Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
gu4r4n4rox

Adobe Audition Ou Sound Forge

Qual é o melhor? Adobe Audition ou Sound Forge??  

4 votos

  1. 1. Qual é o melhor? Adobe Audition ou Sound Forge??

    • Adobe Audition (cool edit), sem dúvida
    • Sound Forge, é claro..
    • nenhum presta!!


Recommended Posts

Caros amigos

tenho o ADOBE AUDITION (cool edit) e o SOUND FORGE 6.0

Agora lá vai a pergunta!!! :blink:

Qual deles é melhor?!?!?!?

porque??

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

sim eu uso e adoro o sound forge acho ele fácil de trabalhar apesar de ser tudo em inglês ..... pena que eu não sei porque ele so converte 20 arquivos em mp3 e depois ele não converte mais mp3 eu tenho essa versão dele Sound Forge 7.0 e faço o processo de registro certinho mas mesmo assim não consigo descubrir o que acontece com ele gostaria de saber se alguem sabe me informar o que acontece com ele fico no aguardo...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Rs.. Se você conhecer alguém que defenda o S & F mais do que eu te dou um prêmio..rs...

Sinceramente.

A )- Facilidade de uso

B )- Uma gama enorme de Plug-ins

e tem mais um monte de coisa.. rapidez, precisão.....

isso aí..

Abraços :devil:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Depende do q você vai fazer. para edição o Sound forge é muito melhor. Mas o Audition é um senhor composer de músicas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi amigo, bom o Sound Forge 7.0, em winXP, é excelente para edição, com uma excelente qualidade. Atualmente utilizo o n-Track Studio e o Sound Forge e não tenho do que reclamar não, nem trocaria o SF por outro programa.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vou ser o primeiro mas vamos lá:

Tenho os dois no computador e uso muito mais o Adobe Audition 1.5.

Acho mais fácil e completo.

Não precisa ficar procurando plug-in que muitas vezes são pagos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se me permitirem os amigos, queria deixar aqui minha opinião sincera, nesse em outros assuntos relacionados... Vejo muito barulho e as vezes pouco assunto...

Se fosse pra eleger o melhor software de edição, faltariam varios outros nesta lista. Na minha opinião, os programas de edição não passam de meras "mesas de mixagem" e fazendo o transporte dos dados como as maquinas de fita rolo. Assim como os plugins estariam para os "racks analogicos", como compressores e equalizadores, entre outros efeitos, e n esquecer dos "d-efeitos" também.

Pensando assim, n bastaria ter o programa A o B q faz isso ou aquilo mais fácil, o resultado do q ouvimos, q é a musica e/ou audio em si, está diretamente relacionado à qualidade e resolução do plugins, assim como ocorria com os racks analogicos no tempo das grandes mesas de mix. Sem falar nos equipamentos de monitoramento para um bom controle do q fazemos.

E posso adiantar um pouco q n se deve ir muito na onda q o "nome" do desenvolvedor do plugin ou software é sinônimo de qualidade. Alguns plugins de fabricantes "não conhecidos" tem muito mais tecnologia e sonoridade do que muito plugins famoso por ai. Por isso, n se iludam com "grifes". Sigam seus ouvidos. Nem tudo é Sound Forge e Waves no mundo do audio digital... ;)

Bom, isso aí é so minha opinião...

Abraços,

Brum

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Postado Originalmente por rafadrummer@22 out 2004, 08:27

Brum RJ, o que você realmente quer dizer?

Opa, desculpe, o sono me fez dar a maior volta no assunto.

Escolher o software de edição q melhor agrada o nosso uso é muito bom. Afinal, trabalhar a vontade é fundamental. Mas ele por si n determina a qualidade do trabalho. É isso q eu queria alertar. Seus plugins internos n devem ser comparados à suites de plugins de fabricantes q desenvolvem e se dedicam exclusivamente à isso. Pode se perceber o q digo "ouvindo", sem entrar em termos tecnicos.

