Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Pincipi

Impressora laser, falha, sujeira e amassado na folha, frente e verso

Recommended Posts

Esta é a imagem do defeito que de repente começou a aparecer na folha, falhas na frente, sujeira no verso e amassados no papel, semelhantes a um relevo do tipo usado em chancelas, muito parecido com as marcas ao se colocar a folha no chão de cimento e pisar em cima.

folha.thumb.jpg.027013d9d12fcc9540626e43a0196831.jpg

Me desculpem a qualidade, é que estou usando o Tablet Multilaser M7-3G Plus e a câmera dele é muito ruim, se olhar com bastante atenção dá para perceber as ondulações na folha.

A impressora em questão é a multifuncional Brother MFC-9330CDW contando com nove mil impressões hoje, comprada usada em julho de 2016 contando a época com 7850 impressões, o transporte dos correios foi ruidoso e ela chegou com várias partes da carcaça trincadas ou quebradas, neste período foram utilizados apenas toners originais e papel Chamex.

Na internet tem um bom material sobre ela.

https://www.edvdrucker.de/Downloads/Explosionszeichnungen/Brother/Brother-DCP-9020-9022-Ersatzteile.pdf

Para chegar neste link pesquisei por “MFC-9330CDW parts reference list”

https://www.manualslib.com/manual/842730/Brother-Mfc-9130cw.html

Neste outro pesquisei por “MFC-9330CDW Service Manual”

Da página 193 a página 198 deste segundo manual tem as figuras que demonstram como se remove o Fusor ou unidade fusora, no qual acredito estar o problema que causa a falha de impressão.

Ao abrir a tampa traseira logo de cara observei que a posição da alavanca estava diferente de quando comprei:

Envelope.jpg.550d89b9462fa02c0172e24cbfa58c91.jpg

A do lado direito estava em “envelope” e a do lado esquerdo estava em “A”.

O certo acho que deveriam ser as duas em "A".

5a74b1dac5be9_AlavancaemA.jpg.7535f79c2caa512985ed4cac444dacb2.jpg

O usuário relatou que não mudou a posição das alavancas entretanto, anunciou que anteriormente três folhas se enroscaram e foi preciso remover pela parte de trás, tarefa bem difícil devido a posição da impressora, próxima à parede, com a tampa traseira fora da vista do operador que apenas debruçou o corpo sobre ela e tateou a tampa para abrir, e em seguida tateou e puxou as folhas sem soltar as travas verdes.

fusor2.jpg.518cfc1f174296512b9897d59da6fccb.jpg

Também notei uns pedaços do que parece ser uma tinta descascada.

5a74b223764e8_pedaos.jpg.ffb0fded3ae70544b3955154fb65e8ac.jpg

Recolhi uns pedaços, segue abaixo a imagem mais detalhada que pude fazer com o scanner, note que conforme o lado a cor é mais clara ou mais escura:

5a74b2403d121_pedaos2.jpg.987efdf3975286891f420d1c4caf1eab.jpg

A medida da espessura deles deu no paquímetro 0.41 mm e por incrível que pareça, no momento exato do clique da fotografia ele mudou para 0.42 voltando em seguida ao 0.41.

paquimetro.thumb.jpg.d2da4ae3804deff450bf8df38f5b58e0.jpg

Outra medida realizada é o padrão dos amassados no papel que se repetem a cada 6,7 cm.

5a74b28f4615d_espao.thumb.jpg.9fc96d728f1adf43182523d148e4a184.jpg

Foi a melhor imagem que pude conseguir, o scanner não consegue capturar o relevo que ao olho nu fica bem visível.

A medida do repetimento da sujeira se repete a cada 3,6 cm, mais precisamente entre 3,6 e 3,7 cm.

