Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Entre para seguir isso  
Flavia Dutra

Boletim 1.668 – 05/01/2018

Recommended Posts

Boletim 1.668 – 05/01/2018
Editado por Flavia Dutra
Enviado para
Proibido Copiar ou Republicar


Índice

 

1. ÚLTIMA CHANCE - Cursos de redes de Gabriel Torres

2. Artigos da Semana

3. Comissão votará PL que oferece garantia de um ano para jogos eletrônicos e software   

4. Spotify está sendo processada por infração de direitos autorais

5. Processadores Intel produzidos nos últimos 10 anos possuem grave falha de segurança

6. Amazon registra patente de “espelho” que auxilia na compra de roupas pela internet 

7. Apple se desculpa por deixar iPhones lentos devido mau desempenho de baterias antigas

 

1. ÚLTIMA CHANCE - Cursos de redes de Gabriel Torres

 

Esta é a ÚLTIMA CHANCE para você adquirir os cursos online de redes de Gabriel Torres pagando a metade do preço! Este desconto exclusivo deixará de existir a partir de 31/01/2018.

Use o cupom ULTIMACHANCE2017.

 

Curso Arquitetura de Redes

 

Neste curso você aprenderá o embasamento teórico necessário para aprofundar seus estudos em cursos intermediários e avançados. Você aprenderá, entre outros assuntos, sobre princípios de funcionamento de redes, números binários, arquiteturas, comunicação, protocolos, equipamentos de redes, segurança e muito mais!


https://www.udemy.com/redes-modulo-1/?couponCode=ULTIMACHANCE2017&persist_locale&locale=pt_BR

 

Curso Redes TCP/IP

 

Você aprenderá, entre outros assuntos, sobre endereçamento IPv4 e IPv6, portas, tradução de endereços (NAT), protocolos de aplicação (HTTP, DNS, FTP, email, etc.), protocolos de transporte (TCP e UDP), protocolos de rede (IPv4, IPv6, IPsec e ICMP), protocolos de roteamento e muito mais!


https://www.udemy.com/redes-tcpip/?couponCode=ULTIMACHANCE2017&persist_locale&locale=pt_BR

 

[Informe publicitário, texto de responsabilidade do anunciante]

 

2. Artigos da Semana

 

Teste da placa de vídeo GALAX GeForce GTX 1070 Ti EX

 

3. Comissão votará PL que oferece garantia de um ano para jogos eletrônicos e software  

 

A Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) analisará em breve o Projeto de Lei 174/2017, de autoria do deputado Áureo Ameno (SD-RJ), aprovado na forma de substitutivo da Câmara dos Deputados, que obriga os fabricantes de jogos eletrônicos e programas de computador armazenados em mídia digital a oferecerem um ano de garantia aos consumidores.  

 

Caso a lei entre em vigor, o fabricante deverá fornecer um canal de atendimento para o consumidor requerer uma cópia do programa caso a mídia sofra danos durante a garantia, além de um código para baixar o programa ou enviar uma nova mídia no prazo máximo de 10 dias.

 

Essa lei, se for descumprida, terá pena dividida entre o fabricante e o fornecedor, que pagarão multa de dez vezes o valor de venda do produto, que será revertida ao consumidor.

 

Após votação pela CCT, o PL será analisado pela Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização, Controle e Defesa do Consumidor (CTFC) para, em seguida, ser votado em Plenário.

 

Atualmente, o Brasil ocupa o 11º lugar no mercado mundial de jogos eletrônicos, movimentando US$ 39,6 bilhões.

 

4. Spotify está sendo processada por infração de direitos autorais

 

A empresa sueca Spotify está sendo processada pela Wixen Music Publishing, companhia de licenciamento de músicas, por infração de direitos autorais.

 

Conforme o processo, que corre em um tribunal federal da Califórnia, a Spotify não obteve licença direta ou obrigatória da Wixen para reproduzir e distribuir as músicas, apenas fechou acordos com companhias de discos para obter direitos de gravação de som em troca de participação acionária em sua empresa. Além disso, a Wixen alega que o serviço de música terceirizou seu trabalho para um fornecedor de licenciamento e royalties da Agência Harry Fox.   

