Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
ilovepic

Detecção de peça - para debate

Recommended Posts

Olá a todos,

 

Numa roldana preciso que cada vez que uma peça plástica branca (que eu próprio colei na roldada, para servir de tag) passe no sensor este forneça um nível alto, de 5Volts por exemplo. O que me vem à ideia é um sensor capacitivo. Pois o sensor não pode encostar na roldana ou na tag e tem que detectar uma peça branca plástica.

 

Após pesquisar encontrei soluções com fototransistores e fototransistores com leds infraververmelhos. A minha dúvida neste momento são duas:

 

1-Existe algum sensor barato já construido que possa comprar (mandar vir do mercado livre ou do ebay);

2-Para fazer uma solução home made, que circuito/solução aconselham?

 

Já liguei um fototransistor em série com uma resistência de 10K, aos 5VDC. Isolei o led com fita isoladora, fazendo um tubo em torno do mesmo. Mas o que me preocupa é que esta montagem vai sofrer bastante com as alterações da luz. Já para não fazer do efeito de bouncing que o sinal tem. Pois não tenho uma onda quadrada. Ou um sinal entre 0 e +5VDC limpo. Mas sim um sinal com bastante ruído.

 

Nota: Para iluminar o ruído na montagem do fototransistor com a resistência em série pensei aplicar um amplificador e um buffer. O amplificador era para não me preocupar com a variação (range) do sinal. E o buffer era para que a montagem de contador não influencia-se o circuito do sensor.

 

Por fim, penso que a melhor solução será a de fototransistor + led infravermelho. Terei que criar uma caixa, fazendo com que a luz do led atinga a peça plástica (a tal tag que colei na roldada) e incida sobre o fototransistor. Esta ainda não testei. Mas encontrei esquemas como este: https://electronicsbymori.blogspot.pt/2009/11/sensor-de-ir.html

 

Resumindo, o que acham?

Obrigado, todas as dicas e sugestões serão bem-vindas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se a rotação da roldana não for muito alta creio que a solução mais simples seria colar um pequeno ima na roldana e contar as voltas com um sensor redswitch, ou um sensor de efeito HALL, é ainda mais fácil de interfacear com o microcontrolador que o fototransistor...

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se a roldana girar devagar eu ficaria no velho imã e Reed switch. 

Mas se prefere o sensor óptico, pode procurar um desse tipo

Outra solução é usar um sensor de controle remoto, pois estes só trabalham em 38khz, assim a luz ambiente não altera o funcionamento. 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Não conhecia! Sempre a aprender :D

    Mas o desafio é com uma peça plástica branca. Tem que ser dessa maneira

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Existe a possibilidade de usar também um interruptor mecânico, mas esse eu não mencionei antes por fugir muito da realidade do seu projeto. 

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • @Mestre88 Também tinha pensado no Sensor Óptico MOC70T3, mas não sabia como se chamava. Obrigado pela dica.

    Acontece que a deteção da peça tem que ser perpendicular. Portanto, a peça vai ter que passar na frente da face do sensor.

    Não entendi esta parte:



    Outra solução é usar um sensor de controle remoto, pois estes só trabalham em 38khz, assim a luz ambiente não altera o funcionamento. 

    Thanks

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Falo do sensor que usa nos aparelhos de TV para receber o sinal do controle remoto. 

    Ele tem um filtro que só deixa passar sinais em frequência de 38khz, essa é a frequência que o controle remoto emite o sinal. 

    Logo se usar esse tipo de sensor a iluminação ambiente não vai atrapalhar o funcionamento do seu aparelho. 

    • Curtir 2

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • @Mestre88 Essa montagem permiti que coloque o emissor e receptor um ao lado do outro e faça com que o feixe do emissor bata na peça plástica e retorne para o receptor?

     

    Acontece que a peça plástica, a tal tag, vai passar em frente do sensor que pretendo criar. Mas não consigo colocar a tag entre emissor e receptor. Pois isso terei que fazer a montagem de ambos lado a lado e a tag irá refletir o feixe de infravermelho (no controle remoto é infravermelho, certo?). Acontece que o alcance do feixe tem que ser muito curto, na cada de milimetros. Senão o fecho bate na própria roldana.

