Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Entre para seguir isso  
Flavia Dutra

Boletim 1.664 – 12/12/2017

Recommended Posts

Boletim 1.664 – 12/12/2017
Editado por Flavia Dutra
Enviado para
Proibido Copiar ou Republicar


Índice

 

1. Chegou: curso online de redes TCP/IP, com Gabriel Torres

2. Anatel bloqueou mais de 1,5 milhão de telefones celulares no Brasil nos últimos 12 meses

3. Toshiba cria disco rígido com 14 TB e gravação magnética convencional

4. Fontes afirmam que o Google pretende se fundir com a Nest

5. Apple adquire o aplicativo de músicas Shazam

6. Mercado de tablets diminuiu 3% no terceiro trimestre de 2017

 

1. Chegou: curso online de redes TCP/IP, com Gabriel Torres

Aprenda em profundidade o funcionamento de redes TCP/IP com um dos maiores especialistas brasileiros no assunto, Gabriel Torres, autor de 24 livros sobre tecnologia. Neste curso você aprenderá, em profundidade, sobre endereços IPv4 e IPv6, portas, tradução de endereços, protocolos de rede (IP e ICMP), protocolos de transporte (TCP e UDP), protocolos de aplicação (HTTP, DNS, FTP, email, etc.), protocolos de roteamento (RIP, OSPF e BGP), segurança e muito mais! Perfeito para estudantes, pessoas que querem trabalhar na área e também para profissionais que já trabalham com redes, mas que carecem de um embasamento teórico mais sólido para continuar seus estudos em cursos de nível avançado.

 

Usuários do Clube do Hardware têm um desconto exclusivo, pagando R$ 150 em vez de R$ 300. Para isso, basta usar o cupom "CLUBEDOHARDWARE". Confira e esperamos tê-lo como aluno!

O link abaixo já traz o cupom aplicado:https://www.udemy.com/redes-tcpip/?couponCode=CLUBEDOHARDWARE&persist_locale&locale=pt_BR

 

[Informe publicitário, texto de responsabilidade do anunciante]

 

2. Anatel bloqueou mais de 1,5 milhão de telefones celulares no Brasil nos últimos 12 meses

 

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) publicou relatório informando que bloqueou nos últimos 12 meses 1.586.458 telefones celulares furtados, roubados ou perdidos, que foram desabilitados remotamente no sistema do Cadastro Nacional de Estações Móveis Impedidas (Cemi). Esse número é 21,05% maior em comparação com o mesmo período de 2016.

 

Segundo o relatório, os órgãos de segurança de São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo foram os que mais solicitaram bloqueios, com 90.277, 23.289 e 9.999, respectivamente.

 

O processo do Cemi para desabilitar telefones celulares apenas impede fazer ou receber ligações e trocar SMS. As demais operações, incluindo a conexão sem fio permanecem liberadas. O serviço existe desde março de 2016, é supervisionado pela Anatel, operacionalizado pela ABRTelecom e implementado pelas operadoras de telefonia móvel, e em novembro de 2017 recebeu 9,1 milhões de pedidos de bloqueios de celulares.

 

No final de novembro deste ano, a Anatel também aprovou um cronograma para implementar o bloqueio de telefones celulares irregulares, sem certificação da agência e IMEI (código de identificação internacional).

 

3. Toshiba cria disco rígido com 14 TB e gravação magnética convencional

 

A Toshiba divulgou sua nova série de discos rígidos MG07ACA, voltada para o mercado empresarial, contendo o primeiro modelo do mundo com 14 TB e gravação magnética convencional (CMR – Conventional Magnetic Recording).

 

O disco rígido pesa 780 g, usa nove discos selados com hélio, cada um embalando 1,56 TB de armazenamento de dados, tem formato de 3,5 polegadas, tecnologia de soldagem a laser da Toshiba, interface SATA-600, desempenho de 260 MiB/s e 7.200 RPM. 

 

A empresa também produziu outra versão com 12 TB e oito discos selados com hélio.

 

Amostras do novo modelo de disco rígido já estão sendo distribuídas a clientes de armazenagem e servidores empresariais.

 

Atualmente, de acordo com a Coughlin and Associates, a Toshiba possui 24% do mercado de discos rígidos, atrás da Seagate, com 36%, e da Western Digital, com 40%. Com o novo disco rígido de 14 TB, estima-se que a empresa aumente sua participação no mercado mundial.

 

4. Fontes afirmam que o Google pretende se fundir com a Nest

 

Informações divulgadas por fontes ligadas ao assunto afirmaram que o Google planeja fundir a equipe da Nest, empresa de automação residencial, ao seu time de hardware para aprimorar as soluções do setor e acirrar a competição no mercado.

 

Conforme informações, a decisão do Google aconteceu principalmente após desencontros entre a sua divisão de automação e a equipe de marketing da Nest, que diversas vezes precisaram brigar por serviços feitos pelo mesmo fornecedor.

 

Até o momento, o Google não quis responder sobre a possível fusão.

 

A Nest foi fundada em 2010 e é uma das pioneiras em automação residencial, com a criação de termostatos, câmeras de vigilância e porteiros eletrônicos controlados remotamente e com sensores de detecção de presença.

 

O Google comprou a Nest em janeiro de 2014, por US$ 3,2 bilhões, mas em 2015, com a criação da Alphabet, as empresas foram divididas como organizações independentes.

 

5. Apple adquire o aplicativo de músicas Shazam

 

A Apple anunciou a compra do aplicativo Shazam, porém sem revelar os detalhes da negociação. 

 

No entanto, estimativas indicam que a compra foi fechada por menos de US$ 500 milhões.

 

Em um comunicado oficial, a Apple disse que "o Apple Music e a o Shazam têm uma combinação natural, compartilham a paixão por descobrir músicas e entregar uma grande experiência musical aos usuários".

 

A compra deve ser finalizada em algumas semanas, após aprovação de órgãos reguladores. 


O Shazam, fundado em 1999, é o aplicativo que reconhece músicas, séries de TV e anúncios mais popular no mercado ocidental, com mais de 100 milhões de usuários por mês, e possui integração com o Apple Music e o Spotify. Em 2015, a aplicativo obteve uma rodada de investimentos e foi avaliado em US$ 1,02 bilhão.

 

6. Mercado de tablets diminuiu 3% no terceiro trimestre de 2017

 

Estudo da consultoria IDC Brasil mostrou que no terceiro trimestre de 2017 as vendas de tablets no país caíram 3% em relação ao mesmo período do ano passado.

 

Nesse trimestre, foram vendidos 1,02 milhão de tablets contra 1,05 milhão em 2016. A receita total foi de R$ 485 milhões, 6% menor do que no mesmo trimestre do ano passado, quando o valor atingiu R$ 516 milhões.     

No entanto, comparando com o segundo trimestre deste ano, as vendas aumentaram 30% e a receita cresceu 33%, principalmente por causa do comércio do Dia das Crianças.

 

A IDC prevê que no quarto trimestre de 2017 sejam vendidos 1,18 milhão de tablets e a receita chegue em torno de R$ 600 milhões. A empresa estima ainda que serão vendidos 3,76 milhões de tablets em 2017, 5% a menos do que em 2016, quando foram comercializadas 3,98 milhões de unidades.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Entre para seguir isso  





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×