5a74b2934efa1_espao2.jpg.c506da6909b8eaad1983d66f8db3e97e.jpg

O que dá a entender que são provocados por rolos diferentes, com base na visualização dos manuais:

lateral.jpg.80a589a552462d073e875342cecf13e6.jpg

Tem que olhar mais a fundo os manuais para apenas pela medida saber exatamente qual é, sem nem ao menos desmontar a impressora.

lateral2.thumb.jpg.274b06365c7ef7cac40e592510cab21c.jpg

Aqui o detalhe por onde a folha passa, para se ter uma ideia do que é o padrão de repetimento, cada rolo tem uma medida e conforme se repete o defeito na folha, sua medida identifica o rolo defeituoso.

Meu plano inicial é remover a unidade fusora da HL-3140CW que comprei junto com a MFC-9330CDW, justamente com a finalidade de aproveitar as peças de uma na outra, caso alguma delas viesse a quebrar no futuro.

Fusor.thumb.jpg.6eb7d5bcdf76cdd78d7539b927d3029c.jpg

Já tenho um tópico sobre ela com problema no ventilador:

Quando tiver a unidade fusora em mãos vou realizar a troca e observar o que aconteceu com a peça que está apresentando o defeito e finalmente ver se dá para encontrar à venda no mercado.

De antemão eu aposto na peça que tem o nome "Heat Roler".

Assim que tiver algum resultado eu publico.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Continuando no assunto:

Removi a unidade fusora da HL-3140CW e a instalei na MFC-9330CDW e achei interessante publicar o feito em outro tópico, por acreditar ser assunto mais específico:

Quando realizei a remoção do fusor da HL-3140CW eu notei algumas partes do plástico queimadas ou derretidas:

derretido.jpg.1069bf8587128738f6bf1ece9d700184.jpg

Coisa estranha, que não observei no fusor da MFC-9330CDW, este não tinha estas partes derretidas.

Outro detalhe observado é o aspecto dos roletes:

5a774fa56be81_Roletesfeios.jpg.88f0f0f3408827178bc25867cf90170a.jpg

Parecem derretidos ou dissolvidos, um aspecto muito feio mesmo, a foto está ainda horrível e os roletes do fusor da MFC-9330CDW não estavam tão ruins, estavam com um aspecto melhor.

roletes2.thumb.jpg.f371453de7b0c7eeb85400b2609e8fb0.jpg

De qualquer forma todos giravam livremente e subiam e desciam conforme a pressão em cima, não aparentavam qualquer outro defeito.

Aproveitei para fotografar a etiqueta de identificação, abaixo a da MFC-9330CDW:

etiqueta2.jpg.b69de415b270b3eff8d8b29fe8155012.jpg

Agora, abaixo a da HL-3140CW:

Etiqueta.jpg.401ac09bf98dfbc035c72b4fa733748f.jpg

Nem tudo é como a gente quer, não percebi que saiu ilegível, eu esperava ver se eram iguais ou se tinham códigos diferentes, para comparar com o código que consta no manual do fabricante e a pesquisa do código na internet:

Lista2.jpg.e87ba92684972914d941ee3e94d1003e.jpg

lista1.jpg.f7a5c7a1f09494a4d315458d4d9e590b.jpg

Quem sabe eu identificava se um deles não é original, do tipo compatível ou peça do paralelo.

De qualquer forma o único código legível não conferiu com a relação de peças e nem sequer obtive resultado na busca pelo google.

Depois de montado imprimi uma página de teste sem nenhum problema, a impressão saiu normal, sem nenhum amassado e sem nenhuma falha.

Antes de contar vitória fiz o que todo técnico deveria fazer, dei uma saída porém antes, disse ao usuário para não fazer nada se der algum problema, apenas deveria me chamar.