Vou dar um otimo exemplo pratico: No "mundo" pro tools (sou o primeiro a desmistificar esse "mundo", q tem muita fantasia a seu respeito), ninguém é louco de comparar os plugins internos da Digidesign com os BomFactory ou Focusrite, pois estes dois ultimos são resultado de anos de pesquisa e adaptação de equipapamentos "reais" em "virtuais", reproduzindo o comportamento de seus componentes eletrônicos - válvulas, capacitores, acopladores oticos - ao processar o audio, emprestanto toda a sua "alma" ao trabalho. Um compressor interno da Digidesign soa "frio" perto de um Pultec da BombFactory. Isso é só um exemplo, o hardware da Digidesign é fantastico, mas n teria a mesma eficiencia sem a suite de plugins desenvolvida para ela.

O mesmo ocorre por exemplo com o Sound Forge. Instale ele numa maquina com uma boa placa de audio de 24bits, trabalhe com arquivos de 24bit/48Khz e utilize só os plugins internos. Depois use suites da Waves (n sou la seu fan mas serve pro nosso caso) e "ouça' a diferença. Pegue esta mesma suite da Waves e trabalhe no Cakewalk, e ouça como soa igual. Experimente agora usar só os plugins internos do Cakewalk... Vão entender logo o que quero dizer...

Importancia grande tem os plugins, pois são os "equipamentos" q você dispoe em seu estudio digital. O software de edição é só o "meio de tranporte", pouco mais que isso em importância...

Olhem os plugins com um "equipamento", e n só um "efeito"...

Abraços,

Brum

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Entendi e concordo com você!!! Mas tem uma coisa. A facilidade comq ue você trabalha no programa também é um diferencial. Como programa de edição de áudio eu não gostei do adobe audition. Achei a interface dele um pouco ruim; prefiro o Sound Forge.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Postado Originalmente por rafadrummer@25 out 2004, 10:36

Entendi e concordo com você!!! Mas tem uma coisa. A facilidade comq ue você trabalha no programa também é um diferencial. Como programa de edição de áudio eu não gostei do adobe audition. Achei a interface dele um pouco ruim; prefiro o Sound Forge.

Concordo com você, dei uma olhada no site da adobe, e mesmo sem instalar, so lendo as infos sobre o programa você ja nota q o SF é bem melhor. Talvez o audition seja uma boa para quem trabalha com o Adobe Premiere e o After Effects com video, aí o Autition deve ter algumas facilidades de editar o audio lá, como ocorre com o SF editando o audio do Vegas (para video, mesmo fabricante do SoundForge). Mas entre os dois, eu iria de SF sem a menor duvida.

Abração,

Brum

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O Sound Forge, limpo, não serve pra muita coisa. Tem que ter os plugins! :D

EDIT: nem tinha lido todos os posts. Resumindo, concordo com o Brum RJ. :P

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Rapaziada, eu concordo com o pessoal que diz que o Sound Forge é melhor. Mas melhor prá que?

Tenho os dois instalados no computador, mas VIVO com o Cool Edit desde 2000. Raramente uso o SF para utilizar algum efeito mais agradável... mas acredito que o AA, com a sua simplicidade de uso e grande variedade de efeitos já dá pro gasto.

Afinal, maquiagem só ajuda :aranha: : o que importa mesmo é a cara! B)

(ou melhor: músico bom mesmo não se apóia em efeitos... já ouviram "Plush" do STPilots, versão acústica? É mais ou menos isso aí que eu queria dizer...)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Postado Originalmente por rogerwaters@18 nov 2004, 01:40

Afinal, maquiagem só ajuda :aranha: : o que importa mesmo é a cara! B)

(ou melhor: músico bom mesmo não se apóia em efeitos... já ouviram "Plush" do STPilots, versão acústica? É mais ou menos isso aí que eu queria dizer...)

A meu ver, no que toca a questão dos SexPistols, é mais questão de conceito e estilo, e n de equipamento ou do músico. Até em gravações acusticas se usa pré-amplificadores, caso você n tenha se lembrado. Ou você acha que o SexPistols pegou por exemplo a guitarra e plugou direto no gravador rolo e mandou ver? Será q o audio n passou por nenhuma mudança, nenhuma compressão causada "naturalmente" pelos prés valvulados dos amplificadores e prés da mesa de mixagem, passando pelos prés do gravador, passando pela cabeça gravadora, até chegar na fita magnética? Isso é o que você chama de som "limpo" e sem maquigem? Acho q n... N é questão de "mudar o som gravado" ou n, se foi muito bem gravado, a masterização se limita a nivelar os níveis, ordem e espaços entre faixas.

