Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Evandro

Intel Coffee Lake - Pós-Lançamento

Recommended Posts

@OCCT Não se baseie no clock base, mesmo que a base seja 2.6Ghz, ele vai operar na casa dos 4Ghz all core no minimo.

 

E sendo uma amostra de engenharia, é cedo para saber o clock base real, deve vir 2H.

 

E o desempenho do 7820X não é la grande coisa, em multithreading ele perde para os Ryzen, em jogos perde para os Coffee Lake\Kabylake.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
55 minutos atrás, OCCT disse:

@Atretador

 

Clocks muito baixos variando entre 1.7ghz e 2.6ghz, desse jeito não bate nem i7 5960x e muito menos i7 7820x. Ainda não sei o motivo da Intel vai lançar um octa na plataforma mainstream inferior ao i7 8700k em single e multi-thread. 

O 1.7 só pode ser amostra de engenharia. Agora 2.6 base para um Octa 14nm Intel é factível se levar em consideração o 2.8 do 8400, mas ainda ta com cara de amostra de engenharia também.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Atretador

 

Não estou me baseando só pelo clock base, a questão é que o i7 7820x é o melhor octa da Intel, (os Ryzen nem comento, pois tem octas melhores e mais baratos)  usa a mesma litografia do suposto novo octa-core que é 14nm++ onde e o die do 7820x é bem maior, ele usando todos os núcleos alcança 4ghz all core e 4.3ghz 1 core, tecnicamente não dá para a Intel fazer algo igual ele ou melhor na mesma litografia em um die bem menor na mainstream mesmo que retirem o igpu, dá para eles fazerem um octa inferior em multithreading um i7 7820x e inferior em single ao i7 8700k , i5 8600k é aqui onde acho estranho, pois a Intel na linha mainstream sempre foca em aumentar clock para mais desempenho single, já que jogos rodam melhor em single e nessa plataforma estão presentes jogadores.

 

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@OCCT Só de trocar para ringbus, mesmo com 100~200Mhz a menos, ja seria melhor. Um 6900K ja é bem melhor que o 7820X, situação parecida do 6850K\5820K vs 7800X. Os SL-X são melhores em multithreading que eles, mas apanham no resto, e no multthreading que se destacam, perdem para os Ryzen.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Atretador

 

O i7 6900k é 14nm+ usa barramento Anel se não me falha a memória, vem com clock turbo usando 1 core 4ghz será se é possível na mainstream um octa 14nm++ pelo menos com esses clocks?  e não se esqueça que pelo histórico na linha mainstream, a Intel foca sempre em aumentar o clock dos processadores e/ou dar incrementos no ipc para terem mais desempenho single, mais desempenho em jogos, o estranho disso tudo é ela focar em um novo top de linha na mainstream com desempenho single inferior os tops as gerações anteriores e com certeza vai dar menos rendimento em jogos.

 

O barramento/arquitetura do i7 7820x(skylakex) é diferente de todo o restante da linha Intel Core, ambas usam nome Intel Core, mas são arquiteturas diferentes, li um artigo no tom's hardware onde foi uma resposta da Intel ao infinity fabric da AMD.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@OCCT Sim, mesh design é inferior a ringbuss até 10~12nucleos, depois disso é interessante.

 

Para ter single bom é só ele dar boost single para 4.7Ghz, mantendo os outros núcleos a 3.3~ ou algo do genero.

Os 6900K e etc, eram 14nm, baseados em Broardwell,  3 "incrementos" atrás, o próximo CPU da Intel vai ser 14nm+++++

4.5Ghz all core deve ser bem viável com um OC em mobos high end,  base deve ficar na casa dos 3.0Ghz ou abaixo para que eles possam por um TDP de 91~130W mas ele deve manter um turbo all-core na casa dos 4Ghz se não super aquecer

 

Se eu fosse chutar, seria 8C\16T 91\115W TDP, 2.6~3.1Ghz base, 4.6~4.8Ghz single-core e um 4,2Ghz all-core.

Com um consumo real com o all-core na casa dos 140~180W, 250~300W com OC nos 4.6~4.9Ghz(provavelmente possível após delid, como nos 7820X e acima dele).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Atretador

 

Com esse chute ele vai bater i7 6900k e i7 7820x e se isso acontecer nada mais é que "efeito ryzen" se não fossem eles talvez ainda nem teríamos um hexa-core na mainstream e muito menos i9 com 18 núcleos na  linha entusiasta.