Eu já tenho 53 anos de idade e posso dizer que tenho experiência no assunto, principalmente na certeza de que o defeito só vai aparecer quando a pessoa que consertou estiver longe e não deu outra coisa, recebi o telefonema e voltei para ver o que tinha acontecido desta vez:

defeito.jpg.4d9ee64d5b60854aac3a6e651acafca8.jpg

A impressora travou com o aviso de papel preso na parte de trás, este tipo de coisa nunca acontece quando a pessoa que consertou está por perto, sempre acontece quando está longe, como já estou acostumado a esta situação, fingi que fui embora e voltei rapidinho! Abri a tampa e vi a folha enroscada:Defeito2.thumb.jpg.7aa7cef8008e58f052d5e7aacedcfe6d.jpg

Soltei as travas verdes e removi o que parecia ser uma espécie de origami de papel:

Defeito3.jpg.2156b1292c2c9a52d33e5c5ddb2faa93.jpg

Com um detalhe interessante, parece com um pedaço de plástico derretido, grudado na folha, abaixo o detalhe dele:

Plasticoderretido.jpg.b98afbaf066299ca7645a4896f0d7472.jpg

Pela posição em que ficou no papel, posso arriscar que é uma parte da carcaça do fusor, exatamente a parte queimada que observei acima, como isto está acontecendo? Por enquanto mistério, um dia eu descubro.

Só tenho certeza que o usuário teria removido a folha sem se atentar para este detalhe que pode ser algum aviso importante.

Depois deste incidente, tudo voltou a funcionar normalmente e a impressão está saindo perfeita.

Aproveitando, uma correção na quantidade de páginas impressas da MFC-9330CDW:

contador.jpg.7040240017a5b91fa4406acde46d1ca9.jpg

Não eram 9 mil eram 13 mil.

Próxima fase agora é observar a unidade fusora que estava amassando o papel e apresentando falhas, assim que tiver resultados eu publico.

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Continuando, ao observar a unidade fusora, ficou claro que parte da camada do rolo fusor se desprendeu:

detalherolo.jpg.36ac0d04e1b70cc3b02119575426c76c.jpg

Grande estrago, na foto acima dá para perceber um pedaço de camada vermelha, aquela que se desprendeu e ficou em pedaços.

Consegui uma visualização melhor das ondulações no papel:

Amassadofolha.jpg.8a51f2dc4516707010f3a8b6a847dc5d.jpg

Amassadofolha2.thumb.jpg.c2870588016be36ea1f7a46b6ce5cafc.jpg

Se acompanhar o formato no rolo fusor fica claro que o amassamento foi causado por ele, combina a distância do repetimento do erro com o diâmetro do rolo.

O rolo pressor, o vermelho, não apresenta nenhum dano aparente.

Para chegar mais perto destes detalhes eu soltei dois parafusos:

1.jpg.3eb2d3e4f4dd6cc04cb6d20ea46bd724.jpg

Para liberar uma parte do plástico da unidade:

2.jpg.e1565b8586306df091d6739ebfc3aaa7.jpg

Em seguida, liberei duas molas com um alicate de bico:

3.jpg.f866eb9bab9a55011b5edb381c74b379.jpg

Então as alavancas que prendiam o rolo pressor puderam girar soltas:

4.jpg.0b70407b2d8d17c828d085f7c20dee44.jpg

Até chegarem na posição em que podem ser retiradas.

Como última observação, um lado do rolo pressor tem uns números escritos, é o lado que tem os plugs vermelho e branco:

5.jpg.b5ea15af3a29abc70cbf8f4b5b661507.jpg

Também importante observar que tem uma bucha preta que se encaixa no pino do rolo.

Esta parte não consta no manual de serviços, parece que o fabricante não previu este tipo de manutenção, apenas previu a troca total da unidade.

Na internet tem alguns vídeos mostrando como se troca o rolo pressor, basta dar uma procurada.

Até aqui consegui ter um bom acesso a possível causa do defeito que se mostra bem evidente nos danos aparentes do rolo fusor.

Porém, entretanto, ainda não estou satisfeito porque observei outros detalhes, notei que o defeito do rolo coincide exatamente onde passa uma das "unhas":

unha2.jpg.35064c76788d0051191f69eb8df1d8ec.jpg

Resolvi comparar com outra unha:

unha.jpg.ad78239348137ec02e5f04d1f01814b1.jpg

Olhando bem de perto, deu para notar que a primeira unha tinha uma espécie de descascamento por oxidação, enquanto que a segunda unha não tinha.