Seria um sonho tipicamente "audiófilo" (Alta Fidelidade, ou seja, o mais fiel ao que é no mundo "real") n ter q meter a mão em freqüência nenhuma, n comprimir nada. Um exemplo clássico é o registro de Paquito D´Rivera em Tico tico. Foi gravado tudo em FLAT e SEM compressores. Masterizar um trabalho desses seria, no mínimo, um sonho e um prezer imensurável. Mas a REALIDADE dos estúdios brasileiros é outra. A realidade do mercado q MANDA em nosso trabalho é do conceito "quanto mais alto, melhor". Pessoalmente acho isso grotesco, um insulto a musica "de verdade", independente de estilo. Mas se o cliente quer "no talo", masterizar sem processamento algum, sem plugins, é praticamente impossivel. Usar ou n processamento é mais questão de conceito musical, e n técnico. O quanto de nível o Cd irá ter no final dependerá de 3 fatores na minha opinião: a qualidade da mix, a qualidade dos plugins ou processadores externos, caixas que "falem de verdade" (nada de NS-10 e similares) e a experiencia do engenheiro de master. Esse mito que só em estúdios "de nome" se consegue uma otima master é fruto justamente da falta de informação de anos atrás, onde a masterização era vista como um dom para poucos. Acreditem, nesses mesmos estúdios de master "de nome" tem saído CDs com qualidade duvidosa. N por incopetencia do engenheiro, e sim pelo material de pouca qualidade da mix. Mas voltando ao lance do conceito...

Conceito é causa de muita discussão, em qualquer area. Será q os plugins e efeitos "reais' foram feitos somente ara "mascarar" ou "enfeitar" o audio? Muito pelo contrário. Foram feitos para expandir a qualidade do material gravado digitalemente quando o mesmo n pode tirar o máximo da sala, microfonação, mixagem e/ou falhas no audio. Desmascaram nuances que somente passando pela sequencia de equipamentos vintage ou "reais" citados acima seria possivel chegar ao mesmo resultado, ou proximo disso. N esqueça q o que você grava em seu micro, seja com o software que for, é "frio" e "crú", pois apenas transforma variações elétricas (seja de um mic ou instrumento) em pilhas repetidas de "zeros" e "uns", um verdadeiro e grotesco "rascunho" do mundo real. O quanto "real" será esse rascunho dependerá da resolução com que foi gravado (Por isso Soundblasters n servem para gravar e ouvir "de verdade"). E nós n somos maquinas, somos reres vivos, que sentem as minimas variações de dinamica e freqüência. Por isso, pegar qualquer coisa e gravar "direto" no HD n irá ter a mesma impressão subjetiva (aquela q percebemos, mas n podems expressar) captada por nossos ouvidos. É preciso seguir uma série de critérios para n comprometer na ora de fazer o bounce da mix em estério para passar para a fase de master. Aí entra a experiencia do engenheiro em saber fazer uso dos plugins no meio digital. O som dos processadores vintage soam mais "vivos" que os digitais, e consequentemente, os melhores plugins que simulam tais equipamentos devolvem a naturalidade e nitidez do audio em digital. Portanto, n é para esconder o mudar (para pior) nada, e sim tentar melhorar o q n foi tão bom no inicio.

A tecnologia digital retira praticamente todo o ruido das valvulas, será que equipamentos hibridos (com valvulas e cirquitos digitais) custariam tão caro só por pura questão de "arte"? O mesmo vale para plugins profissionais. Uma Digidesign com Protools sem plugins ou processamento externo algum soa frio comparado a um gravador em fita, assim como num Soundforge sem plugin algum. Né questão de maquiar, e sim de recriar aquilo q não foi "captado" totalmente pelos equipamentos digitais na gravação.