 

Diante das violações, a Wixen está pedindo indenização de US$ 1,6 bilhão.

 

A Spotify não quis comentar sobre a ação judicial.

 

A Wixen tem licença exclusiva de músicas como “Free Fallin” de Tom Petty, “Light My Fire” da banda Doors, (Girl We Got a) Good Thing do Weezer e obras de cantores como Stevie Nicks, entre outros.

 

O serviço Spotify possui desde 2015 um fundo dedicado ao pagamento de royalties aos cantores. A empresa concordou ainda em pagar mais de R$ 43 milhões de reais para encerrar uma ação coletiva, alegando falta de pagamento de royalties por algumas músicas que oferece aos usuários.

 

5. Processadores Intel produzidos nos últimos 10 anos possuem grave falha de segurança  


A imprensa britânica divulgou que existe uma falha de segurança enorme que atinge todos os processadores fabricados pela Intel nos últimos 10 anos.

 

De acordo com as informações, o problema estaria no design do processador, que expõe áreas supostamente protegidas pela memória do kernel de um dispositivo. Esse erro aconteceria tanto em modelos de arquitetura x84 quanto nos de 64 bits, atingindo os sistemas operacionais Windows, Linux e MacOS.  

 

Com isso, software mal intencionados poderiam acessar diversos dados dos usuários, incluindo nomes de usuário e senhas.

 

Além disso, a imprensa inglesa divulgou que o reparo da falha pode acarretar em queda do desempenho geral dos dispositivos com processadores Intel entre 5% e 30%, pois os desenvolvedores precisariam separar completamente a memória do kernel do chamado Isolamento da Tabela de Página do Kernel (KPTI).

 

A Microsoft e a Linux Foundation pretendem lançar nas próximas semanas um pacote de atualização para consertar o erro da Intel. A Apple ainda não se pronunciou sobre o assunto.

 

6. Amazon registra patente de “espelho” que auxilia na compra de roupas pela internet  

 

A Amazon registrou no USPTO (United States Patent and Trademark Office) a patente de uma espécie de “espelho” que permite ao consumidor vestir virtualmente uma peça de roupa antes de comprá-la.

 

O “espelho” possui câmeras combinadas com sensores, projetores e telas para a criação de um modelo virtual 3D, no qual serão exibidas as peças de vestuário. Ele permite também que o usuário selecione uma paisagem de fundo para ajudar a compor o visual.  

 

Não há informações sobre quando a ideia da patente será implementada. No entanto, vale lembrar que a Amazon comprou em 2016 a Body Labs, empresa criadora de um software de inteligência artificial que possibilita montar modelos humanos tridimensionais e com suporte para movimento.

 

7. Apple se desculpa por deixar iPhones lentos devido mau desempenho de baterias antigas

 

A Apple está respondendo a oito processos em cortes distritais na Califórnia, Nova York e Illinois, nos Estados Unidos, por deixar seus smartphones mais lentos sem aviso prévio como compensação ao mau desempenho das baterias antigas.

 

Em dezembro de 2017, a Apple assumiu que as atualizações do sistema operacional para iPhone 6, 6s, SE e 7 incluíam um recurso para “suavizar” a fonte de alimentação das baterias. Por isso, os telefones sem o ajuste desligariam abruptamente por precaução projetada para evitar a queima de componentes.  

 

Essa declaração da Apple aconteceu após a Primate Labs, que desenvolve um aplicativo para medir o desempenho do iPhone, identificar sinais de mudança na velocidade de processamento dos aparelhos.    

 

Uma ação similar também foi aberta em um tribunal israelense.

 

A Apple desculpou-se com os consumidores e declarou que seu objetivo é oferecer a melhor experiência para os clientes, tanto em relação ao desempenho geral quanto ao prolongamento da vida útil dos seus dispositivos.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Entre para seguir isso  





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×