Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Entre para seguir isso  
Flavia Dutra

Boletim 1.677 – 06/02/2018

Recommended Posts

Boletim 1.677 – 06/02/2018
Boletim 1.677 – 06/02/2018
Editado por Flavia Dutra
Enviado para
Proibido Copiar ou Republicar


Índice

 

1. Cursos de redes de Gabriel Torres

2. Projeto de Lei prevê prisão de até três anos para divulgadores de notícias falsas

3. Alphabet atingiu receita de mais de US$ 100 bilhões em 2017 com anúncios

4. Desenvolvedora revela o novo padrão de memória UFS 3.0

5. Vazam detalhes do próximo modelo de smartphone da ASUS

6. Estudo mostra que radiação de celulares está ligada aos tumores em ratos

 

1. Cursos de redes de Gabriel Torres

 

Conheça os cursos online com certificado de conclusão de Gabriel Torres, dono do site Clube do Hardware e autor de 24 livros sobre tecnologia. Nossos cursos não fazem parte dos pacotes promocionais da Udemy e, portanto, o menor preço você encontrará usando nossos links.

 

Curso Arquitetura de Redes

 

"Primeiramente, obrigada professor. Este é o melhor curso que eu já fiz. São mais de 60 aulas e continua colocando mais. É um investimento que vale a pena. O conteúdo é atual, tem muita teoria que ainda não tem nos livros. O senhor é muito bom. A parte de protocolos, modelo OSI e suas camadas está I-M-P-E-C-Á-V-E-L. Novamente obrigada por este retorno ao investimento porque vale a pena." - Jessica Ertel Heinen

 

Neste curso você aprenderá o embasamento teórico necessário para aprofundar seus estudos em cursos intermediários e avançados. Você aprenderá, entre outros assuntos, sobre princípios de funcionamento de redes, números binários, arquiteturas, comunicação, protocolos, equipamentos de redes, segurança e muito mais!


https://www.udemy.com/redes-modulo-1/?couponCode=BOLETIM2018&persist_locale&locale=pt_BR

 

Curso Redes TCP/IP

 

"Estou muito satisfeito com o curso! Muito bom e didático!" - Adilson Enio Pierog

 

Você aprenderá, entre outros assuntos, sobre endereçamento IPv4 e IPv6, portas, tradução de endereços (NAT), protocolos de aplicação (HTTP, DNS, FTP, email, etc.), protocolos de transporte (TCP e UDP), protocolos de rede (IPv4, IPv6, IPsec e ICMP), protocolos de roteamento e muito mais!


https://www.udemy.com/redes-tcpip/?couponCode=BOLETIM2018&persist_locale&locale=pt_BR

 

2. Projeto de Lei prevê prisão de até três anos para divulgadores de notícias falsas

 

O senador Ciro Nogueira (PP-PI) elaborou o Projeto de Lei 473/2017, que prevê criminalização para quem divulgar notícias falsas.

 

O PL visa penalizar com reclusão de seis meses a dois anos quem espalha uma informação inverídica sobre temas que afetem o interesse público. Caso a notícia falsa seja divulgada na internet, a pena é de três anos de prisão; e se o objetivo do compartilhamento for algum tipo de vantagem, a pena pode ser aumentada em até dois terços.

 

De acordo com o senador Nogueira, apesar de notícias falsas constituírem crime de calúnia, difamação ou infâmia, em alguns casos não é possível individualizar o dano gerado, ferindo o direito de a população receber notícias verdadeiras.

 

O PL 473/2017 está em fase de consulta pública, com votação no portal eCidadania do Senado Federal.

 

3. Alphabet atingiu receita de mais de US$ 100 bilhões em 2017 com anúncios

 

Relatório da Alphabet mostra que a empresa obteve receita anual de mais de US$ 100 bilhões em 2017 por causa do aumento das vendas de anúncios online.