Pensando nisso foram criados os plugins, os "profissionais", diga-se de passagem. Efeito sonoro se obtem até num banheiro ladrilhado, compressão e equalização de verdade não. Para isso, se n tiver em mãos uma gravação com alta fidelidade e n tiver disponível equipamentos "de verdade", use um bom plugin como se fosse o seu equipamento "real" de lapidação, e n um "efeito" pra mudar ou piorar o que já estaria comprometido. Afinal, maquiagem é coisa de esteticista e

profissional de artes cênicas e cinematográficas... ;)

Abraços,

Brum

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cada um tem seu ponto positivo e negativo, porém a interface do SF7 é mais amigavel. uso os dois e fico com o material que der o melhor resultado final. :bandeira:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É,realmente o Sound Forge é muito bom!! mais eu tb vejo ele com muita maquiagem, na verdade eu so uso ele pra editar músicas colocar efeitos, que tb consta no Cool Edit, atualmente comprado pela Adobe e batisado com o nome Adobe Audition. Tipo eu uso esse Softaware (AA) a 2 anos e nunca tive problemas com plugins, o AA vem com grandes variedades de plugins incluido ja no programa e ainda fuciona todos que consta no Sony Sound Forge (Directx Plugins Sony). Eu tenho um mini home studio em casa e trabalhava com o Nuendo da Steinberg que por acaso é muito bom também, mais é um programa pesado que exige muito, e por fim super complicado. É um dos mais usados em grvaadoras.

Mais aí percebe se que, o AA faz a mesma coisa, mais rápido e bem mais simples!exige muito pouco da configuração do pc.

Na verdade a grande diferença entre os dois (AA X SF) que pra mim é muito importante, é que no AA você tem quase todas as funções do SF e ainda você pode gravar em pista (faixas).

exemplo: Posso gravar uma bateria, depois gravo um violão, depois baixo... um de cada vez. que não é o caso do SF, e ainda edito faixas usando os plugins do proprio e até o do SF ;)

Pra mim a ex: Sonic Fonudry agora Sony vem cheio de coisas pra assim tirar mais um dinheiro!! percebe se que o ACID que grava em pista, precisa muito do Sound Forge!! Daí vem mais custos 2 programas é complicado!! O AA faz as duas coisas em 1 só ;)

É o que eu acho!! ;) não estou julgando niguém ;)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

1º o SF é para uma função e já está em portugues :bandeira: sim... o Audition assim como o Samplitude são multipistas ...outra função...cada um tem sua função peculiar... uso SF 7 e Audition pela facilidade com que pode se manipular os arquivos... cabe a cada um testar e se adaptar ao programa que mais lhe convem...é a mesma coisa de perguntar quem é melhor...CorelDraw ou Adobe Illustrator...Cada um que usa e conhece os programas sabem as diferenças e o que é bom de cada prog.... no mais o resto é aprender a usar todos e escolher o que você se sente mais a vontade para trabalhar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olha pra mim com certeza o cool edit (adob audtion) é o melhor pois o que o SF faz ele faz pois os efeitos sao praticamete os mesmos ele de suportar muitos plugins via directx, alem de ja ser mult pista, ou seja voce edita um arquivo de audio ex sua voz que foi gravada pelo mic do pc ai você aplica mil efeitos ecos,transpose,delaysequaliza etc. e em seguida voce pode mixar com mids,

bases funk (ai eu gosto) loops é muito fácil. pelo que eu sei o SF so faz editar som

pra mixar varias pista voce ja tem que correr para o sonar , ou seja voce tem que aprender a trabalhar com dois programas e sem contar que o SF tem uma frescura com mp3 que doi no saco, mais sei que ele é preferido pelos produtores, mais digo e garanto o que voce fizer no SF eu faço no cool edit, pois sei mexer nos dois, mais ganhei a parada de sucessos aqui em Recife com o cool edit

Pra finalizar os dois sao identicos em editar audio mais o que assusta quem olha pro cool edit eu suas 128 pistas num qual eu uso no maximo 6 para fazer pancadao. resta voce aprender a usar os dois e ver qual melhor le satisfaz ok

DJ Leonardo

****************************

:-BEER

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×