Olhando o mais perto que consegui, notei que a primeira apresenta um desgaste em sua ponta, exatamente aonde entra em contato com o rolo fusor:

unharuim.jpg.1ca8bcad871499bb8bd222895367ae6e.jpg

A parte prateada é a pintura dela ou a sua camada de proteção, a parte preta está sobre a proteção, creio que sejam restos da película preta da superfície do rolo fusor.

A parte amarelada, na realidade a olho nú é vermelha, na fotografia sai amarelo, e é possível perceber que está ausente a camada de proteção prateada, dá até para notar pequenos riscos decorrentes do atrito com o rolo.

Abaixo o detalhe da outra unha:

unhaboa.jpg.1dffab6078770b702709426fe4400845.jpg

Segue o mesmo padrão, onde é prateado trata-se da camada de proteção, aonde é preto são restos da película do rolo e aonde é amarelo, bem na ponta e bem menor que a anterior, é a parte desgastada.

Peço novamente perdão pela qualidade das fotografias, eu usei desta vez uma Sony NEX-F3, muito boa, o problema é que o usuário estava sem os óculos para perto e não pode perceber que as imagens estavam fora de foco, parecia ser o melhor foco que conseguia.

Outro detalhe que me chamou a atenção foi perceber que uma parte da carcaça estava quebrada:

5a777d6ed6637_Carcaaruim.jpg.5146ea6c27eb017c4307339fb34e65fb.jpg

Em comparação com o outro lado que está bom:

5a777d75eafdf_carcaaboa.jpg.2e033f021a5386b5024521cfb35eb712.jpg

É exatamente aonde vai a haste que regula a pressão do rolo pressor, a haste que pode ser regulada em "A", "B" ou "envelope".

Camparando com uma das primeiras fotos do post, lembrei que uma das astes ficava mais inclinada para fora do que a outra, desalinhada.

Ao contrário da outra impressora em que as duas astes estavam alinhadas.

Outro detalhe é a vida útil da unidade fusora:

5a777f26d3d41_duraopeas.jpg.2b482b12e67a730b4bd5cc4cecd0f076.jpg

Viveu apenas um quarto de sua capacidade, ele deveria funcionar até pelo menos 50 mil impressões, sendo que em muitos casos, duram muito mais que isso, bastando fazer uma combinação de teclas avisando que foi colocado um novo, para o contador iniciar do zero, continuando a utilizar a mesma unidade fusora indefinidamente até aonde ela aguentar.

 

Finalizando estas linhas de observações, pretendo agora determinar a causa e o efeito, para então, buscar a solução.

Temos uma película de fusor rasgada e um suporte de haste quebrado antes do tempo normal.

 

Quero descobrir o que causou isto, exatamente porque uma das alternativas mais baratas encontradas no mercado, envolvem a substituição apenas do rolo fusor.

 

A primeira linha de solução envolve a assitência técnica do fabricante, presente em todo o território nacional. Em contato com uma destas assistências em São Paulo/SP, em resumo, o serviço pode ser executado porém, não tem a peça nova em estoque, sendo necessário um contato com outras filiais, assistências e empresas terceirizadas para se verificar a disponibilidade de material recondicionado, de mercado paralelo e até mesmo usado, inclusive o recondicionamento da unidade original, valores de orçamento só serão mencionados quando encontrarem as peças.

A próxima linha de solução envolve o reparo pelo próprio usuário, que até aqui, se mostrou viável.

Podemos comprar uma impressora usada para se aproveitar as peças.

Podemos comprar apenas a unidade fusora que aparece em buscas como recondicionada, remanufaturada e nova de mercado paralelo.

Também encontramos empresas que se propõem a realizar o recondicionamento ou o remanufaturo.

