7 horas atrás, Contiusa disse:

Aí eu pergunto: quem vai comprar o i7-8700K com delid para fazer um over acima de 5Ghz está preocupado com as suas preocupações de consumo e temperatura? Claro que não. Na verdade, essas pessoas estão achando graça do seu comentário :D.

"Consumo e temperatura", então isso só "preocupa" quando alguem vai escolher AMD? Não é questão de ser fanboy ou não, é só uma coisa, defender a intel não dá. Esse seu comentário da para espelhar com os que defendem a Apple. Vamos jogar dinheiro!!

 

O meu R7 1700, fica nos 3.9GHz em 1.36v, 8 cores no prime95, atingem 75 ~ 76 graus em um U12s. Um i7 com mesma tensão, em 1.36v alcança os 5GHz, e nisso, 4 cores no prime95 bate 90 graus sem delid. Nem aquela justificativa de que a solda influencia no clock cola, pois o clock é diretamente ligado a estrutura interna do transistor, a intel quis mesmo economizar, ela vende milhões de processadores, alguns dólares economizados em cada processador da uma pequena fortuna economizada, aí aumenta a margem de lucro e joga a bomba pro fã.

 

O que eu to falando aqui é sobre o lance de ainda colocar pasta térmica e não soldar, o 7700k fritou, a internet foi a loucura, porém a Intel nem ligou, continuo e colocou mais tim, pois sabe que quem for comprar, vai fazer delid. Ou seja, sabe que os fãs vão fazer isso, mesmo reclamando vão fazer, vão continuar comprando processador a cada ano. 

 

Não troco para Intel, reconheço essa geração muito boa, porém não o faço, não por achar que o meu R7 é o melhor do mundo, e sim pois as atitudes de mercado e de estagnação dos processadores, e o grande passo que a AMD deu no Ryzen, modulabilidade e atender todos os mercados com um desenho, me fez ir de AMD, não perco em nada em relação a um i7, gargalo nem nada, tenho um proc octacore e frio. 

 

Obs: Para agregar a esse tópico, vi hoje um 8700k chegando aos 5GHz nos 6 núcleos, e com WC nos 92 graus, ou seja, ele alcança os 5GHz, pois são 6 skylake++ cores, então é a mesma base do 6700k e 7700k. 

  • Curtir 1
  • Amei 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Flávio Santana Lima não entendi o seu argumento. Se a pessoa está em busca do máximo de FPS possível mas não está a fim de comprar um i7-8700K porque ele precisa fazer o delid para passar de 4.8Ghz, qual outra opção ele tem?

 

Não tem outra opção, não é? O outro segmento do mercado (AMD) sequer consegue overclocar acima do clock base de alguns processadores da Intel.

 

Pode escrever textão à vontade, mas no fim das contas se resume a um pequeno detalhe: a Intel overcloca além dos 5Ghz e é a melhor CPU para quem está em busca de FPS alto. Se quiser comprar, vai ter que abrir a carteira. Se está no orçamento, tem que escolher Ryzen, não tem saída.

 

Talvez em 2019-20 as coisas mudem. No momento, eu acho que é isso aí.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pelo visto o coffee-lake é só um skylake com 2 núcleos a mais, e pode até vir a ser mais interessante que os ryzen no futuro, mas ainda assim eu achei meio decepcionante pela falta de melhora em single-thread em relação a geração anterior.

 

 

1 hora atrás, Flávio Santana Lima disse:

Não é contexto, é a situação, a intel simplesmente passa todo o "custo" a usuário, se ele quer fazer um OC pros 5GHz, que faça, mas precisa de um custom loop, e mesmo assim no 8700k/7700k vai ficar nos 85c por aí, nesse caso, tem que fazer delid, perder a "garantia" e abrir o processador para colocar ao menos uma pasta decente, que nisso já cai quase 20 graus em temps.

 

O cara que fez o overclock do 8700k para 7.3 GHz diz no vídeo que a pasta dos coffee-lake é bem melhor que a da geração anterior, e que trocar a pasta resulta em queda de apenas 3 graus na temperatura.

  • Curtir 2
  • Amei 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

riPepperonis AVX512, parece que não é dessa vez...

 

Era para ter chegado nos Skylake, não veio. Tudo bem, talvez chegue no Kab... ah, pera, o Kaby é só um Skylake com OC. Bom, que seja, vamos dar esse passe livre. Pelo menos lançou no Skylake-X, então é certeza que vai lançar nos Coffee, né?

 

NÉ?????

 

 

.....

 

BibleThump.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Também acho que foi um lançamento meio sem graça. Esse hexacore já era para ter lançado há tempos. Aí tem o i5 que está suando a camisa para passar o i7-7700K... Acho que interessante mesmo é só o i7-8700K, que veio queimando a chapa (nos benches, não no IHS :P).