 

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vou chutar i9-8900K

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Atretador

 

Ainda acho que i9 só na linha entusiasta mesmo.

 

O meu chute é: novo chipset + um possível soquete LGA 1151 v3 + um i7 8800k. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, OCCT disse:

@Atretador

 

Ainda acho que i9 só na linha entusiasta mesmo.

 

O meu chute é: novo chipset + um possível soquete LGA 1151 v3 + um i7 8800k. 

Tem i9 mobile, 6C\12T, só por marketing, acho que colocariam i9 em um i7 8C\16T acima do 8700K.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 horas atrás, OCCT disse:

@Atretador

 

 dá para eles fazerem um octa inferior em multithreading um i7 7820x e inferior em single ao i7 8700k , i5 8600k é aqui onde acho estranho, pois a Intel na linha mainstream sempre foca em aumentar clock para mais desempenho single, já que jogos rodam melhor em single e nessa plataforma estão presentes jogadores.

 

A intel já percebeu q o povo ta comprando cpu pela quantidade de core/threads (igual nego q compra moto por cilindrada) então nada mais normal ela ter uma cpu para esse publico, no fim essa salada de cpus (tanto da intel como da amd) so serve pra bagunçar a cabeça de quem é mais leigo, usuários um pouco mais experientes sabem exatamente o cpu que melhor lhe atendera.

Em tempos, acabei de comprar mobo (msi b360 carbono) e ram (8GB corsair 2666), agora so esperar o cartão virar pra torrar no 8700 e mais 8GB.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Até porque há benefícios reais em ter mais threads\núcleos, não só na longevidade do sistema. Quando só tinha opção de ou i5 ou i7(ou FX, ou seja, não muita coisa), a Intel estava de boas com o abismo de 4 para 8 threads entre os dois.

 

 

Fora os desinformados, não entendo como as pessoas ainda insistem em 7a geração.

 

image.thumb.png.e765d060033d3ad548646276eac448aa.png

 

 

no "sabemos o que vocês estão comprando" do LTT desse ano, o "market share" da AMD subiu para quase 50% das compras usando o link de indicação deles(LTT normalmente sendo bem pró-Intel normalmente). Mais núcleos, mais threads, não oferece só mais performance em jogos(acompanhado de IPC "decente") mas mais poder em geral para o PC.

 

image.thumb.png.723bb223b5f28b8ba49efb73b8ace1c1.png

 

Comparativo do 1600\1600X vs o i5-7600K 4C\4T da DigitalFoundry é um excelente exemplo dos benefícios de ter mais threads, mostrando em tempo real os frametimes de ambos.

 

Bom exemplo disso é o 8400 vs 2600, em stock o 8400 ganha por pouco em jogos, perdendo em quase todos os outros cenarios. Com OC e memorias de alta velocidade no R5 ele ja perde até nos jogos.

 

Para stream então, os i5 nem se apresentam.

 

déficit de 50% das threads de um i7, chega a ser bizarro.

 

Lembro de uns anos atrás, as comparações dos i5 vs i7 ... "aaah, HT não faz diferença, não vale a pena gastar mais"...Vendo hoje, a diferenças gritantes entre os i5 e i7 de gerações passadas, infelizmente a indústria estagnou por muito tempo em quad-cores, jogos não foram la muito bem otimizados para multithreading, mas hoje já vemos muitos jogos sendo otimizados para usar +8 threads. Tanto a Intel(ja que os X*99 deles estão apanhando feito louco de todos os lados possiveis) quanto a AMD(que depende de otimização a multithreading até eles baterem os 4.5~5Ghz) estão incentivando bastante otimizações de multithreading.

 

Ano que vem, deve ser ainda mais interessante com 7nm Zen2 e 14nm+++++ dos Lagos, com ambos lados provavelmente adicionando 200~400Mhz em seus clocks máximos.

 

Talvez a Intel comece a por CPUs com coolers decentes e solda no mercado, mas provavelmente não.

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Após todos esses meses, a Intel ainda lidera no clock e em jogos, o que pode levar a crer que o Ryzen 2 em 2019 não vai mudar muita coisa. A Intel pode ganhar força a partir de agora (que saiu dos quad cores).