Deixando de lado a unidade inteira e partindo apenas para o rolo pressor e para as unhas, existem muitas ofertas no mercado do rolo e algumas das unhas.

No caso das unhas só tem usadas, o que pode não resolver muito bem, já que trocar seis por meia dúzia não vai fazer diferença.

No caso do rolo, tem novos originais, novos do paralelo e até empresas que oferecem o serviço de recondicionamento apenas do rolo.

Em cada uma delas envolve um valor diferente, uma condição de garantia ou não e uma possibilidade de melhor qualidade na impressão ou não, é um assunto complexo, para ser analisado por muitos ângulos e fica a critério do investidor escolher a melhor alternativa custo-benefício.

 

Podem existir algumas outras soluções mirabolantes, como por exemplo levar em algum lugar que ofereça a cura espiritual, ou seja, você paga um valor e eles fazem uma cirurgia espiritual no equipamento com a promessa de que vai voltar a funcionar bem, ou então, pode se tentar passar durepoxi, fita isolante, tinta teflonizada e até mesmo lixar tudo para voltar a funcionar direto na alumínio sem a pelicula.

Nestes casos, eu sinceramente só pago depois de ver funcionando.

 

Analisando financeiramente, as soluções mais caras, que envolvem a troca da unidade fusora, caracterizam o que se chama perda total por parte das seguradoras, não compensa gastar mais do que 75% do valor da impressora para realizar o reparo, é melhor vender como sucata e comprar uma nova.

Na parte de trocar apenas o rolo fusor, esta sim fica economicamente viável, importando da China, pode-se gastar a partir de R$ 42,00 sem contar o imposto de importação de 60%, a desvantagem desta operação é o longo prazo de espera pela entrega da mercadoria que leve em média 60 dias, além do que durante o transporte a mercadoria pode sofrer danos pela embalagem inadequada, sem levar em conta outros riscos como nunca chegar ou até mesmo ser confundido com um silenciador de arma, respondendo a processo e ainda ter que pagar um advogado para provar que não é.

No mercado nacional pode ser encontrado a partir de R$ 120,00, podendo ser retirado no fornecedor ou entregue pelo correio, variando o muito o prazo de entrega conforme o local.

Não se esquecendo de levar em consideração que o rolo pode ser original, paralelo ou recondicionado, o que reflete na qualidade da impressão ou duração do mesmo.

 

Considerando apenas a troca do rolo, se a causa do problema foi a unha, que de alguma forma causou o desgaste, com certeza o novo rolo vai se deteriorar por causa da mesma unha.

 

Ainda tem mais uma consideração, a questão da alavanca, pode ser que a carcaça quebrada fez com que a alavanca ficasse em outra posição, causando um efeito de pressão desigual, igual ao diagrama abaixo:

esquema.jpg.6d87e9d2a387638f67c9c413812ab9fa.jpg

E esse efeito fez com que o rolo fusor girasse fora do eixo e consequentemente, neste desalinhamento, só por esta causa, a unha provocou o dano, um detalhe, este rolo não usa rolamentos, ele é apoiado em uma base plástica que ocupa apenas a metade do eixo.

 

Este assunto é um verdadeiro balaio de gato, pode ter mais de um fator determinante e não apenas um, ou então, pode ser uma combinação de fatores, alavanca, rolo e unha. Como também pode ter sido apenas uma bolha que apareceu no rolo, exatamente na trilha da unha e a alavanca fora do lugar não teve nenhuma influência.

 

Vou descansar, por hoje chega, depois analiso melhor o que vou fazer.