 

A Alphabet registrou ainda queda de US$ 9,9 bilhões no quarto trimestre do ano passado devido aos encargos tributários e prejuízo líquido de US$ 3,02 bilhões, contra lucro de US$ 5,33 bilhões no mesmo período de 2016. Além disso, a receita do quarto trimestre cresceu 24%.

 

A companhia vende anúncios em seu mecanismo de buscas, o Google, no YouTube e em diversos sites e aplicativos de terceiros.

 

No momento, a Alphabet pretende manter o crescimento das vendas através de novos negócios, operando uma frota de táxis e licenciando tecnologia médica.  

 

4. Desenvolvedora revela o novo padrão de memória UFS 3.0

 

A JEDEC, desenvolvedora de padrões para a indústria eletrônica, anunciou a criação da nova versão 3.0 da memória Universal Flash Storage (UFS), criada para substituir os armazenamentos microSD e eMMC em dispositivos móveis.

 

Segundo a desenvolvedora, o UFS 3.0 é identificado pelo código JESD220D, transfere até 11,6 GiB/s por banda, tem capacidade de trabalhar com duas faixas simultaneamente, alimentação de 2,5 V e funciona em temperaturas entre -40ºC e 105ºC, com possibilidade de configurar alertas para temperaturas pré-definidas.  

 

A empresa não revelou quando o novo padrão será implementado em dispositivos, porém rumores apontam que ele fará parte do Samsung Galaxy S9.

 

UFS é uma interface de alto desempenho projetada para uso em aplicações onde o consumo de energia precisa ser minimizado, incluindo sistemas móveis e automotivos.

 

5. Vazam detalhes do próximo modelo de smartphone da ASUS

 

Informações vazadas apontam algumas características de um smartphone com nomenclatura ASUS ZenFone 5 X00PD, componente da próxima geração de ZenFones.

 

O smartphone teria bordas arredondadas, corpo metálico, tela de 5,7 polegadas com formato 18:9, processador Qualcomm Snapdragon 430 com oito núcleos de 1,4 GHz, até 3 GiB de memória, bateria de 4.000 mAh, leitor biométrico, sistema duplo de câmeras, flash LED na parte traseira e porta microUSB.

 

Não há informações sobre o lançamento do novo smartphone, porém estima-se que ele seja divulgado na MWC 2018, que acontecerá no final de fevereiro de 2018, em Barcelona, na Espanha.

 

6. Estudo mostra que radiação de celulares está ligada aos tumores em ratos  

 

Relatório preliminar do Programa Nacional de Toxicologia dos Estados Unidos (NTP), do Instituto Nacional de Ciências da Saúde Ambiental, revelou que a exposição aos altos níveis da radiação emitida por telefones celulares causaram tumores nos tecidos em volta do coração de ratos machos.  Ratos fêmeas e camundongos expostos ao mesmo tipo de radicação não tiveram tumores.

 

Conforme Jon Bucher, cientista sênior do NTP, os tumores são similares a outros encontrados anteriormente em estudos sobre usuários frequentes de telefones celulares.  

 

Já o médico-chefe da Sociedade Americana de Câncer, Otis Brawley, disse que o relatório causará preocupação, mas a evidência para associação entre celulares e tumores em pessoas é baixa. Ele comentou ainda que aparelhos celulares emitem energia em radiofrequência, uma forma de radiação não ionizante, diferente da ionizante, como a de raios gama, radônio e raio-x, que podem quebrar ligações químicas no corpo e causar câncer.

 

Além disso, os pesquisadores do NTP e da Administração de Alimentos e Medicamentos dos EUA (FDA) alertaram que o estudo não pode ser considerado para os seres humanos, visto que os limites de segurança atuais sobre radiação de celulares são preventivos.  

 

A pesquisa, cujo objetivo é ajudar no debate sobre como a radiação de celulares é prejudicial, custou US$ 25 milhões e levou 10 anos para ser divulgada.  

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Entre para seguir isso  





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×