 

Cooler box e a solda não vão fazer diferença porque o Ryzen não é um pacote completo. Longe disso. O perfil continua o mesmo. Quem tem um pouco mais de grana para investir vai escolher Intel, até por questões de compatibilidade que ainda persistem, alguns casos problemáticos, o que torna inviável para mim (que trabalho) comprar um Ryzen.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Contiusa disse:

Após todos esses meses, a Intel ainda lidera no clock e em jogos, o que pode levar a crer que o Ryzen 2 em 2019 não vai mudar muita coisa. A Intel pode ganhar força a partir de agora (que saiu dos quad cores).

 

Eu já penso de maneira oposta, tudo pode acontecer

 

Estou otimista de acordo com os rumores sobre os 7 nm - RYZEN 2

 

 

 

E a mudança que vai ocorrer nos 7 nm é bastante promissora

 

iedm-2017-gf-7nm-power-vs-frequency-2f6t

 

Vamos aguardar o lançamento oficial em 2019 e os reviews para saber se vai cumprir o que promete

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
4 minutos atrás, brender disse:

Só vamos saber quando lançar

 

Possivelmente, mas se eles não trabalharem com os programas, como a suite do Adobe, que tem o Pemier e outros programas conhecidos, a Intel ainda vai continuar a dominar nos estúdios profissionais. Talvez aconteça o que aconteceu nas GPUs, quando a Nvidia domina em muitos casos por causa de compatibilidade.

 

Se acontecer isso, a AMD pode ser ver na mesma situação das GPUs (produto para o mercado amador / semi-amador ou custo benefício).

 

O cara do HardwareCanucks falou dos problemas que ele tinha com o Ryzen para editar e a diferença que é usar o i7-8700K (vídeo recente). No mesmo vídeo, tem o comentário de um técnico falando que todos os Ryzen de um estúdio (5) estavam com problemas. 

 

Sério, eu ouço falar dessas coisas e me dá medo. Já tive Radeon dando problema com um dos meus programas. Troquei para Nvidia e nunca mais tive nada. Obviamente que não volto mais a usar GPU da AMD, não importa o que eles lançarem. Mesmo se for metade do preço e pelo mesmo desempenho, vou comprar Nvidia.

 

Os anos vão dizer, mas eu não esperava isso das CPUs.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
18 minutos atrás, Contiusa disse:

 

Possivelmente, mas se eles não trabalharem com os programas, como a suite do Adobe, que tem o Pemier e outros programas conhecidos, a Intel ainda vai continuar a dominar nos estúdios profissionais. Talvez aconteça o que aconteceu nas GPUs, quando a Nvidia domina em muitos casos por causa de compatibilidade.

 

Se acontecer isso, a AMD pode ser ver na mesma situação das GPUs (produto para o mercado amador / semi-amador ou custo benefício).

 

O cara do HardwareCanucks falou dos problemas que ele tinha com o Ryzen para editar e a diferença que é usar o i7-8700K (vídeo recente). No mesmo vídeo, tem o comentário de um técnico falando que todos os Ryzen de um estúdio (5) estavam com problemas. 

 

Sério, eu ouço falar dessas coisas e me dá medo. Já tive Radeon dando problema com um dos meus programas. Troquei para Nvidia e nunca mais tive nada. Obviamente que não volto mais a usar GPU da AMD, não importa o que eles lançarem. Mesmo se for metade do preço e pelo mesmo desempenho, vou comprar Nvidia.

 

Os anos vão dizer, mas eu não esperava isso das CPUs.

 

Eu passei mais de 6 meses com o PC travando na hora de reiniciar, hibernar, suspender e desligar por causa do IME da INTEL. Era uma loteria de bugar ou não.

 

E ainda tinha a chance do PC desligar, mas o hardware continuava ligado.

 

Finalmente em uma versão da BIOS a INTEL arrumou esse IME e parou todos esses problemas.

 

Foi estressante e uma porcaria.

 

Nem por isso virou ódio em relação a INTEL, mesmo que fosse AMD a opinião permaneceria a mesma.