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não consegui dormir, tive que desmontar tudo até chegar no cilindro isolado, descasquei como se descasca uma banana:

capa.thumb.jpg.8222f4c7f5140903635658555f0f4d75.jpg

E cheguei a conclusão que mais um gato entrou neste balaio, percebi que na área afetada a borracha vermelha estava ressecada, podre, sem flexibilidade, dura, se desfragmentando em pedaços, enquanto que nas laterais a borracha estava molinha, boa, com aparência de nova e em toda a área centro à direita estava meia boa, meia ruim, a parte colada ao alumínio estava ressecada, dura e a parte próxima a película preta estava mole, boa, conforme o diagrama abaixo:

borr.thumb.jpg.95061d48d9742eea4483380fa70e7687.jpg

Dai surgiu mais um fator determinante, ou suspeita a ser considerada, o cilindro pode ser de má qualidade e parte da borracha se ressecou antes das demais, pode ser por causa da lâmpada que esteja gerando mais calor em um ponto do que no outro, ou pode ser apenas defeito de fabricação.

Como também pode ser que a película se desgastou na área de atrito da unha e em decorrência disto a borracha ficou exposta ao calor e a umidade e foi ressecando naquele ponto especifico, se expandindo, e ainda as laterais por serem mais suscetíveis de deterioração, foram fabricadas com um reforço especial, enquanto que o meio ficou mais frágil.

Abre também a teoria de que a falta de pressão nesta área, decorrente do alinhamento incorreto do rolo pressor, fez com que o material ficasse menos resistente, se expandisse mais que o normal, por falta da compressão e assim cedeu mais rápido ao calor.

 

Já tomei minha decisão, vou comprar o rolo fusor e realizar a troca, mesmo que ele não dure muito não vai fazer diferença, creio que não conseguirei imprimir 13 mil folhas nos próximos dois anos, devo levar pelo menos uns quatro anos para atingir esta marca, até lá a impressora já levou algum raio ou quebrou algum outro componente que a deixe inutilizada.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sobre a compra do Rolo Fusor, aqui no Brasil saiu muito caro (R$ 180,00) e optei por comprar da China. Fiz a compra no dia 04Fev18 e o vendedor disse que não tinha em estoque e acertamos que se eu iria esperar o ano novo Chinês acabar para que ele consultasse seu fornecedor e então fiquei sabendo que não havia nada no estoque, devolvido o valor, fiz nova compra de outro fornecedor no dia 06Mar18 ( R$ 42,00 + eventual imposto de 60%) com previsão de chegada no Brasil lá pelo dia 10Abr18, liberação pela alfandega em uma duas semanas e mais 60 dias para ser entregue, deve chegar em 24Jun18.

 

Enquanto espero, resolvi recuperar o rolo em empresa que trabalha com Teflon, ocorre que ao tentar contratar o serviço fiquei sabendo que no caso das impressoras coloridas não funciona porque dá erro de repetição após imprimir algumas folhas, nas primeiras até que funciona, eles não dominaram a tecnologia e não sabem porque isto acontece, eles acreditam que o problema está na camada emborrachada ou então na diferença de diâmetro.

 

Na minha opinião, acredito que seja por causa da dissipação do calor, com a camada de borracha o calor vai na medida certa para derreter e grudar o pó na folha e sem ela o calor emitido ultrapassa o limite fazendo com que o pó não se resfrie e estabilize na folha, acabando por parte dele se fixar no cilindro, esta é a minha teoria, se eu tivesse como controlar a temperatura faria alguns testes.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Continuando, enquanto a peça não chega, resolvi fazer novos testes com as unhas do Fusor.

O primeiro foi a remoção das unhas e imprimir sem elas para ver o que acontecia, eu apostei que ocorreria um atolamento:

removealicate.thumb.jpg.7712576d8111fbabecb0d97b805e0458.jpg

Usei um alicate de ponta para deslocar a mola que faz a dupla função de travar e de manter pressionada a peça, dá para tirar com qualquer objeto pontiagudo, a força dela é muito fraca. Após soltar, a peça inteira desliza para fora.

4unhas.thumb.jpg.aa40765cad1129b301ac845074921e77.jpg

Aqui um detalhe delas já soltas fora da unidade Fusora, observe que nas pontas tem um sinal de desgaste.