     

    Thanks

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    1 hora atrás, ilovepic disse:

    Acontece que o alcance do feixe tem que ser muito curto, na cada de milimetros. Senão o fecho bate na própria roldana.

    Agora entendi.

    Eu estava pensando que era algo que tinha de interromper, quando na verdade é algo preso a roldana, olhando de lado temos uma parte alta e uma parte baixa.

    Montar isso seria muito complicado, o problema é esse que você mesmo apontou, onde temos que reduzir o alcance do feixe infra vermelho pra não acionar pela própria roldana.

    Existe isso já pronto e com a regulagem pra isso, eu já tinha visto mas máquinas do meu trabalho:



    sensor-optico-02.jpg

    Mas estes eu imagino que sejam caros por serem industriais, tinham também uns pequenininhos que eram usados nos contadores de Video K7:



    qre1113.jpg

    Estes ficavam embaixo de uma polia com um papel brilhante colado só de um lado, o outro lado era preto. Não são muito sensíveis, acho que por causa do plástico escuro, ficavam quase encostados na polia.

    • Curtir 1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    O conceito minimalista (que já usei com sucesso total)... é relativamente fácil medir a diferença entre uma reflexão escura e uma clara com ajuda de um mc. Meça com entrada analógica: ao perceber diferença, taí o ponto

    • Curtir 1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Em um photodiodo comum a luz ambiente provoca um efeito DC ruim de ser isolado. Tb tem o flicker gerado pelas lampadas fluorescentes. A solução mais simples é utilizar led de IR em 940nm e phototransistor/photodiodo tb de IR em plástico escuro transparente à onda de 940nm. Daí para frente é um desenho comum que tanto pode ser de barreira como reflexivo. São elementos fáceis de se encontrar e baratos. Pelos posts acima, o de barreira está vetado, tem que ser reflexivo.

    Desafio do reflexivo: reflexos de corpos vizinhos.

    Soluções:

    1 - pintar de preto aquilo que estiver próximo exceto o alvo. O que estiver distante irá gerar um reflexo de baixa intensidade, mesmo que o corpo seja branco.

    2 - Montagem mecânica/óptica do led e receptor de forma a se ter uma distância focal estreita. É osso produzir isso de forma artesanal, felizmente existem conjuntos prontos para essa finalidade.

    Opção para o desafio apresentado: Um pequeno ímã como tag e um transistor efeito hall. Já encontrei fim de curso mecânico montado dessa forma no interior da caixinha. Um caco de ímã de falante já é suficiente. Suporta 10kHz de frequência.

    • Curtir 1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Voltando para a opção ótica:

    Vi esse reflexivo pré-montado, o conjunto sai o absurdo de R$1,00. Deve resolver seu problema. É IR, boa imunidade a luz externa, opera em 950nm de comprimento de onda. o foco reflexivo é de 2,5mm, vai te dar uma boa imunidade e facilidade de instalação. Me refiro ao tcrt5000 da Vishay. Com ele mais 2 resistores tá polarizado. É só mandar ao PIC.

    tcrt5000.jpg

    TCRT5000-2011-10-12_093926.jpg

    TCRT5000+-+Pinagem+e+funcionamento.jpg

     

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Olá a todos,

    Tenho andado longe do fórum, mas mais logo passarei para ler melhor as respostas e assim continuar o debate. Entretanto deixo uma foto de um sensor de folhas presente numa xerox que descobri recentemente. É este tipo de sensor que estou a falar. Penso que deva ser capacitivo e em especifico para material branco. Deve ter o alcance na ordem dos 5 milimetros. O que acham?

     

    yI1XWD.jpg

     

    Obrigado

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Crie uma conta ou entre para comentar

    Você precisar ser um membro para fazer um comentário






    Sobre o Clube do Hardware

    No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

    Direitos autorais

    Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

    ×