 

Nos comentários tem gente falando que não tem o mesmo problema, então não sei o que pode ser.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@brender mas esse cara do HardwareCanucks não é amador e eu ouço várias pessoas tendo problemas semelhantes (como o técnico dos comentários). 

 

Sobre a sua experiência, vamos admitir que você é uma exceção e todo software / hardware vai ter bugs, mas o mercado inteiro programava para o hardware da Intel. Ou seja, você deu azar mesmo.

 

O meu comentário é porque eu não imaginava que as CPUs pudessem ter os mesmos problemas que as GPUs têm, até porque os FX nunca tiveram esses bugs. Por isso que eu acho que se continuar assim, o mercado pode se dividir da mesma forma que aconteceu com as GPUs. 

 

Esse sim poderia ser um fator determinante.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
11 horas atrás, Atretador disse:

não entendo como as pessoas ainda insistem em 7a geração.

Tirando a questão dos preços, um i7-7700 ainda é um excelente processador que serve para tudo e ainda é considerado o rei em emuladores como Dolphin e PCSX2, fora o bom desempenho em jogos. Voltando um pouco mais, usando meu i5-4690 como exemplo, ainda não vi nenhum motivo real para trocar ele, e isto conta muito para quem já tem experiência com Intel, ou seja, eu mesmo me imagino com o mesmo i5, porém com 4 threads a mais (HT) e então chega a virar um sonho realizado.

Muita gente compara cada detalhe nos CPUs e GPUs, mas esquecem a principal pergunta: "Vai ter um desempenho satisfatório para o meu uso?"

Por estas coisas que sempre quando me perguntam qual processador ou GPU recomendar, geralmente ofereço opções de ambas as marcas.

 

11 horas atrás, Atretador disse:

infelizmente a indústria estagnou por muito tempo em quad-cores, jogos não foram la muito bem otimizados para multithreading, mas hoje já vemos muitos jogos sendo otimizados para usar +8 threads

Meu medo é que daqui a algum tempo tudo precise de 500 núcleos, e nenhum deles sejam bem aproveitados, não precisando mais nenhum programador realizar uma boa otimização já que "500 núcleos" taparão este buraco.

Eu gosto da ideia do multithread, mas não estou gostando do modo acelerado que está indo.

 

8 horas atrás, Contiusa disse:

No mesmo vídeo, tem o comentário de um técnico falando que todos os Ryzen de um estúdio (5) estavam com problemas. 

Isto me deixa com o pé atrás também. Coffee Lake tem tido alguns resultados estranhos em reviews, e sinceramente, não tenho mais vontade de pegar mais nenhum processador até que seja lançado uma arquitetura bem otimizada e confiável.

Não digo que estas novas gerações sejam pouco confiáveis, mas eu sempre percebo que tudo que é novidade no mercado tende a ter surpresas desagradáveis ao longo do tempo.

Quando lançarem versões maduras de Intel com 6 ou 8c ou de AMD Ryzen sem ser apenas pela quantidade de núcleos, aí sim terei a certeza que vou migrar.

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

No Reddit da Intel a pouco tempo atrás era chuva de tópicos sobre BSODs relacionados a updates de bios e Windows para combater os furos de segurança que ainda não foram resolvidos.

 

Atualmente não tem plataforma livre de bugs, mas, sim, adobe é um caso triste, software deles é muito mal otimizado. Lembro que o Jayz tinha posto um video mostrando a VEGA no Adobe, e tinha a mesma performance de uma 1070, que tinha a mesma performance que uma 1060...que tinha a mesma performance que uma GTX680....etc

 

É um programa que deixa o hardware muito subutilizado, pelo que vejo pessoal recomendo bastante o DaVinci Resolve, por utilizar melhor o hardware e ser mais otimizado..

adicionado 1 minuto depois

@Lost Byte Para quem ja tem, beleza. Mas para comprar novo, não faz sentido.

Eles estão no mesmo preço dos Coffee Lake, quem quer Intel a todo custo deve pegar CL.

 

E emuladores usam em media 4~threads, um i3-8350K com um OC chega a ser mais interessante que um i7-7a gen para emulação.