Depois de remontado, sem as quatro unhas, fiz uma impressão e ocorreu tudo normalmente, a folha não atolou nem ficou presa na impressora, perdi mais uma aposta então, fica a dúvida cruel, para que servem estas unhas?

Procurando respostas no manual de serviços, não existe menção direta à elas, o mais próximo que se comenta é sobre a substituição da unidade Fusora, não tem nada mais detalhado a não ser uma figura geral do percurso da folha de papel pela impressora:

esquema.jpg.69f0b049d0ba739f1d887258d7811f48.jpg

Num detalhamento mais perto, dá para observar a figura do que seria a unha:

detalheunha.jpg.8b3e78ae9e7e976e4a8a785b45c4aa11.jpg

Destacada no circulo verde.

Tentando simular como é o papel passando por ela:

folha.jpg.a675519422d1f8fad7ad41986b8ccf1c.jpg

Seria algo assim, parece que passa longe e a unha nem chega a tocar no papel:

Eu pensava que o papel passava entre a unha e o rolo Fusor, que neste caso está prateado porque a camada de borracha foi removida.

folha2.jpg.fca303a18da2b51be2c69c6e57aa172b.jpg

Passei a pensar que a função da unha é evitar que o papel entre o espaço errado e seja direcionado para o próximo conjunto de roletes, justamente para evitar que enganche como no exemplo abaixo:

folha3.jpg.d4c07b73740437c12a28ca2f672b8179.jpg

Onde forcei a passagem do papel no lugar errado.

Parece que esgotei esta parte sobre a passagem do papel pelas unhas e vamos seguir adiante com outras considerações que se passaram em minha cabeça.

Procurei por anúncios ofertando a referida unha e não achei nada no mercado internacional, com as palavras "nail" "fuser" e "Brother". Só achei no nacional procurando pelas palavras "unha", "fusor" e "Brother", encontrei vários anúncios para a série DCP8085DN/8085/8080/8070/8060/8065/8065DN/8870DW/8480DN/8480/8890DW/8660DN/HL5240/5340/5350 e nenhum para a série Dcp9020 Mfc9330 9340 9130 HL-3140, que são os que procuro.

Passados alguns dias em novas pesquisas, consegui descobrir que fora do Brasil estas peças são conhecidas pelo nome de "dedos" e não de "unhas", então consegui achar muitos anúncios pesquisando por "Fuser" "Picker" e "Finger", respectivamente "fusor", "selecionador" e "dedos", seguido pela palavra "Brother", ocorre que os preços são fora de noção, custam mais caros do que uma impressora nova quando se acrescenta o valor do frete porém, a variedade de modelos utilizada é muito grande.

Resolvi desmembrar em partes as unhas que tenho:

pontaabre.thumb.jpg.371b949ff8fdb0ac0a0f949e61f26dd7.jpg

Forcei uma ponta entre as partes e elas se soltaram:

detalhedesmont.jpg.06874a92d2fd99a26e83293a92ae26a8.jpg

São apenas encaixadas. Deu para notar que a peça se divide em três partes:

desmontada.jpg.1133a472811ad41e82d1487d4fe647cb.jpg

O plástico branco eu posso chamar de dedo, alavanca ou seletor, a parte dourada eu chama de unha mesmo e por fim tem a mola.

Olhando em detalhe a unha:

detalhe.thumb.jpg.df1665864abf35e945f493d32761b2cf.jpg

Deu para notar também em comparação com outras fotografias que conforme a série de impressoras, a unha parece ser a mesma enquanto que a alavanca e a mola mudam de uma série para outra.

Passados mais alguns dias achei anúncio da série que quero, a 9330, só que custa R$ 30,00 cada unidade e se comprar as quatro vai sair R$ 120,00 fora o valor do frete, um valor de certo modo exorbitante se for somado ao custo do rolo Fusor, por exemplo de R$ 180,00. Nesta brincadeira dá mais de R$ 300,00 num reparo de uma impressora que pode ser encontrada usada em torno de R$ 600,00 o que já é suficiente para condenar ela, sem realizar os reparos porque compensa comprar outra nova e ter uma certa garantia.