 

Escala de turbo dos Coffee Lake:

 

 

CFL_06.jpg

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
10 horas atrás, Contiusa disse:

Estou achando estranho o i5-8600K empatar e muitas vezes ficar atrás do i7-7700K em benches de computação (Cinebench, 7Zip, Blender, etc.).

 

http://wccftech.com/review/intel-core-i7-8700k-core-i5-8600k-core-i5-8400-cpu-review/

 

Será que os benches vão precisar de uma atualização (acho que é o único hexacore do mercado sem HT) ou é isso mesmo? Vi outros reviews com resultados semelhantes. Acho que o Hardcop estava coçando a cabeça achando que era algum problema do setup deles, mas parece que isso aí mesmo.

Núcleos físicos certamente fornecem muito mais desempenho do que núcleo virtual, e segundo o modo que tenho visto por aí, parece que na Intel cada núcleo criado pelo HT equivale em média 1/2 de um núcleo físico. No entanto, mesmo que digamos que um i7-7700K com 8 threads se equipara com um i5-8600K com 6 threads, não devemos esquecer que alguns programas priorizam mais a quantidade de threads do que a relação single/IPC (o que não faz muito sentido, mas é o que acontece se observar alguns casos...), o que pode causar esses benchs que o i5 fica atrás.
Me arrisco a dizer que dependendo do programa, a quantidade de threads criadas pelo HT mais pode significar uma espécie de folga ao núcleos físicos, o que consequentemente gera mais desempenho. Não sou entendido na parte teórica e da engenharia dos produtos, então tudo isto pode ser apenas baboseira da minha parte... Ou não, vai saber! :P
 

10 horas atrás, Contiusa disse:

Ou então o Windows 10 não está sabendo lidar com os seis núcleos? Estranho.

Esta mesma dúvida surgiu quando lançado o Ryzen, e segundo a AMD, não teve nenhum problema por parte do sistema operacional... Se está repetindo a história agora com a Intel, logo logo teremos a certeza disto. Outra coisa que possa estar com falta de otimização é o BIOS nas placas, já que é raro um processador sair do forno funcionando 100% sem ter que mexer neste dito cujo.

Sinceramente não gosto desses reviews apressados, mas enfim... O mínimo que pode acontecer daqui para frente é aumento de desempenho nem que seja pouco com algumas atualizações.

EDIT:
Agora fiquei muito confuso... Se fosse o i5-8600K até se podia entender, mas o i5-8400?
91828.jpg.19afa9728af2631cd3931e535bdb51b8.jpg91834.jpg.b9916c8a1b26b912442b9d65f0af6e2f.jpg91858.jpg.08f03d4254d04e08954b9b245c4a65f0.jpg

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
9 horas atrás, Contiusa disse:

Ou então o Windows 10 não está sabendo lidar com os seis núcleos? Estranho.

 

Ou seja, quase 1 década de otimização pra apenas p /dual/quad. Aquele patch que a Microsoft estava prometendo p/ resolver os supostos problemas dos Zen, agora vem, RAPIDINHO.

 

Quanto os Coffe, já sabíamos desde o anúncio que seria mais um "requentation" de arquitetura. Inegável que o processador é um excelente, IPC monstro aliado agora aliado a performance Multi. Não há o que discutir.

 

Infelizmente o que fica pra nós (esse 1% do mercado q se importa), são as patifarias que a Intel fez com seu público, já que sua meta não é fidelizar clientes mas sim oferecer o melhor produto do mercado p/ e ponto final, a massa compra, e continua comprando.

Ex.: Quantas vezes não vi nego trocar de Notebook porque estava lento, e o único problema era o cooler que tava ruim e ativava o throttling.

 

Eu costumo prezar pelo relacionamento que a marca constrói com seus clientes, mas no inicio do ano fui obrigado no up-grade a ir de Intel, não estava afim de apostar na AMD. 

 

 

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Enquanto não sairmos dos “Lake” sempre teremos mais do mesmo, mas incompatível com as placas da geração passada. Porém, devido à atual concorrência, agora temos a “novidade” de termos à disposição mais núcleos, mais threads e mais cache na plataforma mainstream. E é simplesmente isso o Coffee Lake. Nada mais.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
4 horas atrás, Lost Byte disse:

parece que na Intel cada núcleo criado pelo HT equivale em média 1/2 de um núcleo físico.

 

20 a 30% de ganho, em média, 50% só em alguns raros casos.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ruim para intel que um Ryzen 1600 e 1700 , são baratos e dão conta de todas necessidades , para construir um cpu bem melhor custaria muito atingindo um publico menor 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu acho que o grande revés desse lançamento foi o i5 com baixo desempenho (se isso não é erro de benches desatualizados). Porque do contrário eles estariam com um bom custo benefício, já que o i7-8700K está brigando com os R7 e tem a vantagem do IGP e do overclock.

 

Mas com o i5 "morto" (se bem que o preço manteve com dois núcleos a mais) e o i3 também sem HT, está arriscado de ficar um vão enorme no meio. Aí eles teriam que mudar toda a linha no Ice Lake.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante

Andei vendo alguns reviews aqui e estão bem diferentes nos jogos, alguns dizem que o 8700k está beem a cima do 7700k, outros dizem que estão empatados e algumas horas o 7700k até passa...