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Talvez a Intel lance esse octa-core na mainstream e venda pelo preço do 2700x, reduzindo o preço do i7 8700k( otimista ), na verdade ainda sou cético em um octa na mainstream superior em multi-threading um i7 6900k ou i7 7820x e muito menos, ao R7 2700x, no single core pode até ser, mas para ter "multi" semelhante à eles teria que ter o clock all core iguais os  deles, já que o ipc tem apenas 5% de diferença, onde vai caber nesse die um octa da Intel superior os seus próprios octas da linha entusiasta(die bem maior) e os Ryzen?(análise realista):

index.php?ct=articles&action=file&id=398

 

Jogos em sua grande maioria foram feitos em engines na época do DX 11 e DX9 que se beneficiam de single core forte e usam até 4 Threads, algumas delas através de update já  usam até 8 Threads incluindo os quad 4C 8T, já o DX 12 usa o mesmo código do DX11 com algumas features de baíxo nível, não é api low level nativa, mas em alguns jogos apresenta bugs e fps mínimos piores que DX 11, o Vulkan sim é uma verdadeira api de baíxo nível na plataforma pcs, onde pegaram o código do Mantle e implementaram melhorias, usa mais de 8 Threads e perdendo pouca performance se usar processador de entrada dual e quad com vga forte.

 

A api Vulkan é open source, com apoio da Intel, Nvidia ,AMD, ARM, Qualcomm, google através do Android, poucas engines são otimizadas para Vulkan, até o momento a engine idtech 6 + vulkan usada no Doom 4 e Wolfenstein 2 mostrou um bom uso de várias Threads e através dela é possível usar processadores de entrada com GTX 1080 perdendo pouco desempenho, vejam o este teste:

02100330905l.jpg

 

 

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
4 horas atrás, Atretador disse:

No Reddit da Intel a pouco tempo atrás era chuva de tópicos sobre BSODs relacionados a updates de bios e Windows para combater os furos de segurança que ainda não foram resolvidos.

 

Update bugado é uma coisa, o hardware não funcionar direito no software que você usa é outra. Para quem trabalha, isso é determinante. E a suite da Adobe não é Corel Draw. São programas estabelecidos no mercado. Em alguns casos, só tem aquele software para trabalhar, como é no caso de arquitetura e edição, a menos que a pessoa tenha um Apple e use Final Cut.

 

Se a briga for parar nos drivers, a AMD não tem histórico de suporte e pode se dar mal. Eu achei que CPU trabalhasse universalmente. Nesse caso, a Intel leva vantagem.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Contiusa

 

Quem for usar adobe é obrigado ir de Intel ou Nvidia para ter mais desempenho, o motivo é falta de otimização para hardwares AMD, os desenvolvedores poderiam muito bem implementar por ferramenta open source otimizações nestes programas e o motivo provavelmente deve ser parcerias com as gigantes ou desinteresse dos desenvolvedores.

 

O povo com essa pressa para atualizar, usei aqui o Windows 1803 e todas as atualizações até maio em um Xeon 2680 v1 e Xeon 2680 v2, nunca tive problemas com desempenho, travadas nem nada, já testei o cinebench r15, r11.5 e cpuz, tá a mesma coisa e para ser sincero usando um novo perfil de energia que é o "desempenho máximo", aumentou um pouco as pontuações neles.

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
24 minutos atrás, OCCT disse:

Quem for usar adobe é obrigado ir de Intel ou Nvidia para ter mais desempenho, o motivo é falta de otimização para hardwares AMD,

 

Não é questão de ter mais desempenho. É questão da máquina funcionar direito. O Dimitri tinha problemas para trabalhar com o Premier (por isso que ele abandonou a máquina) e já ouvi vários casos semelhantes com vários outros programas de edição, vídeo ou foto.

 

A questão é que ninguém pode colocar a real, pois esses sites de review são pressionados. A única saída é perguntar em fóruns dos programas que você usa, como é o caso do CAD, Adobe, etc, quando tem usuários informando a real. Pode ser que em um ou dois anos a gente tenha uma noção real de como o Ryzen se compara aos Intel nessas workstations.

 

Mas se a briga for parar nos drivers, eu acho que a AMD não vai levar vantagem. Eu não sei até que ponto os processadores atuais dependem de drivers, coisa que nunca aconteceu antes, mas se isso está acontecendo com os Ryzen, pode ser a tendência do futuro e pode ser 'o fator' determinante, muito mais do que percentagem no Cinebench.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×