Como estamos no Brasil e brasileiro sempre dá um jeito, vamos as nossa alternativas disponíveis:

A primeira é aproveitar as unhas de outra série que é mais barata a oferta, afinal de contas pelas fotografias parecem ser idênticas as peças de série diferentes, pelo menos na parte da unha em separado da alavanca, comprei um jogo da 8085 a R$ 12,00 cada e quando chegar vou ver se dá certo.

Outra alternativa é recuperar a unha danificada, fazer um serviço de manicure, do tipo assim, pintar com tinta teflon ou com tinta de alta resistência ao calor.

Se observar bem o detalhe, a peça é de uma espécie de plástico de cor marrom, recoberta por uma camada de teflon de cor prateada, como se tivesse sido pintado por spray ou aerógrafo.

Este é o detalhe das pontas que entram em contato com o rolo Fusor:

5ab3e5bf0ec1e_detalhe4unhas.jpg.a1c6fbd83386e5a8e81b5f637fbfe1aa.jpg

Do outro lado não tem dano algum.

Para tirar a prova da possível recuperação realizei o seguinte experimento:

Lixar uma peça:

removeparte.thumb.jpg.8741fe559330803235a6723d9b484178.jpg

Com a lixa mais fina que encontrei:

lixa600.thumb.jpg.ff846e085c8dead1713e756ea49d6e1a.jpg

Veja a diferença do detalhe acima em que parte do teflon foi removido e abaixo com a remoção completa do teflon:

removetudo.jpg.f1cea50410877bf968dd36400877f7a0.jpg

Feito isto, deixei duas peças sem intervenção e duas peças lixadas, das peças sem intervenção eu pintei uma delas com a tinta que tinha disponível:

tinta.thumb.jpg.fda523222abea924004018ef56c63d1a.jpg

Um restinho de tinta automotiva que sobrou, também pintei uma peça lixada e ficou assim, depois de esperar secar por um dia:

5ab3e74136ded_depoistinta..jpg.d98b2b83ee8aadf81252c7cd1c8da54b.jpg

Ficou com bolhas. Remontei a unidade Fusora com as unhas trabalhadas e fiz uma impressão:

Ficaram assim as unhas:

final.jpg.b4a58eac74cf2276306614074b50d88a.jpg

A peça sem intervenção continuou como estava, a peça apenas lixada ficou com uma camada de resíduo de pó de Toner e em ambas as peças pintadas a tinta não resistiu e se soltou, sendo que na parte do teflon se soltou mais, enquanto que na peça lixada, sem a camada de teflon, a tinta resistiu um pouco mais.

Eu sei que a tinta utilizada não é própria, bem como a forma de aplicação por pincel não proporciona o mesmo acabamento de se aplicar por spray, e ainda que o rolo Fusor está só no alumínio, sem a camada de borracha e por causa disto age como uma lixa, mas, é isso, foi mesmo para se ter uma ideia do que pode acontecer ao tentar recuperar a unha, pelo resultado, parece ser totalmente inviável.

Eu não sei como esta camada original de teflon foi aplicada, nem sei mesmo ao certo se é teflon mas, o que posso dizer é que sem ela o desgaste pelo atrito é grande.

Infelizmente, meu sobrinho pentelho entrou na área de testes e pisou na unidade Fusora, quando eu estava escrevendo este post e como resultado, ao remontar, apareceu a terrível mensagem de diagnóstico automático na impressora, pelo jeito deu um novo defeito do tipo quebrou a lâmpada ou soltou uma solda ou rompeu algum fio, vou ter que voltar no manual para saber como realizar o diagnóstico pela combinação de teclas e deixar que a própria impressora indique o erro ou defeito.

 

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×