Alguém sabe direito como tá a situação? Tenho uma z270 e ia vender meu 6600k no final do ano e comprar um 7700k, mas vou esperar dependendo da situação. Uso só pra jogos e alguns programas de engenharia + programação... Sabem dizer se a diferença está muito grande? Se valer a pena, posso até pensar em vender minha mb+cpu e comprar um kit novo ou esperar um tempo pra fazer isso (ia comprar na black friday).Ou de repente até pegar um 8600k ao invés do 7700k, mas acho que isso não vale a pena né?

Meu medo é comprar CPU "defasada"; já que estamos em transição de resolução, queria uma cpu que durasse uns bons anos... Não sei quanto 4/8 aguenta.

Obrigado

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É um kabylake de 6 núcleos, não mudou nada mais do que isso! fala sério.. a grande mudança irá vir com o Cannon Lake.

 

Por dentro é o mesmo processador, parece que esticaram para adicionar mais 2 núcleos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Contiusa disse:

Eu acho que o grande revés desse lançamento foi o i5 com baixo desempenho (se isso não é erro de benches desatualizados). Porque do contrário eles estariam com um bom custo benefício, já que o i7-8700K está brigando com os R7 e tem a vantagem do IGP e do overclock.

 

Mas com o i5 "morto" (se bem que o preço manteve com dois núcleos a mais) e o i3 também sem HT, está arriscado de ficar um vão enorme no meio. Aí eles teriam que mudar toda a linha no Ice Lake.

 

Vai chegar uma hora que a Intel vai ter que fazer aquilo que eu falei no outro tópico:

 

- Core i7 8C/16T, para concorrer com o Ryzen 7 8C/16T;

- Core i5 6C/12T, para concorrer com o Ryzen 5 6C/12T;

- Core i3 4C/8T, para concorrer com os Ryzen 5 mais baratinhos de 4C/8T;

- Pentium 4C/4T, para concorrer com o Ryzen 3 4C/4T;

- Pentium 2C/4T, para concorrer com um possível futuro Athlon "Zen" 2C/4T;

- Celeron 2C/2T, para concorrer com um possível futuro Sempron "Zen" 2C/2T, no extremo baixo custo.

 

Isso que nem estou considerando as APUs, que estão por vir. E ficaria feio ela fazer isso no Coffee Lake, pois de repente um Core i7 de sétima geração estaria empatando com um i3 de oitava. Fora que nos 14nm talvez não seja tão viável fazer isso com a arquitetura atual da Intel. Vamos ver o que acontecerá nos próximos episódios.

 

P.S.: Aos desavisados, essas informações acima são apenas "achômetros" meus. Não possuem nada de concreto. Não é rumor nem nada. Só opinião mesmo.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O lance é que a Intel tem umas manias difíceis de acabar (como i5 sem HT e IHS com chiclete). Também acho que eles vão chamar o octacore de i9. Isso se lançar no Ice Lake, mas eu acho que eles vão ser forçados.

 

Mas se eles não conseguirem ganho nenhum de IPC com os 10nm, aí eles vão ter que lançar um i7 com oito núcleos, porque o i7-8700K vai comer poeira do Ryzen 2. E nem um octacore da Intel vai conseguir acompanhar o Ryzen 2 em stock.

 

Ou eles criam uma arquitetura diferente. Eu acredito que, com o dinheiro que eles fizeram na última década, eles já devem ter uma nova arquitetura no forno como plano B.

 

@TheSnow a sua CPU é recente. Eu só recomendo fazer upgrade quando o hardware começa a não dar conta. Se o seu estiver levando os jogos e os programas satisfatoriamente, melhor esperar o Ice Lake (Cannon Lake acho que é mobile e CPU de baixo TDP, como foram os Broadwell) ou um corte de preços em 2018. Mas se pintar uma promoção legal no Black Friday... 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
15 minutos atrás, Pistigrilo disse:

- Core i7 8C/16T, para concorrer com o Ryzen 7 8C/16T;

- Core i5 6C/12T, para concorrer com o Ryzen 5 6C/12T;

- Core i3 4C/8T, para concorrer com os Ryzen 5 mais baratinhos de 4C/8T;

- Pentium 4C/4T, para concorrer com o Ryzen 3 4C/4T;

- Pentium 2C/4T, para concorrer com um possível futuro Athlon "Zen" 2C/4T;

- Celeron 2C/2T, para concorrer com um possível futuro Sempron "Zen" 2C/2T, no extremo baixo custo.

 

Isso que nem estou considerando as APUs, que estão por vir.

 

Mas todos os processadores Intel acima, do Celeron 2C ao i7 8C, também são "APUs" pois já tem vídeo integrado.

É a AMD que está atrasada em colocar vídeo integrado em toda sua linha de processadores populares.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!